VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Política

CartaCapital: Agora,Mendes insinua que Jobim também tentou “chantageá-lo”


30/05/2012 - 15h58

 de CartaCapital

No início da noite de terça-feira 29, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes concedeu uma entrevista para alguns veículos de imprensa no qual acusou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) de comandar uma “central de boatos” contra ele abastecida por “bandidos” e “gângsters”.

O objetivo desse grupo, disse Mendes, seria atrapalhar o julgamento do mensalão, previsto para ocorrer ainda neste ano. Em entrevistas a dois jornais publicadas nesta quarta-feira 30, Mendes parece estar recuperando os fatos ocorridos na fatídica conversa e traz dois aspectos novos que ainda não havia trazido à tona. Segundo Mendes, o teor da reportagem publicada pela revista Veja é fruto de uma “interpretação” e o ex-presidente do STF Nelson Jobim, anfitrião do encontro entre Lula e Mendes, também pode ter, segundo Mendes, participado da tentativa de “chantageá-lo”.

A insinuação de que Jobim tentou “chantagear” Mendes foi feita pelo ministro em entrevista ao jornal Valor Econômico. Segundo ele, isso teria ocorrido quando Jobim citou, durante a conversa do trio, o nome de Paulo Lacerda, ex-diretor-geral da Polícia Federal.

Lacerda e Mendes são inimigos políticos desde 2008. Lacerda perdeu o cargo após denúncias de que teria mandado grampear o gabinete de Mendes no STF. A revista Veja publicou a denúncia, mas ela jamais foi comprovada e os grampos nunca apareceram. Em entrevista ao Estado de S.Paulo, também publicada nesta quarta-feira 30, Gilmar Mendes afirma ter recebido notícias de que Lacerda quer “destruí-lo”.

Questionado pelo Valor Econômico se, ao citar o nome de Lacerda, Jobim estaria tentando fazer uma chantagem, Gilmar diz que “Pode ser”. Em seguida, Mendes afirma “que Jobim participou da conversa inteira” e que, “uma ficha caiu”. “Isso é possível, vamos constrangê-lo com Paulo Lacerda. Não sei se é isso”, diz Mendes.

A frase “não sei se é isso” no fim da fala demonstra que Mendes pode estar, em meio à imensa polêmica criada, reinterpretando os fatos ocorridos na reunião com Lula e Jobim e tentando dar a eles uma lógica. O que pode ser um problema para Mendes é que essa lógica agora é guiada pelo clima de rivalidade clubística em torno do caso. Neste contexto, Mendes não tem como recuar das denúncias feitas, num comportamento parecido com o que manteve no episódio do “grampo”.

É importante notar que o tom de histeria a respeito do caso foi dado, em grande medida, pela reportagem de Veja. A revista afirma que Lula “ofereceu proteção ao ministro Gilmar Mendes, dizendo que ele não teria motivo de preocupação com as investigações” para só depois dizer que isso teria ocorrido de forma “decodificada”. Em entrevista à TV Globo, levada ao ar pela GloboNews na noite de segunda-feira 28, Mendes negou uma oferta direta de proteção feita por Lula. Nas reinterpretações que vem fazendo da reunião, Mendes parece estar buscando argumentos para provar a si próprio que foi vítima do que seria um acha que político por parte de Lula.

Em entrevista ao jornal O Globo, publicada nesta quarta, Mendes diz que a revista interpretou as informações que possuía. “A Veja compôs aquilo como uma colcha de retalhos, a partir de informações de várias pessoas, depois me procuraram. Óbvio que ela tem a interpretação. O fato na essência ocorreu”, disse. O que não se sabe é quem seriam as “várias pessoas” citadas por Gilmar, uma vez que a reunião tinha apenas três integrantes: ele, Jobim e Lula.

 

Últimas unidades

A mídia descontrolada: Episódios da luta contra o pensamento único
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação.

A publicação traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.

