VIOMUNDO
O VIOMUNDO só é possível também através de anunciantes, e detectamos que você utiliza um AdBlock, bloqueador de anúncios.
Por favor considere ajudar o VIOMUNDO desativando o bloqueador para este site.
Cartas de Minas
Cartas de Minas

Haddad: Obra que teria motivado pagamento ilegal estava suspensa!

15 de janeiro de 2018 às 15h33

O inquérito foi aberto em 25 de novembro de 2015 após a delação do empreiteiro Ricardo Pessoa, da UTC. O executivo relatou que recebeu um pedido de João Vaccari Neto ‘para pagamento de uma dívida de campanha do então candidato a prefeito da cidade de São Paulo, Fernando Haddad, relativa ao pleito de 2012’. Os valores deveriam ser pagos a uma gráfica pertencente a ‘Chicão’. Do Estadão

via Facebook

Não há o mínimo indício de qualquer participação de Fernando Haddad nos atos descritos por um colaborador sem credibilidade, cujas declarações já foram colocadas sob suspeita em outros casos.

O uso descuidado do indiciamento sem elementos concretos de prova banaliza o instituto que deveria ser reservado para situações em que ao menos haja indício de envolvimento de alguém em atos ilícitos.

O delegado desconsiderou o depoimento do dono da gráfica, o empresário Francisco Carlos de Souza, que negou ter recebido recursos da UTC para quitar dívida de campanha do ex-prefeito Fernando Haddad.

O delegado também desconsiderou as provas apresentadas que atestam a suspensão da única obra da UTC na cidade, o túnel da avenida Roberto Marinho, em fevereiro de 2013, data anterior portanto ao suposto pagamento.

Da mesma forma que outras ações do delegado João Luiz de Moraes Rosa foram bloqueadas pela Justiça, temos a confiança que esta terá o mesmo destino.

Assessoria do ex-prefeito Fernando Haddad

Nota de esclarecimento – Suspensão das obras do túnel na Av. Roberto Marinho

do site da Prefeitura, em 14.02.2013

Operação Urbana Água Espraiada: depois das audiências públicas realizadas para consultar a população sobre o Programa de Metas (2013-2016), a Prefeitura de São Paulo decidiu inverter as prioridades das diversas obras da Operação Urbana Água Espraiada.

A obra do túnel que ligaria a av. Dr. Roberto Marinho à Rodovia dos Imigrantes foi suspensa.

Passam a ter prioridade outras obras da operação urbana, como a construção de 8 mil unidades de Habitação de Interesse Social, a implantação do parque linear e a extensão da Chucri Zaidan até a João Dias (a licença ambiental já emitida).

De acordo com o prefeito Fernando Haddad, a limitação de recursos e as prioridades da população local foram considerados nessa inversão.

“Na operação urbana Água Espraiada, há um conjunto grande de obras. Não há recursos para isso tudo e para o túnel. Então as pessoas se manifestaram nas audiências públicas e disseram: ‘Vamos inverter: ao invés do túnel, vamos priorizar todas essas obras e quando vendermos mais CEPACs, sobretudo na região do Jabaquara, você pode retomar a ideia de fazer o túnel, que já está licitado e licenciado’”, explicou o prefeito.

“Não esta havendo um cancelamento, apenas uma inversão de prioridade. Com 2,3 bi em caixa, vamos fazer isso”, completou.

Leia também:

PSOL condena o julgamento de Lula

23 - fev 0

Requião: Juízes que ameaçam greve não podem ganhar só de auxílio-moradia mais que outros servidores públicos

O país passa por uma crise fiscal que impõe a todos os agentes públicos, em homenagem ao princípio da igualdade, um esforço que não pode ser burlado por pequenos grupos de servidores, especialmente quando esses grupos recebem os melhores salários da nação, e quando o valor mensal desse auxílio-moradia ultrapassa o total da remuneração mensal […]

 

5 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Julio Silveira

15/01/2018 - 20h09

Indiciar o Haddad é atender a necessidade de navamente colocar o PT na berlinda, enquanto tucanos são delatados no varejo e no atacado com nenhuma consequencia.
No Brasil continua vencendo aqueles que atendem a logica de quem quer o Brasil a mingua, para esquartejá-lo sem resistencias.

