VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Trabalho de Comitê Científico do Consórcio do Nordeste pega no breu e reafirma distanciamento social; vídeo
Avenida W3 Sul, em Brasília, praticamente vazia na manhã de 3ª feira. Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil
Professor Nicolelis contra a pandemia

Trabalho de Comitê Científico do Consórcio do Nordeste pega no breu e reafirma distanciamento social; vídeo


05/04/2020 - 16h24

por Miguel Nicolelis

Uma boa notícia: pega no breu o trabalho do Comitê Científico que assessora o Consórcio de Governadores do Nordeste no combate à pandemia pelo novo coronavírus.

Na manhã dessa sexta-feira, 03/04, sob a minha coordenação e dos ex-ministros Sérgio Rezende (Ciência e Tecnologia) e Carlos Gabas (Previdência), o comitê se reuniu de novo, para orientar e articular ações dos estados e municípios que estejam lastreadas em conhecimento científico.

O Comitê reafirma a necessidade de distanciamento social.

Foram criados nove subcomitês temáticos, sob orientação do Comitê Científico, cujos membros dividirão a tarefa de coordenar e convidar outros cientistas e pesquisadores, nacionais e internacionais, para participar voluntariamente desse esforço.

São estes os subcomitês:

1. Sala de situação, que produzirá um clipping científico, um perfil dos membros do Comitê, coleta e análise de dados, aplicativos e suporte Tecnologia da Informação (TI), simulações, estimativas e cenários, logística e comunicação pública.

2. Protocolos de assistência médica e ambulatorial, clinica e terapêutica, estudos clínicos, desenvolvimento de drogas.

3. Equipamentos hospitalares, ventiladores e alternativas, Equipamentos de Proteção Individual (EPI) e insumos, recursos hospitalares, e de UTI

4.Interação entre indústria, startups e laboratórios, e unidades de pesquisa locais.

5.Fomento a redes de pesquisa, desenvolvimento tecnológico, fontes de recursos e novas linhas de financiamento.

6. Contatos nacionais e internacionais.

7. Virologia, vacinas e diagnóstico laboratorial.

8. Políticas públicas de intervenção (medidas econômico-sociais).

9. Epidemiologia, modelos matemáticos e medidas de enfrentamento.

Estudos recentíssimos têm demonstrado que o novo coronavírus não se transmite apenas por gotículas de saliva, mas também pelo ar de quem está infectado.

Essa descoberta suscitou duas questões: a necessidade de toda a população usar máscaras; e como não há o tipo cirúrgica para todas as pessoas, a utilização de máscaras caseiras.

Reconhecendo o amplo debate que existe na sociedade sobre a eficácia da máscara caseira, o Comitê se compromete a apresentar o mais breve possível um relatório específico sobre o tema.

Mais uma boa notícia.

Foi disponibilizado na sexta-feira pelo Google Play o Monitora Covid-19, aplicativo do Consórcio Nordeste articulado ao Registro Eletrônico de Saúde.

A ferramenta permite o atendimento remoto dos pacientes e acompanhamento dos casos por georreferenciamento.

O aplicativo também está em processo de liberação pela Apple Store.

O Monitora Covid-19 é uma ação fundamental para melhorar a vigilância e controle dos casos em tempo real.

O Comitê Científico do Nordeste apoia medidas que, ao mesmo tempo, reaqueçam a microeconomia e envolvam toda a sociedade no combate ao coronavírus.

Para isso, sugere que se mobilize costureiras, artesãos, pequenas e grandes empresas num esforço coletivo de produzir os insumos necessários e tecnicamente adequados para o combate ao coronavírus.

Isto seria uma boa combinação entre políticas científicas de saúde pública com políticas econômicas e sociais de amparo à população financiadas por meio do Consórcio Nordeste.

O Comitê Científico do Nordeste pedirá a colaboração de cientistas e estudantes brasileiros e estrangeiros, aqui e no exterior, para formar uma enorme rede mundial de apoio ao combate ao coronavírus na região.

Participaram também da reunião virtual do Comitê Científico do Consórcio do Nordeste os seguintes membros: Adélia Carvalho de Melo Pinheiro (BA), Antônio Silva Lima Neto (CE), José Noronha (PI), Ricardo Valentim (RN), Luiz Cláudio Arraes de Alencar (PE), Marco Aurélio Góes (SE), Marcos Pacheco (MA, Maurício Lima Barreto (BA), Priscilla Karen de Oliveira Sá (PB), Roberto Badaró (BA)e Fábio Guedes Gomes (AL)



Ajude o VIOMUNDO a sobreviver

Nós precisamos da ajuda financeira de vocês, leitores, por isso ajudem-nos a garantir nossa sobrevivência comprando um de nossos livros.

Rede Globo: 40 anos de poder e hegemonia

Edição Limitada

R$ 79 + frete

O lado sujo do futebol: Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!

R$ 40 + frete

Pacote de 2 livros - O lado sujo do futebol e Rede Globo

Promoção

R$ 99 + frete

A gente sobrevive. Você lê!


1 comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Zé Maria

05 de abril de 2020 às 16h45

O Milico Babão Heleno, espeSSialista em viroses anticomunistas,
afirmou que o COVID-19 sofreu 2 mutações em braZ-ilha, uma no
Palácio da Alvorada (COVID-20) e outra no “setor de inteligência”
do Gabinete de Segurança Institucional – GSI (“COVID-21”).
https://pbs.twimg.com/media/EU2FvFwXsAY4SuU?format=png

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
O lado sujo do futebol

Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!