VIOMUNDO

Ao vivo, na Espanha, a “revolução” da Porta do Sol

20 de maio de 2011 às 14h05

Live video chat by Ustream

Internacional| 20/05/2011 | Copyleft

Cresce na Espanha a Revolução dos Indignados

O movimento que iniciou no dia 15 de maio, chamado 15-M ou a “revolução espanhola”, cresceu quinta-feira com panelaços que reuniram multidões em dezenas de cidades de todo o país para exigir a mudança de um sistema que consideram injusto. A revolta cresce a cada hora. Começou com uma convocatória nas redes sociais e internet para repudiar a corrupção endêmica do sistema e a falta de oportunidades para os mais jovens. A também chamada Revolução dos Indignados acusa, pela situação atual, o FMI, a OTAN, a União Europeia, as agências de classificação de risco, o Banco Mundial e, no caso da Espanha, os dois grandes partidos: PP e PSOE. O artigo é de Armando G. Tejeda, do La Jornada.

Armando G. Tejeda – La Jornada, na Carta Maior

A Junta Eleitoral Central da Espanha proibiu em todo o país qualquer manifestação desde a zero hora de sábado até às 24 horas de domingo, dia das eleições municipais, em uma clara alusão às mobilizações do movimento cidadão Democracia Real Já que, desde o último domingo, ocorrem em repúdio ao modelo político e econômico vigente e que já se espalharam em escala nacional.

Alfredo Peréz Rubalcaba, ministro do Interior, declarou que o governo só esperava o pronunciamento da junta eleitoral para decidir se ordena à polícia dispersar os manifestantes. Enquanto isso, milhares de cidadãos indignados na Porta do Sol, em Madri, na Praça da Catalunha, em Barcelona, na Praça do Pilar, em Zaragoza, e no Parasol da Encarnação, em Sevilla, entre outras, voltaram a romper o cerco policial e, uma vez mais, repudiaram a política, banqueiros e empresários.

O movimento que iniciou no dia 15 de maio, chamado 15-M ou a “revolução espanhola”, cresceu quinta-feira com panelaços que reuniram multidões em dezenas de cidades de todo o país para exigir a mudança de um sistema que consideram injusto. A revolta cresce a cada hora. Começou com uma convocatória nas redes sociais e internet para repudiar a corrupção endêmica do sistema e a falta de oportunidades para os mais jovens e acabou se estendendo para a comunidade espanhola na Itália, Inglaterra, Estados Unidos e México, entre outros países.

No quinto dia de mobilizações a afluência aumentou sensivelmente, sobretudo em Madri e Barcelona, onde dezenas de milhares entoaram palavras de ordem durante horas. Uma delas advertia: se vocês não nos deixam sonhar, nós não os deixaremos dormir.

Os manifestantes desenvolveram métodos de organização através de comissões por setores – saúde, alimentação, meios de comunicação, etc. -, que decidem cada atividade. Nas assembleias gerais decide-se a estratégia e busca-se uma mensagem política unificada que mostrem as principais razões de descontentamento e protesto. Na quinta-feira, por exemplo, decidiu-se manter a mobilização até o próximo domingo, quando ocorrem as eleições locais, e, o mais importante, confirmar a convocatória para a manifestação deste sábado.

Mais tarde, a Junta Eleitoral Central declarou ilegais as concentrações, ao considerar que elas não se ajustam à lei eleitoral e excedem o direito de manifestação garantido constitucionalmente. De fato, desde o início da semana, todas as mobilizações, concentrações e marchas da “revolução espanhola” foram declaradas ilegais pela Junta Eleitoral de Madri. Em resposta, o número de indignados se multiplicou.

Depois de conhecer a decisão da Junta Eleitoral Central, o movimento cidadão decidiu simplesmente manter o acampamento, ao mesmo tempo em que ecoou um grito unânime: não nos tirarão daqui, vamos ganhar esta revolução. Em seguida, foi lido o manifesto original do movimento em uma dezena de idiomas. O texto aponta a classe política e os meios de comunicação eletrônicos como os grandes aliados dos agentes financeiros, os causadores e grandes beneficiários da crise. Advertem que é preciso um discurso político capaz de reconstruir o tecido social, sistematicamente enfraquecido por anos de mentiras e corrupção. “Nós, cidadãos, perdemos o respeito pelos partidos políticos majoritários, mas isso não equivale a perder nosso sentido crítico. Não tememos a política. Tomar a palavra é política. Buscar alternativas de participação cidadã é política”.

A também chamada Revolução dos Indignados acusa, pela situação atual, o Fundo Monetário Internacional, a Organização do Tratado do Atlântico Norte, a União Europeia, as agências de classificação de risco, o Banco Mundial e, no caso da Espanha, os dois grandes partidos: o direitista Partido Popular (PP) e o Partido Socialista Operário Espanhol (PSOE), de centro-esquerda.

