VIOMUNDO
O VIOMUNDO só é possível também através de anunciantes, e detectamos que você utiliza um AdBlock, bloqueador de anúncios.
Por favor considere ajudar o VIOMUNDO desativando o bloqueador para este site.

Vagner Freitas: Globo informa de forma criminosa sobre o imóvel que comprei da Bancoop

31 de janeiro de 2016 às 14h02

vagner88647

Globo mente e ataca os trabalhadores

Vagner Freitas, presidente Nacional da CUT, via assessoria de imprensa

É lamentável que a imprensa use a liberdade de expressão, conquistada depois de muitas torturas e mortes de dezenas de companheiros e companheiras que lutaram contra a ditadura, para criminalizar lideranças dos movimentos de esquerda brasileiros.

Não é crime comprar um apartamento de classe média, em um bairro de classe média por meio de uma cooperativa criada para ajudar trabalhadores e trabalhadoras a realizar o sonho da casa própria, como o jornal O Globo deste domingo, 31 de janeiro, insinua que fiz.

Não é crime trabalhar durante anos para quitar um imóvel.

Não é crime demorar para ir ao cartório para passar a escritura para o seu próprio nome.

Lamentavelmente, O Globo, um jornal de grande circulação nacional, dá a informação sobre o imóvel que comprei da Bancoop de forma criminosa.

No texto da matéria, sou tratado como “um dos investigados” pelo Ministério Público de São Paulo. Qual o crime? Se foi o de comprar e quitar religiosamente todas as parcelas de um apartamento da Bancoop, centenas de pessoas cometeram o mesmo crime.

A relação que o Globo tenta fazer é que é criminosa. Não recebi favores e tenho todos os comprovantes de pagamento para provar isso. Não fiz nada de ilegal. Trabalho e pago minhas contas desde os 16 anos. Não tenho qualquer relação com a OAS nem com qualquer outra empreiteira ou empresa. Soube pelo Globo que estou entre os investigados. Investigado por quê? Como o jornal sabe disso e eu, não. Nunca recebi qualquer intimação do Ministério Público.

Não podemos aceitar que as suspeitas infundadas dos promotores e as acusações levianas da imprensa sejam tratadas como verdade. O fortalecimento da democracia, com dignidade e respeito à justiça e aos trabalhadores e trabalhadoras do Brasil sempre será nossa luta e nenhuma ameaça ou constrangimento ilegal vai nos tirar deste caminho.

Leia também:

Lula divulga todos os documentos do Guarujá 

O livro da blogosfera em defesa da democracia - Golpe 16

Golpe 16 é a versão da blogosfera de uma história de ruptura democrática que ainda está em curso. É um livro feito a quente, mas imprescindível para entender o atual momento político brasileiro

Organizado por Renato Rovai, o livro oferece textos de Adriana Delorenzo, Altamiro Borges, Beatriz Barbosa, Conceição Oliveira, Cynara Menezes, Dennis de Oliveira, Eduardo Guimarães, Fernando Brito, Gilberto Maringoni, Glauco Faria, Ivana Bentes, Lola Aronovich, Luiz Carlos Azenha, Maíra Streit, Marco Aurélio Weissheimer, Miguel do Rosário, Paulo Henrique Amorim, Paulo Nogueira, Paulo Salvador, Renata Mielli, Rodrigo Vianna, Sérgio Amadeu da Silveira e Tarso Cabral Violin. Com prefácio de Luiz Inácio Lula de Silva e entrevista de Dilma Rousseff.

Compre agora online e receba na sua casa!

2016-12-09-PHOTO-00000295
09 - dez 0

Moro escrachado na Alemanha; veja as fotos

Na Universidade de Heidelberg, na Alemanha “Lava Jato não é parcial”, diz Moro da Deutsche Welle Em palestra sobre corrupção na Alemanha, juiz federal diz que operação não é influenciada pelo jogo político. Moro chama de “infeliz” foto em que aparece rindo com Aécio Neves, mas ressalta que senador não é investigado. Entre aplausos e vaias, […]

 

8 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Antonio

03/02/2016 - 10h48

Vejo que o juízo no Brasil, volta a andar na frente das provas, dos fatos e do bom censo, como nos velhos tempo de da brutal ignorância, em que se queimava, torturava e matava subversivo e ateus.
Voltamos ao espojadouro, estamos a comer o próprio vômito.

Responder

sil

01/02/2016 - 21h43

Vamos pra rua!

Responder

Saulo

01/02/2016 - 11h06

ok, me responda o seguinte.

Por que milhares de bancarios pagaram e nao levaram?

Por que apenas alguns “sortudos”, como vc (coincidentemente presidente da CUT), Vaccari e familiares, e Lula conseguiram unidades. “Obra do destino”?

Responder

Guilherme Ferreira

31/01/2016 - 18h34

Gostaria de saber quanto o governo gasta em publicidade nos veículos de (des)informação que insistem em criminalizar os partidos da base aliada, desestabilizar o governo, envenenar a população.

Responder

roberto

31/01/2016 - 18h23

Os Marinho moram em choupanas cobertas de feno,com paredes de lata de óleo.
Todos os funcionários deles e do resto da imprensa muquirana brasileira ,moram na rua ,juntamente com seus animais de estimação,cobertos de piolhos.
O Moro, pede esmola numa esquina de Curitiba, e o Consentino já foi flagrado bebendo um resto de cachaça numa caçamba de lixo.
Esse é padrão deles, portanto quem estiver pensando em comprar uma casa, é LADRÃO, a Justiça vai mandar prender,antes avisando a globo, com um celular que roubaram de um transeunte.

Responder

    Helena/S.André SP

    31/01/2016 - 20h58

    Que nada! Os Marinhos construíram uma casa, numa área da Mata Atlântica perto de Paraty, que a lei preserva para manter intocada sua ecologia, segundo o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio). Até um juiz mandou derrubar a tal casa em 2010, mas pelo jeito isso não aconteceu. Pois é, os Marinhos mandam no Brasil conseguindo até burlar a lei para construir uma suntuosa casa. Isso foi denunciado no blog DCM do jornalista Paulo Nogueira.

    http://www.diariodocentrodomundo.com.br/o-triplex-do-lula-versus-a-casa-dos-marinhos-numa-ilha-por-paulo-nogueira/

CaRLos

31/01/2016 - 16h00

Quanto ao esclarecimento do Instituto Lula, preparem-se, porque irão criar algo novo. Somente as ruas podem resolver isso.

Responder

CaRLos

31/01/2016 - 15h55

Não é possível, a ditadura “legalista” está pegando todos que são de esquerda, principalmente as lideranças. Precisamos sair às ruas, como na diretas, pela liberdade de professar a pluralidade partidária. Ganhem nas urnas.

Responder

Deixe uma resposta