VIOMUNDO
O VIOMUNDO só é possível também através de anunciantes, e detectamos que você utiliza um AdBlock, bloqueador de anúncios.
Por favor considere ajudar o VIOMUNDO desativando o bloqueador para este site.
Cartas de Minas
Cartas de Minas

Por Obama, europeus colocam em risco vida de Evo Morales

03 de julho de 2013 às 09h41

Internacional| 03/07/2013 | Copyleft

A covardia europeia contra o presidente Evo Morales

Os europeus, os campeões da defesa da democracia, do Estado de Direito e da liberdade, demonstraram que suas relações com a Casa Branca estão acima de tudo e que podem pisotear os direitos de um avião presidencial caso isso seja preciso para que o grande império não se incomode com eles. Um rumor infundado sobre a presença no avião presidencial boliviano do ex-espião estadunidense Edward Snowden, conduziu a um sério incidente diplomático aeronáutico entre Bolívia, França, Portugal e Espanha.

por Eduardo Febbro, na Carta Maior

Paris – Os europeus são incorrigíveis. Para não ficar mal com o império norteamericano são capazes de violar todos os princípios que defendem nos fóruns internacionais. O presidente boliviano Evo Morales foi o último a experimentar as consequências dessa política de palavras solidárias e gestos mesquinhos.

Um rumor infundado sobre a presença no avião presidencial boliviano do ex-membro da Agência Nacional de Segurança (NSA) norteamericana, o estadunidense Edward Snowden, conduziu a um sério incidente diplomático aeronáutico entre Bolívia, França, Portugal e Espanha.

Voltando de Moscou, onde havia participado da segunda cúpula de países exportadores de gás, realizada na capital russa, Morales se viu forçado a aterrissar no aeroporto de Viena depois que França, Portugal e Espanha negaram permissão para que seu avião fizesse uma escala técnica ou sobrevoasse seus espaços aéreos.

Os “amigos” do governo norteamericano avisaram os europeus que Morales trazia no avião Edward Snowden, o homem que revelou como Washington, por meio de vários sistemas sofisticados e ilegais, espionava as conversações telefônicas e as mensagens de internet da maioria do planeta, inclusive da ONU e da União Europeia.

O certo é que Edward Snowden não estava no avião de Evo Morales. No entanto, ante a negativa dos países citados em autorizar o sobrevoo do avião presidencial, Morales fez uma escala forçada na Áustria. As capitais europeias coordenaram muito bem suas ações conjuntas para cortar a rota de Evo Morales.

Surpreende a eficácia e a rapidez com que atuaram, tão diferente das demoradas medidas que tomam quando se trata de perseguir mafiosos, traficantes de ouro, financistas corruptos ou ladrões do sistema financeiro internacional.

Segundo a informação da chancelaria boliviana, o avião havia obtido a permissão da Espanha para fazer uma escala técnica nas Ilhas Canárias. Essa autorização também foi cancelada e, finalmente, o avião teve que aterrissar no aeroporto de Viena.

Segundo declarou em La Paz o chanceler boliviano David Choquehuanca, “colocou-se em risco a vida do presidente que estava em pleno voo”. “Quando faltava menos de uma hora para o avião ingressar no território francês nos comunicam que tinha sido cancelada a autorização de sobrevoo”.

O ministro pediu uma explicação tanto da França quanto de Portugal, país que tomou a mesma decisão que a França.

“Queremos nos amedrontar. É uma discriminação contra o presidente”, disse Choquehuanca.

Em complemento a esta informação, o portal de Wikileaks também acusou a Itália de não permitir a aterrisagem do avião presidencial boliviano.

Em Paris, o conselheiro permanente dos serviços do primeiro-ministro Jean-Marc Ayrault disse que não tinha nenhuma informação sobre esse assunto. Por sua vez, a chancelaria francesa disse que não estava em condições de comentar ocaso.

Bocas fechadas, mas atos concretos.

Ao que parece, todo esse enredo se armou em torno da presença de Snowden no aeroporto de Moscou. Alguém fez circular a informação de que Snowden estava no aeroporto da capital russa com a intenção de subir no avião de um dos países latino-americanos dispostos a lhe oferecer asilo político. Snowden é procurado por Washington depois de revelar a maneira pela qual o império filtrava as conversações no mundo.

O chanceler boliviano qualificou como uma “injustiça” baseada em “suspeitas infundadas sobre o manejo de informação mal intencionada” o cancelamento das permissões de voo para o avião de Evo Morales.

“Não sabemos quem inventou essa soberana mentira; querem prejudicar nosso país”, disse Choquehuanca.

“Não podemos mentir à comunidade internacional e não podemos levar passageiros fantasmas”, advertiu o responsável pela diplomacia boliviana.

Em La Paz, as autoridades adiantaram que não receberam nenhum pedido de asilo por parte de Edward Snowden.

Evo Morales havia evocado a possibilidade de conceder asilo a Snowden, mas só isso. O mesmo ocorreu com outra vítima da informação e da perseguição norteamericana, o fundador do Wikileaks, Julian Assange.

O mundo ficou pequeno para Edward Snowden. 

Assange está refugiado na embaixada do Equador em Londres e Snowden encontra-se há dez dias na zona de trânsito do aeroporto de Sheremétievo, em Moscou. Segundo Dmitri Peskov, o secretário de imprensa do presidente Vladimir Putin, o norteamericano havia solicitado asilo a Rússia, mas depois “renunciou a suas intenções e a sua solicitação”.

Peskov esclareceu, porém, que o governo russo não entregaria o fugitivo para a administração norte-americana: “o próprio Snowden por sincera convicção ou qualquer outra causa se considera um defensor dos direitos humanos, um lutador pelos ideais da democracia e da liberdade pessoal. Isso é reconhecido pelos ativistas e organizações de direitos humanos da Rússia e também por seus colegas de outros países. Por isso é impossível a entrega de Snowden por parte de quem quer que seja a um país como os EUA, onde se aplica a pena de morte.

Quando se referiu ao caso de Snowden em Moscou, Evo Morales assinalou que “o império estadunidense conspira contra nós de forma permanente e quando alguém desmascara os espiões, devemos nos organizar e nos preparar melhor para rechaçar qualquer agressão política, militar ou cultural”.

Os europeus, os campeões da defesa da democracia, do Estado de Direito e da liberdade, demonstraram que suas relações com a Casa Branca estão acima de tudo e que podem pisotear os direitos de um avião presidencial caso isso seja preciso para que o grande império não se incomode com eles.

