VIOMUNDO
O VIOMUNDO só é possível também através de anunciantes, e detectamos que você utiliza um AdBlock, bloqueador de anúncios.
Por favor considere ajudar o VIOMUNDO desativando o bloqueador para este site.
Cartas de Minas
Cartas de Minas

Em greve, jornalistas do Diário de S. Paulo dependem de ajuda para sobreviver

23 de outubro de 2017 às 17h06

por Thiago Tanji, no Facebook

É muito provável que você não tenha lido essa notícia em nenhum lugar, mas os jornalistas do  Diário de S. Paulo estão em greve desde o dia 10 de outubro.

A empresa está sem pagar salários desde agosto, além de não oferecer uma estrutura mínima de trabalho (com direito a telefone cortado e falta de água durante o expediente).

A luta dos jornalistas do Diário é um exemplo para todos nós que costumamos nos submeter à precarização do trabalho achando que isso faz parte da rotina de uma redação. Não faz.

Para oferecer uma assistência mínima aos trabalhadores que estão sem receber seus salários, o Sindicato dos Jornalistas organizou um fundo de greve.

Os recursos serão administrados por uma comissão dos jornalistas do ‘Diário de S.Paulo‘.

Aqui estão os dados bancários:

Caixa Econômica Federal

Agência 4070

Conta corrente operação 003/0001143-3

Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo

CNPJ 62.584.230.0001-00

Em tempos de incertezas profissionais e arbitrariedades das empresas, a solidariedade deve se fazer mais forte.

Leia também:

Temer entrega empregos de engenheiros a estrangeiros

Apoie o VIOMUNDO

Crowdfunding

Veja como nos apoiar »

O lado sujo do futebol

A Trama de Propinas, Negociatas e Traições que Abalou o Esporte Mais Popular do Mundo.

Entre os mais vendidos da VEJA, O Globo, Época e PublishNews. O Lado Sujo do Futebol é o retrato definitivo do que acontece além das quatro linhas. Um dos livros mais corajosos da história da literatura esportiva, revela informações contundentes sobre as negociatas que empestearam o futebol nos últimos anos. Mostra como João Havelange e Ricardo Teixeira desenvolveram um esquema mafioso de fraudes e conchavos, beneficiando a si e seus amigos. Fifa e CBF se tornaram um grande balcão de negócios, no qual são firmados acordos bilionários, que envolvem direitos de transmissão e materiais esportivos. Um grande jogo de bolas marcadas, cujo palco principal são as Copas do Mundo.

por Luiz Carlos Azenha, Amaury Ribeiro Jr., Leandro Cipoloni e Tony Chastinet.

Compre agora online e receba em sua casa!

 

Nenhum Comentário escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Deixe uma resposta