VIOMUNDO
O VIOMUNDO só é possível também através de anunciantes, e detectamos que você utiliza um AdBlock, bloqueador de anúncios.
Por favor considere ajudar o VIOMUNDO desativando o bloqueador para este site.
Cartas de Minas
Cartas de Minas

Celso Marcondes: Folha vai ao STF para conhecer processo de Dilma na ditadura

25 de outubro de 2010 às 11h06

25 de outubro de 2010 às 8:57h

Jornal paulista entra com ação cautelar no STF: quer conhecer antes das eleições o processo que levou Dilma à prisão durante regime militar

por Celso Marcondes, em  CartaCapital

A Folha de S.Paulo anunciou na edição deste sábado 23 – pág. A11 – que protocolou uma ação cautelar no Supremo Tribunal Federal (STF) para que tenha acesso ao processo que levou Dilma Rousseff à prisão da ditadura militar em 1970.

Antes, o jornal encaminhou o pedido junto ao Supremo Tribunal Militar (STM), mas o órgão suspendeu o julgamento por duas vezes. A Folha recorre agora ao STF porque tem pressa. Ela justifica a urgência dizendo que o conhecimento do caso é “atualidade do interesse público”. Continua: “já que a candidata pode se tornar a próxima presidente”. E arremata: “para os leitores conhecerem o passado de Dilma”.

É estranha esta ação do jornal. Todo Brasil já sabe que Dilma Rousseff ficou presa durante mais de dois anos nas masmorras da ditadura. Que foi barbaramente torturada e que pertencia a uma organização guerrilheira chamada VAR – Palmares. Já lemos inúmeras matérias com declarações de seus ex-companheiros de luta e até de ex-carcereiros.

Todo mundo já sabe também o que foi a ditadura militar no Brasil. E quem defende a democracia e a liberdade deve concluir que não deve ser motivo de desonra ser integrante da lista dos que tiveram coragem de resistir a ela.

As formas e métodos empregados pelos que o fizeram, assim como as organizações e grupos que formaram para o enfrentamento clandestino contra um inimigo de tamanho descomunal podem ser discutidos e criticados. Os caminhos encontrados foram dos mais distintos. É um debate que se trava há 40 anos no País, dezenas de livros foram publicados para avaliar erros e acertos dos que resistiram àqueles tempos bárbaros. Ele poderia ser continuado agora, durante a campanha, sem problemas. Poderíamos, por exemplo, discutir como reagiram aos militares Serra e Dilma, ambos integrantes das resistências ao arbítrio. Felizmente, nenhum dos dois candidatos tem em seu currículo a mancha do adesismo à barbárie.

Porém, o que a Folha insiste em saber agora, na última semana das eleições? Ela quer ler o processo escrito e assinado por militares que apoiaram o golpe de 64 ou juízes a seu serviço. Quer saber o que eles escreveram mais sobre a militância da provável futura presidenta do Brasil. Quer saber de quais ações ela é acusada de participar. Com detalhes.

Com estes dados em mãos, o que faria a Folha? Ela acreditaria no que ler nestes processos? Daria isso como verdade factual e divulgaria para seus leitores? E da Folha, posso supor, iria o assunto para outros jornais, para a tevê, para o rádio e a internet?

E na última semana de campanha – caso o STF responda de imediato a ação cautelar – que manchetes leremos na imprensa?

Já ouvi de amigos um ingênuo, mas compreensível, argumento: “é meu direito saber o que ela fez, não é?”. A eles, e à Folha, eu diria que sim, é seu direito saber o que Dilma fez. Mas não da boca ou dos escritos daqueles que construíram o período mais nefasto da nossa história. Estes deveriam ter sido julgados e condenados pelos crimes de lesa-humanidade que cometeram.

O Manual de Redação da Folha de S.Paulo ensina que o bom jornalista deve apoiar seus escritos em boas e confiáveis fontes. Querer reconstruir o passado de uma candidata à presidência da República com esta base e ainda recorrer ao STF para isso, não cheira nada bem. A alguns dias do pleito, então, nem se fala.

 

166 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Eduardo

28/10/2010 - 23h24

Ninguém me tira uma certeza: Serra dedurou!

Responder

Árley

27/10/2010 - 22h03

Resposta a essa médica.

Eu respeito suas palavras, talvez vc não sabe que seu candidato fugiu da luta contra a ditadura quando era presidente da UNE, a unica organização que na época seria capaz de enfrentar a ditadura militar de frente, que se instalava em nosso país, conhecido tambem por golpe de 64, que por sua vez era apoiado pelo governador de Minas Magalhães Pinto, pelo ex-presidente JK, por Lacerda dentre outros, o José Serra simplesmente fugiu, agora vem com a história que foi exilado politico no Chile.

Crédito agricola, Pronaf 6 Bilhões na era FHC, e hoje 36 Bilhões. programas de aquisição de alimentos direto do Produtor Rural não existiam com FHC/Serra.
Sem falar na iclusão social 30 milhões de pessoas sairam da pobreza e outraos 29 milhões acenderam para a classe média. Isso faz com que as pessoas melhorem sua auto estima, coisa que aconteceu com vc quando se formou em medicina, filha de uma lavadeira pode se formar em medicina, igual a um amigo meu que é filho de um pedreiro e se formou em medicina tambem. Me mande um e-mail para [email protected]

Responder

Serra na UNE e a ficha da Dilma :

26/10/2010 - 13h11

[…] fica a pergunta; até que ponto a palavra dos carrascos da pior época da história nacional tem crédito? Vamos todos nos guiar pelos algozes da liberdade tão propagandeada pela Folha e por outros […]

Responder

roberto e s silva

25/10/2010 - 22h09

Azenha a folha nao teve acesso a ficha falsa de dilma?nao publicou ha uns dois anos atras?nao inventou na materia que dilma foi uma guerrilheira?agora quer publicar as vesperas da eleicao o que interessa a ela e seu canditado?A folha quer mexer do psicologico do povo brasileiro invertendo quem realmente sofreu tortura e as consequencias por defender a liberdade de pensar escrever que temos hoje, mas nao propriamente a folha sp que e um pasquim de quinta. dia 31 o dia do halloweem. 13 na folha globo e pig

Responder

Heitor

25/10/2010 - 21h53

Deus tá olhando por nós gente!!! rsrs
caiu com a Ínclita Dra. Carmem Lúcia!!
Ela saberá muito bem o que fazer!!

Responder

Marcio

25/10/2010 - 18h09

Se cair na não do Gilmar Dantas um abraço. Se eu fosse o PT pediria ao Protogenes e ao Amaury todos os dados sobre a lavagem de dinheiro da filha do Serra. Só por precaução.

Responder

Eridan

25/10/2010 - 17h25

Eu não acho nenhum pouco estranho. Afinal, estamos falando do PIG. Quer mais?

Responder

Carlos

25/10/2010 - 17h13

Boicote total aos barões da mídia e seus anunciantes/patrocinadores a partir de 2011: ISSO TEM QUE SER LEVADO A SÉRIO.

Responder

Julio Maia

25/10/2010 - 17h04

Azenha, não é de se assustar esta atitude da Folha de São Paulo pois, para este jornal, que apoiou incondicionalmente a ditadura militar, aquele período não passou apenas de uma "ditabranda".

Responder

Yacov

25/10/2010 - 16h53

Porque é que esses PORCOS não chafurdam o passado do ALoysio Nunes, assaltante de bancos, e de Fernando GAbeira, sequestrador???? Se o cara acusado de terrorismo está do seu lado, ele pode ser senador, deputado federal, que 'tá tudo bem, é??? A Falha é uma fraude enquanto órgão jornalístico. Deixa bem claro, para quem tiver um olho aberto e um neurônio funcionando, que é uma central de informações da Exterma direita brasileira. Eles fazem terrorismo jornalístico. São pontas de lança do grande capital posando de isentos e bem-intencionados. Que pulhas!!! Eles teem certeza que somos todos idiotas, mesmo. Mas a DILMA vem aí, e com ela a LEI DE MIDIA. TREMEI FOLHA!!!

"O BRASIL PARA TODOS não passa na gLoBo – O que passa na glOBo é um braZil para TOLOS"

Responder

ratusnatus

25/10/2010 - 16h52

Duvido muito que os militares entreguem, mesmo com ordem do Supremo.
Os militares hoje são outros.

Responder

ricardo silveira

25/10/2010 - 16h36

A Folha não vale um décimo da tinta que consome. Tem muita gente dizendo que a Dilma ganha e isso é perigoso. Tomara que ganhe mesmo, mas estou vendo mais a oposição se movimentar para ganhar a eleição que a situação para assegurar a vitória. Tomara que esteja enganado, mas o pressentimento não é bom. Essa oposição é fascista e não tem nenhum escrúpulo, farão o que for necessário pois o pré-sal pagará.

Responder

    Eridan

    25/10/2010 - 17h24

    Caro Ricardo Silveira, faço das tuas as minhas palavras! Principalmente no tocante às mobilizações da oposição e da situação. Incrível como esses aloprados do PT são inertes!

Luci

25/10/2010 - 16h32

A sociedade brasileira também quer que o Supremo diga quem foram os órgãos de imprensa, jornalistas que colaboraram com a ditadura civil militar .Esta eleição escreve uma página vergonhosa para as futuras gerações, pelo embate e jogo sujo pela disputa de poder.Não houve uma única palavra sobre as Metas do Milênio e seus resultados,

Responder

Nelson Menezes

25/10/2010 - 16h24

E o passado do Gabeira aliado Serra, do Aloizio Nunes que foi ministro da justiça,do Anibal e aí como é que fica.Quando os torturadores foram inocentados deram aval para que isto ocorresse.um Jornal que usou suas viaturas para transportar presos e mortos assacinados pela ditadura não tem moral para isto.