Tradução: Marco Aurélio Weissheimer

Leia também:

Tijolaço: Globo admite que sonegou, mas pagou

Jamil Chade: TV brasileira envolvida no suborno a Teixeira e Havelange

Globo reafirma que pagou dívida à Receita; MP aguarda informações

Barão pedirá que MP investigue sonegação da Globo

Miguel do Rosário: Globo cobrada em R$ 615 milhões por sonegação 

Altercom: Relatório da Secom comprova concentração de verbas

Pimenta cobra; Secom diz que faz mídia “técnica”; Globo recebeu R$ 5,86 bi

Renato Rovai: A chamada mídia técnica versus a qualidade democrática

Venício Lima: Por que o governo deve apoiar a mídia alternativa

 

97 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Jose Mario HRP

08/07/2013 - 19h05

A Europa ,hoje, é “cercado’ de porcos!

Responder

J Souza

07/07/2013 - 10h14

“Yes, we can”… Voo Iran Air 655…

Responder

Três países oferecem asilo a Edward Snowden - Viomundo - O que você não vê na mídia

06/07/2013 - 22h53

[…] Europeus colocam em risco a vida de Evo Morales […]

Responder

    J Souza

    07/07/2013 - 10h18

    Seja qual for o país que asilar Snowden (copiou, NSA?), poderá sofrer sanções econômicas impostas pelo braço político dos EUA, a ONU. Ai o Brasil acaba entrando indiretamente na história…

Iza

04/07/2013 - 01h47

Será que os criminosos, os assassinos de mulheres e crianças do Estado terrorista, teriam coragem para fazer o que fizeram, se o avião fosse de Vladimir Putin?

Responder

    Hermes Milani

    06/07/2013 - 21h49

    Iza, infelizmente existe uns oligofrênico a favor dos genocidas EUA/OTAN.
    A NSA estadunidense armazena todo tipo de registros (número do telefone discado, tronco e ramal utilizados; duração, data, local e hora; endereço do remetente e do destinatário de e-mails, bem como endereço de IP inclusive dos sites visitados). Faz a mesma coisa com quem liga e com quem recebe na outra ponta da linha, ou em outra tela de computador… Quem estiver a favor dos EUA estará contra si próprio !!! Quem estiver solidário a Snowdem sabe que Vladimir Putin, Daniel Ortega, Nicolás Maduro, Evo Morales e Rafael Correa são benfeitores da humanidade. Copie e cole:
    >—>
    http://t.co/zw2dR5my7b

FrancoAtirador

04/07/2013 - 01h15

.
.
As aventuras de um romântico do país dos duplos critérios

Por Irina Tsiplakova, na Voz da Rússia

O escândalo à volta dos documentos secretos e das revelações de Edward Snowden continua a aumentar.
O presidente francês François Hollande apelou aos países da União Europeia para que estes tomem uma posição concertada acerca das escutas feitas às representações diplomáticas dos países europeus pelos serviços secretos norte-americanos.
Paris não tenciona realizar quaisquer conversações com Washington enquanto não receber garantias quanto ao fim da vigilância sobre os seus diplomatas e sobre os representantes de outros países da UE.

O escândalo das escutas a 38 embaixadas e missões diplomáticas estrangeiras, incluindo de países aliados que integram a OTAN, é comentado por Georgi Georgiev, vice-editor-chefe do jornal búlgaro Duma.
Ele considera que as revelações de Snowden terão consequências a longo prazo nas relações entre os EUA e a Europa:

“Os serviços secretos dos principais países se vigiam uns aos outros. Essa prática já existe há décadas e não irá desaparecer no futuro.
Os problemas são os seguintes: neste caso são escutadas instituições de países aliados.
Penso que isso irá ter uma influência negativa nas relações não só dos europeus com as suas elites políticas ligadas aos EUA, mas também nas relações entre os europeus e os estadunidenses em geral.
Eu não excluo que nos próximos dias tenha lugar um certo arrefecimento desse escândalo, porque os dirigentes dos países europeus e das estruturas da UE dificilmente quererão se confrontar com os EUA, mas o aumento dos sentimentos antiamericanos irão receber um novo impulso, devido às revelações de Snowden, precisamente na Europa.
A conclusão mais importante que parece se evidenciar devido a esses acontecimentos é a América estar a perder o monopólio na esfera das informações e isso irá, antes de mais, prejudicá-la a ela própria.
Nas últimas décadas, a força dos EUA se baseava na imagem mediática dos Estados Unidos como o império do Bem. Mas recentemente ocorreu o grandioso escândalo das revelações da WikiLeaks.
Agora, o testemunho foi passado para Snowden.
Podemos prever que haverá novas sensações.
Isso significa que nas estruturas públicas dos EUA estão a aparecer cada vez mais pessoas que compreendem a enorme disparidade existente entre as palavras e os atos, e isso impulsiona-as a desmascarar os duplos critérios da política externa norte-americana, os quais se vão tornando cada vez mais evidentes.”

Haverá algum país que irá, por fim, conceder asilo a Snowden?

Georgi Georgiev considera que ainda é cedo para tirar conclusões:

“A motivação dos atos de Edward Snowden tem um caráter não-comercial evidente, eu vejo um certo romantismo no seu comportamento. Quanto a conceder-lhe asilo político, ainda não é claro se algum dos mais de 20 países se decidirá a fazê-lo.
Os EUA exercem uma pressão enorme sobre cada um deles, mas espero que haja pelo menos um país latino-americano que conceda asilo a Snowden.
Ele retirou o seu pedido relativamente à Rússia por ter considerado como inaceitáveis as condições que lhe foram apresentadas pela parte russa.
Antes de mais, o que está a acontecer é um grande teste a muitos países ocidentais, que se posicionam como campeões do liberalismo, da democracia e dos direitos e liberdades individuais.
Até que ponto eles estarão dispostos a ajudar um homem perseguido pela máquina estatal estadunidense?
Vamos ver como eles irão defender Snowden.
Ou será que o jogo duplo dos EUA que ele denunciou é também uma característica das outras democracias na Europa?”

(http://portuguese.ruvr.ru/2013_07_03/As-aventuras-de-um-romantico-do-pais-dos-duplos-criterios-2470)

Responder

FrancoAtirador

04/07/2013 - 00h59

.
.
UNITED STATES PARTIRAM PRO TUDO OU NADA: GUERRA TOTAL!
.
.