Por Laurindo Lalo Leal Filho



50 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Humberto

02 de junho de 2012 às 21h42

Restropectiva do(DES) Governo Fernando Henrique Cardoso: ano 2002:
No dia 8 de Maio de 2002, a Folha de S.Paulo publicou o seguinte artigo do Prof. DALMO DALLARI, a propósito da indicação de GILMAR MENDES para o Supremo Tribunal Federal, sob o título de “Degradação do Judiciário”. Esse artigo vem sendo citado, em parte, para explicar o desatino de FERNANDOD HENRIQUE CARDOSO, e de seu rolo compressor, em fazer do “arrogante advogado” membro do mais alto tribunal do país – Vale a pena reproduzi-lo, em sua íntegra, uma vez que ele é de dominio público, desde que foi divulgado pelo jornal (veja: http://www.maurosantayana.com/2012/6/dalmo-dallare-e-gilmar-mendes.html)
Com sua leitura, tudo fica explicado: dos habeas-corpus mais velozes do que os neutrinos de Genebra em favor do banqueiro DANIEL DANTAS(amigo de FHC), às mais recentes agressões, desta vez contra blogueiros da internet.

Responder

Aflito

01 de junho de 2012 às 18h06

O OUTRO GILMAR

Eu perguntei ao Gilmar, o pedreiro que está colocando um piso antiderrapante no banheiro do meu apartamento:

-Você já esteve em Berlim?

– Esta cidade fica na Europa, não é Doutor? Não, eu não tenho dinheiro para viajar para Europa?

– Mas você já ouviu falar no Carlinhos Cachoeira e no Demóstenes Torres, não ouviu?

– Já. Tem uma CPI aí onde esses caras já apareceram

– Pois é. É porque o Demóstenes Torres esteve em Berlim onde se encontrou com um tal de Gilmar, e eu pensei que esse Gilmar fosse você.

– Pelo amor de Deus, Doutor, o senhor quer que eu seja convocado para comparecer à CPI do Cachoeira só porque o meu nome é Gilmar?

-Como é o seu sobrenome?

– Meu nome completo é Gilmar Mario de Souza.

Passou perto, não passou?

Responder

Pafúncio Brasileiro

01 de junho de 2012 às 00h34

Azenha,
A frase do Gilmar”O fato na essência ocorreu”
Foi exatamente o que ele disse tempos depois de ocorrido do tal “grampo sem áudio”, quando já havia sido demonstrado que o tal grampo não existiu.
Sabendo que estava enroscado com os fatos da dupla Cachoeira-Demóstenes ele imaginou uma “bóia” de salvação que seria o Lula. Agora, fica gaguejando e inventando novos (e providênciais) fatos.

Responder

Edmar

31 de maio de 2012 às 17h59

Eu não tenho dúvidas que o GILMAU MENTES sabe que a CPMI pode chegar nele, sabe que está comprometido: 1) Acomodou a enteada no gabinete do DEMóstenes; 2) Andou pela mundo a fora de braços com o DEMóstenes: na “formatura” do Perilo e senhora; passeando pela Europa, levou o DEMóstenes à Alemanha a visitar a filhinha; Na volta, PODE ter aceitado carono no jatinho que o Carlinho arrumou pro DEMóstenes ir de SP ao DF. 3) Avocou um processo entre a União e a CELG e prometeu ao DEMóstenes, que logo deu conta ao Carlinhos, “tirar uns 2 ou 3 bilhões das costas da CELG”, o que “seria bom pra caceta”, segundo a dupla goiana; 4) Levou pra dentro do Supremo Tribunal o “araponga” do Carlinhos, pondo em risco o sigilo quanto a tudo que ocorre na Corte e expondo todos os seus membros ao tipo de “espionagem/armação” que resultaram na gravação do Valdomiro uma década passada, na gravação do funcionário dos correios que levou o Bob Jeferson a inventar o mito “mansalão” e ns invasão do hotel do Zé Dirceu. O GILMAU MENTES admitiu que “houvera PEDIDO o encontro com LULA porque não TIVERA a oportunidade de cumprimentá-lo após a saída da presidência” e que a secretária do Ex-Presidente avisara que poderia naquela data no escritório do Jobim, e isso muda toda a estória. O LULA não pediu encontro nenhum quem pediu foi o GILMAU MENTES (que já o admitiu). Acho que o LULA deve ter refugado a proposta, até porque não tem a mínima ascendência sobre a CPMI, e isso fez o GILMAU MENTES ficar “puto” achando que estava sendo sacaneado e montou essa farsa toda junto com a Veja, as Globo e, claro, o Serra. O resto é papo de piguento. ACHO QUE O SUPREMO DEVERIA ‘SUSPENDER’ O JULGAMENTO DO TAL ‘MENSALÃO’ ATÉ AS GLOBO E ASSOCIADOS TIRAREM A “FACA DO PESCOÇO DO TRIBUNAL E SEUS MEMBROS”. Os Ministro do Supremo precisam afastar o GILMAU pra poderem olhar nos olhos do netos sem medo de ter que explicar porque o STF está sendo tão mau falado ultimamente!

