VIOMUNDO

Diário da Resistência


Marta desembarca do PT direto nas páginas amarelas da Veja, a mesma que arrasta Lula “para o meio do escândalo”
Opinião do blog

Marta desembarca do PT direto nas páginas amarelas da Veja, a mesma que arrasta Lula “para o meio do escândalo”


27/04/2015 - 13h42

IMG_0632

por Luiz Carlos Azenha

Marta descobriu que o PT traiu os brasileiros. Com uma “avalanche de corrupção”. Mas ela só fez a descoberta entre o mensalão e o petrolão. “Se você não estava ali naquela meia dúzia, você não sabia”, afirma a ex-prefeita na entrevista que deu às páginas amarelas da revista Veja.

Mas, quando foi mesmo que ela descobriu a verdade? Ah, sim, depois de não ter o seu nome nem cogitado para a corrida ao governo de São Paulo em 2014, “embora eu tivesse 30% das intenções de voto”. Foi aí que ela viu a luz.

Marta acha Dilma uma péssima presidente. O entrevistador da revista, bem ao estilo Veja, ataca de leading question e aproveita para encaixar sua conclusão na pergunta: “É ruim também pelo fato de ter uma mulher na Presidência e que não deu certo”.

Marta é profissional, não vai cair numa pergunta ensaboada como esta sendo mulher. “A sensibilidade do gênero feminino faz a diferença na hora de governar. São séculos e séculos cuidando de crianças, dos velhos e dos doentes. A Dilma tem essa sensibilidade, mas o temperamento prevaleceu sobre ela”. Boa, Marta!

Marta não pode dizer que saiu do PT porque não tinha mais espaço no partido, desde que não se reelegeu prefeita e foi em seguida escanteada por Fernando Haddad. Poderia parecer mero oportunismo político fazê-lo às vésperas da campanha de 2016. “Não estou saindo do PT porque quero ser candidata”, garante. Mas, em seguida, ela faz comparações com Haddad. “Qual a marca dele? Ciclovia? É muito óbvio”, alfineta.

Marta e Veja são igualmente óbvias. A entrevista dela saiu na mesma edição em que a revista tenta pautar a delação premiada de Léo Pinheiro, ex-presidente da empreiteira OAS preso em Curitiba à disposição do juiz Sergio Moro. Pinheiro teria ajudado Lula na reforma de um sítio que não pertence ao ex-presidente, na conclusão de um apartamento em Guarujá e arranjando emprego para o marido de Rosemary Noronha.

Mas, tudo depende de uma delação premiada com a qual Pinheiro ainda não se comprometeu. Veja simplesmente adivinha quais seriam os termos da delação.

Manda um recado nada discreto ao ministro Teori Zavascki, do STF, que preside a turma que poderá dar habeas corpus e livrar da cadeia os executivos presos em Curitiba. Veja publica a foto do ministro na reportagem-denúncia contra Lula com a legenda “para o bem ou para o mal”.

A reportagem seguinte à denúncia contra Lula tem o título “A delação compensa”. Nela, Veja demonstra que Paulo Roberto Costa e Alberto Youssef se deram bem com as penas recebidas do juiz Sergio Moro. Parece até jogo casado.

Como escrevi acima, Veja é cristalinamente óbvia. Assim como Marta “descobri agora e não saio para disputar eleição” Suplicy.

Marta, em sua entrevista, não fala mal de Lula. Ela sabe que, se falar, pode perder votos na periferia de São Paulo, votos sem os quais jamais conseguiria derrotar Haddad num eventual segundo turno em 2016.

Por outro lado, Marta também precisa dos votos da direita, que até hoje a demonizou.

Por isso, ela explica que deixou o ex-marido Eduardo Suplicy por ter se apaixonado por outro. “Quando não se ama mais alguém, a separação é a saída natural”, pontifica, o que as madames dos Jardins certamente vão entender.

O toque final é dado pela cor do vestido que Marta escolheu para sair na Veja: verde. Compõe muito bem com a cor das página da revista.

Verde-amarelo. É a nova Marta. Obviamente.

Leia também:

Lincoln Secco: A oposição deseja é o impeachment de Lula

André Singer: PSDB e PMDB se juntam para extinguir a CLT

A mídia descontrolada: Episódios da luta contra o pensamento único
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação.

A publicação traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.

Por Laurindo Lalo Leal Filho



71 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Aaron

29 de abril de 2015 às 15h01

Gosto muito da Marta Suplicy. Estou tão indignado quanto ela, pois voto no PT desde 1980 e estou envergonhado. Achei até que meu voto decidiu a eleição e deu a presidência para a Dilma.. Sempre votei nela. Fez um excelente trabalho quando prefeita de SP: Bilhete único e os formidáveis Centro de Educação Unificado- CEUs – Escolas com teatro, quadra e piscina, aberta para a comunidade localizadas na periferia da cidade. Devia ser copiada por todos os prefeitos. Tomara que ela saia como Prefeita. Vou fazer campanha para ela! O PT também perdeu a Luiza Erundina, Gianazzi e Luciana Genro, Em tempo: Haddad (votei nele, ufa) é um poste mesmo!