Responder

    Lenine Braga

    04/07/2013 - 10h20

    Hahahahahahahahahahahaha.

Ednaldo Vieira osta

03/07/2013 - 23h11

Eles querem prender o único americano digno.

Responder

    Zanchetta

    04/07/2013 - 08h32

    Assim como fizeram com o Marcos Valério, o único brasileiro digno…

    Lenine Braga

    04/07/2013 - 14h12

    Não. O único brasileiro digno é o José Dirceu.

FrancoAtirador

03/07/2013 - 22h57

.
.
PRESIDENTES DE CHILE E PERU, DA ALIANÇA DO PACÍFICO,

MANIFESTAM SOLIDARIEDADE AO PRESIDENTE EVO MORALES

E REPUDIAM AÇÕES DOS PAÍSES EUROPEUS CONTRA A BOLÍVIA

Chile rechaza acciones de Europa en contra de Morales

Radio Fides

El Gobierno de Chile dio a conocer este miércoles un comunicado el cual rechaza las acciones que asumieron los cuatro países de Europa contra el presidente de Estado, Evo Morales.

La administración de Sebastián Piñera dijo lamentar la situación generada con el mandatario boliviano a tiempo de expresar que su país “confirma la necesidad de que ante situaciones como ésta se respeten las normas del derecho internacional y el trato que se le debe a la aeronave de un Jefe de Estado”, señala la declaración emitida por Prensa Latina.

La carta añade que al igual que otros países, Chile hace un llamado a las instancias aclarar lo ocurrido con el mandatario del país altiplánico.

Francia, Francia, Portugal, España e Italia, la noche de este pasado martes se negaron a ceder los espacios aéreos al avión presidencial boliviano debido a la denuncia de que en el interior del aeronave se encontraba el ex agente de la CIA, Edward Snowden.

Christian Rojas/ Grupo Fides

(http://www.radiofides.com/noticia/Politica/Chile_rechaza_acciones_de_Europa_en_contra_de_Morales)
.
.
Gobierno [chileno] rechazó lo ocurrido con Presidente Morales y pidió aclarar lo sucedido

Mediante un comunicado de prensa, el Gobierno de Chile salió a rechazar el impasse sufrido por el Presidente de Bolivia, Evo Morales, luego de que se le negara sobrevolar territorio de diversos países europeos ante las sospechas de que llevara en el avión a Edward Snowden.

“El Gobierno de Chile lamenta y rechaza la situación a la que fue expuesto el presidente del Estado Plurinacional de Bolivia, señor Evo Morales Ayma, cuando retornaba vía aérea desde Rusia a su país” indica el comunicado.

Además, en el documento se asegura que “Chile confirma la necesidad de que ante situaciones como ésta se respeten las normas del derecho internacional y el trato que se le debe a la aeronave de un Jefe de Estado”.

Asimismo, agrega que “sin perjuicio de que Chile respalda y participa en la emisión de una declaración de Unasur al respecto, nuestro país hace un llamado a aclarar lo ocurrido”.

(http://www.radioagricultura.cl/client/19520-Gobierno-rechaz%C3%B3-lo-ocurrido-con-Presidente-Morales-y-pidi%C3%B3-aclarar-lo-sucedido.html)
.
.
Humala afirma que Evo Morales fue sometido a una “inadmisible situación”

El presidente de Perú, Ollanta Humala, expresó hoy su “solidaridad fraterna” con su homólogo de Bolivia, Evo Morales, por la “inadmisible situación” que enfrentó el martes cuando se impidió el vuelo de su avión sobre algunos países europeos.

“Reiteramos nuestra solidaridad fraterna con el presidente Morales y con el pueblo boliviano por la inadmisible situación que ha enfrentado a su regreso de Moscú, después de participar en la Segunda Cumbre del Foro de Países Exportadores de Gas”, declaró Humala a la agencia oficial Andina.

El gobernante recordó que los países de la Unión de Naciones Suramericanas (Unasur), cuya presidencia pro témpore ejerce Perú, se pronunciaron hoy en un comunicado expresando “la indignación que han suscitado tan desafortunados sucesos”.

Añadió que el bloque suramericano ha demandado que los hechos se aclaren y se ofrezcan las explicaciones del caso.

(http://www.eleconomistaamerica.com/flash/noticias/4965695/07/13/Humala-afirma-que-Evo-Morales-fue-sometido-a-una-inadmisible-situacion.html)

Responder

Lucas Parente

03/07/2013 - 21h40

O poderio norte americano é tão grande que o Brasil rasga a sua própria Constituição para, mais uma vez, ficar de 4 diante dos Estados Unidos.

***

Constituição Federal

Art. 4º A República Federativa do Brasil rege-se nas suas relações internacionais pelos seguintes princípios:

X – concessão de asilo político.

***

No entanto…

http://www.d24am.com/noticias/mundo/brasil-rejeita-pedido-de-asilo-de-snowden-diz-itamaraty/90283

Responder

Alex Gonçalves

03/07/2013 - 21h32

Tá tudo muito estranho, muito podre. Facebook, google, yahoo, etc, todos trabalhando pro governo americano. Mídia conservadora brasileira martelando o golpe. Golpe no Egito. Avião do presidente da Bolívia sequestrado pela europa pooddle dos EUA.

O mundo está dominado pelos fascistas.

Responder

Fabio Passos

03/07/2013 - 20h58

Impressionante.
Os ianques tem seus poodles espalhados por toda a europa. rsrs

Responder

    JULIO*Dilma2014/Contagem(MG)

    03/07/2013 - 21h26

    E aqui também.

    Fabio Passos

    03/07/2013 - 22h17

    Sem dúvida!

Bernardino

03/07/2013 - 20h50

Rosnar contra cachorro pequeno é fácil, por que os norte americanos não vão arrancar o ex-espião deles do território russo ? Digo-lhes porque; bomba atômica, quem tem, tem poder e voz !!
Responder MEU CARO EUTIMIO Pimentel sabias palavras as suas tambem jogo no seu time e pra mim quem tem armas nucleares,A bomba atomica é respeitado vide a COREIA pequenina que atodo momento desafia os IANQUES.Que pena que nosso Pais nao a tenha por pura COVARDIA dos MILICOS que a vida inteira lamberam as botas DO TIO SAM e passaram 20 anos no poder,tempo demais e nao a fizeram.É uma VERGONHA NACIONAL

Responder

Marat

03/07/2013 - 20h11

E essa porcaria de ONU? pra que serve? E os idiotas do Nobel, que deram o prêmio da paz para esse psicopata, guiado por psicopatas? e a tranqueira do TPI? Embrulha toda essa porcaria e toca fogo!!!!!!!!!!!!
E ai, rapaziada da Avenida Paulista: Não fiquem dando atenção nem dinheiro para os malandrinhos da UNICEF, hein… é bem capaz de uma parte considerável da grana ir para a OTAN matar… criancinhas no Afeganistão e onde mais o Império do IV Reich desejar!!!!!!!!

Responder

Marat

03/07/2013 - 20h09

Os digníssimos presidentes, primeiros ministros e outros quejandos europeus (até tu, Portugal…) converteram-se em empregadas domésticas do famigerado Império do IV Reich… Jovens do mundo: o futuro para vocês será negro… Essas manifestações na Turquia, Egito, Brasil etc., etc., etc., são o pequeníssimo aperitivo do que está por vir: muitas guerras, muito sangue, muita destruição, muita prostituição e miséria espera por vocês… se a parcela pensante (que é pequena!de estadunidenses não se mexer e nao começar ali os protestos e, quiçá, uma guerra civil, o destino do mundo ficará nas mãos desses seres vis e abjetos, que proliferam suas torpes ideias e suas macabras e sujas políticas!!! Acorda mundo…

Responder

Lafaiete de Souza Spínola

03/07/2013 - 19h11

O BRASIL PRECISA INVESTIR ALTO, EM EDUCAÇÃO!

FORTALECER SUAS RELAÇÕES COM TODA AMÉRICA LATINA!

FORTALECER AS FORÇAS ARMADAS COM PRODUTOS E TECNOLOGIAS PRÓPRIOS!

Está disponível na internet uma grande gama de informações esclarecedoras; muito bem fundamentadas e algumas foram comprovadas com os vazamentos de documentos sigilosos pelo Wikileaks; de que nosso desenvolvimento tecnológico sofre sabotagens de todo tipo, daqueles que não desejam ver o nosso país no cenário internacional com produtos de alto índice tecnológico. O interesse é que sejamos, exclusivamente, fornecedores de comodities!

Vejam, só, como exemplo, os revezes e sabotagens praticados ao PROJETO ESPACIAL BRASILEIRO, tendo seu ápice na explosão da base de Alcântara, quando tudo foi destruído e as vidas de 21 cientistas foram ceifadas, em 22 de agosto de 2003.

Até nossos satélites para uso nas telecomunicações, na vigilância do desmatamento, no monitoramento do clima estão sendo lançados no exterior, apesar de Alcântara ser um local privilegiado para essa atividade. Os interesses mesquinhos entrelaçam-se.

A sabotagem indireta é um ataque silencioso e muito perverso que o Brasil e o seu Programa Espacial vêm sofrendo, sem tréguas, já faz mais de 20 anos. Tudo isso acontece porque recebem a ajuda e cooperação dos mesmos que lutam contra a educação no Brasil.

Responder

Francisco

03/07/2013 - 19h03

Nada de novo no ar…

“Índio bom é índio morto”.

A américa latina é que se (auto) engana…

Porque a Russia pode dar asilo na boa e Evo toma “baculejo” do nada?

América latina! É a bomba, estúpida!

Responder

FabioT

03/07/2013 - 18h29

agora que o governo da Bolivia ou qualquer outro pais sulamericano devia mesmo dar asilo ao Snowden, , alias se o governo brasileiro tivesse aquilo roxo ia querer ter uma conversa com o snowden pra saber o que os yankees andaram aprontando por aqui, (coisa que a china e a russia ja fizeram)

Responder

FrancoAtirador

03/07/2013 - 17h03

.
.
DEMOCRACIA DIRETA RELÂMPAGO NO EGITO

1) A Oposição Partidária organiza um Movement pelas redes sociais na internet para protestar nas ruas da Capital contra o Presidente eleito;

2) O Movement faz um abaixo-assinado com 22 milhões de assinaturas pedindo que o Presidente eleito deixe o cargo;

3) A Mídia Internacional repercute positivamente o Movement no mundo inteiro;

4) As Forças Armadas resolvem apoiar o Movement, depõem o Presidente eleito, suspendem a Constituição e nomeiam o Chefe da Côrte ‘Constitucional’ como Presidente Interino.

5) Democracia Direta Relâmpago.
.
.

Responder

    FrancoAtirador

    03/07/2013 - 17h40

    .
    .
    PÉROLAS DA MÍDIA BANDIDA BRAzILEIRA
    .
    .
    Bandeirantes

    “Não houve golpe, porque os militares
    não precisaram fazer uso da força
    para depor o Presidente eleito”
    .
    .
    Globo

    “As Forças Armadas responderam
    aos anseios democráticos da população”
    .
    .
    Globo

    “Professora braZileira que mora no Egito
    diz que, ‘pelas notícias que ouviu’,
    a deposição do presidente foi justa”

    (http://g1.globo.com/videos/t/manifestacoes/v/professora-que-mora-no-egito-diz-que-populacao-comemora-queda-do-presidente/2670501)

    Marat

    03/07/2013 - 20h27

    Meu amigo, onde fica o manicômio mais próximo?

    FrancoAtirador

    03/07/2013 - 18h55

    .
    .
    TV AL-JAZEERA TRANSMITE AO VIVO

    DISCURSO DO PRESIDENTE ELEITO

    CONCLAMANDO O POVO À RESISTÊNCIA.

    Militares fecham a sede da AL-Jazeera

    e prendem os jornalistas da emissora.
    .
    .

    FrancoAtirador

    03/07/2013 - 18h56

    .
    .
    Rede Globo condena a ‘atitude’ da TV Al-Jazeera.
    .
    .

    Francisco

    03/07/2013 - 19h05

    Pronto! É assim que vão fazer aqui coim Dilma!!

    Facebook virou urna!!!

    Dilsom

    04/07/2013 - 19h52

    E Lula não ajuda nada chamando Dilma de teimosa.

