VIOMUNDO
O VIOMUNDO só é possível também através de anunciantes, e detectamos que você utiliza um AdBlock, bloqueador de anúncios.
Por favor considere ajudar o VIOMUNDO desativando o bloqueador para este site.
Cartas de Minas
Cartas de Minas

Pimenta: Lula denunciado por renovar Medida Provisória de FHC é um escárnio; é o auge da perseguição sem limites contra o ex-presidente; veja vídeo

11 de setembro de 2017 às 18h57

Pimenta: “Lula denunciado por Medida Provisória de FHC mostra que perseguição ao ex-presidente não tem limites”

da assessoria de imprensa do deputado Paulo Pimenta

Vice-líder do PT na Câmara, o deputado federal Paulo Pimenta (PT-RS) denunciou, mais uma vez, a perseguição do sistema de justiça ao ex-presidente Lula, após a denúncia do Ministério Público Federal, apresentada nesta segunda-feira (11) contra Lula por uma Medida Provisória editada por Fernando Henrique Cardoso.

Para o deputado, esse episódio é a comprovação da seletividade da Justiça e mais um exemplo de que não há limites, por parte de delegados, procuradores e juízes, em tentar criminalizar e destruir a figura de Lula, que lidera todas as pesquisas para as eleições de 2018.

Segundo Pimenta, a Medida Provisória, editada em 1999, ainda pelo governo tucano de FHC, e alvo de investigação pela PF, possibilitou a descentralização da indústria automobilística no Brasil, com a ida da Fiat para o estado de Pernambuco, a Ford para a Bahia, e a Hyundai e a Mitsubishi para Goiás.

Dez anos após, já em 2009, houve a renovação dessa MP pelo Congresso Nacional. Na Câmara, o relator dessa MP foi o deputado José Carlos Aleluia (DEM-BA), no Senado, César Borges (ex-governador da Bahia e ex-DEM).

Pimenta lembra que a aprovação por unanimidade da Medida Provisória, com manifestações entusiasmadas dos líderes do PSDB, PMDB e DEM, foi comemorada também pelos então governadores de Pernambuco e Goiás, Eduardo Campos (PSB) e Marconi Perillo (PSDB).

“Após tudo isso, qual a conclusão do MPF? Que o ex-Presidente Lula foi beneficiado por ter renovado essa MP. É um escárnio, é o auge da perseguição contra o ex-Presidente”, denuncia o deputado Pimenta.

Em março de 2016, durante a CPI do Carf, Pimenta esteve frente a frente com o delegado da PF Marlon Cajado, responsável pelo indiciamento de Lula pela MP editada por FHC.

Ao ser questionado pelo deputado Pimenta, o delegado da PF não soube explicar por que havia indiciado Lula e afirmou nunca ter cogitado chamar FHC para depor por entender que a presença do tucano para esclarecimento dos fatos não era importante.

Veja também:

Pimenta: MPF denunciar Lula por Medida Provisória de FHC é um escárnio

 Janot escondido atrás de caixas de cerveja, o retrato da degradação do Judiciário brasileiro

 

 

 

12 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Messias Franca de Macedo

12/09/2017 - 15h37

… Falando no “Brasil, cada um quer derrubar o outro” do megamafioso MT…
O eminente jurista e emérito atual governador do Maranhão Flávio Dino demonstra que o rábula ‘psicoPATO’ mor(T)o’, pior do que um INFAME juizeco de piso de quinta… Considerando as surubas federais, o DEMoTucano protofascista ‘mor(T)o’ é um “bolinador processual”!
Entenda

FLÁVIO DINO EXPLICA POR QUE A SENTENÇA DE MORO É FRÁGIL E LULA DEVE SER ABSOLVIDO
https://www.youtube.com/watch?v=iNL8sBTUAAc

Responder

    Messias Franca de Macedo

    12/09/2017 - 15h40

    Ajuste

    … Falando “no Brasil, cada um quer derrubar o outro” do megamafioso MT…

Pedro Noronha

12/09/2017 - 11h13

Acho q pegaram a questão pelo lado errado…

Pouco importa se a MP foi de FHC ou de Pedro Alvares Cabral!

Se Lula agiu, na renovação desta MP, motivado por interesses particulares (propina), ele cometeu crime.

Se ele agiu apenas baseado nas suas convicções e atribuições de Presidente, zero problema!

É isso q deve ser investigado…

Responder

    bonobo de oliveira, severino

    12/09/2017 - 14h25

    Vc leu o texto? A medida foi analisada e aprovada pelo Congresso, Camara e Senado. Se não leu, leia de novo e preste atenção no que leu.

    LANDO CARLOS

    12/09/2017 - 16h46

    com certeza você e um coxinha agindo de ma fé, lula acho que e o cara mais investigado do mundo,ou você e a favor do não tenho provas mas tenho convicção ou a literatura me permiti condenar sem provas,lamento sua posição.