Responder

    Bonobo, Severino de Oliveira

    01 de maio de 2015 às 03h02

    Todos esses citados que saíram do PT tem algo em comum. Não aceitaram as decisões democráticas das instancias do partido e pretenderam impor os seus entendimentos minoritários quando não, no caso da Marta, suas pretensões pessoais. Não sabe brincar, não desce pro playground.

mineiro

28 de abril de 2015 às 16h00

mais uma desgraçada , traidora , vendedora de patria, tucana, elitista. gente dava para desconfiar , uma sujeita , que é paulista , cria da elite. alguem acredita que essa mesma reacionaria , seria uma progressista? logico que nao, o resultado ta ai para todo mundo ver. e tem mais lixo dentro do pt que vai mostrar as garras e a cara nao vai demorar muito , pode esperar.

Responder

    mineiro

    28 de abril de 2015 às 16h06

    mais uma que vai fazer companhia para lacraia silva, heloisa helena. vai para a vala do esquecimento e tomara que nunca mais volte. quem mandou o pt acreditar em madame , desde quando madame da elite paulista , alguma vez na vida se quer seria uma progressista. é o mesmo que o playboi que mg odeia, fosse o homem mais honesto do brasil , sao coisas impossiveis de acontecer. e tem mais gente do pt que nao vai demorar vai ta na nessa lista negra .

wendel

28 de abril de 2015 às 14h51

Bom, foi util enquanto esteve no PT, agora irá pousar em outras paragens.
Que seja feliz !!!!!
Quanto aos seus atuais conceitos sobre o PT, irrelevantes, a não ser para os que nuncaz gostaram do partido e principamente do LUla.
Os métodos, são sempre os mesmos, mudam apenas as figuras.
Querem por que querem atingir o Lula. Desconstruir esta figura que gostemos ou não será o próximo presidente da Nação, e cabe a nós, refutar veementemente os que se opõem a isto.
Avante PT !!!!! Avante LULA !!!!
O Brasil governado por voces, sempre será melhor do que com eles.
Aparem as arestas, e façam virar o jogo, pois apesar deles, e dos defeitos que porventura temos, ainda somos melhores !!!!!

Responder

    Bonobo, Severino de Oliveira

    28 de abril de 2015 às 16h05

    Vc tocou no ponto nevrálgico que irrita as ZELITES e explica em parte todo esse ressentimento. O problema é que um “peão” saído lá de Garanhuns, ou de outro rincão pernambucano, de família pobre, retirante do nordeste, cresceu no cenário nacional, construiu um partido político de sólidas bases populares, tornou-se Presidente da República, nas regras vigentes, instituídas em 1997, justamente para que isso nunca, jamais fosse possível, e, PIOR DE TUDO:

    Realizou o melhor governo que esse pais já teve, com projeto claro e definido de politica externa, reconhecido internacionalmente e programas de inclusão social, também aplaudidos no exterior enquanto duramente atacados nos meios putrefactos da sociedade local. Depois, pra piorar ainda mais, recuperou a Petrobras da degradação em que foi relegada nos anos 90 e descobriu o Pré-Sal e fez o marco da exploração soberana das suas riquezas. Ganhou as eleições de 2010 e 2012 e, inaceitável, as de 2014, com todos os sistemas de inteligência dos EUA atuando em solo brasileiro a plenos vapores. Esse é o quadro que explica toda essa sanha de destruir o Lula e porque virar-se contra ele é uma última saída para tentativa de sucesso para os fracassados como essa perua em apreço.

    Como vc disse, “No pasarán!!” Em 2018, é Lula de novo, nos braços do povo, para alegria e felicidade desse povo e desespero daqueles que não se conformam que o Brasil se afaste dos tempos da Casa Grande e sonham em obter um Green Card para poder visitar a Disneylândia todos os anos. Pena que vão e não ficam por lá de uma vez.

    Bonobo, Severino de Oliveira

    28 de abril de 2015 às 16h12

    Aliás, me esclareça, por favor, uma dúvida que me surge. Vc disse que ela foi pousar em outras paragens num sentido figurado, abstrato e genérico, ou realmente está fazendo uma comparação da insigne futura desfiliada a alguma ave emplumada? ,

Domingos Sávio

28 de abril de 2015 às 12h40

Essa senhora não nega suas origens. Seu interesse foi sempre o da autopromoção. Se o pt errou, errou também por culpa dela. Aliás, seu governo municipal também não foi dos melhores. Ficou aquém, e muito, do governo da Luiza Erundina. Ela fala do que seria a “marca” do Haddad. E qual seria a marca dela? Além do marketing pessoal e da autopromoção, o que ela fez por São Paulo? Nos legou o Serra. Parabéns Marta. Cuspiu no prato após lambe-lo ao máximo… Já foi tarde.