Maria Rita

03/07/2013 - 16h54

EUA devem estar meio desesperados, não? Parece até a oposição nossa de cada dia. Desculpe a falha, esqueci que nossa oposição é toda monitorada. Tem ameaça aqui, visitinhas aqui e ali, oportunismos de tudo quanto é lado, quietude demais de onde esperamos um som, por mínimo que seja. Não é só aqui que está esquisito. Mas, tem uma coisa que acredito nesse momento. A mudança que todo mundo só atribui à Internet e às chamadas primaveras começou sim, onde deveria começar, com Manning, Assange e Edward Snowden. Vem chumbo grosso por aí. Quem está nu agora é o sistema de poder americano e sua maior aliada, a Inglaterra.

Responder

    Marat

    03/07/2013 - 20h29

    Maria Rita, a Inglaterra, há muito tempo é apenas um porta-aviões dos EEUU!

Liz Almeida

03/07/2013 - 16h28

Esse leste europeu… Ao invés de tratarem bem países em que podem confiar, podem firmar boas parcerias… vão baixar a cabeça para os EUA, que os espionam e os tratam como inimigos.

Não é a toa que os europeus estão em sitação caótica.

Responder

    Liz Almeida

    03/07/2013 - 17h10

    Onde se lê ‘leste europeu’, leia-se ‘europa ocidental’… puf

Scan

03/07/2013 - 16h17

Ah, Hollande, Hollande…
Descubro agora a verdadeira razão da separação: Ségolène tinha mais colhões que você.

Responder

    Lafaiete de Souza Spínola

    03/07/2013 - 18h28

    PARTIDO “SOCIALISTA” FRANCÊS.

    E ainda querem comprar aviões militares desse país.

    Precisamos da nossa própria tecnologia!

    Precisamos investir em educação!

Julio Silveira

03/07/2013 - 16h17

Quero ver aonde reside a solidariedade latina e a postura que o Brasil terá perante as nações unidas, já que tanto defende uma cadeira nessa organização. Agora é a hora de mostrar que não será apenas para reforçar o ego politico de algum dirigente nacional, sem nenhum sentido pratico a não ser para manter-se com a subserviência de colônia. As leis internacionais só devem servir para enquadrar países em desenvolvimento?

Responder

Silvio I

03/07/2013 - 16h03

Creio que se deve pagar na mesma moeda, a os países, Portugal, Espanha, e França. Os países Sul Americanos se devem reunir, e determinar que nenhum avião, com a bandeira de esses países, poderá no sucessivo sobrevoar o espaço sul americano, ate que eles não apresentem às desculpas diplomáticas necessárias a Bolívia. O que fizeram estes países e muito grave, por desrespeitar um presidente de um país, que de acordo com tratados internacionais pode viajar por todo o mundo, e se deve respeitar o espaço aéreo por onde ele se move.

Responder

    Elias

    03/07/2013 - 17h03

    Estou completamente de acordo com o seu comentário, Silvio I.

    Edmar

    03/07/2013 - 19h18

    PORISSO, Dilma e Padilha, qualquer médico cubano virá como ao paraíso por um salário de R$-5000,00. Vetem médicos POTUGUESES ou ESPANHOIS, cujos países pisaram nos nossos irmãos que para lá emigraram (acho até bem feito), especialmente os dentistas. Até porque acham pouco ganhar o salário que o SUS paga pros médicos brasileiros. A UNASUL deve começar a exigir visto de franceses, portugueses, espanhois e italianos que queiram vir pra Amárica do Sul. Afinal, podem ser agentes do Obama Bim Laden.

    Scan

    03/07/2013 - 19h40

    Ou seria Obama Bin Biden?

    Mário SF Alves

    03/07/2013 - 21h36

    Acrescente-se aí: além de desrespeitar, colocar em risco a vida do presidente Evo Morales.

    simas

    03/07/2013 - 21h48

    Ora, Silvio, na mesma hora, França, Portugal, Espanha e Itália… pedirão mil desculpas, dirão q foi um tremendo mal entendido e vai ficar tdo bem… Vc pensa o q?
    O notável, de tdo, é q mais países não se meteram, nessa, mto provavelmente, foi pq não houve tempo… Kakakakkkk…. É mta baixaria. A falta de escrúpulos na política, no geral, anda deslavada. Como confiar nos governos de países do velho mundo, berço da civilização ocidental?… E, ainda, criticam a civilização árabe. Com q autoridade, o fazem?… Berço, por berço… eu não sei, não. Heim?…

Elias

03/07/2013 - 15h59

Com se vê, o “complexo de vira-lata” também se aplica a países como Portugal, Espanha, França, Itália…

O que mais me frustrou foi ver François Hollande (um socialista) reagir às espionagens estadunidenses na Europa e no dia seguinte impedir Evo Morales de pousar seu avião na França.

Quanto ao Brasil negar asilo a Edward Snowden não me surpreende. Snowden não é Battisti, e Dilma não é Lula. Sem contar a onda de manifestações. Seria a gota d´água.

Responder

    simas

    03/07/2013 - 22h31

    Mas… Elias, eu q não leio jornais, revistas e mto menos vejo TV… Mesmo, assim, estou, faz dois ou três dias, a ouvir q o ex-expião americano poderia pedir asilo à Bolívia; q, parece, a Bolívia estaria disponível… Nada certo; tdo suposições. Q outros países haviam sido sondados; porém, declinaram de se envolver.
    Um fato, outro e importante, vc não pode deixar de considerar. O país q der asilo ao rapaz está seriamente envolvido em conflito, com os EEUU. Vc já pensou no q poderia advir, dessa situação? A Rússia está se esquivando de receber o rapaz e vc acharia uma boa alguém recebê-lo, pra bancar o macho? A menor consequência, seria os EEUU fazerem o mesmo q fizeram… ao assassinar o Bin Laden. Loucura, cara. Qdo vc vê, assiste a sua Pres Dilma inerte, diante de tantas coisas indigestas, vc pensa q ela é uma fracota? Ou q ela estaria resguardando o prestígio do cargo? Mto duro, tomar decisões, fortes, diante da força… E no caso, ai, os EEUU são a força. Já eram, qdo os Russos levaram uns míseros mísseis pra Cuba, no passado, e os tiraram, na pressa, qdo admoestados. Vc quer o q? Brabera, meu caro.
    Não dá pra contestar o império americano. Ele está sendo carcomido, por dentro… Agora, dá, mto bem, pra fechar a TV “grobu”, lacrar, tdo; além, de recolher os passaportes da turma, até ao final do processo criminal… nessa justiça, q nós conhecemos, mesmo. Isso, dá.
    Abraço, fraterno

    Elias

    04/07/2013 - 01h08

    Excelentes observações, simas. Por isso eu disse ser compreensível o Brasil negar asilo a Snowden que, hoje, é talvez, inimigo nº 1 dos EUA.

