VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


A carta de Lula para Xi Jinping: Bolsonaro é “reles bajulador de Donald Trump”
Foto: Alan Santos/Presidência da República
Política

A carta de Lula para Xi Jinping: Bolsonaro é “reles bajulador de Donald Trump”


22/03/2020 - 17h37

Caro presidente Xi Jinping,

Em nome da amizade entre os povos do Brasil e da China, cultivada por sucessivos governos dos dois países ao longo de quase cinco décadas, venho repudiar a inaceitável agressão feita a seu grande país por um deputado que vem a ser filho do atual presidente da República do Brasil.

Tal atitude, ofensiva e leviana, contraria frontalmente os sentimentos de respeito e admiração do povo brasileiro pela China.

Creio expressar o sentimento de uma Nação, que tive a responsabilidade de presidir por dois mandatos, ao pedir desculpas ao povo e ao governo da China pelo comportamento deplorável daquele deputado.

Como é de seu conhecimento, setores expressivos da sociedade brasileira condenaram aquela agressão, incluindo os presidentes da Câmara dos Deputados e do Senado Federal do Brasil.

Lamento, entretanto, que o atual governo brasileiro não tenha feito ainda esse gesto pelos canais diplomáticos e por meio do próprio presidente da República, Jair Bolsonaro, que deveria ter sido o primeiro a tomar tal atitude.

Seu silêncio envergonha o Brasil e comprova a estreiteza de uma visão de mundo que despreza a verdade, a Ciência, a convivência entre os povos e a própria democracia.

Lamento especialmente que esta agressão tenha ocorrido na conjuntura de um contencioso comercial entre a China e os Estados Unidos, país ao qual a política externa brasileira vem sendo submetida de maneira servil por este governo.

Bolsonaro rebaixa as relações do Brasil com países amigos e se rebaixa como reles bajulador do presidente Donald Trump.

Este governo passará, sem ter estado à altura do Brasil, mas nada poderá apagar os laços de amizade e cooperação que vimos construindo desde 1974, quando o então presidente Ernesto Geisel restabeleceu as relações entre o Brasil e a República Popular da China.

Praticamente todos os presidentes brasileiros, desde então, fortaleceram nossa relação nos mais diversos campos. Recordo que, ainda em 1988, o presidente José Sarney assinou os acordos para a construção do satélite sino-brasileiro, que viria a ser lançado no governo do presidente Fernando Henrique Cardoso.

Em 1994, os presidentes Itamar Franco e Jiang Zemin estabeleceram a Parceria Estratégica Brasil e China, que tem frutificado em benefício mútuo. Desde 2009 a China é o maior parceiro comercial do Brasil. Em meu governo, o Brasil reconheceu a China como economia de mercado e construímos juntos os BRICS, inaugurando um novo capítulo na ordem mundial.

Recentemente, expressei minha solidariedade ao povo e ao governo da China no enfrentamento ao coronavírus. Recebo agora a notícia de que os esforços admiráveis nesse combate resultaram na interrupção, pelo segundo dia consecutivo, da transmissão do vírus em seu país. Parabéns por esta vitória e sigam lutando.

Esta é a verdadeira imagem da China que nós, brasileiros e brasileiras, aprendemos a admirar, numa convivência de mútuo respeito. Um país com o qual desejamos manter e aprofundar as melhores relações de amizade e cooperação, inclusive no combate à grave pandemia que também nos atinge.

Receba minha saudação respeitosa e fraterna, que se estende a todo o povo chinês,

Luiz Inácio Lula da Silva

Últimas unidades

A mídia descontrolada: Episódios da luta contra o pensamento único
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação.

A publicação traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.

Por Laurindo Lalo Leal Filho



2 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Zé Maria

22 de março de 2020 às 19h49

“A Rússia enviou seu exército para ajudar a Itália.
Onde está a OTAN?
Cuba enviou 53 médicos para a Itália.
Onde estão os EUA?
A China está enviando milhões de kits de teste de Coronavírus para a Itália.
Onde estão os EUA e o Reino Unido da Grã Bretanha?
Eles só se reúnem quando querem destruir um país e se apropriar dos recursos naturais”.
Comrade Désiré
https://twitter.com/ncambirwa/status/1241738202530136065

Responder

Zé Maria

22 de março de 2020 às 18h14

Os Nove Governadores do Nordeste,
Reunidos no “Consórcio Nordeste”,
pediram ajuda à China no Combate
à Contaminação por Coronavírus
e obtiveram Resposta Positiva.

China responde pedido de Governadores do Nordeste
e sinaliza positivo em ajuda contra o coronavírus:
“vamos esforçar por isso”

Após os governadores nordestinos pedirem apoio da China
para combater a pandemia do coronavírus na Região,
o embaixador chinês no Brasil, Yang Wanming, disse que
o país asiático irá “se esforçar” para atender a solicitação.

No pedido de ajuda à China, feito por meio de um ofício
assinado pelo governador da Bahia, Rui Costa (PT),
em nome do Consórcio Nordeste, os governadores
pedem a colaboração do governo chinês “por meio
do envio de materiais médicos, de insumos e
de equipamentos”.

https://wscom.com.br/china-responde-pedido-de-governadores-do-nordeste-e-sinaliza-positivo-em-ajuda-contra-o-coronavirus-vamos-esforcar-por-isso/

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação e traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.