Responder

abmael

25/10/2010 - 16h21

Se por acaso ela existisse, seria uma incompetente de primeira linha. Acho muito estranho!!!

Responder

alex

25/10/2010 - 16h20

Dilma,sobre esse factóide:
""Celeuma". Em Goiânia, Dilma afirmou que os arquivos estão disponíveis na Universidade de Campinas Unicamp, ao ser questionada sobre processo aberto contra ela durante o regime militar. "Estão criando celeuma onde não existe", disse. "Não tenho qualquer problema com essa questão."(fonte-estadão)
O ùltimo que usou a ditadura pra atacar a Dilma, foi estraçalhado.Agora a Dilma simplesmente chamou o PIG inteiro pra briga nesse campo. Incrível a coragem dela. Sou um entusiasta da Dilma de primeira hora

Responder

Paulo

25/10/2010 - 16h19

sou estudante de medicina em FEDERAL….é grande parte dos meu amigos vai votar na dilma pois aki na UFPA foi implantado as cotas públicas 50% das vagas, eu por exemplo estudei em particular, mas tou surpreso com algumas coisas: vejo que alunos de escolas pública quando vão fazer uma anamnese são mais atenciosos que particulares

Responder

daniel

25/10/2010 - 16h16

Não vi a Folha tão preocupada assim com a ficha do Aloisio… Aliás, nem mesmo com a ficha do Goldman, quando este assumiu o governo de São Paulo.
A Folha é, realmente, muito seletiva em suas preocupações…

Responder

Marcos de Almeida

25/10/2010 - 16h15

Se esse país fosse sério tanto os torturados bem como os frias deviam ser julgados e condenados a prisão perpétua e esse jornaleço extinto.Urgente fiquei sabendo que a turma do demotucanos estão querendo vestir algumas pessoas do psdb/demo com camisetas do PT para comentir ilícitos e culpar a Dilma.Lembra 1989 o caso do Abílio Diniz.

Responder

Fernando Trevas

25/10/2010 - 16h10

A Folha da ditabranda e do apoio explícito à ditadura militar, como está relatado por várias fidedignas, talvez também devesse contar aos seus leitores sobre a atuação da Folha da Tarde durante a primeira metade dos anos 70. Afinal, eles têm o direito de saber.

Responder

Humberto

25/10/2010 - 15h51

Como profissional de saúde que sou, esta suposta médica é uma incompetente..isto porque qualquer medico no pais não ganha menos que 5000 reais isto de emprego fora outras atividades, deve ser muito incompetente. e trabalhar no governo do psdb..pois quem remunera a maior parte dos profissionais de saúde é o estado ou município.sugiro checar seu crm e se é verdade que ganha tão mal assim

Responder

Durvaldisko

25/10/2010 - 15h51

Essa missiva é velha e desmascarada. Uma das tantas apócrifas que voltarão a circular até dia 31 e certamente ,depois. Até porque, conspirador e consumidor de crack mata a mãe mas não larga o vício.

Responder

Newton

25/10/2010 - 15h47

Vai ser outro tiro no pé, outra bolinha de papel… O jornal da "Ditabranda" vai conseguir é desencavar todo o seu acumpliciamento com a ditadura. Deviam pensar mil vezes antes de entrar nessa. Até o senador tucano Aloísio vai se enojar com esse papelão da Falha de SP. Vai ser a pá de cal na "credibilidade" pra lá de chamuscada da FSP. Depois da bolinha de papel… o papelão!!!!

Responder

Urbano

25/10/2010 - 15h46

Sim, mas nós brasileiros nem precisamos recorrer ao stf para saber se existe ou não processo da falha de São Paulo e qual o seu conteúdo. No entanto, sabemos perfeitamente, não do processo, que sequer deva existir, talvez, mas dos seus procedimentos durante a ditadura, e que não são nada gloriosos, muito pelo contrário, são bem infames.

Responder

Joseph Shafan

25/10/2010 - 15h42

São considerados crimes eleitorais os que buscam atingir as eleições em qualquer das suas fases. Os crimes eleitorais são considerados crimes dirigidos contra o Estado. Os crimes eleitorais são apurados mediante ação penal pública incondicionada (artigo 355 do Código Eleitoral). Qualquer cidadão que tiver conhecimento de infração penal eleitoral deverá comunicá-la ao juiz eleitoral da zona onde a mesma se verificou, e esse remeterá a notícia ao Ministério Público. No entanto, possuindo desde logo elementos suficientes para ofertar a denúncia, o Ministério Público poderá dispensar o inquérito policial. De acordo com o inciso LIX do artigo 5.º da Constituição Federal, será admitida ação penal privada nos crimes de ação penal pública, se esta não for intentada no prazo legal. Código Eleitoral: DOS CRIMES ELEITORAIS: Art. 323. Divulgar, na propaganda, fatos que sabe inveridicos, em relação a partidos ou candidatos e capazes de exercerem influência perante o eleitorado; Art. 324. Caluniar alguém, na propaganda eleitoral, ou visando fins de propaganda, imputando-lhe falsamente fato definido como crime; Art. 326. Injuriar alguém, na propaganda eleitoral, ou visando a fins de propaganda, ofendendo-lhe a dignidade ou o decôro; Onde está esse tal Ministério Público que recebe em dia regiamente seus salários para trabalhar em prol do contribuinte?

Responder

    Adriane

    25/10/2010 - 16h25

    Excelentes colocacoes e questionamento, Joseph. Sou cidada brasileira, morando nos EUA, voto aqui, pelo consulado do Brasil e estou escandalizada, chocada mesmo com tudo o que tenho lido e assitido atraves dos canais brasileiros que tenho em casa. Meu marido tambem ta chocado. Aqui nos EUA, todo mundo elogia o Lula… parece que so a classe media e alta do Brasil separatista eh que nao vai com cara dele, ne… que coisa! Quanto a Dilma, sou orgulhosa por votar em uma mulher guerreira e nao em um covarde como o Ze Mentira. O Brasil merece alguem que, como disse o Bial, "nao foge a luta.". Abracos e vamos em frente, militancia. Os golpistas vao tentar de tudo pra melar! E eu tambem prergunto: cade o MP, cade o STF???????????? Sera que eh so militante petista que consegue enxergar toda a barbarie que tem acontecido nestas eleicoes??????? Que nojeira! Quanta OMISSAO…..

    De Paula

    25/10/2010 - 17h14

    Não seria este o caso do bispo de Guarulhos e a cumplicidade da CNBB? E as calúnias e difamações da revista Veja, da Folha, do jornal O Globo e outras empresas jornalísticas?

Fernando Souza Jr.

25/10/2010 - 15h42

Pessoal, fiz uma pesquisa no site do STF sobre tal medida judicial e a notícia boa é a seguinte: o relator sorteado não foi nem Gilmar Dantas nem Marco Aurelio de Mello.
A sorteada foi a Ministra Carmem Lucia que, segundo o site do Supremo, já está com o processo para despachar. O número dos autos no STF é AC 2727.

Meu palpite como humilde advogado (apenas palpite): a ministra Carmem Lucia, como boa mineira que é, não vai meter a colher do Supremo nessa briga entre Folha e o Superior Tribunal Militar. Aliás, nenhum juiz sensato o faria (com a exceção, talvez, dos dois ministros supra citados), tendo em vista que tal medida significaria, na prática, interferir diretamente na competência e na normal tramitação do processo junto ao STM.

Responder

J_Amaro

25/10/2010 - 15h39

Em tempo: Enquanto a Dilma lutava para reestabelecer a democracia em nosso país, a Folha cedia carros de reportagens aos milicos da ditabranda.

Responder

josé maria de souza

25/10/2010 - 15h39

Concordo totalmente com alguns posts anteriores. O que a folha deseja fazer é usar a parte da acusação em manchete na primeira página, acima da dobra, com o globo, estadão e veja ampliando a versão dos acusadores, membros da ditadura, da qual o jornal foi grande colaborador..
josé maria de souza

Responder

Melinho

25/10/2010 - 15h32

OCTAVINHO, O SÁDICO

Ele terá prazer em ouvir dos torturadores o que eles fizeram com a Dilma, por causa das "acusações" de um tribunal de exceção.
Realmente, não é à toa que alguns amigos meu chamam o octavinho de o escrotinho. Ele vai chegar ao torturador da Dilma, se ele ainda estiver vivo. Não sei se antes da eleição como eles planejam. Mas isto está só começando.

Responder

Regina

25/10/2010 - 15h23

Gente, n'ao estou conseguindo acessar o conversa afiada, será que foi bloqueado?

Responder

Luiz Clete

25/10/2010 - 15h21

Inversão de valores mais clara, impossivel. Amigos meus que leem a falha, se dissem "informados". A falha escancara quem é de verdade com essa manobra. Dilma foi inquirida brutalmente pelos seus torturadores, agora será julgada pela falha de s.paulo, esse jornal que tem a isenção em seu DNA…isenção para não falar a verdade. A falha de s.paulo, um jornal nefasto.

Responder

    Antonio CAstro

    25/10/2010 - 16h40

    Ai Luiz,
    depos da Fsp estampar uma pg inteira entrevistando um agente da repressão vigilante de Dilma, como fonte de verdade, o que mais pode se esperar da folha?

Regina

25/10/2010 - 15h20

Azenha, que tal fazer uma matéria mostrando os mandatos incompletos do Serra"…. Para o Jornal da Record….
Ele não terminou o mandato de Presidente da Une, de Prefeito de São Paulo, de Governador de São Paulo e de Senador. Como constutuinte teve nota abaixo de 4. Isso tem que ser revelado. Aliás ele fugiu quando a juventude brasileira mais precisou dele.Quem assumiu o mantado tampão foi preso e torturado no lugar do serra….