A reação da direita

Desde a esquerda, há tentativas de aproximação aos indignados. O líder do governo, José Luis Rodríguez Zapatero, disse que é preciso escutar e ter sensibilidade porque há razões para a expressão desse descontentamento e dessa crítica. O líder da Esquerda Unida, Cayo Lara, defendeu o fim da submissão e do bipartidarismo, propiciado pela atual lei eleitoral.

Mas o setor duro da direita política e midiática reclamou com insistência a atuação policial para acabar com todas as mobilizações, sobretudo na Porta do Sul, e pediu inclusive ao Ministério do Interior para que adotasse meios violentos para assegurar esse fim. Uma das imagens do dia (quinta-feira) foi a do ex-ministro da Defesa durante o governo de José María Aznar, Federico Trillo, insultando com o dedo um grupo de cidadãos da revolução dos indignados.

As desqualificações mais fortes vieram, porém, dos meios de comunicação conservadores e da televisão pública de Madri, que acusaram o movimento de ser comunista, socialista, antissistema e de ter relação com o ETA. Um dos ideólogos da direita, César Vidal, foi mais além e depois de chamar, depreciativamente os manifestantes de “perroflautas” (tribo urbana também conhecida como ‘pés pretos’, formada por punks, anarquistas, hippies e ‘gente desocupada’), assegurou que estes jovens mantém contato regular com o Batasuna-ETA e que receberam cursos de guerrilha urbana, da Segi (organização de juventude da esquerda basca).

O movimento cidadão tem seu próprio canal de televisão, que transmite sem cessar as imagens da Porta do Sul (www.solttv.tv).

Tradução: Katarina Peixoto

Investigação VIOMUNDO

Estamos investigando a hipocrisia de deputados e senadores que dizem uma coisa ao condenar Dilma Rousseff ao impeachment mas fazem outra fora do Parlamento. Hipocrisia, sim, mas também maracutaias que deveriam fazer corar as esposas e filhos aos quais dedicaram seus votos. Muitos destes parlamentares obscuros controlam a mídia local ou regional contra qualquer tipo de investigação e estão fora do radar de jornalistas investigativos que trabalham nos grandes meios. Precisamos de sua ajuda para financiar esta investigação permanente e para manter um banco de dados digital que os eleitores poderão consultar já em 2016. Estamos recebendo dezenas de sugestões, links e documentos pelo [email protected]

R$0,00

% arrecadado

arrecadados da meta de
R$ 20.000,00

90 dias restantes

QUERO CONTRIBUIR
Captura de Tela 2016-07-21 às 18.52.27
24 - jul 3

Brito, sobre pesquisa na Folha: Não, não foi erro, foi fraude mesmo

Teoria conspiratória? A crítica da ombudsman da Folha ao ‘sumiço’ das perguntas no Datafolha por Fernando Brito · 24/07/2016, no Tijolaço A ombudsman da Folha, Paula Cesarino Costa, relata, na sua coluna de hoje, a história do “desaparecimento” da pergunta da pesquisa Datafolha sobre o desejo de 62% dos brasileiros de que se convoquem novas eleições, […]

 

84 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

luisa

22/05/2011 - 11h40

http://www.intereconomia.com/la-gaceta
para acompanhar lo que passa em espanha

Responder

luisa

22/05/2011 - 11h38

http://www.gazeta.com.es

Responder

Antonio

22/05/2011 - 10h10

Pois é. A lógica do capitalismo é a taxa de retorno cada vez melhor. Paga-se milhões para um "consultor" na certeza de uma excelente taxa de retorno, onde outros tantos milhões retornarão ao ninho, e rápido, pois nosso capitalismo é bem selvagem e exigente.
É impressionante como tem gente ainda que consegue argumentos positivos a este ministro bandido. Já estamos no estágio do bipartidarismo, onde esses bandidos espertos, "os consultores" tem muita, mas muita "consultoria" para passarem ao mercado ao custo de milhões.
Estou só há dois anos em Brasília, e já conheci pessoas de várias áreas do serviço público, e a lógica é uma só: a corrupção, encabeçada por uma casta de bandidos indicados, arrogantes, prepotentes, autoritários, incompetentes, interventores, tem tem o prazer de humilhar os verdadeiros trabalhadores públicos concursados, dedicados, conhecedores do trabalho, hoje, se sentem totalmente atados, marginalizados depois de décadas de serviços prestados. Em tempo: votei todas as vezes no Lula, votei na Dilma como voto útil, mas hoje sei que nossa única saída é um movimento como o que acontece hoje na Espanha.

Responder

ana db

22/05/2011 - 07h18

Os fundamantalista do mercado deus convocaram os jovens para se sacrificarem no altar do mercado e estão tendo a resposta a altura. A esquerda no poder aqui e alhures não significou mudança, ruptura. Não atendeu aos anseios da sociedade. Repete as mesmas praticas nefastas da direita sendo que com dor no coração, mas não deixam de matar em nome do mercado.

