VIOMUNDO

Diário da Resistência


Os gritos e insultos de um casal contra Haddad; veja o vídeo
Denúncias

Os gritos e insultos de um casal contra Haddad; veja o vídeo


24/08/2015 - 10h28

Notem o homem de boné azul claro e camiseta da Red Bull e a mulher de preto que seguem o prefeito; registro de Luciano Redondo, que passava pelo local

Nota da Prefeitura:

A Prefeitura esclarece que, no evento de inauguração da ciclovia da Bernardino de Campos, ocorreu um pequeno incidente que não abalou o clima geral festivo e de alegria com pedestres e ciclistas na Av Paulista. Próximo ao cruzamento da Paulista e da Augusta, um homem e uma mulher abordaram o prefeito Fernando Haddad e impediram que ele seguisse seu percurso de bicicleta, com gritos e insultos. Quando o homem segurou a bicicleta do prefeito, ele desceu e seguiu a pé. A segurança do prefeito buscou liberar a bike e dissuadir ciclistas de reagir contra o homem e a mulher. O prefeito Fernando Haddad considerou a manifestação inoportuna e pediu para que isso não estragasse o sucesso do dia.

PS do Viomundo: Quem incute o ódio na cabeça dos antipetistas doentios? Protestam contra as ciclovias em São Paulo mas adoram alugar bicicleta em Paris!

Leia também:

Internauta cria evento para lembrar Aécio que ele perdeu a eleição





25 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

[email protected]!r [email protected]+35

24 de setembro de 2015 às 19h15

Azenha, de novo aconteceu hoje. A polícia fazendo blitz, agora parando caminhões a partir das 17h. Deu no SPTV e a matéria diz que houve um trânsito acima do normal para o horário.
Como dizia James Bond: Uma vez é acaso, duas vezes é coincidência, três é conspiração.

Responder

[email protected]!r [email protected]+35

22 de setembro de 2015 às 20h08

Azenha, eu estava passando esta manhã (dia 22/09/2015) na Marginal Tiête as 8:30h da manhã e estava um trânsito um pouco acima do normal. Seguindo o Waze, fui pela pista local até a Ponte do Tatuapé. No caminho, percebi que havia uma blitz da Polícia Militar que estava parando as motos e, claro, bloqueando uma das pistas da via Expressa. Na hora não me toquei, mas, voltando a tarde, parei pra pensar se aquilo era hora para fazer uma blitz e também pensei que jamais em mais de uma década que eu uso a Marginal Tiete eu tinha visto uma blitz em horário de pico. Foi a primeira vez que eu vi, mas talvez outros leitores do blog possam verificar se isso está ocorrendo em outros dias. Eu me pergunto se é realmente necessário fazer uma blitz em pleno horário de pico de uso da Marginal.

Responder

emerson57

25 de agosto de 2015 às 20h49

Na bicicleta dos coxinhas está escrito:
Em caso de proximidade a petista esse coxinha ficará desgovernado!

Responder

Marat

24 de agosto de 2015 às 20h55

Eleitores típicos do PSDB. Boçais, diga-se!

Responder

roberto

24 de agosto de 2015 às 20h40

Esse casal ,seguramente criará um Serial Killer em casa,se por acaso gerar algo parecido com um ser humano.

Responder

Elias

24 de agosto de 2015 às 18h10

A mulher vestida de preto e o homem de boné azul se agissem dessa forma com o prefeito de Nova York seriam enquadrados como terroristas.

Aqui são pit bull, lá não passam de vira-latas.

Haddad se mostrou paciencioso e elegante. Típico comportamento de estadista apto a governar uma metrópole e até um país.

