Relatório da Petrobras: As ‘razões’ de Venina tentar escapar como ‘heroína’

Tempo de leitura: 3 min

veninacomissao

Petrobras vai fundo na apuração dos “malfeitos”. E surgem as ‘razões” da Venina “heroína”

24 de dezembro de 2014 | 08:50

por Fernando Brito, no Tijolaço

Véspera de Natal, e surpresas para quem aposta em desgastar o governo com insinuações de cumplicidade da atual diretoria da Petrobras com as roubalheiras de Paulo Roberto Costa et caterva

Ontem à noite, o Conselho de Admnistração da Empresa decidiu formar um comitê de acompanhamento, coordenado por um diretor de Governança que está sendo selecionado no mercado profissional, para as investigações internas da companhia.

E um comitê que de receita de pizza não tem nada, pelos dois nomes escolhidos para integrá-las, capazes de deixar qualquer tucano mudo.

O primeiro é Andreas Pohlmann, comandante do processo de “limpeza” da Siemens alemã, depois das condenações milionárias que a empresa sofreu nos EUA e na Alemanha.

A segunda é Ellen Gracie, ex-ministra do STF, por indicação de Fernando Henrique Cardoso e, inclusive, sondada para ocupar a vice na chapa de Aécio Neves.

Suas tarefas: “aprovar o plano de investigação; receber e analisar as informações encaminhadas pelos escritórios; assegurar que a investigação mantenha a independência, zelando para que esta não seja impedida ou obstruída; analisar, aprovar e viabilizar a implementação de recomendações feitas pelos escritórios; comunicar e/ou autorizar os escritórios a se comunicarem com autoridades competentes, inclusive reguladoras, no que toca ao status da investigação, seus achados, bem como ações tomadas pela companhia; e elaborar relatório final referente aos achados da investigação, bem como sobre as recomendações do comitê em relação às políticas internas e procedimentos relativos à investigação.”

Portanto, o comando de toda a apuração feita pelos auditores contratados.

Se algum risco de partidarismo se quiser alegar, portanto, é “contra”.

Porque há muita mistificação nesta história e o “caso” Venina Velosa é uma delas.

Venina, como todos sabem, surgiu com as suas denúncias na base do “Graça sabia”  em dezembro.

Hoje o “Estadão” disponibiliza o relatório da comissão interna da empresa (na íntegra, abaixo) que foi formada em abril e apresentou relatório no dia 7 de novembro.

Portanto, mais de um mês antes de Venina Velosa da Fonseca ter “lembrado” de seus supostos avisos.

Mesmo tendo sido arrolada na investigação que concluiu por sua responsabilidade em pelo menos quatro irregularidades (prudentemente chamadas ali de “não-conformidades”).

A primeira delas, listada como 6.1, o “esquartejamento” da licitação da famosa Casa de Força da Refinaria Abreu e Lima, onde haveria um imenso sobrepreço.

Depois, a 6.2, a negociação – pós licitação – dos valores, obtendo-se um “desconto” de R$ 34,2 milhões, dos quais nada menos que R$ 25 milhões “sumiram”, isto é, foram concedidos mas, ainda assim, pagos a empreiteira Alusa.

A “não-conformidade” identificada como 6.5 refere-se ao não cumprimento para a convocação de novas empresas para uma concorrência frustrada e a 6.9 é a falta de parecer jurídicos em licitações homologadas por ela e por Pedro Barusco.

Ou seja, mesmo antes de suas “denúncias” – novamente, um simples “Graça sabia…”, que só tem e-mails vagos a amparar, Venina havia sido inculpada, dentro da empresa, por comportamento no mínimo desidioso e omisso em licitações milionárias.