Responder

Beto Lima

31 de maio de 2012 às 13h28

Mnha leitura sobre este episódio, é de que o Gilmar foi pedir arrego para o Lula tirá-lo da CPI, pois o mesmo está com a corda no pescoço.
Como ele poderá sair dessa? Criando uma “CRISE INSTITUCIONAL”, AÍ VAI TUDO PARA DEBAXO DO TAPETE, EM NOME DA “GOVERNABILIDADE”.
E danem -se com a democracia.

Responder

Geysa Guimarães

31 de maio de 2012 às 11h48

Cuidado, moçada! Devagar com os comentários, que o Mentes não suporta ser contrariado.
Não endossou o trololó dele, está chantageando.

Responder

Bonifa

31 de maio de 2012 às 11h06

Gilmar deu o golpe no Supremo. E ninguém percebe isso. O tribunal foi afastado para a sala dos fundos e Gilmar brilha impávido na sala principal. Com o auxílio da imprensa, recolocou a ele mesmo na presidência da mais alta corte de justiça do país. E voltou às características fundamentais de seu mandato de trite memória: Arrogância desmedida, desprezo pela grandeza moral que o cargo impõe, império da mais grosseira estupidez.

Responder

acmsouza

31 de maio de 2012 às 10h14

Desde que começou está história toda da futrica lula/Mendes/Jobim, uma coisinha, besteirinha mesmo, eu ainda não vi publicado ou mesmo comentado, muito menos esclarecida pelo senhor ministro Mendes: que razão levou o ministro ao encontro. Ficam as perguntas: quem o convidou? O convite foi encomendado por terceiro? O convite foi intermediado? O convite foi feito diretamente pelo Sr lula ou algum de seus assessores?
Um esclarecimento claro e verdadeiro pode por uma luz em algumas duvidas.
Com a palavra o ministro.

Responder

SAVIO SOBREIRA

31 de maio de 2012 às 10h07

AS ATITUDES DO GILMAR MENDES ME REMETE A DUAS CONCLUSÕES: 1- O GILMAR SURTOU, TÁ COM ALGO PARECIDO COM ESQUIZOFRENIA, PORTANTO DEVERIA SER INTERNADO PARA TRATAMENTO, OU , 2-TEM CULPA NO CARTÓRIO E QUER INVERTER O JOGO, CONTANDO NOTADAMENTE COM A GRANDE COLABORAÇÃO DAQUILO QUE AQUI CHAMAMOS DE “IMPRENSA”…

Responder

    Conceição Lemes

    31 de maio de 2012 às 11h02

    Oi, Sávio, já perdi a conta de quantas vezes pedi pra vc postar em letras minúsculas. Esta foi a última. sds

Honório

31 de maio de 2012 às 10h03

O que eu me pergunto é se esse juiz ainda tem imparcialidade para fazer algum julgamento no caso do mensalão, já que se diz supostamente coagido por representantes da parte que vai ser julgada. Ficou difícil para ele, eu acho.

Responder

    Bonifa

    31 de maio de 2012 às 11h19

    Isso para ele parece secundário. Ele quer mesmo é brilhar o mais que possa. Em seu cérebro primitivo, enquanto estiver brilhando, estará incólume.

Sagarana

31 de maio de 2012 às 09h48

Mendes provou que foi a Berlim em avião de carreira, cartacapital deve explicações a propósito de matéria inverídica publicada.

Responder

    Bonifa

    31 de maio de 2012 às 11h20

    Não acha cedo para pedir explicações? Gilmar provou a quem? Para muitos não provou nada.

LUIZ EDUARDO-AMPARO

31 de maio de 2012 às 08h33

Gilmar Dantas, ops Mendes, quer ser o novo Corvo Lacerda, mas não falta muito pra chegar lá.
Impeachment nele, já, antes que a transformação ocorra.
Viva Lula!!!!!!!!!!!!!!