    Pedro Neiva

    12/09/2017 - 18h19

    LANDO CARLOS

    Sua vida seria tão mais fácil se vc soubesse ler!!!

    bonobo de oliveira, severino

    Mantenho 100% do q escrevi… o fato do Congresso ter aprovado não inocenta (e nem culpa) Lula!

    O q precisa ser esclarecido é se Lula teve algum tipo de “incentivo” para decidir pela renovação da MP… Se não teve, zero problema… Se teve, é corrupto!

Oráculo

12/09/2017 - 09h11

Eles querem prender o Lula amanhã, quarta-feira 13, porque 13 é o número do PT.

Veja o que mostra esse vídeo: https://youtu.be/oBvefspp2WU

Responder

Roberto

12/09/2017 - 09h09

Pouco importam provas. A elite PRECISA prender Lula e riscar o PT do mapa para continuar adestruir direitos dos trabalhadores, entregar patrimônio público a preço de fim de feira e transformar o Brasil em Paraguai. A elite brasileira segue ordens do Pentágono.

Responder

leonardo-pe

11/09/2017 - 23h00

é mais 1 passo rumo a prisão do Lula. e como tem trouxa achando que o Lula não será detido. ainda acham que vai ser eleito no ano que vem.

Responder

Antonio

11/09/2017 - 22h31

Está claro que vivemos um golpe judiciário-midiático.
Penso que seja perda de tempo discutirmos aspectos como esse colocado pelo deputado Pimenta.
O que importa nesse golpe não é a punição de culpados, mas o fato, seja ele verídico ou não.
Há mais de três anos isso vem ocorrendo e o que temos no final é o que chamam de pós-verdade.
O fato repercute na sociedade, os contrários aceitam como verdade divina e os prós refutam como mentira.
Perdemos tempo, como perde tempo o deputado Pimenta que a exemplo de outros do PT e de outros partidos ditos oposicionistas nada mais fazem do que jogar para a torcida.
Qual o sentido de uma oposição quando sabem que mais de trezentos deputados foram comprados?
Qualquer medida vinda do usurpador traidor é aprovada.
Cansei de postar nas redes sociais um fac-simile de um manifesto que deveria ser assinado por todos informando ao país e ao mundo que a venda de patrimônio público não seria reconhecida, caso essa oposição consiga assumir o poder. Informam o país e o mundo que reverterão todas as privatizações com prejuízo aos tais investidores.
Quem se dispôs assinar!
Esse mesmo deputado em função de críticas que fiz a ele nas redes, dirigindo-me a ele, me bloqueou.
Que democracia esse paspalho prega? A democracia em que ele manda e os outros abaixam a cabeça?
Essa!
Cansei de postar nas redes sociais que essa dita oposição, diga-se de passagem, com raríssimas exceções é tão ou mais canalha que aqueles que dão apoio ao usurpador.
Estão discutindo a reforma política como ouvi em entrevista do dep Zarattini. Reforma política no que é hoje uma verdadeira pocilga! Reforma vinda o Planalto com o fim de perpetuar a quadrilha no poder.
E o PT discute, apresenta propostas, todos de olho na verba que virá!
Pobre país!
Tenho para mim que o Antigo Brasil acabou, no seu lugar surgiu uma republiqueta feudal fundamentalista (minúsculas) em que o regime vigente é a canalhocracia.
Republiqueta apoiada por boçais da classe média e que tem apoio dos oficiais generais das forças armadas que batem continência, no caso, ao seu comandante supremo e pouco se lixam que esse comandante, informante de país estrangeiro vende a soberania.
Nada de estranho, Bolsonaro é um entre muitos, esses que estão ai comandando as tropas ávidas para fazer o que as forças armadas fazem muito bem: REPRIMIR, BATER, PRENDER, TORTURAR A MATAR BRASILEIROS, para outra coisa não servem.
Uma das poucas forças armadas que como instituição já se voltaram contra seu próprio povo.

Responder

Bel

11/09/2017 - 20h00

Tô achando que essas denúncias contra Lula e Dilma é para segurar o povão longe das ruas. Com a dúvida na cabeça, as pessoas ficam em frente à televisão esperando a próxima noticia. É muita coincidência essas denúncias contra os petistas sendo alardeadas quase ao mesmo tempo que as contra os golpistas.

Responder

Francisco de Assis

11/09/2017 - 19h29

O delegado da PF Marlon Cajado é irmão do deputado Carlos Cajado (DEM-BA), do mesmo partido e estado de José Carlos Aleluia (DEM-BA), relator da MP na Câmara. O irmão do delegado foi Procurador da Câmara, escolhido a dedo pelo gangster Eduardo Cunha.

Responder

Deixe uma resposta