Responder

mac X

22/05/2011 - 03h40

Sequestro , tortura e omissão na Polícia Federal
http://revistaepoca.globo.com/Revista/Epoca/0,,EM…

Responder

FHC, o Facebook e a “coalizão de vontades” « Dukrai's Blog

21/05/2011 - 21h54

[…] coalizões de vontades, como temos visto na Espanha, não respondem a uma liderança centralizada: elas são representativas de demandas amplas, […]

Responder

Marat

21/05/2011 - 21h38

Fica a pergunta do Fidel: "A OTAN vai bombardear a Espanha?" – rsrsrsrsrsrsrs

Responder

ana db

21/05/2011 - 20h07

Os da casagrande se esbaldam na festa, comem tudo, todos e todas no banquete ao ponto de quebrar a banca e para limpar a m.. que deixam convocam o serviçais da senzala, que se sacrificarão em prol da manutenção do status quo. Ou seja, continuarem se esbaldando e abusando dos ocupantes da senzala. Eh ruim, heim?
Os escolhidos para o sacrificio no altar do mercado são chamados de geração perdida e mandados esquecer dos sonhos.
Aviso a banca e aos politicos que a serve: se vcs não nos deixam sonhar, não deixaremos vcs dormirem.

Responder

    xhykho

    22/05/2011 - 10h29

    Linda frase Ana DB. Se voces não nos deixam sonhar, não deixaremos voces dormirem.

José

21/05/2011 - 18h07

Hoje, na Band News : Em virtude do caos econômico vigente em Portugal e Espanha, muitas empresas da construção civil vêm aportando no Brasil a fim de aproveitarem o programa Minha casa minha vida e o dinamismo da economia Brasileira.segundo a mesma fonte, inúmeras empresas faliram ,na península Ibérica,devido à inadimplência muito alta.Enquanto por aqui, o governo tem que aumentar os juros, devido ao superaquecimento de nossa economia.Quanta diferença….Aprendam tucanalhas como se governa….

Responder

José F4k3 S.

21/05/2011 - 16h18

Mas afina, qual a alternativa que os "protestantes" oferecem ? Ou é protesto por protesto, simplesmente ? Se for isso, me parece esse pessoal aqui no Brasil que propagandeiam o voto nulo: é um negócio estéril, sem futuro, destinado a morrer na praia.

Responder

Ivo GJ

21/05/2011 - 14h30

Chegou o oludun

Responder

Marcos C.Campos

21/05/2011 - 14h23

Cadê o PT para manifestar apoio aos trabalhadores e jovens espanhois ?

Responder

    caioha

    21/05/2011 - 16h09

    O PT agora compartilha dos ideias "conservavores" referente as lutas dos trabalhadores.

    beattrice

    21/05/2011 - 22h03

    Está assistindo ao DISNEY ON ICE, a convite da Anna de Amsterdam.

    JOSE ALBERTO

    22/05/2011 - 01h14

    Bea.
    Ou dançando ao som de "Burguesinha" do Seu (meu, não) Jorge.
    Vai no cabelereiro.
    No estecisista.
    Só no filé.
    Obs. Enquanto isso em SUMPAULO a "puliça" baixou o pau nos "baderneiros" hoje.
    Na terra do Crack maconheiro não tem vez.
    SUMPAULO SE MERECE.
    É pau, é bomba.
    Bomba SUMPAULO.

alexis

21/05/2011 - 07h51

Junto com a criação do EURO, alguns países tiveram que fazer "dever de casa" e vestibular para serem aceitos: Grécia, Portugal e Espanha, justamente aqueles que hoje se rebelam contra o capitalismo selvagem. Tardiamente perceberam que foram convidados para uma pirâmide fazendo parte apenas da base de sustentação dela; que foram convidados para um banquete para servirem as mesas como garçons e copeiros.
É o que EUA esperam de nós, na América latina, mediante a ALCA. México participou do convite….daqui a pouco estarão nas ruas.

Responder

    Gustavo Pamplona

    21/05/2011 - 13h12

    Profundas palavras… amigo… adorei!!! ;-) E acho que você quis dizer, "É o que EUA esperaRAM de nós"

    E como você mesmo disse, eles são a base de sustentação da pirâmide, se eles caírem, caem todos… algo que estou "acalentando" para ver.

    beattrice

    21/05/2011 - 22h05

    Vale a pena lembrar que o Tony Patriot, que de patriota só tem o nome, não considera a ALCA assunto encerrado. Este expatriado tem que ser vigiado diuturnamente.

    ana db

    22/05/2011 - 07h11

    É Patriota estadunidense!

    Thiago N

    22/05/2011 - 11h18

    Excelente colocação, não poderia ter resumido melhor!

ana db

21/05/2011 - 07h23

Quando o FMI abusou da America Latina e Africa, o primeiro mundo bateu palmas. E vociferaram, não fizeram o dever de casa, agora terão que sofrer as consequencias….
Os DSK da vida, presidentes do FMI, tinham a permissão de abusar do cofrinho do terceiro mundo.

Pimenta nos olhos dos outros…

Responder

ellen

21/05/2011 - 03h28

Legal!!!!
Mas não vai dar pra se pacícifo o tempo todo!!!!!