Responder

    fcoedilson

    25/10/2010 - 15h38

    Essa é boa Azenha, esse comentário merece carinho e atenção.

    maria13

    25/10/2010 - 19h36

    Desculpe, mas ninguém precisa desse traste!

J_Amaro

25/10/2010 - 15h19

O pessoal da Folha admiministrou a antiga estação rodoviária da Capital durante anos. Gestão considerada fraudulenta por autoridades de então; Seria bem melhor a todos, se o reacionário jornal da rua Barão de Limeira desse uma espiada primeiro no seu rabo antes de procurar chifre em cabeça de cavalo.

Responder

Deroe

25/10/2010 - 15h15

Como disse um filósofo em sua arte de corrupção:
"Estamos atingindo o limite da irresponsabilidade…"

Responder

Brito

25/10/2010 - 15h15

A Folha não vai procurar no Chile e nos EUA quem pagou as despesas do Serra na sua fuga do Brasil?

Tem dedinho desta turma aí: http://correiodobrasil.com.br/fundacao-denuncia-e

Responder

Deroe

25/10/2010 - 15h13

continuação)
Esse pode ser mais um. Remexer nessa lama vai fazer levantar os esqueletos escondidos pelo Brasil afora… E provocar a busca para se saber quem e em que grau estiveram envolvidos com a ditatura. Todos no país tem ojeriza em tratar do assunto. Virou tabu mesmo! Mas se aparecer um inconsequente revirando esse lixo e distorcendo situações… Meu Deus! Saiam de baixo. O país vai virar um caos e a caça às bruxas vai começar. O dia da eleição é bem apropriado: 31 de outubro. Espero que esta besteira da FSP seja contido por alguem de juízo e bom senso. É o que está faltando muito nesse período eleitoral.

Responder

Deroe

25/10/2010 - 15h13

"Isso não só não cheira bem como até cheira mal". Quem sabe se não chegou a hora. O periodo de torturas ainda continua muito misterioso para a população. Será que com essa ação a "FALHA DE SP" não vai puxar o fio da meada? Será que com essa ansia de destruir a candidata a FSP tambem não vai conseguir fazer emergir os porões da ditadura? A Dilma sabemos quem é, e o que foi feito com ela. Mas e a participação inclusive da FSP nesse período negro bem como de diversos outros orgãos de Imprensa ? É sabido que todos os ataques dirigidos à Dilma vem se voltando contra os agressores. (continua)

Responder

Rosana Santos

25/10/2010 - 15h06

Meus caros, a Folha oferece aos seus uma versão de sua história: http://www1.folha.uol.com.br/folha/80anos/ e a compra das primeiras páginas de suas edições históricas…
O jornal teria meu respeito como cidadã se tivesse um instituto em que pesquisadores e interassados tivessem acesso a íntegra dos números publicados desde de sua criação. Assim, estaria de fato comprometido com a construção de um país democrático.
Sobre o pedido ao STF, mais um tiro que sairá pela culatra. Mas, a longo prazo, se conseguirem:
1. Abre precedente aos familiares de desaparecidos e aos tortura…dos que pedem a abertura dos documentos da ditadura há muito tempo.
2. Terei muito prazer em ter acesso a estes documentos e estarei com os que afirmam: "Não existe tal coisa como Anistia para os dois lados".

Responder

alex

25/10/2010 - 15h00

Isso é um grande factóide. A Dilma disse ,numa entrevista pouco repercutida e que saiu no Globo, que esses processos estão acessíveis,na íntegtra, na UNICAMP. É só ir lá e acessar. Essa pantomima da Folha é factóide na veia,não o conteúdo do processo.
Alguém da blogosfera independente poderia ter ido lá e publicado essa m%$%#* na íntegra. Mas é difícil manter-se bem informado com quinze escândalos de mentirinha e mais uma bolinha de papel pautando todo o debate.
Os amigos leitores parecem amedrontados,mas a dilma não demonstrou nenhuma preocupação com isso.
Então é isso,amigos. adesivo no peito e postura altiva. Rumo á vitória. Se Deus quiser.

Responder

Manoel Luiz

25/10/2010 - 14h59

O somatório das atitudes do grupo Folha de São Paulo, culminando com esta ação cautelar, deixam bem nitidas as intenções anti-democráticas que norteiam a sua administração. Considero isso muito bom, pois deixa claro que trata-se uma empresa que atenta contra a democracia. Como a vitória da Dilma é irreversível, é importante que o seu mandato seja pautado por cautela com relação aos que são inimigos declarados do processo, consagrado mundialmente, da seleção pelo povo de seus mandatários. É certo que depois das eleições serem realizadas e Dilma for eleita presidente, muitos e muitos editoriais serão publicados saudando a democracia e a sabedoria popular. Tenho certeza de não que existirá memória curta diante de tanta safadeza e os seus patrocinadores serão sempre lembrados.

Responder

rafaela buonarrotti

25/10/2010 - 14h57

As fontes SEMPRE dizem a verdade por si só!!!! Positivismo do mais arcaico que existe. Fontes são forjadas…. Um bom historiador sabe que o importante é pensar PORQUE são forjadas e não dar total crédito a elas. Quem "acredita" em todo e qualquer documento que lê é jornalista da FOLHA.

Responder

Bye Bye Forever!

25/10/2010 - 14h53

Se conseguirem tirar a Dilma o Zé Chirico não ganha pq vai ter novas eleições ae volta a Marina.

Responder

Domingos M Cândia S

25/10/2010 - 14h45

Azenha, O processo é o seguinte:
AC 2727 – AÇÃO CAUTELAR (Eletrônico)
Origem: DF – DISTRITO FEDERAL
Relator: MIN. CÁRMEN LÚCIA
REQTE.(S) EMPRESA FOLHA DA MANHÃ S/A
ADV.(A/S) TAÍS BORJA GASPARIAN E OUTRO(A/S)
REQDO.(A/S) SUPERIOR TRIBUNAL MILITAR
Andamentos
DJ/DJe
Jurisprudência
Deslocamentos
Detalhes
Petições
Recursos
Resultados da busca Data Andamento Órgão Julgador Observação Documento
25/10/2010 Conclusos ao(à) Relator(a)
Ramo do Direito
Assunto DIREITO ADMINISTRATIVO E OUTRAS MATÉRIAS DE DIREITO PÚBLICO | Garantias Constitucionais

25/10/2010 Distribuído MIN. CÁRMEN LÚCIA

25/10/2010 Autuado

Responder

    Domingos M Cândia S

    25/10/2010 - 14h51

    Ok
    só complementato. Os Ministros que se manifestaram semana passada acerca do tema (marco Aurélio Mello, Carlos Ayres Brito, Giolmar Mendes e um que pediu anonimato http://www1.folha.uol.com.br/poder/817804-supremo… devem se abster de julgar pois ezternalizaram os seus votos o que configura, em tese, uma consulta extra-oficial da FOLHA para ver se ingressava ou não com a medida cautela. é o tal de quem fala demais, dá bom dia a cavalo.

Luiza

25/10/2010 - 14h27

Serra covarde! Esta querendo intimidar a Dilma por que ela tem um passado corajoso,que voce nao tem para mostrar por que se mandou do pais com medo e nao lutou por ele!
Covarde 2 vezes! Porque esta fazendo a campanha mais sordida que existiu ate hoje no brasil sSeu apoio bem das profundezas da ditadura,mas esse Brasil de hoje vai proteger a Dilma,nao porque e mulher delicada mas porque e um guerreira!

Responder

    Nivaldo

    25/10/2010 - 15h15

    Azenha.
    Depois que o Governador de São Paulo, em discurso, comparou Lula a Hitler e que o Senador Alysio Nunes faz alusão a Goebbels ao criticar o Governo Lula, o que você pode esperar do braço mediático do PSDB?. A Folha precisa do Serra. Portanto, pode ter certeza que se a Folha tiver em mãos os relatórios dos torturadores e juízes militares que serviram a ditadura, eles é que serão os heróis. A campanha da DILMA tem, sei lá, tem que entrar imediatamente com uma representação junto ao STF para evitar esta coisa.

Luiz

25/10/2010 - 14h24

Cancelem produtos do PIG alertem parentes e amigos.

Responder

Ana Bednarski

25/10/2010 - 14h24

Não vejo nada de mal, se fosse um interesse legítimo, mas e quanto ao Serra, o que a folha esta fazendo para descobrir coisas que interessam sobre o passado do Serra? Eu mesma tenho uma grande curiosidade em saber como ele ENTROU, VIVEU, ESTUDOU NOS EUA sendo um perseguido político brasileiro, acho esta parte da vida do Serra um grande mistério que precisa ser esclarecido.

Responder

Tarso

25/10/2010 - 14h23

Logo a Folha, da Ditabranda, que emprestava seus carros de reportagens para os torturadores no regime militar? Bem sugestivo, não???

Responder

jefferson

25/10/2010 - 14h23

Será que também o judiciário está a serviço do PSDB, como a grande imprensa?
Caso afirmativo, estamos caminhando para mais um golpe, voltaremos aos anos de chumbo.

Responder

Ivan Castro

25/10/2010 - 14h22

É A BALA DE PRATA! SERÁ QUE DÁ TEMPO?

Responder

Vinicius Cabral

25/10/2010 - 14h21

Se isto for verdade (a ação protocolada), o folhetim em questão acabou de jogar no lixo, definitivamente, o respeito pelo processo democrático brasileiro. Já não era muito fã do mesmo, devido à parcialidade como vem tratando as eleições, mas agora colou na testa a palavra "DESESPERO" em letras garrafais!

Como disse o Flávio Márcio: "É a face civil da ditabranda, estúpido!"