Responder

Paulo Renato

28 de abril de 2015 às 12h03

Por que não propor uma troca com o pmdb? Trocarem o Requiao mando-o para o Pt e eles recebem a Marta. Nenhum dos partidos perde o número que já possuem na bancada e ideologicamente todos ganham.

Responder

Lafaiete de Souza Spínola

28 de abril de 2015 às 10h06

Azenha,

Antes de publicar meu comentário, todos os comentários estavam como FOLLOW POST.

Depois que dei o enter, todos passaram para UNFOLLOW POST.

Pergunto e responda se puder: O que há de execrável na mensagem?

Querem mudar o Brasil, como? Com os mesmos? Usando os mesmos métodos?

Você acredita que sem investir na educação básica teremos uma nação.

Não estou disposto a só discutir as mazelas! Precisamos discuti-las, mas, principalmente, elaborar um projeto de mudanças profundas.

Responder

    Conceição Lemes

    28 de abril de 2015 às 10h12

    Lafaiete, não mexemos em nada nos comentários. Vamos mandar o seu comentário para a pessoa que cuida da web pra tentar descobrir o que está acontecendo. abs

    Conceição Lemes

    28 de abril de 2015 às 10h34

    Lafaiete, falei com o Leandro Guedes, que é quem cuida da parte de web do Viomundo. A sua reclamação é em relação aos comentários no Viomundo ou no Facebook do site?
    Veja o que ele respondeu:
    “eu não entendi este negócio de FOLLOW POST / UNFOLLOW POST. Acredito que ele esteja falando dos comentário so Facebook.

    Se for isso, deve ser os bugs do Facebook de sempre. Não temos como fazer qualquer interferência pois aquela faixa fica hospedado no site do Facebook, não temos muito o que fazer ali. Talvez ele tenha apertado algum teclado que dá UNFOLLOW POST de uma só vez, talvez estava selecionado.. Não sei. Coisas do Facebook”.

    Abs

    Lafaiete de Souza Spínola

    28 de abril de 2015 às 13h05

    Azenha e Conceição,

    Estou interessado em saber o que e como está ocorrendo. Não é qualquer tecla que cutuco! É sempre!

    Todos os comentários estão na condição de FOLLOW POST. Quando clico para comentar algo, então, tudo passa para UNFOLLOW POST.

    Isso surgiu, depois que o SITE VIOMUNDO mudou de aspecto, foi reconfigurado.

    Não se pode ficar alheio a esses acontecimentos! Sei que existem BlOGS que censuram! Não estou dizendo que o Viomundo procede desta forma. A gente fica à procura da verdade!

    Há mais de um ano, postei UM PROJETO PARA A EDUCAÇÃO NO BRASIL num Site que era ligado ao PSDB. Teve, de imediato, uma excelente repercussão, foi uma enxurrada de comentários. Só consegui postar duas vezes! Nunca mais tive acesso ao Site!

    Aliás, sinto que meus tópicos são muito bem aceitos por pessoas que são independentes e rejeitados por filiados.

    Podem observar que não me dirijo a partidos! Não sou neutro! Mas nunca gostei de termos pejorativos como coxinhas, petralhas, tucanalhas, paisanos, gorilas e outros do gênero.

    O Brasil precisa somar os bem intencionados. Quem mais adora a divisão odiosa e dá incentivos fala inglês!

    Pensando, assim, estou projetando em criar um Site nessa linha. Não sei, ainda, se suportarei os custos.

Waldoli

28 de abril de 2015 às 09h49

Na verdade ela nunca foi verdadeiramente “PTistas”, conheço a dama desde a década de 80, foi influenciada pela marido, querendo fazer carreira alta, brilhar mais que a estrela que ela carregava. Pra mim já vai tarde!

Responder

Ninguém

28 de abril de 2015 às 09h25

Marta, devolve o meu voto!

Sempre votei em Marta porque era a candidata do PT e não porque era a Marta. Se ela saiu do PT, tem que devolver o cargo para o partido.

Responder

abolicionista

28 de abril de 2015 às 09h17

É nisso que dá colocar nos quadros do partido gente que nunca teve envolvimento sério com movimentos sociais. O PT tem muito carreirista como a Marta, capaz de tudo para chegar ao topo. Quando vem a tempestade, abandonam o barco. É um pouco tarde pra dizer isso, mas o PT deveria pensar no que fazer para evitar esse tipo de carreirismo no partido.

Responder

Carlos

28 de abril de 2015 às 08h17

Devolva o mandato de senadora ao partido pelo qual a sra. se elegeu! Eu votei na candidata do PT, não dei um voto pessoal a Marta. Ela tem a obrigação de devolver este mandato, ainda mais que deve filiar-se a partido que hoje serve à direita.

Responder

ana ali

28 de abril de 2015 às 00h15

Começou a derrocada e a INveja é o local mais apropriado.
Marta, por ela mesma, deu a pá de cal. agora vão lhe tirar até a última gota e depois, abandoná-la, não terá mais serventia alguma. cuspiu no prato que comeu só não esquece de devolver o sobrenome e o cargo, martinha!