E só um mês depois de apontada como responsável lembrou que “ah, a Graça sabia…”

Relatório da investigação interna da Petrobras e as “não-conformidades” praticadas por Venina Velosa.pdf by Conceição Lemes

Leia também:

Moraes, da FUP: Candidato do Globo para Petrobras é privatista empedernido

 

Apoie o jornalismo independente


Siga-nos no


Comentários

Clique aqui para ler e comentar

Claudio Bernardo

Ok,não quero levantar poeira e melar os olhos de ninguém mas quem pode me explicar o porquê de constar um email incriminador exatamente na bola da vez e só na bola da vez? A tempo….onde as assinaturas do relatório?

maria nadiê rodrigues

MECANISMO DE DEFESA. Isto, pelo que sei, é quando uma pessoa se antecipa em atacar pra se defender do que sabe que fez de errado.
Venina não foi lembrada nas delações premiadas da Lava a Jato. Porém, ao sentir que a investigação interna na Estatal não a livrará de jeito nenhum, decidiu mostrar a cara e o pescoço compridos. A Globo vai pagar mico mais uma vez.

C.Paoliello

Aécio obriga Twitter a quebrar sigilo de usuários:

http://www.vermelho.org.br/noticia/256124-1

Cláudio

**** ♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥
**** ♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥
♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥ ****
♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥ ****

************* Abaixo o PIG brasileiro — Partido da Imprensa Golpista no Brasil, na feliz definição do deputado Fernando Ferro; pig que é a míRdia que se acredita dona de mandato divino para governar.

Lei de Mídias Já!!!! **** … “Com o tempo, uma imprensa [mídia] cínica, mercenária, demagógica e corruta formará um público tão vil como ela mesma” *** * Joseph Pulitzer. **** … … “Se você não for cuidadoso(a), os jornais [mídias] farão você odiar as pessoas que estão sendo oprimidas, e amar as pessoas que estão oprimindo” *** * Malcolm X. … … … Ley de Medios Já ! ! ! . . . … … … …

Runas Waldan

Não passa de uma pêzinha que virou cafetina da Globo.

Romanelli

vou tentar dizer novamente..

Pra mim, pouco importa se a moça é ou não proba, mas sim o que ela disse.

Já vimos motoristas, caseiros, marqueteiros, irmãos e tesoureiro, policias, juízes e tantos outros serem DESCONSTRUÍDOS, mesmo quando suas denuncias FAZIAM SENTIDO e refletiam o acontecido.

DESCONSTRUIR Venina pra mim é TÃO ardiloso, cínico, falso e CRIMINOSO como quando alguns não quiseram admitir os mensaleiros petistas em função de não se ter apenado os tucanos primeiro.

ABSURDO, que se puna e se apene a TODOS ..e claro, àqueles que contribuíram com a prisão de outros, que eles tenham suas penas aliviadas ao menos num pouco.

    José Carlos Bastos

    Acusar de tentativa de desconstrução questionamentos plausíveis e baseados em relatório isento é tão ardiloso, cínico, falso e CRIMINOSO como quando alguns não quiseram admitir a farsa do mensalão, onde a maioria (Zé Dirceu entre eles) foi condenada sem prova alguma por vontade de ministros desvairados. Pra mim pouco importa se o Romanelli é probo ou não, mas sim o que ele disse. A sua prévia defesa da Venina, retira qualquer legitimidade do seu questionamento.

    Nelson

    Muito boa resposta, Bastos.

    Nelson

    “Pra mim, pouco importa se a moça é ou não proba, mas sim o que ela disse.”

    Não vou esperar do Romanelli a explicação para uma frase tão estapafúrdia como essa. Até porque explicação lógica para ela não existe. Só podemos atribuir tal frase à tucanice que se pretende enrustida do Romanelli.

    Tucanice que o faz enxergar corrução e roubalheira somente nas administrações do PT.

Cláudio Pereira

Fernando, você viu o e-mail (página 26) da Venina para o PRC? Sentindo-se culpada por participar da roubança – mas seguindo nas ações? E esse “cresci”, ali? Cresceu no sentido de aprovar a mamata, é isso? Me chama a atenção também a expressão “contexto político…”: que contexto político é esse a que a venenosa menina se refere?