Responder

Pedro Soto

25/10/2010 - 14h13

Caro Azenha
É MUITO IMPORTANTE O QUE VOU DIZER. REPASSE PARA A CAMPANHA DA DILMA, SE POSSÍVEL:
Se eles vierem com a história de que a Dilma não pode ser presidente do Brasil porque foi terrorista, façam logo um analogia com a história do Mandela, na África do Sul, que se tornou uma das maiores personalidades mundiais.
Por outro lado, apresentem uma medida cautelar junto ao TSE para exigir direito de resposta caso essa acusação de terrorista seja feita pelo JN após o encerramento do período de propaganda eleitoral.

Responder

    Marcio H Silva

    25/10/2010 - 15h30

    Serra também participou de movimento contra a ditadura, dito terrorista por esta midia nojenta, portanto se ela não pode assumir ELE também não poderá.

    maria13

    25/10/2010 - 20h03

    E o Mujica, presidente do Uruguai? Foi líder dos Tupamaros.

hatecotidiano

25/10/2010 - 14h12

Não sei porque as pessoas não tem orgulho de quem pegou em armas, arriscando sua vida e de seus companheiros, ao invés de mandar outros para morrerem.
O povo fala como se fosse fácil, mas um dos integrantes do MR-8 (Responsável pelo sequestro de Elbrick) Acabou sendo preso e torturado por não ter tido coragem de atirar em um guarda.

Responder

Krishnamurti

25/10/2010 - 14h11

Acredito que, a única coisa que podem tentar com essa atitude, seria "IMPUGNAR" a candidatura da Dilma. Fora isso, não vejo mais nada que possa mudar o rumo dessa eleição, em favor dos tucanos. Atacaram, e não apresentaram seu projeto, por ser entreguista.

Responder

    Regina

    25/10/2010 - 15h19

    O caso do Serra é mais grave. Se levarem esse argumento estamos sem candidatos a presidente. O detalhe é que Serra fugiu e se vendeu antes e depois da fuga. Que feio Serra!!! Que feio quem vai votar num candidato vendido e fujão.
    Dilma, "guerreira do Brasil" ficou e lutou até o fim. Aliás, continua lutando por um país melhor.
    Na Ditadura Militar era como uma Guerra Mundial, mas em nível local. Se os pracinhas são nossos heróis, que lutaram na Italia; os estudantes e civis que lutaram pelo Brasil contra opressão também são nossos heróis.

    Observação: Serra foi o único presidente e líder da UNE que fugiu.

    Krishnamurti

    25/10/2010 - 19h03

    Embora tenha transparecido o contrário em minha mensagem acima, sou eleitor do PT desde o primeiro pleito que participou. Só quis alertar quanto ao que motivaria o desespero de ir ao STF esmiuçar o passado da Dilma. Ela só tem que se orgulhar de ter resistido aqui no Brasil, enquanto outros (Serra e FHC) foram pro Chile e outros congêneres, proteger a própria pele, até que as coisas se acalmassem.

    Quem tem olhos de ver, percebe claramente a índole da Dilma. Infelizmente, há pessoas que não pensam pela própria cabeça, e votam conforme a vontade corporativista de movimentos exumados da Idade Média. É uma pena!!!

    DILMA 13, sem medo de SER FELIZ"

flavio marcio

25/10/2010 - 14h08

É a face civil da ditabranda, estúpido!
Todos devem ter um papo reto com o nosso povo, para fazer de Dilma a próxima presidente da pátria amada Brasil!

Responder

adroaldo

25/10/2010 - 14h07

mais interessante seria a folha divulgar que pito tocava na ditadura.

Responder

ROSI SOUSA

25/10/2010 - 14h07

A Folha da "ditabranda", que emprestou carros aos torturadores para derrubarem os heróis da Pátria, agora quer saber de seus comparsas o que eles tinham contra DILMA?

Responder

Luciano Prado

25/10/2010 - 14h05

A Folha quer mesmo é torturar mais um pouquinho a Dilma e lançar seus veículos para ajudar os torturadores. Ou seja, a Folha quer se repetir. Quer refazer tudo que fez no passado.

Responder

Ana Maria

25/10/2010 - 14h01

Anistia ampla geral e irrestrita é só para os militares e torturadores e para José Serra ( agente da CIA),esse jornaleco da extrema direitame me revolta parece até que estou revivendo os momentos de ditadura a lavagem cerebral que era feita pelos militares e igualzinha as que esta fazendo esse jornaleco persegue e promove a caça aos que lutaram para libertar esse país com mentiras e calúnias sem direito a defesa do acusado.Folha de S.Paulo esta assassinando novamente o momento democrático desse país como fez no passado.
Porque não fazem uma pesquisa do fujão José Serra que do Chile e pobre como sempre disse que era foi para os Estados Unidos, como ele foi aceito??? eles caçavam terroristas??? e Nosferatu era terrorista aqui no Brasil ou não??????se foi preso no Chile porque foi libertado e não foi morto ?????como muita gente foi ??? não dá para entender . Tão querendo enganar quem, eu nem que a vaca tussa.Dilma te admiro cada vez mais.

Responder

Lia

25/10/2010 - 13h55

Será que vão querer usar a ficha limpa pra cima da Dilma com fins espúrios?

Responder

Luis

25/10/2010 - 13h55

Isso é mais uma lenda. Vejam só a análise em http://www.quatrocantos.com/LENDAS/348_carta_mari

Responder

    rafaela buonarrotti

    25/10/2010 - 15h14

    confundir inteligência com ignorância? De duas uma, ou esta "médica" fez seu curso em alguma destas faculdades de shopping center, ou comprou o diploma via correspondência….

Sergio Manda

25/10/2010 - 13h54

$erra, pela sua campanha suja, sórdida, caluniosa e criminosa você manchou sua vida e da sua família, independente do resultado.

Responder

Dalton

25/10/2010 - 13h46

A ação é tão partidária que se constitui uma espécie de valor não contabilizado para a campanha, ou seja, caixa dois. A Justiça Eleitoral precisa abandonar seu conservadorismo e punir esse tipo de abuso. Por uma imprensa livre, mas não libertina.

Responder

antonienko

25/10/2010 - 13h41

Como é mesmo o nome do jornalista assassinado pela ditadura?
E do filho da jornalista assassinado pela ditadura?
E os estudantes de jornalismo assassinados pela ditadura?
Será que quem vai ler o inquérito da Dilma é jornalista?
Ou, quem vai escrever a matéria final da folha , é jormalista?
Esta classe foi subjugada, estuprada, assassinada pela classe conservadora que apoiou a ditadura.
Renasceu da cinzas nos últimos anos. Esforços hercúleos de profissionais que enfrentaram os resquícios de poder absolutista de parte da sociedade (já ouvi até dizer que o nome da revista Carta Capital não podia ter este nome pois remete às idéia de comunismo).
Agora em poucas semanas, os donos da média destroem a ilusão .de liberdade. E de expressão .
Eis a demagogia de volta. Universal. Sintonizada.
É o golpe.
Cuidado povo paulista. O golpe do separatismo não morreu na cabeça dos fasscistas.

Responder

Jorge Leite Pinto

25/10/2010 - 13h38

Sinceramente? Acho até reconfortante que a Falha esteja garimpando esse tipo de coisa, pois é sinal de que eles não têm nada de mais importante para tentar manchar a candidata. Essa coisa da Dilma "terrorista" já deu o que tinha que dar e, se eles pensam que pode sair algo deste assunto, ótimo! Vão perder tempo. Vão se dar mal!

Responder

turiuslobus

25/10/2010 - 13h36

A Folha emprestou carros para a ditadura. Isso é verdade? É de pasmar, se for!

Responder

Percival de Brites

25/10/2010 - 13h35

Escorre sangue pelas páginas da Folha de S. Paulo. Esse veículo colaboracionista da ditatura militar, que entregou a Folha da Tarde aos ditadores, para em troca receber benesses para concorrer com o Estadão, jamais deveria manifestar interesse pelo passado de militante da Dilma.

Será que suspeitam que foi o grupo da Dilma que obrigou a família Frias a ficar escondida em um apartamento no edifício da Folha, em razão da colaboração do jornal com a ditatura? Por que os Frias não fazem uma análise, talvez em carderno especial, do livro "Cães de Guerra – Jornalistas e Censores do AI-5 à Constituição de 1989", lde Beatriz Kushir?

A Folha não tem moral. Repito: daquelas páginas escorrem sangue de gente inocente!

Responder

Maria

25/10/2010 - 13h33

Será que um civil poderá entrar com uma ação no STF pedindo para conhecer as ações efetivas da Folha de São Paulo quando colaborou com o regime militar durante a "ditabranda"? Quando seus carros eram emprestados para carregar presos políticos para serem torturados? Ela tem mesmo muita "moral e ética" para pedir uma coisa dessas!!

Responder

Zhungarian

25/10/2010 - 13h30

Melhor seria se soubéssemos afinal qual o papel da Folha de São Paulo durante a ditadura militar. Creio que não foi um papel muito dignificante…

Responder

Gil

25/10/2010 - 13h20

O que esse pasquim acha que vai ler de "verdades" em "documentos" escritos por quem diz que o Wladmir Herzog suicidou no cárcere???

Responder

Graça

25/10/2010 - 13h17

Dilma Roussef participou da luta contra a ditadura, todo mundo sabe; está no programa eleitoral dela. Por falta de espaços democráticos para se manifestar, o que era proibido pelo regime, ela militou em uma organização clandestina, assim como centenas de jovens da época. Me pergunto se a Folha (santa ingenuidade a minha) dará tratamento igual e ao menos mencionará que, no outro lado, há três ex-militantes de organizações políticas clandestinas que defendiam a luta armada: José Serra (militante da AP), Aloísio Nunes (da ALN, que já deu entrevistas sobre ações armadas das quais participou) e Fernando Gabeira (do MR-8, que, entre outras ações armadas, participou do sequestro do embaixador americano, experiência que narrou em livro). Dilma jamais participou de ações armadas. Foi condenada a dois anos e meio de prisão, pelo que a ditadura chamava de crime de subversão. Se nem os nada imparciais tribunais militares conderam a candidata por ação armada, o que será que a Folha publicará, a não ser mentiras?