    Elza

    04/07/2013 - 01h08

    Excelente análise simas, mt calma nesse momento, gostei muito das atitudes da Presidenta Dilma nessas últimas semanas, ela teve humildade, foi guerreira, foi rápida nas atitudes, agiu na hora q deveria, recuou quando foi preciso. Essa questão a qual o Brasil passa, ela é mt maior. Os sistemas velhos cairão, para poder nascer algo novo, q seja bom para todos, ñ para uma minoria. Se a presidenta tiver nesse fluxo, ela será reeleita sim.Ela terá q fazer mudanças na sua base parlamentar, já escrevi isto várias vzs. Muita coisa ainda virá. Um avizinho básico fiquemos atentos, nos fortaleçamos, pois Novembro poderá ter gente na rua novamente, querendo ñ sei o que e aí os oportunistas fascistas darão outra investida.AMOR, LUZ E PAZ PARA O BRASIL, A AMÉRICA LATINA, ENFIM PARA O PLANETA.

kalifa

03/07/2013 - 15h51

A margareth dather era o lulu do raegan agora a europa se conforma com menos!

Responder

Urbano

03/07/2013 - 15h30

Democracia, direito e liberdade deles, unicamente deles. Sambemos claramente o que vem a ser isso. Já vimos esse filme, embora em preto e branco.

Responder

    Urbano

    03/07/2013 - 15h37

    Eu escrevi sambemos, em vez de ‘sabemos’.

    Mário SF Alves

    03/07/2013 - 22h01

    Pô, não brinca Urbano. Que chato. Eu já estava afinando o pandeiro e a cuíca.
    _________________________________
    Sem problema. Sambemos por outros motivos. Sambemos pelo novo que um ainda há vir. Sambemos pelos e junto dos jovens e outros nem tão jovens que unidos e despertos estão a frustrar o hipnotismo doido da Central Gloebbels de Pseudo Jornalismo e Manipulação.

    __________________________________________
    Sambemos. Sambemos pelo fim da maldita dívida pública que desde 1988 soma montante de 10 trilhões de reais. Dez TRILHÕES de reais vazados pelo ralo da prepotência, soberba e ganância do sistema financeiro. Pelos dez TRILHÕES de REAIS que deveriam estar sendo aplicados na saúde; na educação; no transporte público URBANO; na constituição de cooperativas de consumo e trabalho em todos estados da federação; na constituição de uma rede nacional de cultura e informação política; no zoneamento agro-ecológico; na pesquisa agro-ecológica tropical; nas hidrovias; no apoio aos quilombolas e demais comunidades tradicionais, assim como na infraestrutura produtiva, COMBATAMOS. Sambemos. Sambemos pela solidariedade entre os povos. Sambemos e combatamos.

Marco

03/07/2013 - 14h47

Caiu mais uma camada da hipócrita violência dos eua e europa!!!

Responder

Julio Silveira

03/07/2013 - 14h40

E o Brasil? não nos esqueçamos, foi logo negando a possibilidade de Asilo. O que isto se configura?
A verdade é que com raras exceções o States mandam no mundo e a sua verdade torna-se prevalente, mesmo injusta.

Responder

Pedro

03/07/2013 - 14h13

Os EUA estão atrás dos cabeças de governos progressistas latino-americanos: Morales,Correa e Maduro onde já patrocinaram e continuam patrocinando golpes políticos contra os líderes. Se um governante brasileiro estivesse em Moscou agora e se manifestasse a favor dos direitos humanos de expressão e contra a espionagem americana certamente corre o mesmo risco. Justo Portugal, Espanha e França que pediram ajuda econômica ao Brasil teriam sido subservientes ao império e ajudado a abater um avião presidencial do Brasil. Vemos como são traíras e caras de pau pedindo auxílio financeiro à América Latina em momento de crise economica do bloco europeu. Quando estão bem nos tratam como cachorros de rua. E os lacaios da mídia noticiaram assim: O problema que SNOWDEN PROVOCOU ao presidente da Bolívia. É muita alienação e discurso de classe da mídia.

Responder

ADILSON SANTOS

03/07/2013 - 13h30

Compreendo que desconhecer o Pai biológico provaca crises de stress…..

Compreendo que ser expulso do Jardim da infancia por incapacidade neural é constrangedor ..

Compreendo que ter como dieta diária Capim , Feno e Alfafa não favorece a produção de neuronios funcionais …

Compreendo que a vacina contra a hidrofobia é dolorosa mas é necessaria no caso do tal thiago ou seja lá o vulgo deste bacilo …

Mas uma coisa eu ainda não compreendi : Evo Morales é irmão do tal Thiago ?

Fascistas não nascem !

São cagados !!

Responder

RicardãoCarioca

03/07/2013 - 13h28

E deram o Nobel da Paz pro Obama!!! kkkkkkkkkk

Responder

Edgar Rocha

03/07/2013 - 13h20

Parece que ninguém mais está ligando para as consequências de um absurdo como este ocorrido com o avião do Evo Morales. Uma hora, o caldo desanda. Quando uma arbitrariedade destas for cometida com alguém um pouco mais articulado politicamente e um pouco mais assertivo, quero ver se os que agiram desta forma terão a decência de desculpar-se em nome da paz e da estabilidade política no mundo. A soberba de alguém é proporcional à sua fragilidade ideológica. É preciso muito cinismo pra trair tão solenemente os valores que apregoa. É preciso ter certeza que é pela força – e somente por ela – que se conseguirá sustentar-se sobre os pés de barro. O recrudescimento das relações diplomáticas e políticas, tanto internamente como externamente, exige apenas um posicionamento veemente de algum setor da sociedade pra tornar-se uma avalanche insustentável de violência e terror. E sede de mudança. Quando a máscara da normalidade for prescindível aos que governam, não restará ao homem comum outra coisa senão o dizer “não”. Um não que pode ser proporcionalmente violento, mas que pode ser simplesmente um não ressonante e coletivo. Sem solo estável, o pé de barro desmorona. A escolha está em sermos retumbantes e rápidos como um terremoto, ou irredutíveis e cruelmente lentos como areia movediça. De minha parte, prefiro a segunda opção.

Responder

thoma

03/07/2013 - 13h16

Queriam o quê? Países europeus permitindo a fuga de um traidor num avião presidencial, sem passaporte? Esqueceram de informar que a Itália, além da França, Espanha e Potugal, também vetou a aterrissagem e voo do avião boliviano suspeito sobre seu território.

Responder

    Silvio I

    03/07/2013 - 16h16

    Estes países se esquecerão de que eles não têm poderes para proibir um avião, que pertence as Forças Aéreas de um país. Um pais que com o qual se mantém relações diplomáticas normais ,que não e beligerante.Esse avião e território Boliviano.

    Fernando

    03/07/2013 - 16h21

    Traidor? Snowden é um herói. Poderia ter ficado quieto, fazer-se de morto e fingir que nada sabia. Preferiu enfrentar a ditadura norte americana. Ditadura que prende e encarcera sem o devido processo legal. Ditadura que admite a tortura como forma de investigação Ditadura que espiona pessoas e nações.
    Traidores são eles e aqueles que os aplaudem, não o Snowden

Alice Matos

03/07/2013 - 12h39

Era a vida de um índio, ainda que presidente da Bolívia, que estava em jogo. Na velha Europa vida de índio nunca valeu nada, com Obama ou sem Obama

Responder

    Luiz Moreira

    03/07/2013 - 14h30

    Como os medicos americanos injetaram virus em Guatemaltecos e em negros americanos, devem ter usado os pais ou avós de OBAMA como COBAIA. Para produzir cretinos, que não respeitam em nada os outros e pensam que os EUA gosta deles e esquece cor de PELE. Os EUA (branco) já dizia: Indio bom é indio morto! Não disseram isto dos negros, mas pensam o mesmo.

Alice Matos

03/07/2013 - 12h37

Um absurdo desumanitário

Responder

Eutímio Pimentel

03/07/2013 - 12h20

Rosnar contra cachorro pequeno é fácil, por que os norte americanos não vão arrancar o ex-espião deles do território russo ? Digo-lhes porque; bomba atômica, quem tem, tem poder e voz !!

Responder

Fernandes

03/07/2013 - 11h38

Europa capacha dos EUA?

Já o são desde 1945!

O sistema do Capital foi, a partir dessa data, moldurado pelo imperialismo norte-americano.

Nada de novo nesse ato.

O Brasil que se cuide!

Deve iniciar imediatamente a produção da bomba e dos foguetes capazes de carrega-la.

Responder

    Bonifa

    03/07/2013 - 13h26

    São muito mais do que capachos. São meras colônias e fazem seus próprios povos pagarem tributos pesadíssimos ao governo colonial.

Gerson Carneiro

03/07/2013 - 11h16

“Tem que ser selado, registrado, carimbado
Avaliado, rotulado se quiser voar!

Plunct Plact Zum
Não vai a lugar nenhum!”

Raul Seixas. Não, pera. Obama.

http://www.youtube.com/watch?v=DlGtli559dQ

Responder

lulipe

03/07/2013 - 11h05

É o velho ditado:Manda quem pode, obedece quem tem juízo.Ou será que alguém em sã consciência acha que entre a Bolívia e os EUA, os europeus iriam ficar do lado mais fraco????

Responder

    Urban

    03/07/2013 - 12h17

    Não se trata de EUA versus Bolívia. Trata-se da ilegalidade versus o Direito Internacional.

    Scan

    03/07/2013 - 16h07

    Urban, Urban…
    Tentar explicar isto a uma fascista?
    Por certo perdeste o senso…
    []’s

    Mário SF Alves

    03/07/2013 - 22h14

    Perfeito, Urban. Na veia.

    Gabriel Braga

    03/07/2013 - 13h49

    Sabia que teria alguém pra defender os EUA.Sempre tem.E quando alguém critica qualquer política estadunidense,eles logo dizem que isso é paranóia de esquerdistas ou anti-americanismo infantil.

    E no caso em questão nem se trata de ficar do lado dos EUA ou não,mas o fato é que os países europeus simplesmente violaram a lei internacional para agradar um aliado.

    lulipe

    03/07/2013 - 17h44

    Em momento algum defendi os EUA ou a postura dos europeus, apenas constatei o óbvio.Os europeus devem ter avaliado o pedido americano e entre contrariar o parceiro mais importante do continente e desobedecer as previsões do Direito Internacional, optaram pelo último.E vai ficar por isso mesmo, infelizmente.

    wendel

    03/07/2013 - 14h03

    Não se trata de mais fraco ou mais forte, conforme diz o lulipe, mas sim conforme disseram, de Direito Internacional, simplesmente.
    Querer que alguns conheçam este direito, é exigir demais, mas o básico e coerente, deveria prevalecer sobre comentários infantis, mesmo aqui!

    Luiz Moreira

    03/07/2013 - 14h37

    Lulipe!
    Tu estás defendendo uma velha postura que meu pai dizia: Galinha tem de levar atrás e sair cantando. Política de homens corajosos e HONESTOS. Como tu. É bom pedires uma carta de nacionalização lá, pois teu espirito já concordou com qualquer canalhice. Desde que deles.

    simas

    03/07/2013 - 23h06

    ,,,risos Ainda mais, uma Itália, aquele país q começa a guerra, de um lado, com o andar da carruagem… passa pro outro lado, vencedor.
    Qto Portugal e Espanha são quintal da Europa. Pensar q esses dois países saquearam a América Latina, levando tdo q foi possível e são os povos mais pobres da Europa… A Espanha tomou tda a prata do México; toda, rapou, o taxo. Portugal, levou o q conseguiu em ouro e diamantes, de nosso País; e o mesmo destino, de pobreza. Engraçado é q todo o metal e pedras preciosos foram parar na Inglaterra. Eu não sei a razão…risos Don João chegou a fugir pro Brasil, pra salvar a a co-roa; qdo soube q Napoleão estaria interessadíssimo, vindo comer coxinhas de galinha por aqui, mesmo; coxinhas q ele guardava nos bolsos.
    Ah! O destino desses povos; uns, porcos e outros são espertos em prostituição.
    Poxa! Nosso País não pode se dar a esses luxos e concordar com um destino, menor. A gente precisa reagir. A Reforma Política está, paulatinamente, sendo esvaziada… Cada dia q passa, ela fica mais semelhante ao q sempre foi… E, uma pesquisa q rola no Portal IG; tdo fica igual; exceto a inclusão… do sistema eleitoral distrital (distrital, ao invés do voto proporcional, vigente). Uma porrada na cara do eleitor, do parte do Legislativo, por parte do Temer e cia…
    Vamos reagir, gente

Gerson Carneiro

03/07/2013 - 11h03

“Pluct plact Zum não vai a lugar nenhum”, Raul Seixas. Não, pera. Obama.