Os "caras" (INIMIGOS REAIS) estão em suas ilhas, nos " cafofos" dos governos, nas colunas sociais, nos seus bunkers!!!!!!
A estratégia da luta é boa, mas é só refresco prá esses "caras"..que tem armas, que tem a mídia, que tem os governos…

Responder

Thiago Caramês

21/05/2011 - 02h33

Oi, Azenha!
Eu só não entendi a razão de tu colocares a palavra 'revolução' entre aspas no título do post. Soa como um desprestígio…

Responder

Leonardo Câmara

21/05/2011 - 00h52

Já viram a "reporcagem" da Reuters?
http://br.reuters.com/article/worldNews/idBRSPE74

Não tem uma linha sobre o que os manifestantes realmente pensam do sistema político espanhol, da fraude que significa a crise européia e estadunidense e da submissão da classe política aos banqueiros. É o PIG internacional em ação.

Todos os beneficiários tentando salvar o sistema capitalista em frangalhos.

Responder

    Marcos C.Campos

    21/05/2011 - 14h06

    o que que tu querias da Reuters ?

beattrice

21/05/2011 - 00h37

Quem conhece um bocadinho a Espanha, sua história, sua construção societária e étnica sabe, esse caldeirão vai transbordar.
ARRIBA SPAÑA.

Responder

JotaCe

21/05/2011 - 00h07

Enquanto Chávez, o alvo diário, está descansando dos ataques do PIG espanhol, o Sapateiro está quebrando a cabeça pra ver como se livrar de sapatadas…JotaCe

Responder

Polengo

20/05/2011 - 23h30

Não sei porque (que mistério), mas eu me lembrei direto da Telefonica…

Responder

    Gerson

    20/05/2011 - 23h55

    Eu também Polengo, o problema é que a gente só sente quando pisam no nosso calo.

    Mas tem um lado bom em tudo.

    90% da humanidade tá com o calo doendo.

    Agora ou vai ou racha.

    Eu vi faixas, nessa praça (não é qualquer praça) escrito o seguinte:

    Nem Capitalismo nem Socialismo.

    OK

    O que é então que eles querem ? Ah, sim, Democracia…sem capitalismo e sem socialismo….sei…ou não sei eis a questão.

    Quanto ao trompete tocando, segundo um cometário aqui, "comandante Che Guevara"…nesta praça me lembrei também da história bíbilica "Torre de Babel".

    Mas isso é bom, apesar de todas contradições,.

    O que virá ? Só Deus sabe.

Roberto Locatelli

20/05/2011 - 23h30

Faço minhas as palavras do Pedro Luiz Paredes: esse movimento está só começando.

Trata-se apenas dos pequenos terremotos que antecedem a erupção do vulcão.

Responder

luiz pinheiro

20/05/2011 - 23h00

Quie toda essa energia tenha consistência e racionalidade para construir de fato um futuro.

Responder

luiz pinheiro

20/05/2011 - 22h59

Bonito, ao fundo, o som do trompete
"De tu querida presencia,
comandante
Che Guevara…

Responder

MA_Jorge

20/05/2011 - 21h14

Eis aí a praça em Madri, um belo local para o Kadaffi se esconder; este eles não bombardeiam.

Responder

assalariado.

20/05/2011 - 20h54

A crise do capital atingiu o centro do sistema(digo G7).Suas colonias idem. Os governos burgueses social democratas estão cada vez mais a deriva,sem rumo(o Brasil,idem),e a saida é a mesma de sempre,jogar o fardo da crise do capital nas costas das massas assalariadas/nação.O povo se rebela,devido a crise ser mais profunda/longa porém,o povão não identifica quem é o inimigo "oculto".Ora,o Estado/governo nasceu junto com a divisão da sociedade em luta de classes(CAPITAL X TRABALHO).Ou seja,o Estado burguês é uma instituição,um mecanismo social que controla a sociedade,e os individuos em beneficio da classe capitalista. Por isso Karl Marx indaga: 1-) Como os homens passaram da submissão ao poder pessoal visivel de um senhor -(feudalismo -o rei dizia,eu sou o Estado),à obediência ao poder impessoal,invisivel do Estado,o Estado burgues? 2-)Por que o vínculo entre o poder economico e o poder politico,não é percebido pela sociedade,e sobre tudo,por que não é percebido pelos que não tem poder economico? Refletir é bom!

Responder

    ZePovinho

    20/05/2011 - 21h37

    Grande Assalariado!!

Fabio_Passos

20/05/2011 - 20h28

Viva la Revolución!

Responder

    Mariana Silveira

    20/05/2011 - 21h10

    Azenha,

    Estava assistindo ao JR e coloquei na Globo, quando coloquei estava falando sobre a Revolta na Espanha, gente, não sei quem viu isso, mas Globo omitiu as manifestações que estão acontecendo, mostrou apenas pessoas dormindo na praça. Distorceu a notícia, às claras. Que coisa nojenta essa emissora. É revoltante e repugnante o jornalismo distorcido que essa emissora faz.