Responder

Carlos

25/10/2010 - 13h15

O que Janio de Freitas tem a dizer?

Responder

PAULO ANGELO (MG)

25/10/2010 - 13h09

CONT.
Os Advogados da Dilma devem entrar IMEDIATAMENTE com sua DEFESA, de forma a IMPEDIR QUE O PROCESSO SEJA TORNADO PÚBLICO, porque é certo que a fsp irá publicar apenas as peças de acusaçao, que muito provavelmente constará que ela foi acusada de assassinato, sequestro, assaltos, e etc!
A parte do processo que consta a sua defesa , bem como sua absolviçao, da maioria das acusaçoes, nao será divulgada de forma alguma pelo PIG, ficando entao a Dilma réfem de se defender depois que o estrago já nao tenha se consumado! Essa "bala de prata", provavelmente poderá causar um estrago maior do que Mirian no tempo da campanha do Collor!

Responder

Elias São Paulo SP

25/10/2010 - 13h08

Nasci em São Paulo e convivi com um jornal que era uma mescla de crime e sexo pra capeta nenhum botar defeito: Notícias Populares. Pertencia ao Grupo Folha. O jornaleco era assustador, suas manchetes com letras garrafais sempre bizarras faziam o povo brincar nas bancas: "me dá o sanguinário", "este, se espremer sai sangue". No carnaval vinha repleto de fotos que não deviam nada às revistas pornográficas. Hoje sinto saudades do velho "sanguinário". Era muito mais honesto, muito melhor que a atual Folha de São Paulo.

Responder

PAULO ANGELO (MG)

25/10/2010 - 13h08

Tá na cara que a fsp quer divulgar "as acusaçoes" que pesavam sobrea Dilma no processo. Todos nós cidadaos sabemos que qualquer promotor, EM QUALQUER PARTE DO MUNDO, independente de ser o julgamento numa democracia ou num regime de exeçao, carrega a mao nas acusaçoes, para ver se obtém alguma condenaçao. Faz parte do DNA de qualquer promotor usar desse expediente para obter a maior pena possível do réu!
Portanto, a fsp, de posse do processo, irá divulgar apenas do que consta da acusaçao, e aí se utilizar do seu JORNALISMO DE ESGOTO, para DETONAR a Dilma!Nao há nenhuma dúvida de que é essa a intençao da fsp.

Responder

Dimas S Ferreira

25/10/2010 - 13h07

Isto é o resultado da aliança política mais retrógrada nós brasileiros presenciamos nos últimos tempos, latifundiários aninhados na UDR, bispos e padres reacionários ligados a opus dei e a velha TFP, militares de pijama saudosistas dos tempos em que andavam por aí aterrorizando os cidadãos de bem e os dois partidos representantes do atraso neoliberal privatista e entreguista, PSDB-DEM (muito parecida com a aliança política que levou ao Golpe de 64). Imaginem um ministério com Tasso Jereissati, Agripino Maia, Arthur Virgílio, Indio da Costa e tantos outros políticos da pior estirpe possível. Este seria o governo demotucano que os brasileiros teriam de engolir. Aí, a única saída seria a revolta popular máxima levando o país a uma situação de crise absoluta e desobediência civil. Por isso tudo, quero DILMA PARA PRESIDENTE.

Responder

jõao

25/10/2010 - 13h06

a folha é um jornal de canalhas que emprestava seus carros na ditadura para levar pessoas para ser torturada

Responder

Felipe Araújo

25/10/2010 - 13h02

De fato, não é isenta nem independente a Folha de São Paulo!!! Porque querer contar a "história" tomando por base os dados, relatos e decisões, absolutamente, forjados e parciais produzidos pelos tribunais de exceção instituídos na época da ditadura militar, é prova da sua incapacidade de entender a real dimensão do Direito Fundamental à Informação consagrado na Constituição Federal, que requer respeito à VERDADE, à ÉTICA, à LEGITIMIDADE DAS FONTES, SENSO DE OPORTUNIDADE, e no caso, o RESPEITO aqueles que lutaram e se sacreificaram em nome da LIBERDADE DEMOCRÁTICA .
Será que essa "turma" desconhece que esses processos promovidos pelos tribunais de exceção da ditatura miltar eram, absolutamente, manipulados, inquisitoriais e em afronta às garantias do devido processo legal, da ampla defesa e do contraditório, inerentes ao Estado De,mocrático de Direito????
Que democracia e liberdade é essa que defende a FSP, certamente, os interesses sectários que a une ao PSDB.

Responder

waldir ferreira

25/10/2010 - 12h57

No Blog Amigos do presidente Lula ,
ta imperdivel uma materia,
A mãe de Paulo Preto,é dona de empresa de guindastes que fornece serviços as empreiteiras do Roubanel,esta senhora, com 75 anos,ai tem!!!
no nome da mãe??
ele era diretor??
aiaiaiaiaiaiai….

Responder

Gerson Carneiro

25/10/2010 - 12h53

Interesse público atual é saber porque o jornalista Pimenta das Neves, do Jornal Folha de São Paulo, ainda continua em liberdade mesmo depois de ser condenado pelo assassinato da namorada (com um tiro dado pelas costas) e ter a sentença transitado em julgado.

Responder

    Adriana Jota

    25/10/2010 - 13h07

    O Pimenta Neve é do Jornal o Estado de São Paulo…. o Estadão……

    Gerson Carneiro

    25/10/2010 - 16h11

    Não deixa de ser da laia, e não descaracteriza o interesse público.
    Obrigado pela correção, Adriana.

Leonardo Câmara

25/10/2010 - 12h51

Não passa pela minha cabeça que o ministro Cesar Peluso vá cair nesta esparrela. Logicamente vai remeter à questão ao foro apropriado que é o STM. Eles ainda não se manifestaram.

Por que essa pressa agora? Ela foi a mais importante ministra do país durante vários anos e ninguém se preocupou em saber a opinião dos meganhas. Por quê isso agora?

Ele não cai nessa, mas não cai mesmo…

Responder

Marcio H Silva

25/10/2010 - 12h49

Se va Folha estivesse a fim de fazer Jornalismo sério, solicitaria ao STF a ficha dos DOIS candidatos e compararia na mesma edição do Jornal.

Responder

Mardosul

25/10/2010 - 12h38

Está óbvio que a oposição quer jogar na mídia, às vésperas da eleição, com riqueza de dados uma mensagem talvez tipo essa: Dilma pertencia a uma facção de guerrilha (fazendo se pensear guerriliha, como guerrilheira, que quer guerra, gente do mal…. estas coisas… Acho bom a assessoria já se preparar com um antídoto para neutralizar estes anti-corpos que vem como "última cartada" pra quem já está vendo a coisa perdida… (e isso passa a ser perigoso quando alguém já não tem mais nada a perder…. tudo pode acontecer, podem jogar coisas absurdas, inverdades, etc, que não daria tempo de se defender, sendo na véspera da eleição)

Responder

Rai

25/10/2010 - 12h36

Esse é o jornal da Ditabranda…

Responder

Carlos

25/10/2010 - 12h34

Que registros sobre Serra estão guardados nos arquivos da ditadura?

Responder

    Fernando Cordeiro

    25/10/2010 - 13h07

    Os dados sobre Serra podem ser encontrados nos sites dos milicos inconformados assim como dados sobre a Dilma. O Serra, porém, pelo que pude ler era muito mais "perigoso". A organização do Serra – Ação Popular ou AP – é responsabilizada por uma bomba no aeroporto dos guararapes – aqui em Recife – que na década de 60 matou um oficial general, um jornalista, arrancou a perna de um guarda-civil e feriu um montão de gente ligada à ditadura.

lck

25/10/2010 - 12h32

É o nosso direito saber o que todos fizeram, civís e militares. Se vão descurtinar o passado de Dilma agora, então vamos descurtinar o dos militares e o de Serra também.

Responder

Andre Campolina

25/10/2010 - 12h32

Mais sujos que pau de galinheiro!

Responder

Ed Araujo

25/10/2010 - 12h30

O PT deveria aproveitar a ocasião e levantar o que a Folha fez ao longo da era negra de nossa história, quem sabe eles ficam mais calminhos….

Responder

Luiz

25/10/2010 - 12h27

Já comentei, que para torturar alguém, primeiro se tem que ter ódio da pessoa e segundo, ACREDITAR que a pessoa é merecível da tortura. Só dessa forma a inquisição era praticada por padres que tinham o juramento de serem mansos e amar a todos. A formatação moral que o indivíduo possui têm que ser suplantada por algo que seria “divino”, para justificar tamanha barbáries e sadismos.
Quanto à direitorna venal, acho que querem fotos expondo as partes pudicas da candidata e expô-las na internet. Ou é safadeza, típico de máfias ou é tara, mesmo. Aliás, acho que todas as máfias brasileiras perceberam o perfil do Zé e o apoiam esperando a parte do baú do tesouro prometido. Só não sei o que parte dessa máfia fai fazer com as almas que ela cooptou para defender seus interesses escusos. Quanto às almas que asseitaram o jugo, terão suas responsabilidades contabilizadas nos seus carmas pessoais, pois não poderão alegar que "acreditaram". Abriram mão de sua liberdade para seguir toupeiras, condutores ceguetas e que se movem no subterrâneo.

Responder

André Felipe

25/10/2010 - 12h23

Azenha, consultei o sítio do STF e confirmei, foi protocolado na sexta e distribuído hoje, penso que a relatoria foi bem entregue, a Ministra Cármen Lúcia. Os dados do processo são os seguintes:

AC 2727 – AÇÃO CAUTELAR (Eletrônico)
Origem: DF – DISTRITO FEDERAL
Relator: MIN. CÁRMEN LÚCIA
REQTE.(S) EMPRESA FOLHA DA MANHÃ S/A
ADV.(A/S) TAÍS BORJA GASPARIAN E OUTRO(A/S)
REQDO.(A/S) SUPERIOR TRIBUNAL MILITAR

Agora é acompanhar.

Um abraço,

André Felipe

Responder

Thiago

25/10/2010 - 12h23

Se o STF conceder isso, então porque não se abre todo o processo e documentos da ditadura. Se o STF conceder isso vai ser um tiro no pé do próprio STF, pois ano passado eles ratificaram a lei da anistia e voltam a revirar no caso novamente.

Responder

paulo

25/10/2010 - 12h23

Porque a Carta Capital não pede a ficha de José Chirico Serra?

Responder

Tiago

25/10/2010 - 12h23

Acredito que todos devem ter oportunidade de ofercer sua versão dos fatos — A Candidata a Presidência e o Jornal a Folha de São Paulo ………. agora que é estranho o processo estar na mão do presidente do órgãoe ele nãoliberar o acesso, isso é…… mas, o melhor é que é a história (e não nós) quem julgará quem estava certo ou errado. Só espero que ninguem venha com a desculpa de maquiavel, de que os "fins justificaram os meios"….

Responder

Marcio H Silva

25/10/2010 - 12h22

A Folha só quer informações da Dilma? e do Serra? não vai querer?

Responder

    Cícero

    25/10/2010 - 14h52

    Bem lembrado.

Genghis Khan

25/10/2010 - 12h22

Azenha, a folha é um lixo asqueroso. Teve todo o tempo do mundo para buscar isso. Por que só agora, às vésperas da eleição??? É incrível como a folha não se preocupa com o passado do zé papel. Dou como exemplo algumas coisas também de interesse do eleitor: 1. como o zé papel conseguiu sair do chile e entrar nos EUA, sendo ele um procurado pelas ditaduras da américa do sul, todas elas financiadas e implantadas pelo tio sam??? 2. Como ele conseguiu se livrar dos serviços de informação dos EUA, na época da guerra fria??? 3. Quem pagou sua passagem e estadia?? 4. Quem pagou a universidade, já que o pai era pobre de 'marré derci"?? 5. Como ele conseguiu dar aulas em universidades brasileiras, sem um diploma válido no Brasil??? Quem bancou tudo isso??? Azenha, o fernandinho henrique cardoso é sabidamente um homem da fundação ford. O zé papel é um homem de quem??? Da cia??? O povo quer saber!!!!
P.S. os nomes próprios em minúsculas são uma singela homenagem que presto aos homens despidos de caráter e vergonha na cara.

Responder

    luiz antonio fazza

    25/10/2010 - 15h07

    Ô Genghis Kahn,
    permita-me acrescentar ao ítem 1 o seguinte detalhe: casado com Monica Allende, como ele adentrou terras de Tio Sam, nas barbas da CIA, trazendo "na bagagem" alguém com sobrenome Allende? e no ítem 5, convém questionar qual o numero de registro do "economista(?)" no CONFECON, ou no "conselho paulista de economistas", pois se este numero não houver, tem alguém exercendo, ou propagando exercer, ilegalmente a profissão de economista. Outra questão: quanto tempo durou a permanencia do José Chirico Serra, sua esposa Monica Allende Serra nos Estados Unidos? Finalmente, voltando ao "economista Serra", seria interessante saber se o COFECON analisou e validou seus títulos de "mestre" e "doutor"? Se não foram validados os títulos tantas vezes proclamados não estaria o "economista Serra" infringindo o CÓDIGO DE ÉTICA PROFISSIONAL dos economistas?

Jota

25/10/2010 - 12h21

E do #SerraJudas? Ninguém diz nada?
[youtube aNS42Yn22Xo http://www.youtube.com/watch?v=aNS42Yn22Xo youtube]

Responder

    djalma rufino

    25/10/2010 - 13h43

    sempre desconfiei da mesma coisa e acho que tinha lideres plantados em entidades que pela inteligencia americana dariam problemas para seus planos para o Brasil minha desconfiança dele e de FHC é muito grande

    djalma

    25/10/2010 - 13h44

    eu creio solenemente que havia um rumo traçado para que nosso Brasil seguisse este caminho que foi traçado o rumo que o brazil deveria seguir era so uma questao de tempo que os exilados voiltassem para dar um banho da verdadeira democracia e salvar a economia brasileira principalmente na figura de FHC

    djalma

    25/10/2010 - 13h45

    quem acha que a inteligencia americana penso pelos proximos 5 ou seis anos esta muito enganado existe um palno traçado para o brazil a muito tempo atras engedrado pela potencia imperialista so nao contava com a imcopetencia da elite conservadora e da sanha neo-liberal que devastou o pais fazendo com que o governo FHC ficasse mau visto pelo povo brasilaiera convem lebrar tambem que “eles“ nao contavam que diante desta insatisfação o povo elegeria Lula para tomar conta dos rumos que o pais deveria tomar parabens jota pelo video

M Peres

25/10/2010 - 12h20

Se a Folha fizer isso ainda esta semana. Dilma ganha com mais de 70% dos votos. Sinceramente, é incrível que a Folha possa acreditar que invocar a ditadura vai dar certo. Vai fazer com que Dilma seja vítima, vai permitir que fique claro tudo que foi feito com ela. Vai unir todos que prezam pela democracia e vai deixar claro que Serra é o candidato da ARENA, do DEM, dos reacionários. Sinceramente, acho que fará corar FHC, Goldman e o Aluysio Nunes. Se não fizer, saberemos o verdadeiro caráter dessas pessoas.
Otavinho quer usar isso porque para ele a ditabura foi a ditabranda. A Folha estava associada aos militares. Ele não vê nenhum problema em usar, mas duvido que aqueles que sofreram de alguma forma nas mãos da ditadura vão aprovar isso. Há que se pensar 1.000 vezes antes de se tomar uma atitude dessas.

Responder

pereira

25/10/2010 - 12h17

Pedro, o que é sujo retirar um presidente eleito pelo o povo, como aconteceu em 1964, e tal lei da anistia, não absorveu todo mundo, o só serve para proteger os torturadores.

Responder

Lau Cariri

25/10/2010 - 12h16

Eu venho falando dessa manobra sorrateira desde quando a Folha começou a arquitetar a abertura do processo criminal de Dilma, bem antes do primeiro turno. Mandei e-mails para o PT e para a campanha de Dilma para alertá-los. Tomara que tenham surtido efeito.

Isso é manobrismo eleitoreiro, tá na cara. Perdi as contas das vezes em que Serrágio nos debates diz que oferece a biografia, que é aberta, sem segredos, "não tenho segredos trancados em cofres". Curioso é que, num dos textos da Folha, onde ela relata que teve seu pedido negado no STM, está bem clara a citação de que o processo de Dilma está num cofre.

Já falei também, aqui mesmo no VioMundo, que a advogada da Folha no caso, Taís Gasparian, chefiou o gabinete do Ministro da Justiça em 2002, só não é informado qual Ministro. Além de vínculos com o Governo de São Paulo.
http://rbmdf.com.br/pt/?id=14

Responder

Gisele Oliveira

25/10/2010 - 12h15

Se esse "argumento" vale para Dilma, por que a Folha não faz o mesmo em relação ao Serra? Ou a Falha de São Paulo, não está acreditando nas chances de seu candidato?

Responder

Gisele Oliveira

25/10/2010 - 12h14

email que anda circulando na internet:
INDIGNADA!!!!!

OLHEM O QUE ESTA MÉDICA ESCREVEU!!!!!

Bom dia, Luiz Inácio !

Sabe Luiz, tal como você, também sou de origem humilde.
Minha mãe lavou muita roupa e fez muito crochê para me criar. Depois, minhas
irmãs cresceram e foram ser tecelãs numa indústria em Bauru …
Estudamos em escola pública. Naquele tempo nem calçado tinha. Ganhava roupas usadas e me sentia uma rainha.
Com muita luta estudamos, Luiz Inácio!
Desde 5 anos eu já ajudava em casa para minhas irmãs trabalharem e minha mãe também. Com 12 anos comecei a trabalhar fora, como doméstica, depois metalúrgica, até que terminei meu colégio e
ingressei numa Universidade Pública.
Luiz Inácio, nunca fiz cursinho, nunca fui incentivada, levantava às 4 e ia dormir uma da manhã. Tomava vários ônibus.
Caminhava muito, comia pouco, vivia para os estudos e, engraçado, nunca perdi um ano, nunca perdi uma aula e graças a Deus, em 1983 me formei em Medicina. Me especializei, me casei e junto com meu marido luto para dar o melhor para as minhas filhas.
Hoje sou preceptora em uma Universidade, ganho tão pouco que é uma VERGONHA ser médico(a) nesse país… ,depois que você quis brincar de Presidente…, as coisas pioraram ainda mais.
Mas o quê se há de fazer? O quê podemos fazer?
Agora, vem cá: você foi pobre e por isso não teve condição de estudar ? ? ?
Não me engana com esse rosário… mas não mesmo…!
Sua mãe era analfabeta? Empatamos! A minha também, eu ensinei a ela conforme ia me alfabetizando até aparecer o Mobral – desculpinha esfarrapada essa sua heim???
Eu engoli você esses 8 anos, com suas gafes, seus roubos, seus abusos,sua falta de limites(e como sei de
'coisas'… conheço o Palocci). Sempre fiquei na minha, quieta porque é um direito seu…,ou será que não é?
Mas, hoje, ao ligar a televisão e ver você, hipocritamente, chamar a todos os brasileiros de burros e incompetentes.Lamento. Mas foi a gota d'água! …
Não julgue os outros por você… não me compare a sua laia … Sou
apolítica, mas sou Brasileira e em momento algum o você fez e faz por merecer todo carinho que essa gente lhe dá.
Luiz Inácio, falar que o POVO BRASILEIRO NÃO TEVE INTELIGÊNCIA SUFICIENTE PARA DECIDIR A ELEIÇÃO…???
Creia, de todas,essa foi a pior frase que você poderia ter dito…
Posso até concordar que 48% não teve inteligência porque vive na ignorância, na mesma que você julga que o povo brasileiro tem.

