VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Pimenta defende anulação de processo contra Lula e punição rigorosa de Moro: “Nem na ditadura”; veja vídeo
Lula Marques, Ricardo Stuckert e Agência Brasil
Denúncias

Pimenta defende anulação de processo contra Lula e punição rigorosa de Moro: “Nem na ditadura”; veja vídeo


06/06/2019 - 17h08

Pimenta defende anulação de processo contra Lula por conta de grampo criminoso de Moro

PT na Câmara

O líder do PT na Câmara, Paulo Pimenta (RS), defendeu hoje (6) a anulação completa do processo que condenou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no caso de um tríplex no Guarujá (SP), não só pela ausência de provas mas sobretudo devido ao fato de o escritório de advocacia que defendia Lula ter sido grampeado de forma totalmente ilegal pelo juiz e atual ministro da Justiça e da Segurança Pública, Sérgio Moro.

“Nem na época da ditadura militar houve um fato tão grave”, denunciou o parlamentar.

“Mais do que nunca, o caso mostra como a Lava Jato transformou-se em projeto político, violando uma das mais importantes normas democráticas, que é a inviolabilidade das comunicações entre advogado e cliente, o que mergulha o Brasil no rol de países onde o Estado Democrático de Direito é rasgado diante do aumento do fascismo”.

Afronta

Além de ter feito a interceptação telefônica do escritório de advocacia representante de Lula, a Lava Jato produziu relatórios que detalharam ao menos 14 horas de conversas entre os defensores do ex-presidente, em uma afronta à legislação. A denúncia, qualificada de “gravíssima” por Pimenta, foi publicada pelo jornal Folha de S. Paulo nesta quinta-feira (6).

Pimenta lembrou que a Lei 8906/94 estipula como direitos dos advogados a inviolabilidade de seu escritório ou local de trabalho, bem como de seus instrumentos de trabalho, de sua correspondência escrita, eletrônica, telefônica e telemática, desde que relativas ao exercício da advocacia.

“A interceptação telefônica do escritório que promove a defesa do presidente Lula, determinada por Sérgio Moro em 2016 é, portanto, ilegal. Viola uma das mais importantes prerrogativas profissionais da advocacia”, frisou o líder do PT.

Esquema criminoso de Moro

O líder defendeu que a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) adote enérgicas providências de natureza legal contra Moro, os delegados e agentes da Polícia e os procuradores envolvidos no esquema criminoso.

Um fato grave é que Moro, instado pelo falecido ministro do STF Teori Zavascki sobre o grampo, se “desculpou” e disse que teria havido um “equívoco”.

Pimenta desmentiu Moro, pois a intercepção criminosa nunca foi destruída e foi utilizada pelo Ministério Público e a Polícia Federal, que guardaram 14 horas de gravações ilegais. “A PF e o MP acompanhavam em tempo real as conversas do escritório de advocacia”, denunciou Pimenta.

Segurança Nacional

O líder manifestou estranheza pelo fato de Moro ter feito o grampo ilegal — incluindo o de uma conversa (com divulgação à imprensa) entre a então presidente Dilma Rousseff e Lula, violando a Lei de Segurança Nacional — e nada aconteceu com ele.

Pelo contrário, foi promovido, levado ao cargo de ministro do governo Jair Bolsonaro, o qual ajudou a eleger participando até como cabo eleitoral na campanha do ano passado.

Golden boys

Paulo Pimenta denunciou também que os delegados da PF que participaram do esquema criminoso de Moro também não foram nem investigados, nem punidos, recebendo promoção, pois hoje integram a equipe de Moro no Ministério da Justiça.

Além disso, entre os procuradores da Lava Jato há também os que tentaram abocanhar recursos da Petrobras, com a criação de um fundo privado bilionário, além de ganharem fábulas com palestras. “São os Golden boys que enriquecem a custas do contribuinte e da Lava Jato”, disse Paulo Pimenta.

Ação ardilosa

Para Pimenta, a ação ardilosa dos grampos e de um processo sem provas, com a participação da mídia, revela um esquema criminoso para “perseguir e condenar Lula, atingindo frontalmente a democracia e o estado de Direito”.

Para o líder, a denúncia mostra que a Lava Jato se configurou como projeto de poder, “transformando Jair Bolsonaro e sua quadrilha de milicianos presidente da República e o algoz criminoso Sérgio Moro em ministro da Justiça”.

Segundo o líder, deve haver a “libertação imediata de Lula e a anulação do processo criminoso montado por Moro.

