VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Petrobras vai ser demolida para pagar R$ 10 bi a estrangeiros em dividendos até 2024
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Denúncias

Petrobras vai ser demolida para pagar R$ 10 bi a estrangeiros em dividendos até 2024


10/01/2020 - 21h59

Com esta composição acionária e os planos da Petrobras, os estrangeiros vão levar R$ 10 bi  dos R$ 28 bi em dividendos que a empresa pretende distribuir

Petrobrás pretende distribuir R$ 28 bilhões por ano em dividendo nos próximos cinco anos

por Cláudio da Costa Oliveira, no site da AEPET

 Direção quer vender ativos para pagar dividendos a acionistas

A Petrobras, cujo presidente Castello Branco, diz que está em recuperação financeira, pretende distribuir cerca de R$ 28 bilhões (US$ 6,8 bilhões) por ano em dividendos entre 2020 e 2024. 

Em 28 de novembro de 2019, a empresa divulgou em seu site o novo Plano de Negócios e Gestão – PNG para o período 2020/2024.

Muito suscinto, o documento apresentado tinha apenas quatro páginas.

Não apresentava o quadro de Usos e Fontes.

Em 03 de dezembro de 2019, divulguei um artigo criticando, entre outros aspectos, o fato de o documento não apresentar esta informação.

Em 04 de dezembro de 2019, em apresentação em Nova Iorque, o quadro de Usos e Fontes foi apresentado conforme abaixo:

Petro

Notem que existe a previsão de distribuição de US$ 34 bilhões no período (2020/2024) em dividendos, uma media de US$ 6,8 bilhões por ano.

Mas notem também que para pagar estes US$ 34 bilhões em dividendos (Usos) vão ser vendidos US$ 30 bilhões de ativos da empresa.

Qual o motivo do esconde-esconde ?

Por que tanta falta de transparência ?

Vejam também que a Geração de Caixa apresentada é após pagamento de impostos e depósitos judiciais.

Portanto, provavelmente, temos ali ocultos gastos com a RMNR e compensações para a Petros.

Em julho de 2018 o ministro do STF Dias Toffoli suspendeu a tramitação do processo da RMNR no TST alegando:

“ São notórios os efeitos econômicos que a decisão do TST poderá acarretar aos cofres da Petrobras

Agora podemos demonstrar ao ministro que a Companhia dispõe dos recursos necessários.

O ministro pode questionar quais os valores e os processos estão incluídos na Geração de Caixa (depósitos judiciais).

Caso haja exigência de algum recurso “extra”, basta reduzir um pouco o pagamento de dividendos.

O processo continua parado aguardando decisão colegiada do STF.

Vamos continuar acompanhando (se possível).

*Cláudio da Costa Oliveira é economista da Petrobras aposentado

Ajude o VIOMUNDO a sobreviver

Nós precisamos da ajuda financeira de vocês, leitores, por isso ajudem-nos a garantir nossa sobrevivência comprando um de nossos livros.

Rede Globo: 40 anos de poder e hegemonia

Edição Limitada

R$ 79 + frete

O lado sujo do futebol: Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!

R$ 40 + frete

Pacote de 2 livros - O lado sujo do futebol e Rede Globo

Promoção

R$ 99 + frete

A gente sobrevive. Você lê!


6 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Nelson

12 de janeiro de 2020 às 20h46

Pilhagem acoplada a grossa corrupção. Mas, há uma pá de gente acreditando que o mestre na corrupção é o PT e que os golpistas estão colocando os país nos trilhos. Creem piamente que há um governo honesto a salvar o Brasil.

Ainda nesta semana encontrei um pequeno empresário aqui da minha cidade que segue deslumbrado com Bolsonaro. “Olha o que o homem tá fazendo”, disse ele. É claro que eu disse a ele que o Brasil está sendo demolido, desmantelado.

Mas, ele não quer nem saber. O ódio ao PT, que foi incrustado nele com muita propaganda, ódio irracional ao extremo, que descamba para a histeria e o fanatismo, não o deixa enxergar a realidade. Pelo contrário, soberba e arrogantemente, como se portam muitos empresários, acredita saber de tudo o que se passa a sua volta.

Responder

Armando junior

12 de janeiro de 2020 às 20h40

Está correto. Se livrar de ativos que só dão prejuízo para a Petrobrás é o melhor caminho para ter um estado mais forte e longe da iniciativa privada.

Responder

    Nelson

    15 de janeiro de 2020 às 09h19

    Amigo. Desde que começaram para valer as privatizações, na década de 1990, temos visto serem pilhadas as nossas riquezas e roubados os nossos patrimônios para que uns poucos grandes grupos capitalistas possam lucrar ainda mais.

    Tudo em nome do saneamento do Estado e de torná-lo mínimo, o mais enxuto possível, para o bem do povo como um todo. Só que, daqui a pouco completaremos 30 anos das grandes privatizações e essa bonança prometida nunca se materializa.

    O que vemos é sempre mais arrocho para cima do povo e trabalhadores. Algo lógico, vez que o capital é insaciável; quanto mais dermos a ele, mais ele vai querer.

    E você vem com essa lorota de “se livrar de ativos que só dão prejuízos”. Meu caro. Os capitalistas não querem aquilo que dá prejuízo, não. Eles só querem o filé, a maminha, a picanha. O osso, a pelanca, o pescoço, essas partes, sim, devem, na visão deles, ficar com o Estado; leia-se sobre as costas do povo.

Zé Maria

11 de janeiro de 2020 às 14h09

Entregar a Petrobras com Pré-Sal, com tudo, aos acionistas privados, especialmente aos Abutres de Wall Street, foi uma das principais razões
do Golpe de Estado engendrado desde 2013 e consumado em 2016
com a participação efetiva da Força Tarefa de Patifes da Lava-Jato
que, inclusive, articularam aquele Acordo Falcatrua com o Departamento
de Justiça (DoJ) dos EUA, para embolsarem, junto com os tais acionistas
minoritários, Bilhões de Dólares em Dinheiro Público Brasileiro.

Responder

    TJSS

    12 de janeiro de 2020 às 16h54

    Correto!


Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
O lado sujo do futebol

Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!