Responder

Falcâo

27 de abril de 2015 às 23h52

Marta é trabalhadora e filiada a algum sindicato ? Desconheço. Ela, esse tempo todo, sempre usou o PT como escada para galgar postos dentro da política. Já vai tarde.

Responder

Adilson

27 de abril de 2015 às 23h24

O que a sede pelo poder é capaz de fazer com um ser humano né Dona Martaxa.

Responder

Álvares de Souza

27 de abril de 2015 às 22h59

Com a imensidão desse ódio, como gozar, sexóloga!

Responder

    Museusp Batista

    28 de abril de 2015 às 10h17

    KKKKKKKKKK

    Essa é boa mesmo. O que ela pretendeu ensinar, provavelmente não é capaz de praticar!!!

    Que descanse em paz.

Zé Brasil

27 de abril de 2015 às 22h44

Marta escreva no quadro negro mil vezes:

Dignidade não se compra e nem tampouco se vende!

Logo na veja, que vergonha Marta, que vergonha!

Nunca uma frase ficou tão bem provada: – o inimigo do meu inimigo é meu amigo! Que novos amigos….. já vai tarde!

Quando seu prazo de validade expirar para a veja eles vão lhe descer o pau no lombo e será bem-feito! Vou dar muitas risadas e só esperar!

Responder

    Museusp Batista

    28 de abril de 2015 às 10h21

    Calma Zé!! Lembre-se que felizmente a neo traíra não padecerá desse (pelo menos desse, não!) mal, porque, por Tutatis, a revista detrito não durará nem o tempo suficiente para ver o seu ocaso. Vão juntas, as duas, para seus imerecidos descansos.

irineu Almeida Baptista

27 de abril de 2015 às 22h35

Gostaria de saber como os coxinhas vão votar nas próximas eleições municipais. Se a Marta se candidatar os coxinhas vão votar nela, porém, antes de ela sair do PT era Martaxa, prostituta do PT, Loura Burra, traidora de marido, etc…. E agora, vão votar nela? rsrsrs Faço questão de esperar….

Responder

Messias Franca de Macedo

27 de abril de 2015 às 21h54

… Está explicado:
a Marta Suplicy é uma leitura assídua do escroto folhetim que responde pela nefasta e famigerada alcunha de ‘veja’!

Leitura acrítica com arrivismo é uma mistura explosiva!

Mais uma para o ostracismo e o limbo da história do joaquim barbosa &$ do “juiz” Sérgio ‘Tolo’!

Responder

    Messias Franca de Macedo

    27 de abril de 2015 às 23h15

    EM TEMPOS FASCIGOLPISTAS, rescaldo:

    … O programete fascigolpista do Alexandre Garcia “das organizações (sic) Globo soNEGAdoras” é divulgado também pela Rádio Itatiaia (‘A Rádio de Minas’)…

    Conheça um pouco sobre a história de aliança da Radio Itatiaia e a ditadura militar do ex porta-voz Alexandre Garcia!

    Tese para bacharelado em Jornalismo
    Universidade Federal de Viçosa

    http://www.com.ufv.br/pdfs/tccs/2009/anapaulamaristela.pdf

    [ O Alexandre Garcia exerce também a função de, digamos, capilarizador do PIGolpista e fascista/terrorista!
    Todas as manhãs, o Garcia “dos Marinhos da Globo” veicula o infausto programete ‘MAU Dia Brasil’ através das ondas potentes das emissoras de rádio para todos os rincões deste ‘Brasilzão do Meu Deus’!]

Messias Franca de Macedo

27 de abril de 2015 às 21h49

Marta Suplicy: “Dei ao PT uma cara de classe média palatável”

Postado em 25 de abril de 2015 às 4:04 pm

FONTE: http://www.diariodocentrodomundo.com.br/essencial/marta-suplicy-dei-ao-pt-uma-cara-de-classe-media-palatavel/

LÁ VEM O MATUTO INDIGNADO!

[“Um tributo à nova emergente (sic) ex petista Marta Suplicy!”
A esses ‘ex’!
O [Eduardo] Suplicy que o diga!
Pausa para rir!
Das nossas desgraças!
“‘Prostracismo’ neoliberal!”, diria o Ciro Gomes!

https://www.youtube.com/watch?v=rKamQTZMZY8

Responder

    Messias Franca de Macedo

    27 de abril de 2015 às 21h51

    Porra, “foi dá” (sic) logo na escrota ‘veja’!

    PQP!

    … E o Partido dos Trabalhadores lhe deu a cara de ‘madame progressista e vanguardista’!
    Da ‘vanguarda’ restou ‘as dicas sexológicas dos tempos da Globo’!
    Trair, adulterar, “trepar por cima”!…

Carlos Henrique

27 de abril de 2015 às 21h45

Marta sabe jogar com as palavras.
Concordo que o único projeto do PT é manter-se no poder. Os ideais já se perderam há muitos e muitos anos.
Dessa forma o PT perde com uma sangria os seus grandes quadros e vai se tornando um partido como qualquer outro.

