VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Petroleiros denunciam: Dois acidentes atingem refinaria em três dias; Petrobrás omite que explosão na sexta causou incêndio no domingo
Revap/SJC
Denúncias

Petroleiros denunciam: Dois acidentes atingem refinaria em três dias; Petrobrás omite que explosão na sexta causou incêndio no domingo


30/09/2019 - 13h02

por Conceição Lemes

No domingo, 29/09, o G1 publicou: Incêndio na Revap mobiliza bombeiros e fumaça assusta moradores em São José dos Campos, SP

Um incêndio na Refinaria Henrique Lage (Revap), zona leste de São José dos Campos (SP), mobiliza o Corpo de Bombeiros na tarde deste domingo (29).

 A fumaça preta provocada pelas chamas assustou os moradores da cidade e pôde ser vista nas cidades vizinhas. Ninguém ficou ferido.

 A Petrobrás informou que as causas da ocorrência serão apuradas.

Segundo a corporação, as chamas atingiram um reservatório de contenção da refinaria, por volta de 15h30. No local, 12 viaturas e 29 bombeiros atuam para controlar o fogo. Às 20h15, as equipes continuavam tentando combater as chamas. Não havia previsão de conclusão para finalizar a operação.

Folha/Uol e Estadão foram na mesma linha.

Diz a Folha/Uol :

Um incêndio atingiu a Revap (Refinaria Henrique Lage), da Petrobras, na tarde deste domingo (29) em São José dos Campos.

O início do fogo na refinaria localizada na Rodovia Presidente Dutra ocorreu por volta das 15h15, de acordo com a Petrobras, atingindo tanques que armazenam produtos utilizados na preparação de asfalto e óleo combustível.

A fumaça escura podia ser vista de longe, segundo relato de moradores nas redes sociais. 

Só que esse incêndio do domingo — e isso a Petrobrás não informou — é decorrente de um primeiro acidente que aconteceu na sexta-feira (27/09).

O teto do tanque TQ 42302 explodiu, provocando vazamento de GOR.

GOR é um óleo residual, pesado, armazenado a 190º graus, num sistema a vácuo.

“ Suspeita-se que um descarte de água para o tanque tenha provocado a explosão”, diz Rafael Prado, presidente do Sindipetro-SJC.  “Como isso aconteceu ainda não sabemos.”

O óleo derramado foi contido no dique e na canaleta e estava sob controle

Porém, nesse domingo, resíduos desse produto causou o incêndio.

Há duas versões sobre a via de propagação do fogo.

Uma atribui à vegetação próxima.

A outra, a tanques na vizinhança.

O tanque TQ42301, também contendo GOR, foi envolvido no acidente.

“São dois acidentes em apenas três dias”, atenta Prado.

“Tudo na esteira da privatização”, alerta.

“Os dois acidentes resultam do sucateamento e da terceirização desenfreada da Petrobrás”, Adaedson Costa, presidente da Federação Nacional dos Petroleiros (FNP),

“Ambos têm a ver com redução de efetivos de trabalhadores,  corte de gastos com manutenção e redução do quadro próprio de manutenção, normalmente mais qualificado”, esmiúça.

“O que mais temos no dia a dia é denúncia de falta de manutenção”, denuncia Costa.

A princípio o incêndio na refinaria de São José dos Campos está debelado e não há vítimas.

O Sindipetro-SJC já investiga as causas.

Ajude o VIOMUNDO a sobreviver

Nós precisamos da ajuda financeira de vocês, leitores, por isso ajudem-nos a garantir nossa sobrevivência comprando um de nossos livros.

Rede Globo: 40 anos de poder e hegemonia

Edição Limitada

R$ 79 + frete

O lado sujo do futebol: Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!

R$ 40 + frete

Pacote de 2 livros - O lado sujo do futebol e Rede Globo

Promoção

R$ 99 + frete

A gente sobrevive. Você lê!


Nenhum comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.


Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
O lado sujo do futebol

Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!