VIOMUNDO

Diário da Resistência


Vagner Freitas: Ao extinguir o Ministério do Trabalho, Bolsonaro deixa claro que não tem respeito por você, trabalhador, nem pelo seu trabalho; veja vídeo
O presidente Michel Temer se reúne com o presidente eleito Jair Bolsonaro, no Palácio do Planalto. Foto: Wilson Dias/ Agência Brasil
Denúncias

Vagner Freitas: Ao extinguir o Ministério do Trabalho, Bolsonaro deixa claro que não tem respeito por você, trabalhador, nem pelo seu trabalho; veja vídeo


07/11/2018 - 18h47

Vagner Freitas é presidente da CUT nacional

Leia também:

Bolsonaro acaba com o Ministério do Trabalho: ”Vai ser incorporado a algum”

Livro do Luiz Carlos Azenha
O lado sujo do futebol

Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!

A Trama de Propinas, Negociatas e Traições que Abalou o Esporte Mais Popular do Mundo.

Por Luiz Carlos Azenha, Amaury Ribeiro Jr., Leandro Cipoloni e Tony Chastinet



14 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

pablo melani teixeira

09 de novembro de 2018 às 11h14

o presidente michel temer não se reúne com o presidente jair bolsonaro que é que colocou essa foto do michel temer com o bolsonaro tira essa foto fora e não coloca mais não gostei do foto.

Responder

Zé Maria

08 de novembro de 2018 às 15h37 Responder

Cláudio

08 de novembro de 2018 às 04h13

:
: Nobel da Paz 2018 para Lula Já ! ! ! ! ! . . .

Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corruta formará um público tão vil como ela mesma…

Responder

    Rodrigo - Santos/SP

    08 de novembro de 2018 às 15h25

    Não pode fazer uma crítica a esse Bolsonaro que os bolsomínions ficam raivosinhos…. uiiiii………..quero ver vocês terem a maior decepção com ele e eu vou rir até 2022.

Zé Maria

07 de novembro de 2018 às 22h56

Jair Bolsonaro, chega ao STF para encontro com chefe do Judiciario, Dias Toffoli.
Um único cidadão, o “corneteiro do Lula”, fazia protesto no local.
https://pt.wikipedia.org/wiki/Bella_ciao
https://twitter.com/BuzzFeedNewsBR/status/1060141713044488193

Responder

Hudson

07 de novembro de 2018 às 22h36

Augusto Helenão:

“Você quer maior novidade: uma mulher num ministério?”

“Se for competente e for mulher, tudo bem, não tem problema nenhum.”

É quase como se dissesse: “mas é a contragosto, para evitar críticas de machismo”.

https://www.diariodocentrodomundo.com.br/essencial/quer-maior-novidade-do-que-mulher-num-ministerio-diz-general-augusto-heleno-sobre-agricultura/

Responder

Jair vieira

07 de novembro de 2018 às 22h16

Uma grande massa de trabalhadores votou no bozo. Não merecem respeito, pois sequer são sindicalizados. E quando são, atacam os sindicatos/sindicalistas, cuna adjetivação mais comum é “desocupados arruaceiros”. Falta consciência de classe para essa massa…

Responder

Zé Maria

07 de novembro de 2018 às 20h58

Um grande acordo nacional,
com MDB, com Juiz Moro,
com supremo, com tudo…

O Senado Federal aprovou nesta quarta-feira (7) o reajuste salarial
de 16,38% dos ministros do STF (Supremo Tribunal Federal)
e do procurador-geral da República, cargo hoje ocupado por Raquel Dodge.

O salário dos magistrados hoje é de R$ 33,7 mil e passará a ser de R$ 39,2 mil.

Um grande acordo nacional,
com MDB, com Juiz Moro,
com supremo, com tudo…

Responder

Marcelo Andrade

07 de novembro de 2018 às 20h13

Precisa acabar com esse Ministério que além de não fiscalizar nada, serve apenas de CABIDE DE EMPREGO, com altos salários aos que nela estão. Precisa sim cortar despesas, parabéns ao bolsonaro !

Responder

    Luis

    07 de novembro de 2018 às 22h42

    És patrão dos grandes ou fake?

Zé Maria

07 de novembro de 2018 às 19h45

Resultados da Petrobrás comprovam que crise era conjuntural e não estrutural

Petrobrás já acumula R$ 23,6 bilhões de lucro em 2018.
Os resultados positivos da empresa são reflexos, principalmente, do aumento de 81% do preço do barril do petróleo, registrado entre os terceiros trimestres de 2017 e de 2018.

O lucro da Petrobrás neste terceiro trimestre poderia ter sido maior, não fossem os R$ 3,5 bilhões que a empresa despendeu com os acordos judiciais firmados em 27 de setembro com as autoridades dos Estados Unidos para encerrar investigações do Departamento de Justiça (DOJ) e Securities & Exchange Commission (SEC).

https://www.fup.org.br/ultimas-noticias/item/23460-resultados-da-petrobras-comprovam-que-crise-era-conjuntural-e-nao-estrutural

Responder

    walmir

    07 de novembro de 2018 às 23h22

    81% de aumento no barril de petroleo nada , já pagamos esse valor absurdo nos combustiveis a muito tempo , e a muito tempo a petrobras vem roubando os brasileiro.

    Zé Maria

    09 de novembro de 2018 às 15h31

    Política de preços do PSDB.


Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
O lado sujo do futebol

Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!