VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Política

Al Jazeera: Os documentos da Palestina


26/01/2011 - 19h06

Os “Documentos da Palestina” [Palestine Papers]

23/1/2011, Gregg Carlstrom, Al-Jazeera, Qatar

Introdução

A rede de televisão Al-Jazeera recebeu mais de 1.600 documentos internos, relativos a uma década de negociações entre Israel e a Autoridade Palestina, aos quais teve acesso irrestrito.

São quase 1.700 arquivos, milhares de páginas de correspondência diplomática que detalha ‘por dentro’ o andamento do processo de paz. Os documentos – memorandos, e-mails, mapas, minutas de atas de encontros privados, relatórios de encontros de alto nível, papéis estratégicos e até apresentações em Power Point – datam de 1999 a 2010.

É material volumoso e detalhado, que oferece panorama jamais visto, interno, do andamento das negociações em que se envolveram representantes de alto nível dos EUA, de Israel e da Autoridade Palestina.

A rede Al-Jazeera divulgará os documentos entre os dias 23 e 26 de janeiro de 2011. Os documentos revelam detalhes até agora ignorados sobre:

– a disposição da Autoridade Palestina para aceitar as construções ilegais de Israel em Jerusalém Leste;

– a disposição da Autoridade Palestina para aceitar soluções “criativas” sobre o status do Monte do Templo/Haram al-Sharif/Temple Mount;

– as concessões que a Autoridade Palestina estava disposta a fazer quanto aos direitos dos refugiados e o direito de retorno;

– detalhes da cooperação para questões de segurança entre a Autoridade Palestina e Israel; e

– trocas privadas entre negociadores da Autoridade Palestina e dos EUA, no final de 2009, quando o Relatório Goldstone estava sendo discutido na ONU.

Dada a natureza excepcionalmente sensível desses documentos, a rede Al-Jazeera não revelará a(s) fonte(s) nem qualquer detalhe sobre como os documentos lhe foram entreges. A autenticidade dos documentos foi cuidadosamente examinada, por longo tempo e estamos convencidos de que são autênticos.

Cremos que é material de valor inestimável para jornalistas, especialistas, historiadores, políticos e para a opinião pública.

Sabemos que parte do que aqui divulgamos gerará controvérsia, mas nosso dever é informar, não ocultar informação, e provocar debate e reflexão, não impedi-los ou dificultá-los. Nossos leitores e telespectadores verão que criamos uma sessão de comentários, na qual todos podem manifestar-se. Mantemos nossa política editorial, e nos reservamos o direito de não publicar comentários que nos pareçam ofensivos, mas todas as vozes da sociedade serão respeitadas e todas as opiniões adequadamente manifestadas serão ouvidas.

Apresentamos esses documentos como serviço prestado a nossos leitores e telespectadores, como reflexo de nossa postura fundamental – que o debate e as políticas públicas crescem, florescem e afirmam-se quando podem respirar e recebem luz plena, sem as quais, não há democracia nem transparência democrática.

Para ir aos documentos, em inglês, clique aqui.





11 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

P A U L O

12 de março de 2011 às 18h04

Assistam ao excelente documentário sobre os 'nazisraelitas',

Difamacao (Defamation) – A Indústria do Antissemtismo – Yoav Shamir.
http://www.youtube.com/watch?feature=player_embed

Responder

A leitora que se encantou com a Al Jazeera | Viomundo - O que você não vê na mídia

19 de fevereiro de 2011 às 18h31

[…] da emissora em territórios palestinos foram atacados depois que a Al Jazeera divulgou os chamados “Palestinian Papers”, demonstrando que negociadores palestinos estavam dispostos a fazer importantes concessões a […]

Responder

Miriam de Sales

10 de fevereiro de 2011 às 11h11

Cara,vc fala a minha língua.Cliquei errado em qualquer coisa e vim dar c/ os costados aqui.N/ preciso dizer q/ me senti em casa.
Voltarei todo odia.
Abraços

Responder

Uma nova verdade raia sobre o mundo árabe | ESTADO ANARQUISTA

28 de janeiro de 2011 às 08h30

[…] [Para saber que raio é isso, clique aqui] […]

Responder

RMFF

27 de janeiro de 2011 às 18h08

O que eu mais gosto aqui é o equilíbrio dos comentários

Responder

Leider_Lincoln

27 de janeiro de 2011 às 16h31

Ô Israel, pode esperar/ a sua hora vai chegar!

Responder

    Elton

    27 de janeiro de 2011 às 18h06

    Eu tenho a mais absoluta certeza disso, apoiado!!!!

Raphael Tsavkko

27 de janeiro de 2011 às 02h27

O Global Voices vem cobrindo as reações ao vazamento dos Papéis Palestinos – http://pt.globalvoicesonline.org/2011/01/26/israe… e http://pt.globalvoicesonline.org/2011/01/26/mundo

Responder

mariazinha

26 de janeiro de 2011 às 21h04

Israel queimará no fogo do inferno, assim como hitler queimou.

Responder

Paulo Villas

26 de janeiro de 2011 às 20h29

O melhor desinfetante é a luz do Sol , a democracia hipócrita imposta aos países do Oriente Médio sai das trevas , e revela tôda sua iniquidade.

Responder

Robert Fisk: Os falsos democratas, em polvorosa | Viomundo - O que você não vê na mídia

26 de janeiro de 2011 às 19h07

[…] [Para saber que raio é isso, clique aqui] […]

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding