VIOMUNDO

Diário da Resistência


Paulo Amarante: Frente parlamentar  da saúde mental visa aos interesses dos mercadores da vida e não à saúde da população; veja vídeo
Blog da Saúde

Paulo Amarante: Frente parlamentar da saúde mental visa aos interesses dos mercadores da vida e não à saúde da população; veja vídeo


16/12/2018 - 10h35

CEE-Fiocruz 

O sanitarista Paulo Amarante, pesquisador do Laboratório de Estudos e Pesquisas em Saúde Mental e Atenção Psicossocial (Laps) da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (Ensp/Fiocruz), analisa no vídeo acima os prejuízos à democracia com a instalação da Frente Parlamentar Mista em Defesa da Nova Política Nacional de Saúde Mental e da Assistência Hospitalar Psiquiátrica.

Criada em novembro de 2018, a frente é inicialmente composta por 228 deputados e 4 senadores.

Paulo Amarante alerta que a ameaça não está apenas no campo da Reforma Psiquiátrica, nos avanços na atenção psicossocial e no SUS.

“É um retrocesso geral na política brasileira, na democracia, na cidadania, nas práticas sociais mais avançadas e parcipativas”, afirma o pesquisador.

Ele observa que há um retorno da política privatizante, da mercantilização da vida, tomando-se a saúde e as doenças como mercadorias, alvo de interesses específicos.

“Esses interesses não visam à saúde da população, visam à ganância e à obtenção de lucros com as doenças da sociedade”, completa.

Para Paulo Amarante, a criação da frente  representa uma ameaça não só para a luta antimanicomial, como para a democracia.

A medida faz parte de uma política maior, diz Paulo, de defesa de interesses privados e mercantilização da vida.

“A ideia é canalizar recursos para hospitais e comunidades terapêuticas, que de terapêuticas nada têm”, observa Paulo.

“Não há epidemia de depressão como dizem. O que há é uma epidemia de diagnósticos”, analisa.

Leia também:

Dr. Quirino esconde os dados do quadro de saúde mental no Brasil

A mídia descontrolada: Episódios da luta contra o pensamento único
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação.

A publicação traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.

Por Laurindo Lalo Leal Filho



Nenhum comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Zé Maria

16 de dezembro de 2018 às 20h08

“Antigamente eu escutava a musiquinha do “Plantão da Globo”
e ficava com medo.
hoje em dia essa musiquinha se tornou uma esperança”

https://twitter.com/OficialMCarol/status/1074421861805625345
https://twitter.com/OficialMCarol/status/885193518108508161

Responder

Zé Maria

16 de dezembro de 2018 às 19h53

Desestressando…

O encontro do médium com as autoridades
ocorreu numa encruzilhada de uma estrada de terra,
no município de Abadiânia, com a BR-060, em Goiás.
https://pbs.twimg.com/media/DukFEsEX4AE_nCt.jpg
https://twitter.com/VIOMUNDO/status/1074397339748585473

Crossroads = Encruzilhada (Só para Loucos)
https://youtu.be/CqdL36VKbMQ
https://ok.ru/video/410126453408

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação e traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.