Responder

Romanelli

24 de agosto de 2015 às 17h29

Não entendi este comentário do AZENHA ??
.
Desculpe, mas quem incute o ódio e a ofensa ? Pra mim, quem vive tentando achar um culpado é a esquerda depois de LULA ..e comentários tipo este seu, claro
.
Não se esqueça que tb existe um acordo com o MP e o Prefeito não podia ter tentado fazer o que fez, parar de novo a Paulista ..ahh, mas ele pode, ponderam, ele é o Haddad né ??!!
.
eu não vou pra PARIS e desconheço no meu circulo quem o faça, e nem por isso estão a favor destas vias feitas NAS COCHAS, isso sim ..aliás, desconheço mesmo quem fica andando nestas vias pra ir ao trabalho
.
Moro em SP desde que nasci ..ninguém aqui é contra ciclovia ou faixa pra ônibus ..mas da forma como foi feito ? ..criminalizando e/ou excluindo os proprietários, usuários e dependentes de carros ?
.
Desculpe, te CONVIDO Azenha, pra visitar meu bairro e ver em loco, a qq hora e dia da semana o que fizeram
..ruas reduzidas À metade para ceder a ciclovias SEM uma unica alma por perto (em verdadeiras LADEIRAS)
.
PALHAÇADA ..em vias que já eram insuficientes ..SEM ofertar transporte de massa e alternativo (que continuam atrasados, caros e LOTADOS) ..instituem faixa de ônibus, de moto, de bicicleta, e agora querem até pra pedestre ?
.
A cidade esta parada ..A TOPOGRAFIA NUNCA AJUDOU SP ..são centenas de km todo dia de congestionamento ..BILHÕES sendo jogados no lixo em grana e saúde ..as distancias são HOMÉRICAS (da casa pro trabalho e ou para o LAZER, ou pros serviços como hospitais)
.
Tudo pode ser bem vindo se for bem feito , com respeito, sem truculência
.
CICLOVIA nunca foi uma demanda e/ou urgência pra esta megalópole carente de TUDO !! ..e esta longe de ser uma unanimidade ..PIOR, longe de atender a demanda da IMENSA MAIORIA preocupada com VLTs, ônibus, trens e metros que a prefeitura NUNCA ajuda a fazer (embora receba 50% do IPVA que vem dos veículos ..fora a industria das multas ;;eu mesmo fui multado a MEIA NOITE pro passar farol vermelho quando eu saia de um VELÓRIO)
.
..e na base duma minoria raivosa e barulhenta em detrimento duma MAIORIA ainda sem dispor de melhores meios pra locomoção e/ou diálogo ..diminuindo velocidade, proibindo fretados ..criando caso TODO santo dia ..aí que fica difícil ..impossível de conviver com este prefeito
.

Responder

    Gerson Carneiro

    25 de agosto de 2015 às 07h05

    Hahahaha…. mais um revoltado. Cheio de ódio. Com uma boa dose de hipocrisia.

    “….ninguém aqui é contra ciclovia ou faixa pra ônibus ..mas da forma como foi feito ? ”

    “Tudo pode ser bem vindo se for bem feito , com respeito, sem truculência”

    E quem foi que disse que ciclovia é apenas para ser utilizada para ir trabalhar?

    tiagobarufi

    25 de agosto de 2015 às 11h26

    Fera, se bvocê não gosta de ciclovia, é simples: ande de monotrilho!

    Julio Silveira

    27 de agosto de 2015 às 13h03

    Queria ver esse furor de cidadão revoltado contra o metro lotado. Contra a falta dágua, fruto de irresponsabilidade somada com merchadising, que leva muitos paulistanos a sequer saberem o porque de sua desdita. Contra a mortandade assassina que assume contornos imorais neste estado. Contra os achaques ( tranformados midiaticamente em melhoramentos, sempre feitos de forma dissimulada para não haver reconhecimento de encontro de interesses particulares por trás, usando como escudo o interesse publico) de pedágios oportunisados pela incapacidade de gestão de vias publicas e trafego, chegando a situação que chegou vinda de más gestões continuadas, tida pelos que vendem, e caro, essas informações, beneficiários que costumam ser de taís situações, como brilhante (Por que pimenta no dos outros é refresco). Queria ver este clamor no reconhecimento de que existem previstos dotação e legislação para evitar esse tipo espoliação. Queria ver esse clamor retumbante de forma isonômica. Mas pouco provavel, não é essa a intenção, e revolta premeditada, com endereço certo, coisa de coxinha que apenas alimenta seu argumentos focando aonde lhe é conveniente. Esqueceu que ciclovia é ferramenta de modernidade vendida até nos meios de comuicação que gente do tipo costuma se alimentar. Topografia ruim, serve para justificar critica, mas não para auto critica. O problema de São Paulo, não é de hoje, não é a topografia e muito mais profundo, e boa parte dos que assentam nela.

Marcelo Gaúcho

24 de agosto de 2015 às 15h28

“Quem incute o ódio na cabeça dos antipetistas doentios?”

A globo.

Responder

crazy horse

24 de agosto de 2015 às 14h33

A “nova” direita, essa que esta tomando as ruas, me parece uma estranha mistura de Ku Klux Klan com personagens de Dias Gomes.

Responder

Gerson

24 de agosto de 2015 às 13h11

Temos que parar de chamar pessoas fascistas como esse cara de boné azul de coxinha (como se ouve no vídeo). Ele não é coxinha, ele é FASCISTA mesmo. Chamar de coxinha dá tom de piada, e a situação está longe de ser algo cômico. Esta situação, principalmente em São Paulo, está descambando rapidamente para o confronto, mais cedo ou mais tarde.