Responder

    Mário SF Alves

    03/07/2013 - 22h19

    Toc, toc, toc… ei, tem alguém aí? Ê, Gerson, você já havia dito isto.
    ____________________________
    Brincadeirinha… Poxa, prezado Gerson, diga isto tantas vezes lhe convier, amigo. E, a propósito, senti sua falta. Prazer em tê-lo junto de novo.
    _________________________________
    Abs.,
    Mário.

edson silva

03/07/2013 - 10h43

Mais uma vez a hipocrisia dos poderosos se mostra. A bolivia devia suspender a exportação de gás natural a esses países e o bloco do Mercosul se posicionar favorável a decisão e acompanhar os Bolivianos na decisão. Hoje foi com eles, amanhã pode ser com qualquer outro, inclusive com a Dilma. Assim como foi contra Jango.

Responder

    "Identificado com o Progressismo... e não com uma CIA de 'anonymous'."

    03/07/2013 - 14h30

    acontece que o líder regional (Brasil) está sob forte e intenso ataque coordenado pela CIA… Não se pode defender os irmãos quando se está apanhando igual cachorro do “grande irmão”.

    Silvio I

    03/07/2013 - 16h58

    Muito bem lembrado. A Dilma está baixo de um fogo intenso da CIA a traves do Twitter, Face book, Google, etc.etc.

    silveira

    03/07/2013 - 14h44

    Edson
    Deixa de ser patético. Vá se informar antes de falar bobagem. A Bolivia só exporta gas natural para o Brasil e Argentina.

Hélio Pereira

03/07/2013 - 10h39

É muito estranha a Liberdade de informação e liberdade democratica defendidas por Norte-americanos e Europeus.

Responder

    Acássia

    03/07/2013 - 11h34

    Mais cínicos que governos são os eleitores. Por isso quando alguma “maldição” baixa sobre um mortal português eu acho bom.

    Mário SF Alves

    03/07/2013 - 22h25

    Não, prezada Acácia, o problema não são os eleitores. O problema é a mídia bandida de lá. Toda ela comprada pelas grandes corporações que sequestraram em definitivo o Estado no País deles.
    _________________________________
    Solidariedade entre os povos… é tudo que o mundo mais precisa agora. Mas, para ambição e objetivo tão elevados, antes há que esmagar-se a dita Hidra de Lerna.

José X.

03/07/2013 - 10h34

Simples: os países europeus são capachos dos EUA.

Mesmo após as revelações (de polichinelo) de que eles são vergonhosamente espionados pelos EUA, eles deveriam pelo menos pro forma demonstrar algum nível de respeito próprio, afinal soberania nacional é algo com que não pode brincar.

O que se viu no entanto foi uma vergonhosa obediência imediata a um ato flagrantemente ilegal e imoral contra um presidente eleito de outro país.

A Europa virou lixo.

Responder

    Acássia

    03/07/2013 - 11h35

    Governo nada tem a ver com povo em nenhum país do mundo. Apenas se usa o povo para votar.

    Wildner Arcanjo

    03/07/2013 - 12h32

    Discordo, no final das contas, no conjunto, no íntimo, a máxima de que todo povo tem o Político e a Política que merece, não é só regra aqui no Brasil… Voto popular já mudou, e ainda muda, muitas políticas pelo Mundo (Venezuela, Bolívia, Equador, Brasil). Mas, já outros países, pela forma de pensamento e pelas “bandeiras” que seu povo defendem, não vão querer que outros povos se sobressaiam, ascendam, no cenário mundial. Enfim, o que eu quero dizer é que, em maior ou em menor grau, quem tem o osso não o quer largar, de jeito nenhum!

    Mário SF Alves

    03/07/2013 - 22h31

    Tá. E se fosse um Hitler a mandar nos USA, você acha mesmo que ainda assim esses quatro aí resistiriam? Ou seja, teriam agido de modo diferente?
    ___________________________
    Bom, como não é, então… deduz-se: pura covardia!
    __________________________________
    Pois é, prezado José X, é exatamente isso. E aí que mora o perigo.

euclides

03/07/2013 - 10h17

Simples. Todos os países sul-americanos deveriam expulsar os embaixadores dos países envolvidos nesta ação, e, com isso provocar uma crise internacional e abrir uma discussão sobre espionagem, controle da informação(intenet) e o uso de drones….e pedir um fim do atual modelo da ONU, onde as decisões importantes são tomadas pelo Conselho de Segurança, composto por5 países, em detrimento do resto do mundo..

Responder

    paulo

    03/07/2013 - 10h37

    Apoiadissimo. Para arua com todos os cagoes europeus.

    davenir

    03/07/2013 - 11h22

    concordo contigo, menos com a palavra “simples”

    Alexander de large

    03/07/2013 - 13h11

    Tá ai, gostei !
    Pena que os governos não tem culhões para fazer isso.
    Agora, que ia ser interessante, isso ia !

    CICCERO KLIMA

    03/07/2013 - 15h15

    E os peitões pra fazer isso. Onde estão os amigos de Evo Morales? amiguinhos do Mercosul…se limitaram a dar uma notinha na UNASUL que não é nada e nda é apenas um cabide de emprego para diplomatas aposentados. Pergunte ao Luiz Felipe Lampreia…a reposta dele será: “Segundo as leis de cada país é de direito a inspenção em casos como terrorismo e outros que o justifiquem” esses diplomatas mequetrefes de FHC o douto Senhor da ABL são aliados e alinhados com esses discursos vergonhosos. O Certo era a Dilma meter a boca em Obama e pedir que ele tenha respeito e responsabilidade a vida das pessoas ainda mais com o lider máximo de uma nação soberana que é a Bolivia. Vermes

    Jorge Santos

    03/07/2013 - 15h57

    Seria uma decisão forte. Importante.
    Soberania, respeito não se imploram. se conquistam.

    Jorge Santos
    Recife-PE

    Mário SF Alves

    03/07/2013 - 22h37

    Simples como? Com nossos tacapes, atiradeiras, pipas com cerol e bolas de gude?
    ____________________________
    É… simples, desde que… aperfeiçoemos o arsenal.

Deixe uma resposta