A defesa de Lula já anunciou que vai tentar anular no STF (Supremo Tribunal Federal) a condenação do ex-presidente no caso do tríplex de Guarujá (SP) em razão do esquema de grampo criminoso montado por Moro.

Últimas unidades

A mídia descontrolada: Episódios da luta contra o pensamento único
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação.

A publicação traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.

Por Laurindo Lalo Leal Filho



5 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

VALDIR CARRASCO

09 de junho de 2019 às 17h13

Alguém precisa entrevistar o ministro da injustiça, moro, e perguntar para ele quem ele acha que mandou derrubarem o avião do Teori. Pois, ele, moro, foi o grande beneficiado com a morte de teori, já que com o ex-ministro vivo ele jamais poderia levar um segundo puxão de orelhas (como levou por causa das gravações criminosas de advogados e da própria presidenta da república). E se ele foi o grande beneficiado, pois pôde continuar delinquindo na persecução penal contestada até pela Interpol, que interesse ele poderia ter na morte do ministro?/////////////resposta: só podia ser NÃO CORRER RISCO DE LEVAR NOVO PUXÃO DE ORELHAS E SER AFASTADO DO CASO TRIPLEX……mas será que moro teria vergonha na cara e responderia sinceramente a isso? Jornalismo Investigativo já………é preciso fazer barulho sobre essa questão, pois alguém chamado de criminoso por dois ministros do stf bem que pode ser assassino também…..ou não?

Responder

Thiago

07 de junho de 2019 às 08h57

Fora de Pauta porque importantíssimo

REFORMA DA PREVIDÊNCIA: DUAS PALESTRAS MONUMENTAIS DE MARIA LUCIA FATTORELLI QUE DESMENTEM E DESMONTAM A REFORMA PROPOSTA POR PAULO GUEDES

Quem é Maria Lucia Fattorelli?

Auditora da Receita Federal desde 1982, a coordenadora do movimento Auditoria Cidadã da Dívida foi convidada por Zoe Konstantopoulou, deputada do Syriza que ocupa a presidência do Parlamento Grego, a compor o Comitê pela Auditoria da Dívida Grega.

Maria Lúcia já participou de processo semelhante no Equador, quando o presidente Rafael Correa decidiu pela anulação de 70% da dívida que emperrava o investimento público. “Pela primeira vez na história inverteu-se a equação: os gastos sociais superaram os gastos com a dívida”, lembra em entrevista à Carta Maior

Sugiro aos amigos e amigas que vejam os vídeos na seguinte ordem:

1 – Fattorelli debate Reforma da Previdência com foco na auditoria da Dívida Pública.

https://youtu.be/9S6SNwf0edo

2 – Maria Lucia Fattorelli desmonta fake news sobre a Reforma da Previdência

https://youtu.be/VVumNCf_Dtg

Leia durante 50 minutos na sua vida e veja em que fria os Banqueiros querem lhe meter com essa tal Reforma (desmonte) da Previdência de Paulo Guedes, que também é um banqueiro.

NÃO AJA COMO AVESTRUZ, QUE DIANTE DO PERIGO ENFIA A CABEÇA NA AREIA. LEIA. Sem esse conhecimento você não saberá porque a sua participação na greve geral no próximo dia 14 é tão importante.

Responder

Zé Maria

06 de junho de 2019 às 23h07

“Única alternativa de cura do Brasil, gravemente doente,
com a bolsovirose, que tudo destrói e leva pra baixo,
é um tratamento de choque, com altas doses de esperança.
Isso só será possível com Lula livre para desmontar
essa farsa midiática contra ele, que contaminou todo o Brasil”

Hildegard Angel
Blogueira e Jornalista

Responder

Zé Maria

06 de junho de 2019 às 21h31

https://twitter.com/i/status/1136706408034947072
Papa Francisco fala em Lawfare,
Manipulação do Poder Judiciário
para fins de Perseguições Políticas,
casos de Lula e CFK, dentre outros.
https://twitter.com/cynaramenezes/status/1136789655180009472
https://twitter.com/CFKArgentina/status/1136706408034947072

Responder

Zé Maria

06 de junho de 2019 às 17h54

O Moro sempre aplicou em Curitiba a Legislação dos EUA Pós Patriot Act 2001

https://www.conjur.com.br/2016-mai-03/fbi-invadir-computadores-qualquer-lugar-mundo

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação e traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.