Responder

    Seu Zé

    24 de agosto de 2015 às 18h00

    Exatamente.

    tiagobarufi

    25 de agosto de 2015 às 11h27

    Não entendi por que raios esse cara não foi preso por roubar a bicicleta.

hc

24 de agosto de 2015 às 12h40

Estes desvairados tinham que apanhar!
Chega de gentileza!breve ele retribuira para ela o que fez ontem.
Vamos divulgar este casal de imbecia mal educados

Responder

Urbano

24 de agosto de 2015 às 11h49

Contemporizar com os bandidos fascistas do pig deu nisso… Seduzir a direita bem sabem eles que é fácil, haja vista a degradante estreiteza de juízo da mesma. Desconfio seriamente que a tal contemporização foi para que não acontecesse isso. Foi pior, muito pior, pois o oligopólio continua com toda a sua pujança de buscar incessantemente o acúmulo de riqueza ilícita para si, daí o incitamento diuturno para que todo um povo venha a pular no despenhadeiro, com gosto e vontade.

Responder

FrancoAtirador

24 de agosto de 2015 às 11h43

.
.
Na Cidade de São Paulo, as Ruas e Avenidas
.
são de Propriedade Particular dos Motoristas.
.
.

Responder

Amarilia

24 de agosto de 2015 às 11h30

Cada vez mais vergonhoso e criminoso o comportamento dos direitistas recém-saídos do armário.E São Paulo vem se superando nesse quesito.Quanta intolerância!Eles se acham no direito de agredir com palavras e ações qualquer cidadão que represente o oposto do que eles acreditam.Aliás,em que eles acreditam mesmo?Quais as suas bandeiras?Será que se consideram parte de um país chamado Brasil?É revoltante isso.Já passou da hora de o governo federal e todas as administrações petistas passarem a fazer inserções na TV,em horário nobre , para esclarecer a população sobre esse desvario que só cresce ,e lembrar também que a justiça deve ser acionada para coibir esses abusos.

Responder

Julio Silveira

24 de agosto de 2015 às 11h22

Esse casal, que deve alimentar sua ira na falta d’água cronica, na alta criminalidade do estado, nos postos de pedágio dentro de sua cidade (pensados por amantes do povo paulista), por trens lotados no metro, devem acreditar que tudo isso é culpa do prefeito e do PT, já que para a midia do estado quando a culpa não é de Deus é do PT.

Responder

Sidnei Brito

24 de agosto de 2015 às 11h06

Não querem estação do metrô perto de casa, mas ficam elogiando o sistema de transportes da Europa.

Responder

manoel

24 de agosto de 2015 às 10h48

O incitamento ao ódio contra o PT e esquerdas em geral já nos trouxe a uma situação insustentável. Não acredito em saída negociada para a crise, que se avizinha mais grave ainda com o aquecimento dela no exterior.
É impressionante como minha geração, gestada antes do golpe de 64, mal conseguiu superar o golpe e já estamos a porta de outro.
Pobre Brasil.
Se não mudarem a estrutura de comunicação no nosso país, jamais sairemos.
Pessimista?? sim, e cansado também.
Talvez precisasse estar na paulista ontem.

Responder

    Claudia

    24 de agosto de 2015 às 11h10

    Pois é, Manoel, sinto-me assim também, cansada.
    Cansaço de tentar, de discutir, de achar que tudo se resolverá, cansada de imaginar que não aprendemos nada e que a história possa se repetir.

O Mar da Silva

24 de agosto de 2015 às 10h36

Esse casal é o exemplo de uma parte do Brasil que não tem vergonha de expor sua ignorância e sua falta de compromisso com propostas viáveis. São alimentados pela imprensa que sofre de uma doença incurável: raiva de quem faz algo útil que não foi feito por aqueles que a mídia orna e protege.

Responder

    Edgar Rocha

    24 de agosto de 2015 às 12h46

    Acho que a doença incurável mesmo é o ego inflado, em oposição a autoestima cada vez mais baixa. Eles não odeiam só o PT. Odeiam-se, antes de tudo. E precisam provar que não merecem este ódio, odiando aos outros. Falta um pouco de bom humor (o precursor da coragem) pra dar a um boçal destes a resposta na ponta da língua a qual merecem ouvir. Mas, fazer o que? Se o Haddad faz isto, pode levar uma porrada de imediato. Petista nenhum gosta de se arriscar assim. Se levam demais a sério pra conseguir expor alguém ao ridículo que merecem. Talvez também estejam com a autoestima meio baixa. Mas, era o momento de criar um fato político e mostrar quem realmente é autoritário. Assisti ao vídeo e ele mostra muito pouco. Mas, o que vi foi gente chamando o cara de coxinha e nada mais. Caramba! Põe o Haddad pra ter uma conversinha e dar uma resposta bem desmoralizante. Desafiar o cara na lata. Deixá-lo quadrado a ponto de partir pra agressão (o que é fácil). Depois, seguir lépido e faceiro montado na bike. Aí é só por na internet. Mas, não fazem isto. É medo de levar um furinho do Merval.


Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding