VIOMUNDO
O VIOMUNDO só é possível também através de anunciantes, e detectamos que você utiliza um AdBlock, bloqueador de anúncios.
Por favor considere ajudar o VIOMUNDO desativando o bloqueador para este site.
Cartas de Minas
Cartas de Minas

Barões do amianto condenados a 16 anos de prisão na Itália

13 de fevereiro de 2012 às 11h23

Sala do Palácio de Justiça de Turim lotada para ouvir a decisão histórica contra os ex-proprietários da Eternit

por Conceição Lemes

Os procuradores de Justiça da Itália acabam de anunciar em Turim a condenação a 16 anos de  prisão dos ex-proprietários da Eternit, o barão belga Louis de Cartier de Marchienne e o magnata suíço Stephan Schmidheiny. É o maior processo criminal de todos os tempos por danos a trabalhadores e ao meio ambiente.  O processo diz respeito à morte de 2.500 trabalhadores, vítimas do cancerígeno amianto.

A engenheira Fernanda Giannasi, o maior símbolo da luta contra o amianto no Brasil, está em Turim, no Palácio da Justiça, acompanhando a leitura da decisão histórica:

“Há uma hora em pé estamos ouvindo o nome dos mortos pelo amianto na Itália e a condenação de indenizar toda esta população sofrida e heróica 30 anos de espera. Estou na sala principal em lágrimas.  Para a Prefeitura de Casale Monferrato, 25 milhões de euros”.

Ministério Público quer o fim do amianto no Paraná

 

15 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Tribunal de Turim condena a 18 anos de prisão barão do amianto: 'Um hino à vida" - Viomundo - O que você não vê na mídia

06/06/2013 - 23h10

[…] sentença de primeira instância em http://www.viomundo.com.br/voce-escreve/baroes-do-amianto-condenados-a-16-anos-de-prisao-na-italia.h…, […]

Responder

Barões do amianto condenados a 16 anos de prisão na Itália | Sou alérgico, e quem não é ?

21/02/2012 - 12h22

[…] Vi o mundo Compartilhar This entry was posted in Saúde and tagged amianto, deu no jornal. Bookmark the […]

Responder

SBPT repudia ordem judicial contra médico que pesquisa malefícios do amianto | Viomundo - O que você não vê na mídia

17/02/2012 - 15h42

[…] Barões do amianto condenados a 16 anos de prisão na Itália […]

Responder

Joe

14/02/2012 - 16h46

Olha a notícia na Grobo, http://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2012/

Responder

Hag

14/02/2012 - 01h45

Quero agora ver o que acontece no Brasil. Eternit: o caminho mais rápido para a Eternidade. (Risos) Parabéns Dra. Giannasi. Um exemplo de servidora pública.

Responder

Roberto

13/02/2012 - 23h20

Juiz brasileiro é tão porco e burro, que qualquer bandidinho matadorzinho analfabeto, cospe e pisoteia na Justiça,olhando bem na cara dessa juizada vagabunda e rindo deles, e principalmente do povo deste país.
A chance de algo como esse caso da Italia acontecer aqui é zero absoluto.

Responder

Lu_Witovisk

13/02/2012 - 18h49

É de emocionar!! Viva a justiça italiana, parabéns também à Dra. Gianasi e vamos ver se este precedente (como bem disse o Morvan) ajuda na condenação em outros países, inclusive aqui, não são poucos os trabalhadores com pulmões destruídos pelo amianto.

Responder

Fábio

13/02/2012 - 18h17

O falecido jornalista Reali Jr., correspondente em Paris do Estadão e da Rádio Joven Pan, manteve um duro combate com a indústria do amianto. Lembro que no livro " Às margens do Sena" ele relata a história.

Responder

Douglas

13/02/2012 - 15h03

Onde foi mesmo isso? Na Itália? Pois é. No Brasil, com esse judiciário corrupto e cheio de mazelas nem no século XXV, quem dirá em XXIV.

Responder

marcelo arruda

13/02/2012 - 15h00

Falta no Brasil coragem para se julgar causas de tamanha magnitude. Saudações aos juízes italianos, que fizeram história e deram exemplo.

Responder

juarez campos

13/02/2012 - 14h04

Aqui no Brasil um ex-funcionário da Fraslee (indústria de componentes de freio) morreu a 10 anos e não recebeu absolutamente nada da fábrica, apesar de propor ação trabalhista. Pode existir uma prescrição de 3 anos para acidentes do trabalho e doenças profissionais? Isto é um crime contra o trabalhador brasileiro.

Responder

Luca K

13/02/2012 - 13h42

Muito legal ver criminosos de colarinho branco – por vezes muito mais letais q criminosos comuns – devidamente condenados e punidos!! Quem dera fosse assim aqui no Brasil, terra em q criminosos do colarinho branco( de políticos a empresários) reinam supremos…

Responder

Mário Carvalho

13/02/2012 - 11h56

LA LEGGE È UGUALLE PER TUTTI, só se for na Itália pq aqui LA LEGGE È UN AMICO DEI RICCHI.

Responder

Morvan

13/02/2012 - 11h39

Bom dia.

A Justiça italiana acaba de criar um fato histórico. Não é a mera condenação de dois criminosos. É o precedente para a condenação de todos que atentarem contra o meio-ambiente e, por conseguinte, contra a vida humana. Parabéns aos ativistas, como a Dra. Gianasi. São eles que fazem a diferença.
Que um dia, antes do século XXIV, a Justiça chegue ao Brasil.

:-)

Morvan, Usuário Linux #433640.

Responder

Deixe uma resposta