VIOMUNDO
O VIOMUNDO só é possível também através de anunciantes, e detectamos que você utiliza um AdBlock, bloqueador de anúncios.
Por favor considere ajudar o VIOMUNDO desativando o bloqueador para este site.

Lindbergh Farias: Globo quer repetir a história do golpe militar de 1964 como farsa

06 de março de 2016 às 20h11

globo_ditadura

GLOBO INCITA A ENTRADA EM CENA DOS MILITARES

por Lindbergh Farias, no Facebook

A Rede Globo tem um projeto para o Brasil: repetir a história do golpe militar de 1964 como farsa. Através das colunas de Merval Pereira e Ricardo Noblat, publicadas na edição de O Globo de hoje e na internet, de maneira artificial e imaginosa, instigam pela entrada em cena dos militares na crise política, reeditando a tradição autoritária do bonapartismo brasileiro.

O grande consórcio, que permitiu a uma empresa familiar detentora da concessão de um jornal e uma estação de rádio, se transformar num império de comunicação, foi a sociedade com a ditadura militar e o capital externo, no pagamento régio da contrapartida de a Globo ajudar ativamente no cerceamento das liberdades democráticas, enquanto nos porões a tortura campeava.

Sem dúvida, se não tivesse havido uma ditadura militar de mais de vinte anos no Brasil, não existira o monopólio da Rede Globo. Mas houve também o consórcio externo. O conglomerado de comunicação já nasceu sujo: os anais da história registram, nos anos de 1965 e 1966, a CPI Globo-Time Life, ocasião na qual o dirigente dos Diários Associados e também deputado, João Calmon, denunciou, ao arrepio da lei do nosso país, o consórcio dos dólares americanos no financiamento daquele grupo de comunicação. Quem quiser se aprofundar no tema, sugiro a leitura da bibliografia de Assis Chateaubriand, escrita por Fernando Morais.

Enquanto o artigo de Noblat é mais panfletário, o de Merval, metido a analítico, esboça alternativas de “saída” para a crise política que passam pela interrupção do mandato de Dilma, ou seja, que passam pelo desrespeito da vontade popular e dos mandamentos constitucionais. A esse respeito, continuo afirmando que a saída da crise só é possível de acontecer pela via do respeito à democracia brasileira. Os atalhos golpistas, as soluções ad hoc das elites como semipresidencialismo e governo de coalizão sem o PT, apenas aprofundarão ainda mais a crise.

No artigo de Merval, ele invoca o artigo 142 da Constituição Federal, lembrando que as forças armadas possuem o mandando da Constituição Federal na “missão de garantir da ordem pública”.

Esquece o jornalista, porém que, também de acordo com a constituição, a presidenta é a comandante suprema das forças armadas, como deve ser numa democracia regida pelo Estado Democrático de Direito. Parece que o jornalista, embora de maneira alusiva, sugere a ultrapassagem de uma espécie de perigoso Rubicão, avocando às forças armadas, como no passado republicano do século XX, o papel de uma arbitragem superior ao próprio poder executivo.

Até parece uma adesão às propostas de Jair Bolsonaro e dos grupos que nas manifestações de direita pregar uma intervenção militar no Brasil. No passado, se chamava os que usavam e abusavam dessa prática nefasta de “vivandeiras de quartéis”.

Merval entrevê a possibilidade de “venezualização” do país. Pergunto: de onde parte a radicalização? Afirmo sem medo, o principal agente desestabilizador na crise política é a Rede Globo, que mente e distorce sistematicamente a realidade. Para confirmar o que digo, basta relembrar a edição do Jornal Nacional de ontem (05/030), toda montada no sentido de justificar, sem conseguir, o arbítrio, que todo Brasil acompanhou, da injusta condução coercitiva do presidente Lula.

A semana que começa amanhã será dura e faço um apelo a que estejamos atentos. Não é hora de sossegar.