    Será que alguém gravou a reportagem para que pudéssemos comparar o que eles disseram? Eles mostraram imagens duvidosas da Síria, mas não mostraram à Espanha lotada. São cínicos.

    Gerson

    20/05/2011 - 23h07

    Minha sugestão à você amiga Mariana, é fazer o seguinte:

    Copia / Cola e envie aos seus amigos.

    Roberto Locatelli

    20/05/2011 - 23h42

    Já pensou se ocorrer um levante ainda maior e o governo da Espanha for deposto? Como é que a Globo vai explicar que, do nada, um governo caiu?

    Luís

    21/05/2011 - 14h50

    Vai falar que foi um golpe de Estado.

    Leider_Lincoln

    22/05/2011 - 17h18

    Verdade; por enquanto querem mudanças no sistema, mas a FÚRIA pode fazê-los a não querer mais apenas isso, podem querer A REPÚBLICA! Que o amiguinho de Franco, o rei que manda governantes eleitos calarem a boa, o "Çossilista" que era franquista e os franquistóides da direita espanhola vão todos ao inferno, sob o som do poeta que os pais destes mataram, Federico García Lorca!

    Mas quem virá? E por onde?…
    (…)
    — Compadre, dou meu cavalo
    em troca de sua casa,
    o arreio por seu espelho,
    a faca por sua manta.
    Compadre, venho sangrando
    desde as passagens de Cabra.
    — Se pudesse, meu mocinho,
    esse negócio eu fechava.
    No entanto eu já não sou eu,
    nem a casa é minha casa.
    — Compadre, quero morrer
    com decência, em minha cama.
    De ferro, se for possível,
    e com lençóis de cambraia.
    Não vês que enorme ferida
    vai de meu peito à garganta?
    — Trezentas rosas morenas
    traz tua camisa branca.
    Ressuma teu sangue e cheira
    em redor de tua faixa.
    No entanto eu já não sou eu,
    nem a casa é minha casa.
    — Que eu possa subir ao menos
    até às altas varandas.
    Que eu possa subir! que o possa
    até às verdes varandas.
    As balaustradas da lua
    por onde retumba a água.

    VIVA A REPÚBLICA!

JORGE CORREA

20/05/2011 - 20h22

Azenha

Os sistemas políticos espanhol, português, brasileiro, americano, italiano e tantos outros estão falidos, tanto quanto o egípcio, o indiano e assim sucessivamente.

Na verdade o capitalismo traz na sua essência a contradição capital e trabalho e, a ganância dos senhores do dinheiro ou do crime é insaciável onde, por mais incrível que pareça, o dinheiro do "mocinho" e do "bandido" são lavados na suíça ou alguma lavanderia mais próxima como USA, Caymam, Uruguai e outros.

O Judiciário é na história o grande AVESTRUZ e vilão que acoberta do roubo de cargas ao tráfico, da lavagem de dinheiro ao paraíso fiscal e toda sorte de corrupção, corruptos e corruptores. Se houvessem juízes ficaria mais fácil sonhar sem necessariamente fazer-se revolução. Contudo, a história da humanidade parece não perdoar a falta de limites mínimos de decência e dignidade. Talvez seja um recado para os malandros endinheirados do mundo. "Ninguém está a salvo e a fila anda".

Um abraço.

Um abraço.

Responder

    ZePovinho

    21/05/2011 - 12h48

    É isso aí,Jorjão!!!O judiciário é o Sistema Garantidor da Corrupção.Ganha rios de dinheiro para "…não deixar balançar o coreto das autoridades",nas palavras de quem particpa e entende de falcatruas:José Sarney.

    JotaCe

    21/05/2011 - 17h09

    Que o diga o Gilmar Mendes…

    JotaCe

FHC, o Facebook e a “coalizão de vontades” | Viomundo - O que você não vê na mídia

20/05/2011 - 20h00

[…] coalizões de vontades, como temos visto na Espanha, não respondem a uma liderança centralizada: elas são representativas de demandas amplas, […]

Responder

Antonio

20/05/2011 - 19h56

Precisamos nos aglutinar assim aqui no Brasil, para acabarmos com os políticos dessa direita extremamente corrupta, espúria e desmateladora do Estado.

Responder

    Kadu

    21/05/2011 - 15h47

    Mas Antonio…a esquerda já está em seu 3º governo seguido.
    Acordou do coma agora, foi?

Martin

20/05/2011 - 19h50

ZEITGEIST (no Google Vídeo) :

1) Zeitgeist – "1" ( de nov/2007 ) http://video.google.com/videoplay?docid=-14377242

2) Zeitgeist Addendum – "2" ( de out/2008 ) http://video.google.com/videoplay?docid=-14377242

3)E a entrevista com Peter Joseph, o criador dos 2 documentários acima: http://video.google.com/videoplay?docid=-14377242

4)O “último capítulo da série” Zeitgeist (Muito BOM) : http://www.blogcidadania.com.br/2011/02/zeitgeist

Att.
Martin

Responder

    Mariana Silveira

    20/05/2011 - 21h25

    Azenha, Conceição, se acontecer mais rápido do que se espera, Fidel poderá descer à sepultura sossegado, pois aquilo que ele sempre defendeu, e mantem até hoje bastião, guardadas as devidas proporções de infrações aos direitos humanos, mas o fato é que, ele poderá descer ao túmulo, vendo o que sempre defendeu, acontecer através de organizações da rede e detalhe, por jovens que cada vez mais se dão conta de que o neoliberalismo é uma farsa, excludente, desagregador e plutocrático.