Responder

Lu Witovisk

31 de maio de 2012 às 08h11

É bem coisa de gente fuxiqueira, ficar ruminando uma eternidade e reinterpretando frases, virgulas… Mas no caso dele, não é so isso não, no caso dele é cag… do que pode vir. Tirem esse trem do STF!!!

Responder

Gerson Carneiro

31 de maio de 2012 às 07h14

Tá se achando o último parafuso do carro da Diana.

Responder

Francisco

30 de maio de 2012 às 23h59

Lula! Processa Gilmar M…. Ou você está com medo de alguma coisa? O Brasil precisa continuar confiando em você?
Francisco

Responder

    Gerson Carneiro

    31 de maio de 2012 às 09h23

    Tudo que o PIG e a Oposição ao Brasil quer é um bate boca entre Lula e Gil Rocambole para desviar a atenção da CPI do Cachoeira e limpar a barra da revista Veja.

    Lula não é tonto para morder essa isca.

    O melhor que o Lula tem a fazer é deixar o Gilmar correr atrás dos carros.

    Ricardo

    31 de maio de 2012 às 20h05

    Oposição ao PT é oposição ao Brasil? Que delírio fascista, camarada…

Roberto Locatelli

30 de maio de 2012 às 23h22

E ainda por cima ele confessou de viva voz que andou de jatinho de empresa de Cachoeira, junto com Demóstenes. Por menos que isso o Luppi caiu.

Impeachment para Gilmar, ja!!

Responder

    Lu Witovisk

    31 de maio de 2012 às 08h12

    Isso ai!!!

    Sagarana

    31 de maio de 2012 às 09h45

    O Dias Toffoli também pegou carona no avião do Cachoeira.

Carlos Alberto Moliterno

30 de maio de 2012 às 22h04

E isso é Ministro do Supremo? Viva o Dalmo Dallari que advertiu a Nação em cima da bucha! Agora, pior que a veja – revista fora da lei – é a globo fazer escândalo em torno das palavras desse desqualificado. Vejam que poder de convencimento tem o sujeito nesse ví deo da própria globo analisado por um detector de mentiras. Aliás, como isso aí foi parar no uol? Hoje procurei e demorei a achar de novo…

http://tvuol.uol.com.br/assistir.htm?video=analise-de-voz-aponta-fraudes-na-fala-de-gilmar-mendes-04024E983760C8C12326

Responder

luka

30 de maio de 2012 às 21h51

A soberba do GM é tão grande que ele não consegue enxergar que Lula e Jobim estavam explicando nas entrelinha que GM fez uma tremenda cag.. por obter informações com as pessoas erradas. As mesmas pessoas que o levaram a interpretar a situação toda 1 mês depois.
O que se passa agora é que GM está apavorado de ter que encarar a verdade. A soberba o traiu.
Pato.

Responder

Marcio Leandro

30 de maio de 2012 às 21h22

Bom, para ele estar tão preocupado até com o Paulo Lacerda, talvez apareça alguma gravação mostrando e provando a tramoia do grampo sem áudio.

Responder

edson

30 de maio de 2012 às 21h14

Impeachment já para Gilmar Mendes. Não é possível um Ministro do STF falar tantas asneiras e continuar impune. Falta com o decoro de Ministro do STF. O PT deveria entrar com o pedido de impeachment no Senado agora.

Responder

Nelson

30 de maio de 2012 às 20h28

Ele nunca se sentiu tão só.
Já era Gilmau…

Responder

Paulo Souza Ribeiro

30 de maio de 2012 às 20h28

O que me causa estranheza é um partido de esquerda como o PSOL embarcar na canoa furada da DIRETAÇA, assinando uma representação contra o LULA, na PGR, com apoio em mentira da Veja e Gilmar Mendes, urdida pelos Álvaro Dias e Aloisio Nunes (notórios golpistas com o mesmo cabedal herdado da antiga UDN dos anos 40/50)e despeitados detratores dos que querem elevar o Brasil e melhorar as condições do bom povo brasileiro. Será que Chico e o Ivan, tão admirados, estão em busca do nosso desprezo e indiferença.

Responder

Remindo Sauim

30 de maio de 2012 às 20h02

O Jobim e o Gilmar já desmintiram o Lula. 2×1 para a verdade. Dilma e Ayres Britto desmentem o Estadão. 4×2 para a verdade.