Responder

Messias Franca de Macedo

27 de abril de 2015 às 21h44

[Ainda sobre traíras &$ piranhas!]

“VACÂNCIA NA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA”, segundo o boçal [pseudo-]jornalista e ex porta-voz da ditadura militar dos Marinhos das organizações (sic) Globo *soNEGAdoras!
*das verdades – e dos impostos!
[MAIS UM] CRIME DO GARCIA “dos Marinhos da Globo”!
FALA, FASCIGOLPISTA Alexandre Garcia “da Globo”!
“Ontem, eu conversei com o secretário geral de um ministério! Ao deixar uma reunião ministerial, ele me disse que a oposição nem precisa mais se preocupar com as movimentações em favor do impeachment! A vacância de poder já está dada! Segundo este interlocutor, a sensação que todos têm no Planalto é a de um vazio presidencial, a percepção de que um triunvirato comanda o país! O triunvirato formado pelo vice-presidente da República, o presidente do Senado e, sobretudo, quem manda é o presidente da Câmara dos Deputados!”
EM TEMPOS FASCIGOLPISTAS:
1- A presidência da República tem a obrigação e o dever Constitucional de exigir, imediatamente, que o senhor Alexandre Garcia divulgue o nome desta “fonte”(!);
2- Uma vez identificado o traíra, essa mesma “fonte” deve antecipar-se, pedindo desoneração do cargo. Do contrário, o servidor deverá ser demitido sumariamente;
UMA REFLEXÃO ACAUTELATÓRIA:
Reflexões sobre ética jornalística
Por jornalista Cláudio Nunes
09/12/2010 – 03:55

O jornalista pode se transformar em menino de recados e usar seu prestígio para transmitir fatos inverídicos e não checados?
(…)
A fonte não pode ser omitida em demérito do bom jornalismo. Vejam que omitir opiniões da fonte para preservá-la é uma boa técnica jornalística, desde que o autor da matéria deixe claro que se trata de uma opinião. Mas quando se deixa a fonte incógnita em matérias que não tratam de opinião, mas sim de fatos, é ético omitir quem deu a informação?
O jornalista pode se transformar em menino de recados e usar seu prestígio para transmitir fatos inverídicos e não checados?
(…)

FONTE: http://www.infonet.com.br/claudionunes/ler.asp?id=107112&titulo=claudionunes

NOTA: com a palavra ‘o [tíbio] PT da Governança’!… E a Federação Nacional dos Jornalistas!…

Responder

Leo V

27 de abril de 2015 às 21h22

Faz parte.

Não sei por que então dar essa importância à Marta.

É discussão e peleja entre gestores, enquanto os trabalhadores se ferram nas mãos de todos eles.

Responder

Arthemísia

27 de abril de 2015 às 21h17

Adeus, mas não esqueça de devolver o mandato, que pertence ao partido que agora abomina. Que a vida lhe seja dura e lhe dê um pouco mais de educação.

Responder

C.Paoliello

27 de abril de 2015 às 21h01

Já vai tarde.

Por outro lado sou radicalmente contrário a que os nossos blogs, “sujos”, repercutam matéria do “detrito sólido de maré baixa” (PHA) como se ali houvesse algum tipo de jornalismo. Acho que devemos ignorar sua existência, como faço, não admitindo nem grafar o nome desse lixo.

Responder

Marat

27 de abril de 2015 às 20h58

Ela agora terá emprego garantido na globonews, ou poderá ser uma mocréia do Jô!

Responder

Marat

27 de abril de 2015 às 20h58

Depois de velha, virou uma senhora de Santana… que melancólico fim, no esgoto!

Responder

Lukas

27 de abril de 2015 às 20h15

Agora, tudo serve para atacar Marta.

Vocês são divertidos.

Responder

    Arthemísia

    27 de abril de 2015 às 21h21

    Da mesma forma que agora tudo serve para ela atacar o partido do qual ela ainda detém o mandato. Se o PT é corrupto, como diz ela, o mandato dela também é sujo e ela não é nenhuma Maria Imaculada. Quer sair, saia logo, deixe de frescura, devolva o mandato e vá trabalhar. Espero que ela não faça como fez com o sobrenome do ex-marido. Nunca entendi feminista que assina o sobrenome do homem.

Ricardo Rodrigues

27 de abril de 2015 às 20h06

Aqui na periferia, o nome disso aí é biscate.

Responder

Gilson

27 de abril de 2015 às 19h47

Eu quero o meu voto.
Votei no candidato do Partido.

