VIOMUNDO

Diário da Resistência


Beatriz Cerqueira protocola pedido de CPI das Mineradoras: Quando não fazemos justiça por nossos mortos, o resultado é Brumadinho; veja quem assinou
Beatriz em Mariana, Brumadinho e na ALEMG, pedindo apoio do deputado Cleitinho Azevedo (PPS) ao pedido de CPI das Mineradoras; ele assinou. Fotos: Divulgação
Denúncias

Beatriz Cerqueira protocola pedido de CPI das Mineradoras: Quando não fazemos justiça por nossos mortos, o resultado é Brumadinho; veja quem assinou


04/02/2019 - 13h47

Da Redação

Às 8h13 desta segunda-feira, 4/02,  a deputada estadual Beatriz Cerqueira (PT-MG) protocolou na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALEMG) pedido para instalação da CPI das Mineradoras.

Regimentalmente bastariam assinaturas. Assinaram o requerimento 36 parlamentares.

“Quando não fazemos justiça por nossos mortos e feridos, como aconteceu em Mariana, os criminosos cometem novos crimes. A prova é Brumadinho’’, afirma Beatriz Cerqueira, que desde 2015 defende uma CPI das Mineradoras.

Em 5 de novembro de 2015, o rompimento da barragem de Fundão, Vale/Samarco/BHP, em Mariana, matou 19 pessoas, afora a destruição ambiental.

Mesmo assim, os responsáveis estão livres e administram os recursos para a suposta recuperação da área atingida por meio de uma fundação.

”Como uma CPI tem poder de investigação, podemos averiguar a mineradora e as omissões dos órgãos governamentais”, argumenta.

Para Beatriz, a CPI, se conduzida com seriedade e transparência, poderá esclarecer, por exemplo, como uma mineradora constrói o refeitório, a área administrativa e a enfermaria na porta de uma barragem, por que a sirene de alerta não funcionou, como em Mariana.

Minas é um estado com mais de 400 barragens de barragens de rejeitos, onde a mineração chega a acabar com a água da população.

”Mesmo assim os projetos de lei elaborados como respostas ao crime de Mariana não foram aprovados pela Assembleia, por pressão da Fiemg [Federaçao da Indústrias de do Estado de Minas Gerais] e mineradoras”, critica.

ZEMA ESQUECEU DOS MINEIROS

Na sexta-feira, 1/02, na abertura dos trabalhos legislativos de 2019, o governador de Minas, Romeu Zema (Novo-MG), esteve presente e discursou.

Em sua página no Facebook, criticou a fala dele:

Na mensagem dele nenhuma menção ao sofrimento e à dor que vivemos desde o dia 25 de janeiro.

Foi como se o rompimento da barragem da Vale, em Brumadinho, as centenas de desaparecidos, as famílias enterrando seus mortos sem terem sequer o direito ao velório em função da situação dos corpos, não tivessem acontecido em Minas Gerais.

Nenhum agradecimento às forças e aos órgãos públicos que estão trabalhando ininterruptamente nos resgates. 

Estava tão preocupado em acusar e determinar qual deve ser a pauta da Assembleia Legislativa que se esqueceu dos mineiros e mineiras!

E olha que tinha uma cruz bem na sua frente!



A mídia descontrolada: Episódios da luta contra o pensamento único
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação.

A publicação traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.

Por Laurindo Lalo Leal Filho



1 comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Zé Maria

04 de fevereiro de 2019 às 18h07

Deve-se parabenizar a Deputada Mineira Beatriz Cerqueira (PT)
pela a iniciativa imediata de procurar investigar e apontar
os responsáveis pelo Genocídio e pelo Crime Ambiental em Brumadinho.
Bom também ver que as Deputadas do PSol e da Rede,
e o Deputado do PCdoB, bem como TODOS os Parlamentares do PT
assinaram o Requerimento para instalação da CPI das Mineradoras.

Em relação ao Zema é o Típico Psicopata: Não tem Empatia.
É incapaz de sentir minimamente o Sofrimento Alheio.
E conseqüentemente não sente Remorso Algum.
Deixou os Bombeiros e demais Servidores Públicos
sem o Pagamento integral das Remunerações.

Por aí já se Imagina como será a Base do Zema na ALEMG…

https://www.otempo.com.br/capa/pol%C3%ADtica/servidores-p%C3%BAblicos-protestam-na-almg-contra-parcelamento-de-13%C2%BA-1.2130204

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação e traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.