    Estou torcendo que se espalhe por toda Europa. A guinada de esquerda da AL que tanto falaram nos anos dois mil, agora chega na Europa com mais força. Não vejo a hora de franceses e alemães se levantarem.

armonyax

20/05/2011 - 19h36

Vou martelar no assunto! Gente a crise é cultural e globalizada, o fim do sistema capitalista monetário como conhecemos até hoje tá em ruínas e o mundo vai sim para as praças procurar superar esse sistema paradoxal! Eu não sou nem de Esquerda nem de Direita a questão é que sou contra as mentiras que nos são ditas todo dia e que procuram driblar minha capacidade humana de racioncinar e de perceber que o mundo do jeito que tá é insustentável!

Responder

Ao vivo, na Espanha, a “revolução” da Porta do Sol | Boca Maldita

20/05/2011 - 18h13

[…] Do Vi o mundo de Luiz Carlos Azenha, leia mais aqui. […]

Responder

Luís

20/05/2011 - 18h05

Não acredito que seja a falência dos partidos, como você disse, mas, sem sombra de dúvidas, é a falência do neoliberalismo. Da filosofia do "Estado mínimo". Das privatizações irresponsáveis.

Responder

Pedro Pinheiro

20/05/2011 - 17h20

Até agora, silêncio total sobre o tema nos portais de notícias do Brasil e do exterior… excetuando-se a Espanha, por motivos óbvios. Quando a rebelião é contra as democracias liberais, a preguiça ao noticiar é digna de nota.

Responder

    JotaCe

    20/05/2011 - 23h51

    Cao Pedro,

    A Venezuela está informando através vários canais oficiais ou reconhecidamente insuspeitos com o Aporrea. Abraços,

    JotaCe

    JotaCe

    21/05/2011 - 01h05

    Caro Pedro,

    Enviando um link ao amigo. Tem inúmeros vídeos de manifestações em diferentes cidades espanholas:
    &lt ;http://www.aporrea.org/internacionales/n181254.html> Abs,

    JotaCe

Mauro

20/05/2011 - 17h09

Como sera a reação do pig
com certeza vai usar os mesmos argumentos da direita espanhola

Responder

    Mariana Silveira

    20/05/2011 - 19h03

    Depois de 163 anos, estaria a Europa vivendo o "Outono dos Povos"? É cedo para afirmarmos, mas vamos ver onde isto irá terminar.

    O curioso é que não há uma linha do PIG falando sobre isto.

    luiz pinheiro

    20/05/2011 - 22h57

    Não é curioso. É sintomático.

    armonyax

    21/05/2011 - 07h42

    Corrigindo, o outono é no Brasil aqui é primavera! O PIG não irá falar nada até que NYT, Reuters, Guardian, Le Monde, La Repubblica, entre outros não tocarem no assunto! O jeito é esperar que algum grande pensador comece a fuçar no assunto, tipo Fisk ou Chomsky!!!!

Pedro Luiz Paredes

20/05/2011 - 17h01

Isso é música para os meus ouvidos.
Joni Mitchell que me perdoe, essa tarde escutarei o povo.

Responder

ZePovinho

20/05/2011 - 16h57

Essa é a geração que nasceu nos anos 80/90(o auge o neoliberalismo) chegando ao poder.E fazendo muito barulho.

Responder

ZePovinho

20/05/2011 - 16h36

A VEJA acusou,de novo,o PT de receber dinheiro das FARC.Como a VEJA mente!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
http://www.vermelho.org.br/noticia.php?id_secao=7

Arquivos do computador de Raúl Reyes não têm validade

A Suprema Corte da Colômbia determinou nesta quinta-feira (19) que o conteúdo dos arquivos encontrados no computador de um dos chefes das Farc (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia) “Raúl Reyes” não tem validade dentro dos processos judiciais do país, pois foi obtido de forma ilegal.
http://operamundi.uol.com.br/conteudo/opiniao/O+Q

O que os arquivos das FARC revelam

"……A Interpol ressaltou que houve um período de uma semana entre a captura dos computadores e a entrega deles à agência internacional, período em que autoridades colombianas modificaram 9.440 arquivos, e deletaram outros 2.905, de acordo com o informe forênsico completo da Interpol. Esse fato “complica a validação dessas evidências para fins de incluí-la em um procedimento judicial”, afirmava o texto………..