Nesta semana, mais que nunca, é hora de persistir e resistir na estratégia de defesa do mandato de Dilma, ou seja, da vontade popular e da democracia. Como em dezembro do ano passado, armam-se novamente mais um ataque especulativo do mandato da presidenta. Não passarão!

 

Leia também:

Globo chama militares — e jararaca passeia no Jardim Botânico

O livro da blogosfera em defesa da democracia - Golpe 16

Golpe 16 é a versão da blogosfera de uma história de ruptura democrática que ainda está em curso. É um livro feito a quente, mas imprescindível para entender o atual momento político brasileiro

Organizado por Renato Rovai, o livro oferece textos de Adriana Delorenzo, Altamiro Borges, Beatriz Barbosa, Conceição Oliveira, Cynara Menezes, Dennis de Oliveira, Eduardo Guimarães, Fernando Brito, Gilberto Maringoni, Glauco Faria, Ivana Bentes, Lola Aronovich, Luiz Carlos Azenha, Maíra Streit, Marco Aurélio Weissheimer, Miguel do Rosário, Paulo Henrique Amorim, Paulo Nogueira, Paulo Salvador, Renata Mielli, Rodrigo Vianna, Sérgio Amadeu da Silveira e Tarso Cabral Violin. Com prefácio de Luiz Inácio Lula de Silva e entrevista de Dilma Rousseff.

Compre agora online e receba na sua casa!

 

8 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Sérgio

07/03/2016 - 02h05

Que maravilha se a Lava Jato fosse séria.
Só para não cair no esquecimento a morte da modelo Cristiana Aparecida Ferreira no escândalo a mofar nas gavetas:
http://www.viomundo.com.br/politica/cartacapital-o-valerioduto-abasteceu-gilmar-mendes.html

Responder

Sérgio

07/03/2016 - 01h05

Postes e muros são os nossos jornais, assim como foram da UNE na ditadura.

Responder

FrancoAtirador

06/03/2016 - 21h38

.
.
Entrementes, no Clube Militar…
.
clubemilitar.com.br/wp-content/uploads/2016/03/Site-Dia-Internacional-da-Mulher-08mar16.jpg
.
DIA INTERNACIONAL DA MULHER
.
Super Baile e Super Bingo com a Banda Holiday e Enio Barone
em comemoração ao Dia Internacional da Mulher
.
Sorteio de brindes e bingo (às 19h) com TV de tela plana,
eletrodomésticos, bijus e relógios importados.
.
08 de março (3ª feira) | das 16h às 23h
Sede Lagoa do Clube Militar
Rua Jardim Botânico, 391 – Jrd. Botânico
Traje: esporte fino
.
Sócio: 1 Kg de alimento não perecível (baile)
e R$ 20,00 (opcional) para as cartelas de bingo e sorteios.
Convidado: R$ 40,00 e Casal: R$ 35,00
.
Reservas: (21) 2523-7847 e 98667-2723
Ligue para comprar ou reservar o seu convite.
Renda em prol da Associação de Deficientes Visuais Girassol.
.
Obs.: os convites não reservados e os comprados no dia do evento,
não são garantidos: mesa e nem presentes para os aniversariantes.
.
(http://clubemilitar.com.br/dia-internacional-da-mulher-4)
.
.

Responder

Mauricio Gomes

06/03/2016 - 20h30

E os ratos oportunistas vão saindo da toca fétida, um por um….

http://www.valor.com.br/politica/4467966/marina-ve-indicios-fortes-para-impeachment-mas-apoia-saida-tse

Responder

Mauricio Gomes

06/03/2016 - 20h28

Tentarão prender o Lula essa semana, já há notícias em alguns blogs e uma matéria do Valor que falava sobre a visita de um procurador à casa do Lula foi tirada do ar. É guerra que esses patifes querem, então terão!

http://www.valor.com.br/politica/4467760/procurador-da-forca-tarefa-chega-casa-de-lula

Responder

Deixe uma resposta