VIOMUNDO

Diário da Resistência


PF de Moro investiga Greenwald em defesa de Moro; veja a reação
Lula Marques e reprodução da Globo News, via Fórum
Denúncias

PF de Moro investiga Greenwald em defesa de Moro; veja a reação


02/07/2019 - 21h16

Da Redação

Às 13h30 desta terça-feira o site de direita Antagonista, que funciona como órgão oficial da Lava Jato, divulgou com exclusividade: PF quer análise de atividades financeiras de Greenwald.

De acordo com o site, “a Polícia Federal pediu ao Coaf um relatório das atividades financeiras de Glenn Greenwald. O objetivo é verificar qualquer movimentação atípica que possa estar relacionada à invasão dos celulares de integrantes da Lava Jato”.

No twitter, o jornalista Glenn Greenwald, editor-chefe do Intercept Brasil, reagiu ao saber que a Polícia Federal, subordinada ao ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, solicitou ao Coaf um “relatório” sobre suas movimentações financeiras:

Você, @SF_Moro, vai e “investiga” tudo o que quiser. Grupos de liberdade de imprensa em todo o mundo terão muito a dizer sobre isso. Enquanto você usa táticas tirânicas, eu continuarei reportando junto com muitos outros jornalistas de muitos outros jornais e revistas.

Como eu disse desde o início — tanto no caso Snowden quanto no caso Moro LJ –, nenhuma intimidação ou ameaça interromperá as reportagens. Ameaças do estado só servem para expor seu verdadeiro rosto: abuso do poder — e por que eles precisam de transparência de uma imprensa livre.

Também no twitter, o ex-deputado federal Wadih Damous (PT-RJ) rapidamente se manifestou:

A Polícia Federal pediu ao Coaf um relatório das atividades financeiras de Glenn Greenwald. A informação é do porta voz oficial da organização Lava Jato, O Antagonista. Se isso for verdade, vai se configurar ato de improbidade da autoridade que determinar a medida.

O deputado federal Rogério Correia (PT-MG) publicou uma sequência de  tweets:

Mais uma pancada na imagem do Brasil lá fora, já contaminada pelo governo Bolsonaro, de corte neofascista. O resultado disso tudo será o incômodo ainda maior de órgãos e entidades multilaterais, como OEA, ONU, Anistia Internacional e afins.

Além de ser uma burrice sem tamanho de Moro, PF e governo Bolsonaro. Lembram quando apreenderam o iPad do netinho do Lula? O resultado será igual: vão apenas demonstrar que o Estado brasileiro se dispõe a ações autoritárias para atender a interesses específicos.

E jogará mais um atestado de ideoneidade sobre Greenwald (jornalista que, sempre é bom lembrar, já recebeu prêmios como o Pulitzer, o mais importante do jornalismo mundial, e o Oscar de Melhor Documentário). 

O deputado federal Marcelo Freixo (PSOL-RJ) disse no twetter que é “atitude típica de regimes autoritários”:

O @SF_Moro está usando o ministério da Justiça e a Polícia Federal pra atacar a liberdade de imprensa. Numa tentativa de intimidação, a PF pediu relatório sobre atividades financeiras do jornalista @ggreenwald do @theintercept. Atitude típica de regimes autoritários.

Mas a surpresa  foi o comentário  da  jornalista Mônica Waldvogel, da GloboNews, também no twitter:

Não aprovaram um dispositivo de abuso de autoridade?

Como lembrou a Revista Fórum, Mônica se referia ao dispositivo aprovado pelo Senado na semana passada, que trata do abuso de autoridade de juízes e promotores.

A mídia descontrolada: Episódios da luta contra o pensamento único
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação.

A publicação traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.

Por Laurindo Lalo Leal Filho



8 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Zé Maria

03 de julho de 2019 às 19h37

Vazô!
Desesperado, DD não sabe o que faz com o Celular Dele:

DD: – Ai, eles querem que eu entregue meu Celular. O que eu faço, Mô?
Moro: -Deixa comigo. Vou falar com o Fucks e com o Gebran.
Um deles mata no peito. Além disso, a PF já tá na cola do Ráquer …
DD: – Ah, brigado… Você é o meu Superman, Mô! …

https://pbs.twimg.com/media/D-ZgsVOX4AEYB0p.jpg

Responder

Zé Maria

03 de julho de 2019 às 15h24

O “Processo Inquisitorial” Contra o ex-Presidente Lula:
Um “Retrocesso de 300, 400 Anos no Direito Penal”

“Primeiro, o Acusado é Culpado.
Depois se buscam as Provas”

https://www.viomundo.com.br/tv/flavio-dino-as-aberracoes-no-julgamento-de-lula.html

Responder

Zé Maria

03 de julho de 2019 às 13h50

Tempos Sombrios de Colaboracionismo com o Nazi-Fascismo

A Adulação [email protected] Jornalistas do Grupo Globo aos Patifes da Lava Jato é tão Grande
que dá até pra dizer que foi Atitude Corajosa da Jornalista da GN emitir Opinião.

Responder

Zé Maria

03 de julho de 2019 às 11h59

O Moro pensa – ele pensa – que a aplicação do US Patriot Act se estende ao Brasil.

Responder

Zé Maria

03 de julho de 2019 às 01h32

Algumas Categorias só percebem o Fascismo
quando sentem o Arbítrio na Carne.

Responder

a.ali

02 de julho de 2019 às 22h10

ataque a liberdade de imprensa, ao direito de sabermos a verdade, já de há mt. escancarada da vaza jato. atitude própria de regime fascista!

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação e traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.