Responder

Ricardo Cebalho

15/01/2018 - 18h34

A esquerda esta com a faca e o queijo na mão para, tomar o poder em 2018, basta fazer a lição de casa. Venho falando a muito para acordarem para a importância do trabalho de conscientização das pessoas nas periferias. O pessoal destas regiões não são burros como muitos pensam, mas são muito desinformados politicamente, o que sabem é passado pela mídia manipuladora, e não se interessam em verificar a realidade do que acontece não curtem internet e blogs de esquerda, moro em Itaquera e tenho parentes e amigos que moram bem lá nos arrebaldes. O pessoal da esquerda têm que saber que 70 % dos eleitores estão nesses lugares, e posso afirmar que não gostam da burguesia e de ricos pois sabem que eles os exploram de todo as formas tanto no trabalho quanto no comércio, por isso se torna fácil convence-los do lado correto e qual o lado que eles tem que estar. Venho falando isso a muito antigamente o trabalho era esse hoje estão errando em pensar que a internet supera isto. Agora que o PT outros estão fazendo os comitês (mas e pouco), aproveitando esses comitês, formar grupos e irem nas comunidades informar e instrui com panfletos explicativos bem redigidos e de fácil leitura. Garanto esse pessoal decide uma eleição e um levante popular, mas tem que se trabalhar muito.
Prestem atenção não subestimem a direita, eles já começaram a estudar a reação já estão pedindo opiniões em todo Brasil. -Vejam bem a Hora que eles definirem qual é o boneco tipo “Color De Melo” que eles vão apoiar, saiam da frente que eles vão vir como um rolo compressor, Mentindo, Manipulando, Distorcendo fatos, FaK de todos os jeitos, eles tem muito dinheiro muita gente inteligente, toda a mídia e a Rede Globosta de Manipulação, por isso temos que agir rápido, não podemos perder tempo, a hora é agora aproveitando o julgamento de LULA continuar firme nesse propósito.
Agora peço as pessoas dos nossos grupos que tem acesso a dirigentes dos partidos de esquerda, movimentos sociais e estudantis, sindicatos, parlamentares e pedirem que trabalhem nesse sentido, se fizerem a lição de casa, matamos a cobra no ninho.
Ricardo Cebalho

Responder

robertoAP

15/01/2018 - 17h42

Delegado no Brasil,virou sinônimo de sem noção,analfabeto e apedeuta.
Parecem aqueles policiais corruptos de cidadezinha do interior dos Estados Unidos, retratados em Hollywood.

Responder

Alexandre Tambelli

15/01/2018 - 17h00

CORRUPÇÃO DA ESQUERDA A GENTE INVENTA. ASSIM É NO BRASIL.

1 ano e meio atrás escrevi um texto que falava de um tema básico: “corrupção a gente inventa”.

Toda a esquerda precisa entender esta afirmação.

Ao sair Lula do cenário eleitoral, outros candidatos de esquerda surgirão, certo?

E não há chances deles serem poupados do lawfare, das acusações de corrupção e caixa 2, mesmo sendo pessoa honesta e justa como Fernando Haddad.

Esta é a forma encontrada pela direita brasileira e elite golpista para não se verem no lugar devido que é perder os pleitos eleitorais no Executivo Federal brasileiro.

O PT venceu 4 vezes seguidas e as esquerdas venceriam mais vezes seguidas, tendo eleições e não golpes, neste país tão desigual com uma Elite egoísta e incapaz de pensar o Governo como uma ação para melhorar a qualidade de Vida de todas as pessoas que aqui habitam.

2018 não vai ser diferente. Prisões, conduções coercitivas, denúncias casadas com o horário eleitoral para atrapalhar o candidato de esquerda, do lado oposto do Golpe virão.

Não há espaço para moralismo das esquerdas mais, a direita e as elites do Golpe não vão mudar o modus operandi, não!

Repetindo, saiu Lula, cresce Haddad ou Ciro ou Manuela ou Boulos ou Requião ou Jacques Vagner ou Freixo ou Luciana Genro ou Aldo Rebelo, etc. e denúncias, inquéritos, corrupção inventadas ou exageradas serão noticiadas sem nenhum filtro, conduções coercitivas e prisões sem respeito ao cidadão e às Leis e Constituição virão.

Torna-se preciso uma união das esquerdas sem chances de uma onda de estrelismo de alguns dos candidatos em oposição ao Golpe.

A tática eleitoral de 2018 será repeteco de 2014 e 2016, incluindo um novo processo que, devido a realidade desmascarar a corrupção seletiva surge, o da construção do(s) “novo(s) candidatos, incorruptíveis, pela mídia oligopólica em sua dobradinha com o Judiciário morista.

E a tática eleitoral consiste em 3 etapas:

1) Igualar a todos os políticos atuais como corruptos;
2) Denunciar seletivamente e massivamente políticos e partidos opositores ao Golpe;
3) massificar a imagem dos candidatos “novos” produzidos pelo Sistema, seja do Judiciário ou desses projetos de treinamento assalariado de lideranças políticas neoliberais.

Responder

Bovino

15/01/2018 - 16h16

A perseguição ao PT não pára, o país se divide entre: os que concordam com isso e os que não.

Responder

Deixe uma resposta