Responder

Márcio Gaspar

27 de abril de 2015 às 19h32

É que a Marta está acreditando muito nela mesmo. Não que não deve acreditar nela mesmo. Mas ela está acreditando na capacidade dela em convencer a classe média e os anti-petistas a votarem nela. Os anti-petistas nunca votarão na Marta, a direita nunca votará na Marta. A Marta carrega a marca do PT. Será que a Marta esqueceu o que a direita fez com ela: O “Martaxa”; o “relaxa e goza”, “vagabundas e vadias”, “perua” etc. Quem é que se levantou para defender a Marta destes ataques? Foi a militância do PT e os simpatizantes de Marta e do PT. Quem está traindo os princípios do PT é a Marta. Qual terá sido os acordos subterrâneos em que Marta se meteu? A direita somente está abrindo espaço para Marta porque ela está atacando o PT. Vai usar bastante com objetivos políticos.

Responder

    Vargas

    27 de abril de 2015 às 21h23

    Na mosca! Disse tudo.

Cláudio

27 de abril de 2015 às 19h13

:
Ouvindo A Voz do Bra♥S♥il e postando: * 1 * 2 * 13 * 4 *************
Um poema (acróstico) para Dilma Rousseff, a depenadora de tucanus :
.
D ilma, coração valente,
I magem de todo o bem em que se sente
L ivre o amor maior pela brasileira gente
M uito humana e inteligente
A PresidentA do nosso Lula 2018 de novo Presidente
:
Acróstico para Lula, o maior e melhor brasileiro de todos os tempos
.
L uz de nossa gente, lutador incansável
U m verdadeiro herói do povo brasileiro
L úcido e consciente do mais admirável
A mor pelo ser humano e verdadeiro
:
D uas vezes contra o espectro atro
I nscreveu já seu nome na história
L utando contra mídia venal & Cia e seu teatro
M ulher forte de mais uma vitória
A deixar tucanus na ó-posição de quatro ! ! ! ! de quatro ! ! ! ! de quatro ! ! ! ! DE QUATRO ! ! ! !
* * * * Ley de Medios Já ! ! ! !

Responder

nigro

27 de abril de 2015 às 18h37

Fiquem vocês com a nova marta.

Responder

Sidnei Brito

27 de abril de 2015 às 18h02

Depois de ter a confirmação pela Justiça de que tem o direito de chamar Marta de perua, é o mínimo que a Veja poderia ter feito pela Senadora! Leia abaixo a reportagem do Consultor Jurídico:

Reportagem que chama Marta Suplicy de “perua” não é ofensiva

15 de abril de 2015, 16h48

A decisão do Tribunal de Justiça de São Paulo segundo a qual uma reportagem que chamou a senadora Marta Suplicy (PT-SP) de “perua” não ofendeu a honra da petista foi mantida pelo Superior Tribunal de Justiça.
Marta afirma que termo “perua” foi usado de forma pejorativa pela revista.
Reprodução
Segundo entendimento do TJ-SP, a expressão foi empregada para ressaltar o estilo pessoal da autora, que seria conhecida por se vestir de modo elegante, sem qualquer cunho ofensivo capaz de permitir o reconhecimento de lesão moral indenizável.

O ministro do STJ Ricardo Villas Bôas Cueva negou seguimento a recurso especial no qual a senadora questionava o acórdão do TJ-SP contrário ao seu pedido de indenização por danos morais contra a Editora Abril. A reportagem sobre a qual ela se queixa foi publicada pela revista Veja em junho de 2005.

Villas Bôas Cueva afirmou que para o STJ chegar eventualmente a uma conclusão diferente, seria necessário fazer nova análise de fatos e provas do processo, o que é vedado em recurso especial pela Súmula 7.

Para o ministro, o recurso não merece ser analisado na instância superior, pois o pedido da autora é improcedente, já que o tribunal paulista considerou as provas dos autos e toda a conjuntura político-social da época do evento.

De acordo com o advogado da Editora Abril Alexandre Fidalgo, do EGSF Advogados, a decisão do STJ é absolutamente correta, pois entendeu que o termo foi utilizado de forma jornalística e não com intuito pejorativo. Sobre um possível desdobramento do caso, o advogado afirma que, apesar de ainda caber recurso, confia na manutenção da decisão pelos tribunais.

Em seu recurso, a senadora Marta Suplicy alegava que o termo “perua” foi utilizado de forma pejorativa, sem qualquer nexo lógico com a matéria publicada pela revista e que a Editora Abril promoveu difamação e injúria passível de indenização. Com informações da assessoria de imprensa do STJ.

REsp 1.376.663

http://www.conjur.com.br/2015-abr-15/reportagem-chama-marta-suplicy-perua-nao-ofensiva

Responder

almeida

27 de abril de 2015 às 18h01

O nariz dela está parecendo o do Michael Jackson, de tanta cirurgia feita com dinheiro que ganhou em cargos conseguidos em eleições,como petista.
Assim como o nariz ,o cérebro deve ter murchado como uma ameixa,pois ela consegue o feito inédito de dizer mais asneira que o FHC.