Eu só espero que essa sua frase, dita num sorriso de quem já tinha bebido todas…,ECOEE de Norte ao Sul do País e acorde esse povo que como eu lutou muito para chegar onde está… ,que como eu, não agüenta mais pagar tantos impostos para você e sua corja gastarem sabe-se lá com o quê e com quem.

Foi mal Luiz Inácio…
muito mal mesmo!
Nessa você se superou.

Uma brasileira:

DRA. MARISE VALÉRIA SANTOS-CRM 77.577-SP-

" O que me preocupa não é o grito dos sem ética, dos sem caráter, dos corruptos,dos sem vergonha.
O que me preocupa é o SILÊNCIO dos bons".


QUAL A GRANDE OBRA REALIZADA PELO GOVERNO LULLA NOS (8) OITO ANOS DE GOVERNO???Que mudou o País.Melhorou,de verdade,a vida do nosso povo?
QUEM SOUBER, FAVOR ENVIAR ME RESPOSTA VIA E-MAIL.GRATA.
"Uma nação pode sobreviver aos idiotas e até aos gananciosos.
Mas não pode sobreviver à traição gerada dentro de si mesma.
Um inimigo exterior não é tão perigoso, porque é conhecido e carrega suas bandeiras abertamente.
Mas o traidor se move livremente dentro do governo, seus melífluos sussurros são ouvidos entre todos e ecoam no próprio vestíbulo do Estado.
E esse traidor não aparenta ser um traidor.Ele fala com familiaridade às suas vítimas, usa sua face e suas roupas e apela aos sentimentos que se alojam no coração de todas as pessoas.
Ele arruína as raízes da sociedade. Trabalha em segredo.Oculto na noite para demolir as fundações da nação.Ele infecta o corpo político a tal ponto que este sucumbe".
(Discurso de Cícero, tribuno romano, no ano de 42 aC, referindo-se à PODRIDÃO existente no governo)

Responder

    Carlos

    25/10/2010 - 13h23

    Azenha e Conceição

    Tal médica (MARISE VALÉRIA SANTOS-CRM 77.577-SP) existe mesmo? Se existe, confirma o texto que lhe atribuem?

    Circula tam uma outra carta atribuída a uma ex-presidente da OAB-SP, mas não foi possível confirmar a autoria.

    Eder Gomes

    25/10/2010 - 13h37

    Essa médica não existe…

    Consulte na página do CRM de São Paulo.

    O que faz é repassar um "fake" um documento apócrifo, preste um serviço à democracia e só repasse o que for checado e considerado autêntico.

    Nilva

    25/10/2010 - 13h43

    Esta médica não existe. Quando procurei pelo CRM, caí neste site. http://www.quatrocantos.com/LENDAS/348_carta_mari

    Tem também no http://www.dilma13.com.br

    Conceição Lemes

    25/10/2010 - 15h34

    Gisele, a tal médica NÃO EXISTE. Mais uma obra suja do esgoto. abs

    FRED

    25/10/2010 - 15h43

    A senhora não sabe das melhorias do governo lula porque defende uma elite podre que defende que os pobres morram de fome. O motivo da senhora estar triste é pelo fao de não poder pagar salário miserável para sua empregada doméstica, afinal o país está em pleno emprego. Sei que a senhora prefere que o pobre não tenha condições de viver bem para se sujeitar a qualquer emprego e salário. Lamento que a senhora não se tenha sencibilidade com os mais necessitados. O LULA NÃO GOVERNA PARA VOVÊ E PARA ELITE DESTE PAÍS , CARA PÁLIDA.

    Paulo Guedes

    25/10/2010 - 16h19

    A "Dra" Marise não existe.
    Consulte o site do Cremesp: http://www.cremesp.org.br.
    O registro informado pertence ao Dr Ricardo Haddad.
    Nada do q esse farsante escreve se sustenta.

    antonienko

    25/10/2010 - 16h36

    A médica de São Paulo, tem diploma. O serra não mostrou o dele.
    A médica já está inoculada com o germe da nova república de São Paulo..
    Paulista sem cursos univeritários pode,
    Nordestinos não.
    A carioquissíma Rede Globo de Televisão que se cuide:
    Os separatistas encamparão as filiais paulistas sem piedade.
    Se chamar de delírio o acima dito lembrem-se que o nazismo., século passado, delirou..

    De Paula

    25/10/2010 - 17h36

    Um pronunciamento despeitado e rancoroso do principio ao fim, de quem sabe que perdeu mais essa.. É um texto podre e fedorento.. A figura sequer tem coragem para identificar-se. Se diz INDIGNADA, certamente no sentido de não ter nenhuma dignidade.

    Árley

    27/10/2010 - 21h35

    Cadê o seu e-mail, mande pra mim, [email protected]
    Para que eu possa te enviar todas as suas respostas.

Gilberto

25/10/2010 - 12h09

Todos conhecem a história de zuzu angel, o filme garantiu a popularização da história

a campanha de Dilma deveria se antecipar e mostrar na TV o que dizem os relatórios da época sobre o caso…

deveriam mostar o tipo de fonte que querem usar para desacreditar a candidata

usar o exemplo de Zuzu angel pode ser a vacina contra o golpe

todos se solidarizam com a história da estilista… mostar como as fontes oficiais mentem é uma excelente prevensão contra difamação

Responder

    Newton

    25/10/2010 - 15h56

    Grande ideia. Mostrar Zuzu Angel, Wladimir Herzog, Manoel Fiel Filho, Rubens Paiva, Dona Lida Monteiro, da OAB, todos vítimas de uma ditadura implacável, ou de seus "agentes". Querem ressuscitar aquele período? Então vamos lá… vão ver o que é bom pra tosse. Segura aí FSP, segura Globo… vai respingar em vcs todos!

JBh

25/10/2010 - 12h09

ISSO É SINAL DE DESESPERO….. SINAL QUE JA SABEM QUE DILMA LEVOU ESTA!!!!!!!!!MESMO NÃO CONSEGUINDO ACESSO AOS ARQUIVOS DA DITADURA, OS DESESPERADOS VÃO ARMAR ALGUMA COISA NOS PROXIMOS DIAS…….

Responder

Luis

25/10/2010 - 12h08

O PT poderia entrar na Justiça para saber o que é que o Serra fez durante a ditadura. Todos nós temos o direito de saber se aquele cara é realmente o que diz ou não é.

Responder

Fábio Villela

25/10/2010 - 12h06

Olha, nada mal.
Não foi a Folha que disse que tudo aquilo não passou de uma ditabranda, não é a folha que exige que os documentos do regime militar devem mofar e serem comidos pelas traças…
Ou realmente ela deseja que seja aberto os porões da ditadura, do qual a água pode bater na bunda dela, ou seja, será aberto um precedente do qual podemos abrir os documentos e processos do qual provaremos que a Folha como a Globo foram colaboracionistas do regime de excessão.

Responder

    Rosana Santos

    25/10/2010 - 14h00

    Pois é. Por um lado, se a Folha conseguir a liberação dos arquivos e documentos, as famílias de desaparecidos e os torturados vão conseguir uma porta para a abertura dos documentos – coisa que pedem há muito. Eu serei a primeira a começar a gritar pela abertura geral e pela não validade da Anistia para os dois lados. Mas, por outro lado, o que farão com estes documentos…

    rafaela buonarrotti

    25/10/2010 - 15h10

    História

José Luiz Rossi

25/10/2010 - 12h05

Assim como foi um tiro no pé do Serra mexer com o assunto abortamento,a fsp não deveria mexer com a história da ditadura,pois a Folha tem muito mais a esconder e se envergonhar de sua participação do que a Dilma.Os camburões do jornal que transportavam os presos para a tortura e interrogatórios,p.exemplo.

Responder

Paulo

25/10/2010 - 12h03

É no mínimo estarrecedor o que a Folha faz. Já cancelei a ssinatura desse jornal há uns dois anos e não me arrependi, mas cada dia que passa vejo como esse veículo é antidemocrático.

Responder

Valentin

25/10/2010 - 12h03

Não é a Folha que emprestava veiculo de sua propriedade para servir aos mandos da Ditadura?
Se for verdade, que moral tem a Folha para ser porta voz de informações feitas por gente para quem prestou "serviço".
Mais: Já que o jogo da "imparcialidade" da folha é tão imparcial, por que deixar Serra fora, já que ele tambem pertenceu a uma organização que lutou contra a ditadura? O PT tem por obrigação entrar no STF com alguma medida para evitar a parcialidade da informação. O problema é que Serra fugiu, mas deve ter sua "ficha limpa" nos arquivo da " Ditabranda"

Responder

Lia

25/10/2010 - 11h57

Azenha:
Nessa última semana toda sorte de baixaria vai vir à tona para prejudicar a Dilma. Já estou reparando que nos sites não têm sido divulgadas novas pesquisas.

Responder

sergio

25/10/2010 - 11h56

A folha da ditabranda quer ajudar o moribundo da bolinha. Não vai colar.