……Ainda mais desanimador para o caso do exército colombiano foram as declarações do general Douglas Fraser, chefe do Comando Sul das forças armadas norte-americanas, em resposta a questionamentos do senador John McCain, em relação à conexão Venezuela-FARC e as “revelações” dos laptops da guerrilha: “Nós não vimos nenhuma conexão específica que me permitisse verificar de que houve relacionamentos diretos entre governo e terroristas”, disse, e adicionou que é “cético” à idéia. (Fraser mudou seu testemunho no dia seguinte, depois de uma reunião com Arturo Valenzuela, oficial para a América Latina do Departamento de Estado norte-americano. Mas Fraser, como líder das atividades militares estadunidenses na América do Sul, está em uma posição muito melhor para certificar as informações). ……

………Os especialistas do IISS escolhidos para apresentar as descobertas do dossiê esta semana em Washington, por exemplo, incluem um ex-agente de inteligência britânico que conduziu operações na América Latina. Outros conselheiros notórios do IISS incluem Robert D. Blackwill (ex-assessor para segurança nacional de George W. Bush), Eliot Cohen (ex-conselheiro sênior de Condoleezza Rice para assuntos estratégicos), Sir David Manning (ex-conselheiro de política externa de Tony Blair) e o Príncipe Faisal bin Salman bin Abdulaziz, da Arábia Saudita."…………………….

Responder

Gustavo Pamplona

20/05/2011 - 16h32

Estou adorando saber de tudo isto, quanto menos "monarquias" melhor para o mundo, mas gostaria que dessem uma olhada nesta "notícia"…

[Kate Middleton é infértil, segundo revista]
http://br.omg.yahoo.com/news/kate-middleton-%C3%A

Não sei porque, gostei de saber daquilo, se isto ajudar a acabar com aquela monarquia arcaica vale!

Bom… não sei direito como são as regras da realeza britânica, caso ela realmente não possa gerar um herdeiro para suceder o Príncipe William (futuro Rei) daqui sei lá uns 50/60 anos o filho do Príncipe Harry é levado como herdeiro?

Responder

    Lucas

    20/05/2011 - 19h03

    Se ela não puder gerar um herdeiro homem, o rei deve declarar-se chefe da Igreja, dar a si mesmo um divórcio, e decapitar a ex-mulher. É a tradição.

    :)

GilTeixeira

20/05/2011 - 16h26

E quem reclama? A mídia e a direita! Pedindo violência pra acabar com a 'baderna'. Nós sabemos bem o que é isso!

Responder

ZePovinho

20/05/2011 - 16h17

A formação de exércitos privados e clandestinos é uma tendência no combate à democracia????????
http://redecastorphoto.blogspot.com/2011/05/midia

A MÍDIA – A EUFORIA TUCANA – A BARBÁRIE DA PM DO ESPÍRITO SANTO

[youtube DQ7gM8rpzxU http://www.youtube.com/watch?v=DQ7gM8rpzxU youtube]

Responder

Elisabeth

20/05/2011 - 16h07

Eu realmente estou emocionada… Novo 1968 esta acontecendo no mundo! Entendam as pessoas estão inconformadas com sistemas no mundo inteiro….
Querem ETICA formas mais democráticas pessoas.
"As desqualificações mais fortes vieram, porém, dos meios de comunicação conservadores e da televisão pública de Madri, "
Eu digo mais, muito "intelectual ,ainda esta batendo cabeça com esta geração que não se identificar com partido nenhum e nem com esquerda e direita…
Lembrando de quando na manifestação do "gente diferenciada", o policial perguntou , quem era o lider da manifestação, responderam:O POVO.
São os anônimos em coletivo ,indignados com o "sistema"… sem líder e sem ideologia, E isso deve assustar muito…

Responder

    Aline

    20/05/2011 - 16h54

    Também estou emocionada, espero que o mundo mude bastante com isso.

dukrai

20/05/2011 - 16h03

não sei quantas vezes vou repetir desde Tunis, e Cairo como agora, ao vivo. Emocionante

Responder

María Edith

20/05/2011 - 15h48

Prezado Azenha,

No jornal "El País" há outros vídeos, acompanhe:

Lo que mueve al 15-M

El 'argumentario' de los reunidos en la Puerta del Sol se monta desde la crisis, cuando los ciudadanos perciben que no son defendidos por sus representantes políticos

“HEMOS DESPERTADO, LAS COSAS HAN CAMBIADO”

“Que las personas tengan el protagonismo y no más el dinero”

Video: http://politica.elpais.com/politica/2011/05/20/ac

Cordialmente, María Edith

Responder

    JotaCe

    21/05/2011 - 00h00

    É incrível que um dos legítimos representantes do PIG europeu esteja publicando coisas assim! Abraços cordiais,
    JotaCe

Manoel Duarte

20/05/2011 - 15h45

A sociedade espanhola, assim como a brasileira, precisa romper com o modelo de democracia liberal representativa, para um modelo de democracia participativa fraterna e solidaria. Não podemos mais delegar a indivíduos comprometivo com a classe dominante e dirigente que decidam sobre o nosso destino. Sem considerar os níveis de corrupção que permeiam as praticas desses dirigentes políticos. Precisa-se ampliar o controle e a fiscalização, como também, o julgamento e condenação dos culpados sem privilégios.

