VIOMUNDO

Diário da Resistência


Conselho de Psicologia repudia ataque de Bolsonaro, que defende ”cura gay” : ”Afronta à nossa resolução e à OMS”
Wilson Dias/Agência Brasil
Blog da Saúde

Conselho de Psicologia repudia ataque de Bolsonaro, que defende ”cura gay” : ”Afronta à nossa resolução e à OMS”


14/10/2018 - 22h45

Nota do CFP

Diante dos recentes ataques, o CFP repudia a disseminação de inverdades que apenas colaboram para enfraquecer a nossa democracia

do site do Conselho Federal de Psicologia (CFP)

Diante dos recentes ataques dirigidos ao Conselho Federal de Psicologia, autarquia prevista em lei para regulamentar, orientar e fiscalizar o exercício profissional, o CFP vem a público manifestar seu repúdio à disseminação de inverdades que apenas colaboram para enfraquecer a nossa democracia.

Circulam pelas redes sociais mensagens afirmando que o Conselho Federal de Psicologia e os Conselhos Regionais de Psicologia estão cadastrando profissionais de Psicologia que votam em determinado candidato à Presidência nestas eleições de 2018, e que quem não realizar o cadastramento perderá o direito de exercer a profissão.

O Conselho Federal de Psicologia garante que esta informação é falsa, constituindo o que ficou conhecido como fakenews, e que em nenhum momento o CFP indica em quem a categoria deve votar.

Escolher em quem votar é uma prerrogativa de cidadania de cada pessoa e não cabe ao Conselho Federal ou aos Conselhos Regionais de Psicologia indicar ou coagir ninguém a votar em quem quer que seja.

É importante destacar que qualquer psicóloga ou psicólogo pode exercer sua opinião política nas redes sociais.

O que não é permitido pelo nosso código de ética é realizar críticas ideológica/religiosas/políticas no exercício da profissão.

Outra agressão sofrida pelo CFP é um ataque direto à Resolução 01/99, que orienta os profissionais da área a atuar nas questões relativas à orientação sexual.

Circula um vídeo de um dos candidatos à Presidência no qual o mesmo afirma, em 2015, que profissional da Psicologia deveria ser autorizado pelo CFP a fazer terapia de reversão sexual.  A afirmação afronta nossa resolução e viola o direito do ser humano.

De acordo com a Resolução 01/99, não cabe a profissionais da Psicologia no Brasil o oferecimento de qualquer tipo de terapia de reversão sexual, uma vez que a homossexualidade não é considerada patologia, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS).

Em 1999, o Conselho Federal de Psicologia (CFP), levando em conta o consenso vigente na comunidade científica internacional, além dos princípios básicos da Constituição Federal e os compromissos mais elementares em favor dos direitos humanos, estabeleceu normas para a atuação dos profissionais de Psicologia quanto à orientação sexual.

Assim, a Resolução CFP 1/99 busca contribuir para a aplicação dos princípios éticos de não discriminação e interferência sobre as orientações sexuais e veda a profissionais da Psicologia incentivar ou propor qualquer tratamento ou ação a favor de uma prática de patologização das homossexualidades.

A norma considera que:

*a homossexualidade não constitui doença, nem distúrbio e nem perversão;

*a forma como cada um vive sua sexualidade faz parte da identidade do sujeito, a qual deve ser compreendida na sua totalidade;

*há na sociedade uma inquietação em torno de práticas afetivas e sexuais que não se encontram dentro da norma estabelecida social e culturalmente;

*a Psicologia pode e deve contribuir com seu conhecimento para o esclarecimento sobre as questões da sexualidade, permitindo a superação de preconceitos e discriminações.

A competência do CFP para edição de normas dessa natureza foi outorgada à instituição pela Lei nº 5.766/71, que cria o CFP e os Conselhos Regionais de Psicologia.

Além disso, a posição ético-política da Psicologia brasileira, definida pela categoria em eleições democráticas, é respaldada pelos direitos humanos e, portanto, na defesa de todos os grupos oprimidos em situação de vulnerabilidade, não somente os LGBTIs (lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais e intersexuais), mas também os negros, os indígenas, as pessoas com deficiência e as mulheres vítimas de violência.

O CFP é um lugar aberto para todas as formas de organização e de manifestação de grupos e pessoas que lutam pela defesa dos direitos humanos.

Diante dos ataques, o CFP reforça sua defesa da Resolução 01/99, que respeita a dignidade dos seres humanos.

PS de Conceição Lemes: O candidato a que se refere a nota de repúdio do CFP é Jair Bolsonaro. O vídeo em questão é este abaixo.

Ao atacar a resolução do CFP,  Bolsonaro vai contra o consenso vigente na comunidade científica internacional de que a homossexualidade não é uma patologia. Logo, se não doença, não há o que ser curado. Detalhe: essa é a  posição da própria Organização Mundial de Saúde (OMS). 

Leia também:

Dentistas: Haddad, único que incluiu saúde bucal no programa e defende publicamente o SUS

Coletivo Saúde Pública da USP: Garantia de democracia e melhor SUS

Médicos alertam: Prática ética da Medicina é incompatível com ”valores” dos fascistas

Livro do Luiz Carlos Azenha
O lado sujo do futebol

Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!

A Trama de Propinas, Negociatas e Traições que Abalou o Esporte Mais Popular do Mundo.

Por Luiz Carlos Azenha, Amaury Ribeiro Jr., Leandro Cipoloni e Tony Chastinet



2 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Elena

14 de outubro de 2018 às 22h50

Putz! Agora o homem está atacando até o CFP? Esse infeliz está comprando briga com todo mundo?

Responder

    Magna

    15 de outubro de 2018 às 09h39

    Ele é muito mais que um LOUCO! Ele é mal. Louco com PODER. deveriam obrigá-lo a fazer um exame “psicológico.


Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
O lado sujo do futebol

Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!