Responder

Danilo Morais

27 de abril de 2015 às 18h01

Se colocar os óculos escuros já pode ir no próximo “coxinha fan fest”… Digo, na próxima manifestação contra a presidenta. Estará indistinguível daquelas senhoras/madames que pedem a volta da ditadura militar…

Responder

Elias

27 de abril de 2015 às 17h54

A vaidade faz Marta abandonar o partido para sair candidata a cargo executivo. Sonhou com a Presidência, mas havia Dilma no meio do caminho. Dilma lhe deu o Ministério da Cultura. Marta achou pouco. Marina Silva também achou pouco o Ministério do Meio Ambiente. Sonhava com a Presidência, mas havia Dilma no meio do caminho. As duas foram grandes lideranças do partido que ajudaram a fundar e a crescer. E quando o partido cresce, cresce junto as ambições dos correligionários. O problema é que antes de enfrentar as urnas do TSE, há de se enfrentar a indicação feita pelo partido em eleição interna. E Dilma foi indicada duas vezes. Marta, preterida, resolve sair. “Quando não se ama mais alguém, a separação é a saída natural”. Concordo e lembro o psiquiatra Roberto Freire que escreveu Sem Tesão Não Há Solução. Mas o caso de Marta é outro, é ambição pessoal: “Quero ter um projeto para o meu país. Um projeto em que acredite. É isso que eu vou buscar.” Depois de 34 anos de PT, agora vai buscar um projeto de país. Vá em frente, Marta. E não esqueça de pensar que jamais a esqueceremos.

Responder

Maria Valéria Pereira Novaes de PAula Santos

27 de abril de 2015 às 17h52

A Marta virou coxinha, que decadência. Devia ter vergonha do papel ridículo que está fazendo, menina mimada contrariada, meu voto não vai ter de jeito nenhum.

Responder

roberto

27 de abril de 2015 às 17h51

Como diria o profeta: “Nunca confie em uma sexóloga”. Os conselhos dela sempre falham,pois nunca praticou nada do que aprendeu na teoria.

Responder

Yacov

27 de abril de 2015 às 17h22

Eu já sabia que ela era uma mala, apesar de ter sido uma boa prefeita pelo PT, mas não sabia que era uma mala-sem-alça-nem-rodinhas. Vai escovar os dentes Marta… Que mau-hálito horrível, mulher !! Arghhhhhhhhhhhh…

Sorte teve o Papito de se livrar dessa mala.

#XUPLAMARTATUCANA !!!

“O BRASIL PARA TODOS não passa na REDE GLOBO DE SONEGAÇÂO & GOLPES – O que passa na REDE GLOBO DE SONEGAÇÃO & GOLPES é um braZil-Zil-Zil para TOLOS”

Responder

Edgar Rocha

27 de abril de 2015 às 17h16

Não sei se o Haddad teria condições de disputar a prefeitura de São Paulo e ganhar. Os números parecem estar contra o atual prefeito. E os riscos em função dos ataques da mídia são equivalentes aos de Dilma. Vamos ver como o PT avaliará sua candidatura. Espero que a apoiem, caso contrário pode ter muita gente acusando a Marta de traíra queimando a língua. Será que ele ficaria no PT se recebesse uma negativa em nome “da causa”?

Responder

P. Poty

27 de abril de 2015 às 16h39

Já dizia Brizola que ” a política adora a traição, mas o povo odeia o traidor.”

Outra coisa interessante é a referência do nobre repórter sobre o PSB, “partido de Eduardo Campos” [SIC]. Mas Eduardo Campos é falecido. Ou será que o PSB é um partido “Mesa Branca”? Uma sigla comandada por um morto?

Eu hein…

P. Poty

Responder

Maria

27 de abril de 2015 às 16h29

Saiu do PT e foi para onde teria que ir mesmo, de acordo com o seu mais recente comportamento: capas amarelas da Veja.
Decadência pura!
Se merecem!

Responder

Adilson

27 de abril de 2015 às 16h27

Abaixo outro traíra.
Verifique o cúmulo da hipocrisia, Lobão afirma: “não vou mamar no Governo”.
É mesmo…alguém acreditou, tire sua dúvida no link a seguir: https://luizmullerpt.files.wordpress.com/2015/04/11167575_10204156301816810_1003066316_o.jpg?w=500&h=354

Responder

lulipe

27 de abril de 2015 às 16h22

É só relaxar e gozar….

Responder

José Carlos Vieira Filho

27 de abril de 2015 às 16h11

Greta Garbo, coitada, morreu no Encantado, ou, a Rainha da Breguice.

Responder

MARIA GORETTI AMF13BH

27 de abril de 2015 às 15h56

prá Srª, acabousetudo, Mortasuplício.!!!O POVO NÃO É BOBO!
adeus madame…
a propósito,a srª não sabe mesmo,o quanto era difííícil defende-la,com total falta de simpatia,
que na verdade,agora vemos, era a falsidade que está enraizada no seu ser.
apenas aproveitou-se ,saboreou-se da Estrela linda do PT,VOMITOU A VIDA DE PERSEGUIDOS DA ESQUERDA.CANÇOU DE FINGIR ???
traiu..madame,volte pru seu ninho…
MAS ,REPITO,O POVO NÃO É BOBO!!!