Mancini

A essa hora, Conceição, Azenha, ler um documento deste tamanho fica mais difícil, mas hoje publicamos, via CMI, um artigo de um Petroleiro, que denuncia essa campanha nojenta e contra os interesses do País! http://refazenda2010.blogspot.com.br/

FrancoAtirador

.
.
Venina Velosa, a heroína da Rede Globo,
é reprovada em detector de mentiras;
e agora, que fazer?

Blog do Esmael de Moraes, via ArtManhaEVS:

(https://artmanhaevs.wordpress.com/2014/12/25/venina-velosa-a-heroina-da-rede-globo-e-reprovada-em-detector-de-mentiras-e-agora-que-fazer)
.
.

FrancoAtirador

.
.
A EDIÇÃO VENENOSA DA REDE GLOBO DE TELEVISÃO

O veneno da entrevista editada de Venina

Por Paulo Nogueira, no DCM

600 milhões de reais por ano, para a Globo fazer um jornalismo
como aquele que se viu na entrevista com Venina no Fantástico.
Um mensalão eterno de 50 milhões.

Foi minha primeira reflexão depois de ler a transcrição da entrevista.

A edição é venenosa à sua maneira.

A Globo, para se preservar, não grita como a Veja.

Só que cuida de despejar sobre sua audiência o mesmo tipo de veneno,
apenas mais sutilmente, mas com o mesmo resultado e com a mesma finalidade.

O veneno não estava em Venina. Ela está contando sua história, e cabe averiguar.

A maldade estava na maneira como Venina foi usada.

Dilma, no final, é citada – pela Globo.
Numa tentativa de desmoralizá-la, a Globo diz que Dilma afirmou
que não existe uma ‘crise de corrupção’.

No meio de uma entrevista que trata exatamente de corrupção,
a frase de Dilma parece o triunfo do cinismo.

Mas o cinismo é da Globo.

É mais uma tentativa, como Roberto Marinho fez tantas vezes
primeiro contra Getúlio e depois contra Jango,
de rotular como corruptos regimes que não garantem
a manutenção de mamatas e privilégios a um pequeno grupo.

A Globo faz assim, tradicionalmente:
cala quando a corrupção é amiga.

Na ditadura, quando a empresa virou um gigante,
corrupção não existia, numa troca macabra de favores.

Sob Sarney e FHC, amigos e aliados, também não.

Para a Globo, sequer a compra de votos da reeleição de FHC foi notícia.

Agora, o amigo Aécio também goza de imunidade.

Que cobertura a Globo deu ao aeroporto de Cláudio?

E ao helicóptero com meia tonelada de pó dos Perrelas,
amigos fraternais de Aécio?

A Globo é assim: também os amigos dos amigos recebem tratamento especial.

A este tipo de comportamento delinquente jornalístico
se junta o descaro com que a Globo sonega –
uma forma de corrupção que, se não combatida,
destrói a economia de qualquer país.

Claro que Lula não poderia também escapar da edição da entrevista.

Venina repete uma frase segundo a qual seu chefe, em certo momento,
teria olhado para um retrato de Lula
e dito que ela estava colocando em risco muita coisa.

Este alegado olhar numa alegada conversa é o bastante
para a Globo, na edição, incluir Lula na trama.

Lula, o espectador do Fantástico, não quis conceder entrevista sobre o assunto.

Que a Globo esperava?
Que ele dissesse que aquele não era seu retrato?
Que se o presidente fosse FHC jamais seria citado?
Que a Globo devia mostrar o DARF?

Fora isso, o que se viu foi o jornalismo preguiçoso e declaratória.

Venina diz que contratou os serviços da empresa do então namorado
e depois marido porque ela era realmente “boa”.

Foram mais de 7 milhões de reais para a empresa do namorado,
sem licitação.

Por que a Globo não foi investigar a suposta excelência da empresa favorecida?

De novo: 600 milhões por ano em dinheiro público, via propaganda federal,
para a Globo fazer este tipo de jornalismo.

Você certamente conhece a tese da “Servidão Voluntária”,
de um grande amigo de Montaigne, La Boetie.