Responder

Paciente

30 de maio de 2012 às 19h44

Por piedade a este homem, o STF deve libera-lo para licença médica e tratamento psicoterápico adequado.

Uma aposentadoria compulsória não seria má ideia e evitaria o vexame e o excessivo constrangimento para ele, pára o Supremo, para o país, para as instituições, para o Judiciário e, finalmente, mas não por último, para os jornalistas da Editora Abril.

Homens e mulheres adultos, de cabelo branco, diploma de ensino superior, viajados, instruídos… tsc, tsc, tsc…

Responder

Jurandir Alecio

30 de maio de 2012 às 19h39

A batata do GILMAR está assando. Quem será o Gilmar?

Responder

Fabio Passos

30 de maio de 2012 às 19h23

O gilmar dantas perdeu o juízo de vez.
Se fizer uma lista ele já afirmou que todo mundo o está perseguindo: Lula, Paulo Lacerda, Jobim, a Venezuela(?!?), os blogs sujos.

Não é verdade.
gilmar dantas tem muito apoio: carlinhos cachoeira, rupert civita e o restante do PIG, daniel dantas, demóstenes torres. rsrs

Responder

Embaixador da Venezuela repudia declarações de Mendes « Viomundo – O que você não vê na mídia

30 de maio de 2012 às 17h51

[…] CartaCapital: Agora,Mendes insinua que Jobim também tentou “chantageá-lo” […]

Responder

CARLOS MOREIRA-MACEIÓ/AL

30 de maio de 2012 às 17h34

A Unica coisa que o PIG/Gilmar/Cerra, sabem fazer com maestria é MENETIR!!!!!!

Responder

Julio

30 de maio de 2012 às 17h26

Recordar é viver…

Em 2010, em plena corrida eleitoral, Gilmar Mendes recebeu uma ligação do então candidato a presidente José Serra. Coincidentemente, horas depois pediu adiamento em uma sessão importante na época da eleição.

Por que na época o ministro não ficou indignado e não reclamou de pressão do candidato Serra?

http://oglobo.globo.com/pais/noblat/posts/2010/09/30/apos-falar-com-serra-mendes-para-sessao-328704.asp

Responder

trombeta

30 de maio de 2012 às 17h17

Mendes está descontrolado, a CPMI do cachoeira mexeu com o humor de muita gente.

Responder

Jicxjo

30 de maio de 2012 às 17h11

Faz ataques sem provas a Lula, a Jobim, a Paulo Lacerda. Para que serve a Lei Orgânica da Magistratura? Vai ficar tudo por isso mesmo, ninguém vai pedir o impeachment de Gilmar?

Responder

Jaime

30 de maio de 2012 às 17h04

Lacerda quer “destruí-lo?”. Um pouco forte a afirmação, mas se considerarmos que o sujeito está tendo uma crise de paranóia, pode ser relevado. Agora, é bom que o Gilmar saiba que pelo menos metade do Brasil quer, sim, vê-lo fora do STF e de preferência dentro da cadeia. Isso não é paranóia.
Que dureza, cara! Lá em Diamantino era mais fácil…

Responder

    Jr. Dalprà

    31 de maio de 2012 às 11h44

    Metade do Brasil quer vê-lo fora do STF??? Acho que são 99%!!

Rafael Silva

30 de maio de 2012 às 17h03

Está havendo desonestidade jornalística.

Jornalisticamente, esse “diz-que-me-disse” não poderia jamais ser amplificado como foi. Houve claríssima má fé na cobertura jornalística no caso, ao abraçar a versão de somente uma das três fontes.

Hoje, assim como ontem, Gilmar dá declarações afirmando coisas diferentes. Hoje sobrou para o Jobim…

Nenhuma escola de jornalismo ensina que se dê ampla divulgação a intrigas mal explicadas, cochichos: para isto existem as colunas, para isto existe a editoria de opinião, que serve para tratar de assuntos nebulosos como esse.

Comercialmente se explica, é uma “muvuca” que dá retorno financeiro, audiência, as pessoas acessam mais a internet, compram mais jornais, etc.

Mas, como notícia/informação, a versão Gilmar-Veja, desmentida pelo próprio na Globonews segunda-feira, reafirmada na terça-feira, e que hoje culpa o Jobim, é completamente absurda.

Mal comparando: se Gilmar estivesse prestando depoimento a um investigador de polícia, jamais sua(s) versão(ões) seria(m) acolhida(s). É claro como o sol do meio-dia no deserto do Saara.

