VIOMUNDO
O VIOMUNDO só é possível também através de anunciantes, e detectamos que você utiliza um AdBlock, bloqueador de anúncios.
Por favor considere ajudar o VIOMUNDO desativando o bloqueador para este site.
Cartas de Minas
Cartas de Minas

Pimenta: “Moro, Dodge, Flores e Gebran se associaram, formando uma quadrilha de toga para impedir libertação de Lula”; assista

13 de agosto de 2018 às 19h38

“Quadrilha de toga agiu para impedir libertação de Lula”, denuncia Pimenta

O líder do PT na Câmara, deputado Paulo Lula Pimenta (RS), anunciou nesta segunda-feira (13) que a bancada petista vai entrar com uma série representações contra o juiz Sergio Moro; a procuradora-geral da República, Raquel Dodge; o presidente do TRF-4, Thompson Flores; e o desembargador Gebran Neto, “que se associaram de maneira ilegal, formando uma quadrilha de toga para impedir que a lei fosse cumprida e o ex-presidente Lula fosse colocado em liberdade no dia 8 de julho”.

Segundo o líder, o mais estarrecedor é que a confissão das ilegalidades praticadas por esse “consórcio criminoso” é do diretor-geral da Polícia Federal, Rogério Galloro, em entrevista publicada no domingo (12), no jornal Estado de S. Paulo.

“Quando três ou mais pessoas se associam para atividades criminosas, formam uma quadrilha”, definiu.

Pimenta afirmou ainda que, a partir da entrevista, o que era uma suspeita passou a ser uma realidade: “existe uma quadrilha de toga chefiada por um juiz de primeira instância, que é Sérgio Moro”.

Na realidade, o que o diretor da PF revela é um conjunto de relações e de intimidades que são absolutamente ilegais.

“Foi uma confissão pública de um crime cometido por altas autoridades do Poder Judiciário e do Ministério Público Federal, diante do qual não podemos ficar calados”, indignou-se.

Para o deputado, atitudes como essa reforçam a parcialidade da Operação Lava Jato. “A perseguição a Lula passou a ser o objetivo maior da operação”, lamentou.

Confissão – O diretor-geral da PF afirmou na entrevista que sofreu e aceitou pressões de Sérgio Moro; recebeu um alerta da procuradora-geral, Raquel Dodge; e ouviu ordem de Thompson Flores para desobedecer a decisão judicial de soltar Lula.

“E é estarrecedor, segundo noticiou a imprensa, o desembargador Gebran Neto ainda disse a amigos que agiu ‘fora da lei’ para ‘evitar o mal maior’, que seria soltar Lula”, completou o líder do PT.

Paulo Pimenta não descartou também uma representação contra o próprio diretor da Polícia Federal por crime de prevaricação no descumprimento da decisão judicial. “Foi ele mesmo que relatou a prática de ilegalidade. Foi ele quem disse que foi consultado e que consultou o ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, sobre o caso”.

O líder do PT destacou ainda, em coletiva à imprensa, dois fatos que ele considera inaceitável.

“Tratava-se de uma liminar [para soltar Lula] de um desembargador do TRF-4 direcionada à juíza de Execuções Penais. Sequer tinha relação com a vara do juiz Sergio Moro. Eu estava na PF e foi uma surpresa. O agente de plantão, sem qualquer tipo de constrangimento ou cerimônia, se dirigiu a nós e disse: ‘eu não vou autorizar por causa de uma ligação do juiz Moro para não cumprir a decisão enquanto ele não ler a ordem’.

Ora, se qualquer pessoa tem discordância de uma decisão judicial, que recorra na forma da lei”, bradou.

Paulo Pimenta também disse que é inaceitável Raquel Dodge ter ligado para o diretor-geral da PF para pedir que a decisão não fosse cumprida.

“Eu fico me perguntado qual é o papel do MPF em algo tão grave, do ponto de vista da legalidade? Com essa ilegalidade, Dodge acaba revelando um consórcio de agentes públicos que atua de forma combinada para não cumprir a lei, prejudicando uma pessoa” denunciou.

Consórcio criminoso – O líder do PT detalhou as várias representações judiciais e criminais que serão apresentadas contra cada um dos integrantes do que ele chamou de “consórcio criminoso”.

As representações contra o juiz Sergio Moro e os desembargadores Thopson Flores e Gebran Neto serão no Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

Sobre Raquel Dogde, Paulo Pimenta disse que o mais provável é que seja um comunicado geral ao Supremo Tribunal Federal (STF), pedindo a suspensão da procuradora-geral das suas funções. “Não faremos ação no Conselho Nacional do Ministério Público, porque ele é presidido pela própria Dogde”, frisou.

Convocações – Paulo Pimenta também anunciou ações legislativas sobre o caso. A Bancada do PT vai encaminhar requerimentos para comissões permanentes da Casa pedindo a convocação do ministro Raul Jungmann, a quem a PF é subordina, e da procuradora-geral, Raquel Dodge.

Também haverá requerimentos convidando os demais integrantes desse “consórcio criminoso” denunciado pelo diretor da PF.

Leia também:

Marcelo Zero: Lula é preso político do Brasil ou dos EUA?

Apoie o VIOMUNDO

Crowdfunding

Veja como nos apoiar »

O lado sujo do futebol

A Trama de Propinas, Negociatas e Traições que Abalou o Esporte Mais Popular do Mundo.

Entre os mais vendidos da VEJA, O Globo, Época e PublishNews. O Lado Sujo do Futebol é o retrato definitivo do que acontece além das quatro linhas. Um dos livros mais corajosos da história da literatura esportiva, revela informações contundentes sobre as negociatas que empestearam o futebol nos últimos anos. Mostra como João Havelange e Ricardo Teixeira desenvolveram um esquema mafioso de fraudes e conchavos, beneficiando a si e seus amigos. Fifa e CBF se tornaram um grande balcão de negócios, no qual são firmados acordos bilionários, que envolvem direitos de transmissão e materiais esportivos. Um grande jogo de bolas marcadas, cujo palco principal são as Copas do Mundo.

por Luiz Carlos Azenha, Amaury Ribeiro Jr., Leandro Cipoloni e Tony Chastinet.

Compre agora online e receba em sua casa!

 

10 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

RONALD

22/08/2018 - 10h52

O problema é que nesses casos, os trâmites são demorados e esticados até não aguentar mais, diferente dos prazos para tentar destruir LULA, onde os mandatários da quadrilha de toga tramitam de férias, no domingo, sem competência, de cueca, no motel com suas amantes e é de uma rapidez assustadora.

Isto está ficando extremamente patético e cansativo !!!!

Responder

    RONALD

    22/08/2018 - 10h54

    Lembrem da França !!! tripudiou sobre o povo até não aguentar mais e deu no que deu: dias e noites de terror, de sangue e cabeças no cesto !!!!

lando carlos

14/08/2018 - 18h09

WADIH DAMOUS VOCÊ ESTA UNICA E EXCLUSIVAMENTE PREOCUPADO COM SUA REELEIÇÃO QUEM CONHECE POLITICA SABE QUE VOCÊ,HADADE,ZÈ EDUARDO CARDOSO PAULO TEIXEIRA E OUTROS ESTÃO TRAINDO O LULA,O LULA ESTA PRESO O HADADE,DIZ QUE E UM PROBLEMA JURÍDICO NÃO E NÃO TRAIDOR E UM PROBLEMA POLITICO SIM E VOCÊ SABE DISSO VOCÊ E DA ESQUERDA KETCHUP.

Responder

    Conceição Lemes

    14/08/2018 - 20h29

    Lando, por favor, letras minúsculas nos comentários. abs

Eduardo

14/08/2018 - 15h48

Caro Deputado Paulo Pimenta, Sua intenção é boa mas nåo queira por ordem na “ zona”!!!! Quando dois ou mais frequentadores se reúnem para “ zonear” e ainda contam com a vista grossa da polícia, ainda por cima federal, fica dificil! Muito difícil!

