VIOMUNDO
O VIOMUNDO só é possível também através de anunciantes, e detectamos que você utiliza um AdBlock, bloqueador de anúncios.
Por favor considere ajudar o VIOMUNDO desativando o bloqueador para este site.

Deputado noveleiro retoma obsessão pelo PT e se dá mal

07 de janeiro de 2016 às 14h01

Da Redação

O deputado estadual gaúcho Jorge Pozzobom, do PSDB, ganhou uma certa notoriedade nas redes sociais ao escrever, num debate no twitter, a seguinte frase:

“Me processa. Eu entro no Poder judiciário e por não ser petista não corro o risco de ser preso”.

Foi a admissão de algo que todos sabemos: Privataria, trensalão, mensalão tucano, lista de Furnas, Lava Jato… nenhum tucano preso.

O deputado tem uma certa obsessão pelo PT.

Em sua mensagem de fim-de-ano, por exemplo, escreveu: “Para finalizar, quero desejar um excelente 2016 a todos os petistas que estão presos, e são muitos, pois tornaram 2015 nosso esperançoso”.

Agora, no Facebook, o deputado deu seguimento à sua obsessão e misturou o papel fictício do ator Zé de Abreu numa novela à realidade.

Levou um toco, pois fez isso no mesmo dia em que um delator corroborou a denúncia de que o ex-presidente do PSDB, Sergio Guerra, recebeu R$ 10 milhões de reais para enterrar uma CPI da Petrobras que havia sido aberta por insistência do próprio PSDB.

Ou seja, o líder da social democracia brasileira atuou como achacador barato. O que tu achas?

Captura de Tela 2016-01-07 às 13.41.51 Captura de Tela 2016-01-07 às 13.42.08 Captura de Tela 2016-01-07 às 13.42.24

Veja também:

Altamiro Borges: Lu Alckmin e Tito, o cãozinho voador

O livro da blogosfera em defesa da democracia - Golpe 16

Golpe 16 é a versão da blogosfera de uma história de ruptura democrática que ainda está em curso. É um livro feito a quente, mas imprescindível para entender o atual momento político brasileiro

Organizado por Renato Rovai, o livro oferece textos de Adriana Delorenzo, Altamiro Borges, Beatriz Barbosa, Conceição Oliveira, Cynara Menezes, Dennis de Oliveira, Eduardo Guimarães, Fernando Brito, Gilberto Maringoni, Glauco Faria, Ivana Bentes, Lola Aronovich, Luiz Carlos Azenha, Maíra Streit, Marco Aurélio Weissheimer, Miguel do Rosário, Paulo Henrique Amorim, Paulo Nogueira, Paulo Salvador, Renata Mielli, Rodrigo Vianna, Sérgio Amadeu da Silveira e Tarso Cabral Violin. Com prefácio de Luiz Inácio Lula de Silva e entrevista de Dilma Rousseff.

Compre agora online e receba na sua casa!

 

10 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

FrancoAtirador

09/01/2016 - 16h01

.
.
Exemplar da Nova Geração Fasci-Tucana.
.
.

Responder

lia vinhas

08/01/2016 - 11h55

Corrigindo: “………acabou por dominá-la ela própria…”

Responder

lia vinhas

08/01/2016 - 11h51

Sensacional! Além de um ator completo, maravilhoso, é um exemplo de firmeza ideológica e grandeza de sentimentos e escolhas políticas. Ele estar no coração do monstro, como disse o grande revolucionário, escritor e poeta cubano, José Marti ( que viveu por um tempo nos EUA, ao referir-se a potencia imperialista que, simulando ajuda a Cuba contra o domínio espanhol, acabou por dominá-la ele próprio até a Revolução que a libertou: “Conheço o monstro. Vivi em suas entranhas.), é muito bom, porque a posição dos entes públicos, sobretudo dos artistas, servem de influencia para muitas pessoas desavisadas, que não são reacionários de carteirinha, apenas mal informadas por seu canal e jornal de estimação. Viva a Internet!
Aproveito para perguntar se a única maneira de colaborar é com a assinatura. Não existe alguma conta bancária?

Responder

Eduardo

08/01/2016 - 11h48

Sorte do povo gaúcho que o psiquiatra Valencius Wurch Duarte Filho está de plantão em Brasília para aplicar um ” coice de mula” depois amarrar esse Jorge Pozzobon em algum fio desencapado! Esse cara deve ser estagiário do Caiado, do Agripino ou do Bolsonaro!

Responder

marcio ramos

08/01/2016 - 08h53

Que novela…

Responder

abelardo

07/01/2016 - 20h50

Deputado, acho que após finalizar o seu mandato o deputado deveria se inserir no ramo de humorista, ainda que sem nenhum traquejo para o cargo, imagino que o deputado vai longe como humorista. Afinal, o deputado é muito engraçado, kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk …………………………………..

Responder

roberto

07/01/2016 - 19h17

Uma toupeira como esse plantador de batata/deputado , gaúcho antiquado do tipo que usa bota e chupa chá amargo infectado, só podia ser noveleiro da globo. Não há lugar para ele no mundo inteligente, vai ser guasca do mato, até morrer.

Responder

Ednaldo Costa

07/01/2016 - 18h11

Disseram tudo! Tô de alma lavada!

Responder

Arnaldo Costa

07/01/2016 - 16h34

Tucanos já passaram e muito a corrupção da ditadura. São os maiores ladrões da história do país, máfia demotucana!

Responder

Wladimir Teixeira

07/01/2016 - 15h03

1 – fala o que quer, ouve o que não quer;
2 – telhado de vidro, sem pedras na mão;
3 – coxinha morre pela boca

Responder

Deixe uma resposta