Responder

José Maria

25/10/2010 - 11h54

Como desespero já toma conta do pig, nada me surpreende nas suas ações. O que mais me chocou foi a posição da Cnbb com relação ao bispo de Guarulhos-Sp. Como um ser humano se prestar para tal sujeira, acho que êle não dorme muito bem não, será que tem conciencia? se tiver vai ter do que se arrepender. De minha parte como católico ja estou tomando minhas providencias, o dizimo com minha paroquia eu cancelei, pagar dizimo para ver o dinheiro transformado em panflêto é intolerável. Dilma é hoje para grande parte do eleitorado uma vítima, vítima da grande imprensa e agora da Cnbb.

Responder

Gilberto

25/10/2010 - 11h52

daqui a pouco a Folha vai desmentir, com base nos relatorios e processos da época a história da estilista zuzu angel .

A folha vai provar com base em processos e laudos que o filho da estilista nunca foi torturado ou morto pela ditadura.

vai provar ainda que a estilista morreu tragicamente em um acidente.

será que os processos contam a história toda?

a propaganda de Dilma tem que se precaver mostrando esses exemplos para a população antes de serem noticiados

Responder

Dino

25/10/2010 - 11h52

Seria interessante a Folha usar a mesma perseverança para investigar as PRIVATIZAÇÔES das ESTRADAS PAULISTAS construidas com $ público e REPASSADAS para a iniciativa PRIVADA… Pergunto o custo destas desapropriações e construções foram ressarcidos aos cofres públicos?????
Será que se o SERRA tiver o poder que tanto almeja não se tornara num grande ditador como o mundo já teve antes??

Responder

José Luiz Rossi

25/10/2010 - 11h47

Meus amigos,qualquer documento escrito por órgãos oficiais do tempo da "redentora"estará escrito ou melhor,borrado de sangues inocentes,o que fatalmente conspurcará sua credibilidade.Melhor seria a fsp procurar saber e informar aos seus leitores os nomes dos torturadores e assassinos ((do Herzog-colega,este sim-jornalista,Monoel Fiel Filho e outros),que deram sustentação àquele regime ilegal,ilegtímo,antidemocrático e obscuro.

Responder

Gilberto

25/10/2010 - 11h44

o próximo passo será a folha entrevistar os nazistas de plantão e os escritos nazistas para escrever a história dos crimes judeos pré segunda guerra…

Responder

Carlos Notheory

25/10/2010 - 11h41

Amigo,
O momento é muito delicado e não podemos de forma alguma desanimar.
O Azenha tem um vídeo no youtube, mostrando o presidente amerdicano, amerdicano mesmo,
tramando o o golpe de 64. http://www.youtube.com/watch?v=Q65Pz-sFci8
O golpe de 64 não foi nosso. Foi dos amerdicanos para manter o lifestyle deles.
"ELES PRECISAVEM DE MATÉRIA-PRIMA BARATA E MÃO-DE-OBRA MAIS BARATA AINDA".
Foi o que aconteceu.
Ela foi uma patriota.
A RECORD TEM QUE ENTRAR CONTUDO NESTA GUERRA!!!!
Temos que continuar postando vídeos e respondendo emails falsos e mentirosos.
Uma dica:
"QUANDO RECEBER EMAIL CALUNIADOR, RESPONDA A TODOS"

Responder

Ariadne Jacques

25/10/2010 - 11h40

Uma pergunta que não quer calar: por que apenas o processo de Dilma Rousseff? Onde está o interesse desse famigerado panfleto político, conhecido como Folha de São Paulo, sobre o caso José Serra, uma vez que se trata também de um ex-ativista político na época da ditadura? Eu também tenho o direito de conhecer tudo sobre o passado do Serra, pois do presente já estou farta.

Responder

Wilton C. Alves

25/10/2010 - 11h40

É lamentável a ação desprezível da FOLHA. Todos sabemos o que isto representa. Não se trata de trazer às claras a história de uma guerrilheira. Se trata, isto sim, de um atentado contra o Estado Democrático de Direito. Contudo, mesmo sabendo da existência de alguns ministros que representam a direita nesse País, o mínimo de bom senso, não os deixará realizar esse atentado contra a democracia. Penso que a liberdade de expressão é fundamental, mas o respeito também.

Responder

    Tiago

    25/10/2010 - 12h33

    "… contra o Estado Democrático de Direito…." Wilton você qual a definição para isso ?
    "…O estado de direito é uma situação jurídica, ou um sistema institucional, no qual cada um é submetido ao respeito do direito, do simples indivíduo até a potência pública. O estado de direito é assim ligado ao respeito da hierarquia das normas, da separação dos poderes e dos direitos fundamentais. Em outras palavras, o estado de direito é aquele no qual os mandatários políticos (na democracia: os eleitos) são submissos às leis promulgadas. A teoria da separação dos poderes de Montesquieu, na qual se baseiam a maioria dos estados ocidentais modernos, afirma a distinção dos três poderes (executivo, legislativo e judiciário) e suas limitações mútuas. …." CONTINUA

    rafaela buonarrotti

    25/10/2010 - 15h07

    Hummmmm, parece que Tiago é um bacharel (talvez advogado), daqueles que recitam os artigos dos códigos para melhor impressionar os leigos…. ou então, um estudante de história ou historiador recém formado. Ou ainda as duas coisas… já vi muitos jovens historiadores que, ao completarem a faculdade, buscam o Direito como segunda alternativa ou vice versa. Menos Tiago, menos por favor…. não envergonhe os representantes da ANPUH

Gunther Furtado

25/10/2010 - 11h40

Azenha, sabe qual é o grande problema? Eles não foram jugados e nós não fomos informados por que este governo não quis!

Responder

    Carlos

    25/10/2010 - 12h43

    Como as coisas são fáceis, né Gunther?

Marcelo Ramos

25/10/2010 - 11h36

E não tenha dúvidas de que a Folha age ORIENTADA por militares, talvez alguns dos que escreveram a tal ficha. A direita se supera a cada diz.

Responder

    Tiago

    25/10/2010 - 12h18

    "…Folha age ORIENTADA por militares…" ou vc não vicenciou ou não estudou a revolução de 64 ou deve ter esquecido-se dela….
    "….A direita se supera a cada diz. …" gostaria de saber qual é a definição de direita e esquerda agora…… a carta ao povo assinada por Lula, não mudava os principais pontos da "direita" no tocante ao programa econômica do governo anterior…. tão pouco o programa atual da candidata Dilma (não que o do Serra seja diferente também).
    Acho uma hipocrisia esses termos direita e esquerda, quando no final das contas todos agem com o memso nome, só é mais bonito" chamar-se de esquerda….. sem mais comentários.

    rafaela buonarrotti

    25/10/2010 - 15h02

    olá tiago… acredito que, ou você esteja cursando História ou já cursou. Falou como um pseudo conhecedor no caso… desqualificando de imediato o outro, como se apenas você e seus pares o soubessem. Cuidado!!!! Não faça isso. Não imacule a minha profissão.

    rafaela buonarrotti

    25/10/2010 - 15h21

    ops… refazendo… não MACULE a minha profissão…. pronto, corrigido…

nadiê rodrigues

25/10/2010 - 11h30

Eu fico me perguntando como deve se sentir Dilma com essa insistência quese esquisofrência de um jornal em querer obter uma matéria com o único sentido de abrir feridas, de tornar a candidata fragilizada, humilhada.
Acho que até os bons jornalistas devem sentir dificuldade em diagnosticar a doença desses que se dizem jornalistas, mas que não passam de pessoas desprovidas de sentimentos nobres.
Sinto-me envergonhada por tudo isso que estou vendo acontecer em meu País, ao ponto de já ter deixado de ser católica. vou continuar tendo minha fé em Deus, mas longre da igreja que apredi desde cedo a respeitar.
Não vejo mais a Globo, nem nada que dela se derive, não pego, sequer pego, numa revista Veja, jamais. Tenho nojo de tudo e de todos que estão promovendo essa baixaria na política.

Responder

pedro - bahia

25/10/2010 - 11h29

Lamentável a posição da Folha que, a cada dia, se tranforma num panfleto pró-Serra. Antevejo que, se o STF negar o pedido, a manchete não deixará de ser mostrada até sexta-feira: "STF nega aos eleitores o direito de saber sobre o passado sujo de Dilma". Não vejo porque as concessões públicas para a imprensa não devam ser revistas.

Responder

    Tiago

    25/10/2010 - 12h11

    "…Não vejo porque as concessões públicas para a imprensa não devam ser revistas…."
    Esse é a democracia que vc defende …? é essa a democracia que é defendida neste blog ????
    Obs –> Jornal e revista não é concessão……. só rádio e televisão….. sem mais comentários…..

    Heitor Rodrigues

    25/10/2010 - 12h46

    Tchau, Tiago!

    Leonardo Câmara

    25/10/2010 - 12h54

    Prezado, ninguém tem o direito de assassinar reputações de seus desafetos enquanto protege os seus de investigações sérias. Isso que temos no Brasil não é imprensa, mas empresas que vendem ou omitem informação de conformidade com seus interesses patrimonialistas mais mesquinhos. Não seja hipócrita!

    Carlos

    25/10/2010 - 12h37

    Pedro

    Tiago está certo: jornais e revistas não dependem de concessão.

    Mas haverá de ser criada uma duríssima lei para combater o banditismo midiático.

    Fernando Souza Jr.

    25/10/2010 - 15h43

    O que precisa haver, urgentemente, é a regulamentação do direito de resposta imediato.

    Newton

    25/10/2010 - 16h02

    A vantagem é que cada vez mais pessoas ignoram o PIG, descrêem de suas manchetes sensacionalistas (a velha imprensa marrom). Olha que legal: Eles vão fazer TUDO contra a Dilma… mas não vão ganhar. Pá de cal nessa canalhada… A "opinião pública" é o POVO, não mais 5 famiglias…

Deixe uma resposta