Responder

henrique de oliveira

14/08/2018 - 09h00

Por que esses bandidos de toga ainda não estão na cadeia? acho que daqui a alguns dias a cela de um presidio vai ser o lugar mais segura para esses canalhas , o povo já esta pelas tampas com essa quadrilha , só quem não sai nas ruas acha que o povão esta satisfeito e acreditando na justiça , quando as cabeças começarem a explodir , ai vão dizer que é baderna que é terrorismo etc e tal , mas na verdade vai ser só justiça de verdade.

Responder

rubens gabriel

14/08/2018 - 02h21

ESSA QUADRILHA FORMADA POR JUIZ MORO TOMPSON FLORES GEBRAN NETO E RAQUEL DODGE TEM QUE SER EXONERADOS DE SEUS CARGOS PARA O BEM DA NOSSO JUDICIARIO ISSO NÃO PODE FICAR IMPUNE E TEMOS QUE DENUNCIAR A TODO MOMENTO SOBRE ESSE CRIME PARA QUE CNJ TOME UMA PROVIDENCIA URGENTE POIS TRATA SE DE UM DANO IRREPARAVEL A ORDEM PULBLICA

Responder

Patrice L

14/08/2018 - 01h13

APELAÇÃO CÍVEL Nº 2007.70.00.032357-0/PR

Moro, que faz lawfare e justiça à la carte, recusou a Lula o que havia usado em sentença de 2009 para negar a um casal a remoção do arresto de um apartamento: «NÃO SÃO PROPRIETÁRIOS DO IMÓVEL EM QUESTÃO. A PROPRIEDADE TRANSFERE-SE COM O REGISTRO DO TÍTULO AQUISITIVO NO REGISTRO DE IMÓVEIS, O QUE NÃO OCORREU.”, disse ele.

Temos agora que, não só para a mãe do compadre Zucolotto, o TRF 4 determinou que o titular do direito de propriedade é aquele em cujo nome está transcrita a propriedade do imóvel.

Desta vez, no ano de 2009, o TRF 4 adota palavras do próprio Moro para recusar a um casal de advogados a suspensão do arresto de um imóvel:

(Desembargador)
“Sendo assim, deve ser prestigiada a bem fundamentada sentença proferida pelo eminente Juiz Federal Sérgio Fernando Moro, que ora peço vênia para adotá-la como razões de decidir (fls. 256-259):

(…)

“11. Entretanto, a propriedade transfere-se com o registro do título aquisitivo no Registro de Imóveis, o que não ocorreu. Assim, não são os Embargantes [o casal de advogados] proprietários do imóvel em questão.” (Moro)

No processo, aventou-se a hipótese da aquisição do imóvel ter se dado em fraude: o casal de advogados alegou que o teria recebido como honorários do cliente preso, mas isto ligado a uma outra causa que não essa que motivou a prisão.

Na tentativa do casal de suspender o arresto do tal imóvel, a começar por Moro, foi relativamente cômodo aos Juízes espanarem o pleito com a máxima de que “só é dono quem registra”, o que o casal não fez.

Enfim, a direita encrustada no Judiciário e na Mídia Corporativa já deu provas à larga de que tem uma legislação particular para Lula e a esquerda – e que segue aplicando-a sem constrangimentos.

Responder

Gersier

13/08/2018 - 22h45

Quando esse país voltar a normalidade, e espero que isso ocorra em breve, esses mequetrepes que estão transformando em trapo o pano que cobrem seus ombros e que antes merecia todo o respeito da população em geral, pague e caro, pelos seus crimes que estão ajudando a afundar esse país. Bando de …

Responder

Stalingrado Lula da Silva

13/08/2018 - 21h18

No próximo Governo do PT não haverá lugar para Paloccis, Paulos Bernardos e Zé Cardozos.
Não haverá espaço para a Globo, não ser que Dilma volte a defender o poder do controle remoto.
Os bancos terão que reduzir os juros.
Assim espero.
#HaddadNoGovernoLulaNoPoder

Responder

Deixe uma resposta