VIOMUNDO
O VIOMUNDO só é possível também através de anunciantes, e detectamos que você utiliza um AdBlock, bloqueador de anúncios.
Por favor considere ajudar o VIOMUNDO desativando o bloqueador para este site.

Janot esnuca Gilmar Mendes: terá de votar pela prisão ou não de Aécio Neves, com quem atuou para aprovar lei do abuso de autoridade; ouça o telefonema

22 de maio de 2017 às 21h49

Janot recorre ao plenário do STF e pede prisão de Aécio e Rocha Loures

Procurador-geral da República recorreu da decisão do ministro Edson Fachin, que negou a prisão dos parlamentares, que foram afastados; recurso deverá ser analisado pelo plenário do STF

Por Renan Ramalho, G1, Brasília, 22/05/2017 20h52 

A PGR recorreu da decisão do ministro Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato, que negou na semana passada, em decisão monocrática, a prisão preventiva (antes da condenação) dos parlamentares.

Com o recurso, o pedido deverá agora ser analisado pelo plenário do STF, formado pelos 11 ministros da Corte.

O advogado José Luis Oliveira Lima, que faz a defesa de Rodrigo Rocha Loures, afirmou que não há qualquer motivo para a prisão do deputado afastado e disse que aguarda o plenário do Supremo mantenha a decisão que negou o pedido de prisão feito por Janot. “O deputado, no momento oportuno, irá prestar todos os esclarecimentos devidos”, disse.

O advogado Alberto Toron, que faz a defesa de Aécio Neves, informou que aguarda ser intimado sobre o pedido da PGR “para apresentar suas contrarrazões, oportunidade em que demonstrará a impropriedade” do pedido. Tambem afirmou que ingressará no STF com um pedido para revogar o afastamento do senador do mandato “por falta de base legal e constitucional”.

O órgão entende que Aécio e Loures foram pegos em “flagrante por crime inafiançável” na tentativa de obstruir as investigações da Operação Lava Jato, com base nas gravações realizadas pelos donos da JBS, entregues na delação premiada da empresa.

Ao analisar o pedido, Fachin considerou que não havia necessidade da prisão preventiva e que o afastamento do exercício das funções parlamentares já era medida suficiente para evitar eventuais prejuízos à investigação.

Janot, no entanto, argumentou que as gravações e interceptações telefônicas demonstrariam que Aécio e Loures “vem adotando, constante e reiteradamente, estratégias de obstrução de investigações da Operação Lava Jato”.

O procurador-geral acrescentou que só não pediu a prisão de ambos antes, quando recebiam dinheiro da JBS, para poderem coletar mais provas. Janot também mencionou “uso espúrio doo poder político” e “encontros indevidos em lugares inadequados” para justificar o pedido de prisão.

“No tocante às situações expostas neste recurso, a solução não há de ser diversa: a excepcionalidade dos fatos impõe medidas também excepcionais”, diz Janot.

O julgamento em plenário ainda não tem data para ocorrer. Caberá agora ao ministro Edson Fachin pedir a presidente do STF, Cármen Lúcia, para marcar uma data de julgamento. Antes, poderá ouvir as defesas de Aécio e Rocha Loures.

PS do Viomundo: Vem aí uma sessão imperdível do STF. Gilmar vai se recusar a votar, pelo óbvio envolvimento dele com Aécio Neves, a quem ajudou a convencer o senador Flexa Ribeiro a dar o voto pró-lei do abuso de autoridade? Ou vai votar e mandar o amigo para a cadeia? Ou vai minimizar os crimes do amigo? Ouça abaixo a conversa entre Aécio Neves — monitorado com autorização da Justiça pela Polícia Federal — e Gilmar Mendes no dia da votação.

Leia também:

Luciana Genro: Aécio é suspeito de “associação com o tráfico”

 

6 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Gilberto Bueno

25/05/2017 - 22h13

Se fosse o Lula já estaria preso e condenado em última instância.

Responder

Bel

25/05/2017 - 10h44

Será que também é fonte da Veja? Afinal, quem são as fontes do PIG que fazem a cabeça dos coxinhas? Não seria bom para a nação saber quem são os produtores de mentiras? E essas fontes dos veículos de comunicação da direitona parecem jorrar mais alguma coisa do que notícias. Lembram da fonte do Caneta? Pessoas ligadas a políticos corruptos e criminosos são fontes honestas? Pior, os formadores de opinião reproduzem as informações duvidosas e os coxinhas ingênuos acreditam. Daí vão pra rua derrubar uma mulher honesta e aclamar bandidos.

Responder

Luiz Carlos P. Oliveira

24/05/2017 - 11h45

Quanta sacanagem. Que podridão. Dois votos serão contra a prisão do Aécio: Gilmar e Alexandre. Por que? Óbvio demais!

Responder

Wil

23/05/2017 - 10h46

Será que isso é uma situação isolada?…será que Aécio Neves não pediu outros favares a Gilmar Mendes?
Pela a fala de Aécio Neves com Gilmar Mendes apresenta uma situação, que são dois amigos muito íntimos. Pode ter certeza que há outros pedidos de favores a Gilmar mendes por Aécio Neves, todos favares são prontamente acolhidos e realizados.
Gilmar é o gênio da lampada de Aécio Neves basta esfregar e fazer o pedido que será realizado.

Responder

Wil

23/05/2017 - 10h46

Gilmar é o gênio da lampada de Aécio Neves basta esfregar e fazer o pedido que será realizado.

Responder

Vinicius Antonio Zanetti Garcia

23/05/2017 - 09h05

Faltou comentar o “ministro” Alexandre de Moraes” que será outro a acobertar o mineirinho…

Responder

Deixe uma resposta