Responder

Alexandre Tambelli

27 de abril de 2015 às 15h44

E a Veja pede aos seus leitores: “relaxa e goza” que a “Ministra Turista”, segundo o R. A. pede passagem!

O Samba enredo de 2016 está pronto.

É só chamar um marqueteiro e preparar o desfile, o tema de 2016 será:

Relaxa e Goza que a Ministra Turista vai se candidatar… Vai ser um sucesso total no sambódromo!

Já tem até os destaques principais na passarela do samba de uma nota só:

Rodrigo Constantino, Ricardo Setti, Augusto Nunes, Reinaldão, Lobão e Sherazade. Fantasiados de azul e amarelo, porque ninguém aguenta mais desfile com alegorias e adereços vermelhos!

Pra completar a apoteose a candidata leva de prêmio os nobres destaques como cabos eleitorais na campanha à Prefeitura de São Paulo.

Tem a vantagem boa, agora a taxa do lixo vira uma taxa “limpinha” que as “pessoas de bens” vão aceitar na boa. Ninguém vai jogar no MAR a taxa!

Só não conta para o Andrea Matarazzo que a candidata pede passagem que ele vai ficar com ciúmes.

Brincadeiras à parte.

A Marta que fez coisas significativas na sua passagem pela Prefeitura de São Paulo podia, em respeito a quem votou nela um dia, nos poupar desse desprazer. De minha parte nunca mais votarei nela e sei que a maioria dos seus habituais eleitores, também, não.

Trocar eleitorado certo por incertos votos de “madames” é decretar o fim de sua carreira Política. Ganhando ou perdendo é um fim melancólico porque longe da classe trabalhadora.

Nós podemos ganhar ou perder uma Eleição, mas de uma coisa estou certo:

Ir nas páginas amarelas da Veja para se autopromover é se rebaixar demais. É deixar de lado todo o passado e toda a possibilidade de construir um futuro digno, porque o que nasce na imundície da Veja já nasce lixo!

Responder

Gerson Carneiro

27 de abril de 2015 às 15h26

Marta na revista Veja acusando o PT de traição ao tempo em que afirma que os princípios dela não mudaram. Que gororoba é essa? Quem deve estar se divertindo muito com isso é o Maluf.

Responder

Bacellar

27 de abril de 2015 às 15h07

vanitas vanitatum et omnia vanitas

Responder

    Sedicla

    27 de abril de 2015 às 22h58

    “Vaidade das vaidades, tudo é vaidade”. E mais; porque o sobrenome Suplicy?

Fábio de Oliveira Ribeiro

27 de abril de 2015 às 14h52

Nenhuma novidade. Quando Suplicy foi candidato a governador de São Paulo há algumas décadas, Marta Suplicy foi convidada a dar uma palestra para faveladas em Osasco-SP. Quando o carro dela chegou a favela estava chovendo. Marta Suplício notou então que teria que sujar os “sapatinhos de cristal” dela na lama para promover a candidatura do marido dela. Nada feito. A palestra foi cancelada e Marta voltou para seu palácio sem nem mesmo dar “Tchau!” para as faveladas que foram reunidas na chuva para esperar a mulher do candidato. Quem acreditou em Marta que fique frustrado. A mim esta perua recalcada metida a “socialmente responsável” nunca enganou.

Responder

hora

27 de abril de 2015 às 14h24

Temos que observar de Marta em QUAL PARTIDO ELA VAI SE ABRIGAR PARA SE APROXIMAR DOS “SEUS PRINCÍPIOS ÉTICOS DAS SUAS BASES E DE SEUS IDEAIS” DO QUAL O PT SE AFASTOU.

Responder

    Bonobo, Severino de Oliveira

    29 de abril de 2015 às 16h38

    Pra quem foi se apresentar como proposta de nova política na revista detrito, nenhuma declaração de princípios se faz necessária. Está já muito claro a quem ela pretende vocalizar as suas posturas éticas e morais. Eu lhe garanto que não será aceita no PC do B. Sobre o restante, não faz a menor diferença, é o que menos importa, porque, já dizia Marshal Mac Luhan, “O meio é a mensagem!”

Pedro

27 de abril de 2015 às 14h08

Senti um tom de ressentimento na reportagem. Mas não dá para criticar tanto assim a Marta: o PT no poder realmente se transformou em um partido muito diferente do que era antes. É natural que os filiados o abandonem.

Responder

    Pedro

    27 de abril de 2015 às 14h12

    Agora, dar entrevista para a Veja é o fim da picada…

    Bonobo, Severino de Oliveira

    28 de abril de 2015 às 19h43

    Wishful thinking, cumpadi?

Eunice

27 de abril de 2015 às 14h04

Mais temível do que eu supunha. Tomara que nunca mais tenha um cargo. Sua vingança ultrapassará os limites da ética publica.

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação e traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.