Responder

    Pedro Luiz Paredes

    20/05/2011 - 16h55

    Eis uma verdade irretocável:
    Qualquer sistema funciona bem com uma fiscalização eficiente; até monarquias.
    Quanto a democracia… requer uma reflexão profunda sobre as liberdades individuais, de pessoas feitas de carne e osso, não de instituições.
    O Estado deve organizar, mas a sociedade é quem deve protagonizar as mudanças; não agirem passivamente como nos colocam.
    Para isso, educação!

ZePovinho

20/05/2011 - 15h34

O maior medo do cabôco ZePovinho(me encontrei com Kennedy no Astral),mizifio Azenha,é que a rede GLADIO(os exércitos clandestinos da OTAN) promovam atentados e culpem esses jovens como fizeram nos anos 1970.
http://www.voltairenet.org/article169940.html

Mercenarios de las monarquías déspotas contra la democracia
Los Emiratos Árabes Unidos crean un ejército secreto para el Medio Oriente y África
por Manlio Dinucci *

Cada estado miembro del Consejo de Cooperación del Golfo está invitado a contribuir y a participar en la contra-revolución árabe, es decir eliminar el movimiento de protestas y rebeliones populares que tienen una justa causa social y reivindicaciones democráticas contra las dictaduras árabes. En lo que respecta a los Emiratos Árabes Unidos (EAU), que ya han enviado un escuadrón de policías para reprimir manifestantes de otro país, en Bahrein, piensan constituir une ejército secreto. Para ello han contactado la sociedad de mercenarios Xe, es decir la tristemente célebre Blackwater, que ha cambiado de nombre.

Responder

    beattrice

    21/05/2011 - 00h39

    Lembrança oportuna.

    ZePovinho

    21/05/2011 - 12h50

    Um beijo,Beattrice!!!Eu não sou como na foto não,viu??KKK!!!

Daniel Torres

20/05/2011 - 15h26

O povo, unido, jamais será vencido!

Responder

Abdula Aziz

20/05/2011 - 15h22

E aqui no Brasil quando vamos dar um basta nesta corrupção alimentada pela direita, pelo PIG e pela ala ultra conservadora da igreja???

Responder

    Pedro Luiz Paredes

    20/05/2011 - 16h58

    Isso.
    Acontece que só olham para o que é federal.
    Mas quando seus apadrinhados estão no governo federal, eles olham para os estados e cidades.
    Meu estado, SP, é o estado mais corrupto do Brasil. Agora olhe a cobertura da rede bobo aqui.

    beattrice

    21/05/2011 - 00h38

    Nas últimas 24 horas a BLOGO NEWS vem sistematicamente debatendo a segurnaça nos campi das universidades FEDERAIS, mas a USP, onde ocorreu o crime que abalou os paulistanos é ESTADUAL, não é mesmo senhor OPUS DEI?

    Pedro Luiz Paredes

    21/05/2011 - 12h26

    Não falta muito para se propor a privatização da segurança do campus, dizendo que é o melhor a se fazer. Depois, é claro, de evidenciado que a entrada da polícia militar não resolveu o problema (é o que vai acontecer).
    Eles fazem isso com tudo, criam o caos para vender as privatizações como solução da saúde, da segurança, questões ambientais e transporte. Depois disso blindam as empresas juridicamente e descem o cassetete em quem protesta.
    Por isso SP esta do jeito que esta; por ter o judiciário e o MP mais corrupto do pais.
    Corrupção no legislativo e no executivo é recorrente. No entanto, quanto atinge o judiciário, a coisa fica muito mais preocupante. É quando se constata a falência desse ente federativo. Isso significa que ele não tem mais poder sobre a criatura. Vide EUA.

    Quanto a Bobonews, isso não quer dizer nada.
    Veja se ela repete assim, sistematicamente, mortes recorrentes em hospitais paulistas que sofrem com a falta do repasse de verbas.
    Pergunta se eles blindam a saúde nos estados que ainda apostam no SUS.
    Pergunta se eles blindam estados onde a segurança é estritamente pública.
    Pergunta quem é o dono das maiores empresas de segurança privada do país.
    Pergunta quem são os donos dos principais planos de saúde do país.
    Pergunta porque a margem de lucro permitida pelas licitações fraudadas das concessões de transporte público do estado de São Paulo não são contestadas.
    Pergunta quem são dos ganhadores dessas concessões
    Pergunta quem ganha com os planos diretores anuais da cidade de São Paulo, aprovados com irresponsabilidade desde a década de 80.
    Agora pergunta onde os filhos desses todos ai de cima estudam.

Pedro Luiz Paredes

20/05/2011 - 14h47

Isso porque o governo quer que o povo pague pela irresponsabilidade do neoliberalismo.
Esse movimento de encontro aos bancos e dividendos esta só começando.

Responder

Deixe uma resposta