Ele dizia que povo nenhum estava obrigado a aturar tirania nenhuma.
Bastava se insurgir.

O governo do PT, ao financiar por iniciativa própria a Globo et caterva,
pratica exatamente a servidão voluntária de que La Boetia falava.

(http://www.diariodocentrodomundo.com.br/o-veneno-da-edicao-da-entrevista-de-venina)
.
.

marcos

Venina : Venenosa, vendida e mentirosa. Típica heroína da gROUBO. Pobre do país que necessita heróis deste quilate!

    João Rizolli

    VENINA, VELOSA, VENENOSA.

    A Globo faria muito melhor para sua audiência se, ao invés do FINTÁSTICO (como diz PHA), colocasse essa moça, a tal Venina, para brilhar num remake (é assim que se escreve?) da novela GABRIELA, colocando-a como a dona do indefectível BATAKLAM [ou BATACLAN, sei lá, bem, o que importa é o sentido da coisa, não!]. Ela tem todo o jeito! Pergunta que não me quer calar: E o que será que ela fazia lá na PETROBRÁS.

    João Rizolli

    VENINA, VELOSA, VENENOSA.

    A Globo faria muito melhor para sua audiência se, ao invés do FINTÁSTICO (como diz PHA), colocasse essa moça, a tal Venina, para brilhar num remake (é assim que se escreve?) da novela GABRIELA, colocando-a como a dona do indefectível BATAKLAM [ou BATACLAN, sei lá, bem, o que importa é o sentido da coisa, não!]. Ela tem todo o jeito! Pergunta que não me quer calar: E o que será que ela fazia lá na PETROBRÁS??

Marcílio

Desculpe-me o fora de pauta

Luto na blogosfera

Infelizmente, aos blogueiros progressistas deste país é cerceado a livre manifestação do pensamento e garantido contra eles a imputação de delito de opinião:

http://bit.do/blogueiro_assassinado

Hélio Jacinto Pereira

A “Venenosa” Venina,como toda Cobra perigosa,distribuiu seu Veneno pra tentar se salvar !

WALTER BEZERRA DE MENEZES NORDESTINO

ESSA DOIDINHA AÍ MISTUROU NEGÓCIOS COM ROMANCE E SE LASCOU TAMBÉM… GOSTARIA DE VER UM “SELFIE” DELA JUNTO COM AS AMIGUINHAS NA PENITENCIÁRIA…E ELA FAZENDO CHARMINHO PARA AQUELA “ANCIÔ REPORTER DA GLOBO…
FALAR NISSO, BEM QUE ESSA “REPORTER DA IDADE DA PEDRA” PODERIA RECEBER UM PREMIO TAMBÉM DO FAUSTÃO…TENHO É NOJO…GLOBO JÁ ERA…
WALTER BEZERRA DE MENEZES

Julio Silveira

Por enquanto as investigações mostram mais a existencia de ratazanas que de coelhos assustados. Ainda que o PIG esteja atrás de qualquer coisa que lhes dê argumentos para a ingovernabilidade, acredito que sim que possa haver um interesse em destruir a reputação da mulher, e não me refiro a Graça, mas a Venina. A cada momento que passa fico mais convicto de que haja de fato um conluio corrupto, com a pretensão é minimizar as perdas e os riscos. E por isso ela pode ser um perigo. Não acredito mais em inocentes nessa história. mas acredito sim em gente que pode ter sido usada para determinados fins ilicitos para depois servir de bode espiatório perfeito. Tá tudo indo muito a calhar agora.

roberto

E a globo como sempre,dando razão, espaço e destaque para a bandidagem.
Se continuar assim,seu Ibope vai para dentro do chão, pois já bateu no fundo há bastante tempo.

Sertão/PE

Falta pegar o senador eleito por Pernambuco, Fernando Bezerra Coelho, um verdadeiro “rato”.

    pedro

    Pergunta a ele sobre a areia de SUAPE. Ao Dudu é impossivel

Adir Tavares

Grande mentirosa e vagabunda, tirando da reta!!!

Deixe seu comentário

Leia também