Responder

Luciano Prado

30 de maio de 2012 às 16h48

Ou seja, Gilmar Mendes pirou de vez.

Responder

RicardãoCarioca

30 de maio de 2012 às 16h27

Essas versões antagônicas sobre o mesmo acontecimento não seriam aceitas por nenhum delegado que estivesse investigando esse entrevero. Mas, para o PiG, só a versão do Gilmar Mentes presta, por ser do seu interesse. Desafiar a lógica? Não tem problema! Mesmo com duas pessoas desmentindo, para o PiG, não interessa!
O melhor é Lula e Jobin deixar Gilmar Mentes se contradizendo sozinho. Assim, ficará mais nítida a armação Gilmar/PiG e essa farsa não conseguirá chegar até sexta-feira.

Responder

    Tania

    30 de maio de 2012 às 16h46

    Alguem pelo amor de Deus chama o Joaquim Barbosa e pede a ele para tirar o Gilmar Mendes da mídia, a ultima coisa que precisamos no Brasil e ter um membro da mais alta corte do pais mudando a cada momento sua versao dos fatos – isto macula mais o STF que uma eventual manifestacao de Lula de que nao gostaria de qu e o mensalao fosse julgado em ano de eleicao – opiniao todo mundo pode ter a sua, mas palavra, ja dizia meu avo, o que o homem, para ser homem de verdade tem que sustentar de pé o que falou sentado.

    ademir rangel santos

    30 de maio de 2012 às 16h56

    O mais engraçado carioca é que :não se pode falar com o GIlmar Mendes o nome Paulo Lacerda ,nem o do investigado senador Demostenes que isto o leva a pensar em forçar barra ou insinua coação ,porquê? Quem não deve não teme sr Ministro,é conciência pesada .Mas a vantagem é que dentro em breve vc não será mais ministro e vai virar um cidadão(Deus nos livre )e será que poderá responder por seus atos ou vai se esconder em sua fazenda com sua camarilha.

    Scan

    30 de maio de 2012 às 18h14

    E depois querem que Lula venha a público se “defender” das acusações desse punguista?
    Lula não é besta: fica quieto assistindo de camarote o imbecil se enrolar cada vez mais.
    Deve estar se matando de rir da figura e pensando “Vai, cretino, se enforca sozinho. Exponha publicamente toda sua burrice.”
    Neste episódio Gilmar mostrou, de maneira cabal, inequívoca, que é pouco dotado intelectualmente. Ora, todos sabemos o que ocorre com criminosos burros…

Ildefonso Murillo Seul

30 de maio de 2012 às 16h12

Agora soh falta o Ex Supremo Presidente do Supremo declarar que TAMBÉM foi vítima de abuso sexual na infancia e que foi por culpa do Lula!!!!

Por falar em Lula, parafraseando:

“Joaquim Barbosa falÔÔÔÔ
E o Dallari avisoÔÔ
O GD é picareta com anel de DOUTÔÔÔÔ!!!!”

Responder

    Ronaldo

    30 de maio de 2012 às 19h05

    Muito boa essa do abuso. Até poderíamos criar uma hashtag como a que falava, na época das eleições de 2010, que qualquer evento ocorrido na humanidade era culpa da Dilma.

RicardãoCarioca

30 de maio de 2012 às 16h08

Lula e Jobin estão certos em não dar bola para as baboseiras que Gilmar Dantas Mentes está inventando nessa semana. Acusador falando sozinho perde a força. O PiG não iria publicar o que os dois diriam mesmo! Dessa forma, o PiG não conseguirá arrastar esse absurdo até o final de semana e, depois, vida que segue.

Lula, não vá em ninho de cobras. Se for, leve o gravador e use-o.

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação e traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.

Últimas matérias
Amigo de Bolsonaro, Trump proíbe exportação de máscaras, apesar de alerta sobre “crise humanitária” na América Latina

Da Redação O presidente Donald Trump anunciou hoje que assinará um decreto proibindo a exportação, por empresas dos Estados Unidos, de equipamento médico utilizado no combate à pandemia de coronavírus. Isso apesar de a empresa 3M, especificamente acusada de lucrar com a emergência médica, ter dito que a decisão de Trump teria “implicações humanitárias significativas” […]

Ler matéria