VIOMUNDO

Diário da Resistência


Damous faz lista de supostos crimes cometidos pela Lava Jato: Formação de quadrilha, fraude processual e abuso de autoridade
Denúncias

Damous faz lista de supostos crimes cometidos pela Lava Jato: Formação de quadrilha, fraude processual e abuso de autoridade


09/06/2019 - 22h39

Num primeiro exame, ainda superficial, já dá pra constatar quadrilha, advocacia administrativa, prevaricação, violação de sigilo funcional, abuso de autoridade, fraude processual. Com a palavra Raquel Dodge. Wadih Damous, ex-presidente da OAB-RJ

Rossetto: “Nota do MPF é uma confissão. Há algo de muito podre no reino de Curitiba”

Marco Weissheimer, no Sul21

O ex-ministro do Desenvolvimento Agrário e ex-secretário geral da Presidência, Miguel Rossetto (PT), classificou como “gravíssimas” as mensagens divulgadas pelo site The Intercept neste domingo (9), envolvendo procuradores da Operação Lava Jato e o ex-juiz federal e atual ministro da Justiça, Sérgio Moro, tratando do processo envolvendo o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e as eleições presidenciais de 2018.

“É um tema de repercussão internacional pelo que envolve. Pelo que vimos é o início da divulgação de uma série de condutas criminosas envolvendo integrantes da Lava Jato. Há algo de muito podre no reino de Curitiba”, disse Rossetto ao Sul21.

Para o ex-ministro, a nota divulgada pelo Ministério Público Federal em Curitiba (Força-tarefa informa a ocorrência de ataque criminoso à Lava Jato), na noite deste domingo, é uma confissão de que o que está sendo divulgado é verdadeiro.

Após denunciar o “ataque criminoso à Lava Jato”, a nota afirma que “eventuais críticas feitas pela opinião pública sobre as mensagens trocadas por seus integrantes serão recebidas como uma oportunidade para a reflexão”.

“Moro e Dallagnol devem ser convocados ao Congresso Nacional para uma acareação”, diz ainda Rossetto. Para ele, as mensagens divulgadas mostram uma relação de promiscuidade que confirma a existência de uma fraude jurídica para condenar a Lava Jato e o PT.

“Quem deveria defender a Lei e as instituições está atentando contra República”, acrescenta.

Rossetto avalia por fim que as revelações indicam que o braço ilegal de sustentação do governo Bolsonaro começa a ruir.

A mídia descontrolada: Episódios da luta contra o pensamento único
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação.

A publicação traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.

Por Laurindo Lalo Leal Filho



3 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Tadeu Silva

11 de junho de 2019 às 00h53

Moro e Dallagnol de tornozeleira eletrônica. Não tem preço!

Responder

Zé Maria

10 de junho de 2019 às 13h10

A Força-Tarefa de Patifes de Curitiba é o braço ilegal
do governo dos Estados Unidos da América
dentro do Brasil.

Responder

Valério

10 de junho de 2019 às 02h12

Os criminosos que atentaram contra o Estado e destruíram a democracia no Brasil terão muito tempo para refletir no xadrez. Quem sabe um dia se regeneram e param de delinquir.

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação e traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.