VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Chioro e Solla, sobre prefeito eleito de Porto Seguro que promete liberar casas de eventos no réveillon: ‘É crime; disseminará covid’,  vídeo
Blog da Saúde VIOMUNDO na Pandemia

Chioro e Solla, sobre prefeito eleito de Porto Seguro que promete liberar casas de eventos no réveillon: ‘É crime; disseminará covid’, vídeo


23/11/2020 - 18h29

Por Conceição Lemes

Jânio Natal, do PL, foi eleito prefeito de Porto Seguro (BA).

Tomará posse em 1º de janeiro de 2021.

Ele postou um vídeo de 30 segundos,  no qual, amtecipadamente, promete um decreto para o dia 1º, liberando todas as casas de eventos para o réveillon.

Porto Seguro é considerado o maior polo receptor de turismo popular no Brasil.

Jânio declara textualmente:

A cerimônia de posse, possivelmente nossa, será no dia 1º, à zero hora e 1 minuto. Vou baixar um decreto no mesmo dia, deve ser 1 hora da manhã…A partir de 1 hora da manhã, que a gente tomar posse, todas as casas de eventos estarão liberadas para fazer o réveillon. OK? Beijo

Os médicos Arthur Chioro e Jorge Solla detonam a medida.

Afinal, a liberação de eventos vai aglomerar aglomeração de pessoas, o que é gravíssimo no contexto de recrudescimento da pandemia da covid-19.

“A estupidez humana parece não ter mesmo limite”, diz, perplexo, Chioro, ex-ministro da Saúde e professor do Departamento de Medicina Preventiva da EPM/Unifesp.

“Espero que o governo da Bahia e o Ministério Público, a partir dessa declaração criminosa, tomem medidas cautelares que impeçam essa tragédia”, prossegue.

“Os moradores de Porto Seguro estarão expostos a riscos, assim como os turistas que lá estiverem também”, alerta.

“Ao regressar aos municípios, poderão disseminar o novo coronavírus por todo o país”, avisa.

Jorge Solla é deputado federal (PT-BA).

Ele já pediu à sua  assessoria jurídica para analisar possibilidades de medidas junto ao Ministério Público e o Judiciário.

“Completa insanidade e irresponsabilidade”, condena.

“É crime de responsabilidade prefeito dar uma declaração dessas”, diz.

“Precisamos evitar que mais vidas sejam perdidas pelas atitudes insanas do presidente Bolsonaro e seus aliados, como o prefeito de Porto Seguro”, frisa.

“Na verdade, eles são os maiores aliados do vírus e os principais opositores da vida e da saúde da população brasileira”, observa Solla.





3 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Zé Maria

24 de novembro de 2020 às 15h02

Essa Pandemia evidenciou que há Genocidas
em todo lugar do País. Alguns são Prefeitos
– como esse de Porto Seguro – outros são
Governadores e outro é PreZidenti du braZil.

Responder

oscar rissieri paniz

24 de novembro de 2020 às 10h20

Nesta situação tem uma questão de hierarquia onde entendo, dentro do meu bom senso, de que esta situação tem de ter o consentimento da Vigilância Sanitária Estadual e como consequência este absurdo pode ser corrigido.

Responder

Henrique Martins

23 de novembro de 2020 às 21h53 Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding