VIOMUNDO
O VIOMUNDO só é possível também através de anunciantes, e detectamos que você utiliza um AdBlock, bloqueador de anúncios.
Por favor considere ajudar o VIOMUNDO desativando o bloqueador para este site.
Cartas de Minas
Cartas de Minas

Rogério Correia pede 10 minutos com o delegado da PF que “absolveu” Aécio para apresentar as provas contra o senador

11 de agosto de 2017 às 18h47

Da Redação

O deputado estadual Rogério Correia pediu dez minutos com o delegado da Polícia Federal Alex Levi Bersan de Rezende para apresentar as provas de envolvimento do senador Aécio Neves nas falcatruas de Furnas.

O delegado concluiu relatório segundo o qual não encontrou provas da relação entre o tucano e as falcatruas na estatal.

A conclusão de Rezende a partir de uma investigação pífia levou o blogueiro Luís Nassif a especular que Aécio pode ter tido um dedo na indicação do delegado para trabalhar no caso.

Em conversa gravada com o dono da JBS, Joesley Batista, Aécio explicou que pretendia montar um esquema para que determinados delegados da PF fossem encarregados de determinados inquéritos, com o objetivo de matar a Lava Jato.

Furnas foi vítima de um esquema operado pelo ex-diretor de Engenharia Dimas Toledo, que arrecadou dinheiro de fornecedores da estatal para aplicar em campanhas eleitorais de tucanos e aliados, conforme registrado na famosa lista de Furnas.

Um dos beneficiários diretos da lista foi Aécio Neves. Ele é tido como o patrono da permanência de Dimas no cargo na passagem entre os governos FHC e Lula.

Os principais beneficiários da lista foram o senador José Serra (R$ 7 milhões) e o governador paulista Geraldo Alckmin (R$ 9,3 mi).

O relatório do delegado praticamente livra Aécio de um dos nove inquéritos a que responde no Supremo Tribunal Federal — sob relatoria… de Gilmar Mendes.

Ouçam abaixo a entrevista do deputado à Rede Brasil Atual:

Apoie o VIOMUNDO

Crowdfunding

Veja como nos apoiar »

O lado sujo do futebol

A Trama de Propinas, Negociatas e Traições que Abalou o Esporte Mais Popular do Mundo.

Entre os mais vendidos da VEJA, O Globo, Época e PublishNews. O Lado Sujo do Futebol é o retrato definitivo do que acontece além das quatro linhas. Um dos livros mais corajosos da história da literatura esportiva, revela informações contundentes sobre as negociatas que empestearam o futebol nos últimos anos. Mostra como João Havelange e Ricardo Teixeira desenvolveram um esquema mafioso de fraudes e conchavos, beneficiando a si e seus amigos. Fifa e CBF se tornaram um grande balcão de negócios, no qual são firmados acordos bilionários, que envolvem direitos de transmissão e materiais esportivos. Um grande jogo de bolas marcadas, cujo palco principal são as Copas do Mundo.

por Luiz Carlos Azenha, Amaury Ribeiro Jr., Leandro Cipoloni e Tony Chastinet.

Compre agora online e receba em sua casa!

 

4 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

RONALD

14/08/2017 - 10h37

Boa sorte Deputado Rogério Correia !!!!!!!!!!!!!!!

Responder

carlos

13/08/2017 - 10h06

Esse delegado teria que ser afastado e preso por absoluta falta de capacidade, ou por infringir o estatuto da policia federal o papel dele não é anular esse ou aquele documento, isso é com o juiz que ao ler os autos do processo vai identificar qual o documento é a prova incontestável para absorver ou condenar o réu.

Responder

Luiz Carlos P. Oliveira

11/08/2017 - 22h31

Aécio é blindado pelo Gilmar e pela PF. Até quando vamos aceitar essa corumilha que se apoderou do nosso judiciário? Jucá e Temer estão dando de 10 a 0 em nossa (in) justiça acovardada.

Responder

Luiz Carlos P. Oliveira

11/08/2017 - 22h31

Aécio é blindado pelo Gilmar e pela PF. Até quando vamos aceitar essa corumilha que se apoderou do nosso judiciário? Jucá e Temer estão dando de 10 a 0 em nossa (in) justiça acovardada.

Responder

Deixe uma resposta