VIOMUNDO

Diário da Resistência


Bolsonaro queria se livrar dos processos abertos contra ele por Maria do Rosário: ”Não levou; segue réu”
PT na Câmara e Wilson Dias/Agência Brasil
Denúncias

Bolsonaro queria se livrar dos processos abertos contra ele por Maria do Rosário: ”Não levou; segue réu”


12/02/2019 - 18h01

NOTA DA DEPUTADA MARIA DO ROSÁRIO

Bolsonaro queria se livrar, mas não levou

”No dia de ontem, 11 de fevereiro, o Ministro Luiz Fux suspendeu o julgamento de duas ações penais contra Bolsonaro que correm no STF, suspendendo igualmente os prazos processuais.

Assim, Bolsonaro segue réu por apologia ao estupro e injúrias contra minha pessoa, a partir de manifestações recorrentes que atingem a dignidade das mulheres. Tais afirmações foram proferidas publicamente na Câmara Federal e em entrevistas à imprensa.

No âmbito cível obtivemos vitória definitiva no STJ, quando Bolsonaro foi condenado por danos morais, após sucessivas derrotas em todas as instâncias.

Sua defesa impetrou recurso meramente protelatório para atrasar o pagamento da quantia de 10 mil reais que me deve a título de indenização.

Se há quem ache pouco, reafirmo que esta quantia tem valor simbólico inestimável, pois como já afirmei distribuirei cada centavo para entidades que protegem mulheres vítimas de violência.

O julgamento das duas ações penais aguardará sua saída da Presidência da República, portanto o réu permanecerá tendo que responder por elas, visto que não serão prejudicadas por prescrição. É verdade que as ações penais deveriam ter sido julgadas há tempo.

Antes da eleição, o réu Bolsonaro dizia que “ninguém deveria estar acima da Lei”, mas sempre buscou se acobertar sob o foro privilegiado de deputado e impedir a ação da justiça contra seus atos, acreditando conquistar mais uma vez a impunidade.

Depois de eleito e no poder, tenta usar da presidência da república, mas não obteve o arquivamento que desejava.

De minha parte, seguirei defendendo as mulheres e crianças de todas todas as formas de violência. Agradeço a solidariedade de mulheres e homens que nos acompanham para se faça justiça e reafirmo minha determinação de jamais desistir de lutar pelo que é digno e justo”.

Maria do Rosário, deputada federal (PT-RS)

PS do Viomundo:   É constitucional a suspensão de julgamento de ações penais e de prazos processuais, como o STF concedeu a Jair Bolsonaro. O presidente-capitão, porém, queria o arquivamento dos processos. E isso ele não conseguiu.

A mídia descontrolada: Episódios da luta contra o pensamento único
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação.

A publicação traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.

Por Laurindo Lalo Leal Filho



2 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Zé Maria

15 de fevereiro de 2019 às 00h00

Dudu Pintinho contrata Perito do Jornal Nacional da Rede Globo,
que atuou no Famigerado “Atentado da Bolinha de Papel”
sofrido por Jose Serra na Campanha Presidencial de 2010.

O Deputado Federal do PSL de São Paulo, filho de Jair Bolsonaro,
quer contestar a Denúncia oferecida no Supremo Tribunal Federal (STF) pela Procuradoria Geral da República (PGR),
que requer a Condenação de Eduardo Nantes Bolsonaro
às penas cominadas no artigo 147 do Código Penal, por Ameaças
à Jornalista Patricia de Oliveira Souza Lélis, que seria
ou teria sido Namorada do Parlamentar do PSL-SP.

https://jornalggn.com.br/eleicoes/bolinha-de-papel-a-farsa-politica-desmascarada/

http://www.mpf.mp.br/pgr/noticias-pgr/pgr-denuncia-jair-bolsonaro-por-racismo-e-eduardo-bolsonaro-por-ameacas-a-jornalista

https://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2019/02/13/eduardo-bolsonaro-perito-temer-caso-pc-farias-para-rebater-denuncia-pgr.htm

http://www.mpf.mp.br/pgr/documentos/copy_of_DennciaEduardoBolsonaroTarjado.pdf

Responder

Zé Maria

12 de fevereiro de 2019 às 22h56

Os que querem Julgamento Sumário de Senadores e Ministros do STF
deveriam protestar contra a Suspensão do Processo de Bolsonaro,
até porque os Crimes Praticados pelo Jair foram cometidos
antes do exercício do atual cargo e sequer em razão de Outro Cargo.
A injúria e a Apologia ao Estupro foram feitas pelo indivíduo Jair Bolsonaro.
Portanto, nem mesmo Foro por Prerrogativa de Função deveria ter.

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação e traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.