VIOMUNDO
O VIOMUNDO só é possível também através de anunciantes, e detectamos que você utiliza um AdBlock, bloqueador de anúncios.
Por favor considere ajudar o VIOMUNDO desativando o bloqueador para este site.

Leandro Fortes: Lobistas do massacre de Manaus tiveram financiamento de campanha e estão todos impunes; presos compravam regalias; veja

06 de janeiro de 2017 às 12h07

Captura de Tela 2017-01-06 às 12.05.07

LOBISTAS DO MASSACRE

por Leandro Fortes, no Facebook

A Umanizzare Gestão Prisional Privada, empresa responsável pelo presídio privado onde ocorreu o recente massacre de presos, em Manaus, mantém um lobista de plantão no Congresso Nacional: o deputado Silas Câmara, do PSD do Amazonas.

Em 2014, ela doou 200 mil reais para a campanha a deputado federal de Silas.

Expoente da chamada “bancada da bala”, Silas foi um dos 43 parlamentares responsáveis, na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados, pela aprovação da admissibilidade da PEC 171/1993 — que prevê a redução da maioridade penal para 16 anos.

Ou seja, o nobre parlamentar trabalha para garantir carne fresca para os presídios privados da Umanizzare — ao todo, seis, no Amazonas, e dois, em Tocantins.

Também em 2014, a esposa de Silas, a bispa da Assembleia de Deus Antônia Lúcia Câmara (PSC-AC), candidata a deputada federal, recebeu 400 mil reais da Umanizzare.

No mesmo ano, a filha do casal, Gabriela Ramos Câmara (PTC-AC), então candidata a deputada estadual, recebeu 150 mil reais.

Então, apenas com a família Câmara, a Umanizzare investiu nada menos que 750 mil reais!

Detalhe: ano passado, o Supremo Tribunal Federal (STF) condenou Silas Câmara a 8 ANOS DE PRISÃO por uso de documento falso e falsidade ideológica. Ele só não está em cana porque o crime prescreveu antes da condenação.

A bispa Antônia Lucia, mulher de Silas, eleita deputada federal em 2010, foi CASSADA, em 2011, também por falsidade ideológica, formação de caixa dois e compra de votos, no Acre.

Ela é do mesmo partido de Marco Feliciano e Jair Messias Bolsonaro.

É esse o nível dos políticos que estão por trás dos interesses do bilionário negócio de presídios privados, no Brasil.

E estão todos com as mãos sujas de sangue, impunemente, pelo menos até agora.

PS do Viomundo: A Umanizzare leva cerca de R$ 5.700,00 mensais por preso mantido no Compaj, o regime fechado de Manaus, que tinha três vezes mais detentos do que a capacidade. A empresa diz que não era responsável pela vigilância ou pela segurança, ou seja, a ela interessava ter a cadeia superlotada por motivos financeiros. O contrato foi fechado por 27 anos, mas pode ser esticado até 35! Mas, e o pessoal do Estado, supostamente responsável pela segurança? Ah, sim, representantes do Estado no complexo penitenciário faturam cobrando “facilidades” de todo tipo. Segundo agentes penitenciários, do acesso de aparelhos de ginástica e camas especiais a regalias como sex on demand e armas. Veja aqui.

Leia também:

Outro “acidente”, desta vez com 33 mortos em Roraima

O livro da blogosfera em defesa da democracia - Golpe 16

Golpe 16 é a versão da blogosfera de uma história de ruptura democrática que ainda está em curso. É um livro feito a quente, mas imprescindível para entender o atual momento político brasileiro

Organizado por Renato Rovai, o livro oferece textos de Adriana Delorenzo, Altamiro Borges, Beatriz Barbosa, Conceição Oliveira, Cynara Menezes, Dennis de Oliveira, Eduardo Guimarães, Fernando Brito, Gilberto Maringoni, Glauco Faria, Ivana Bentes, Lola Aronovich, Luiz Carlos Azenha, Maíra Streit, Marco Aurélio Weissheimer, Miguel do Rosário, Paulo Henrique Amorim, Paulo Nogueira, Paulo Salvador, Renata Mielli, Rodrigo Vianna, Sérgio Amadeu da Silveira e Tarso Cabral Violin. Com prefácio de Luiz Inácio Lula de Silva e entrevista de Dilma Rousseff.

Compre agora online e receba na sua casa!

 

2 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Maria Libia

06/01/2017 - 18h03

Mas cuidado com as multas, pois houve aumemto de mais de 200%, eu falei, de mais de 200%, do governo capitalista do temer. Como não tenho carro, que se fodam quem tem.kkkkkkkkkkkkkk

Responder

saulo

06/01/2017 - 13h54

E eu vou pegar estrada agora, encarar o trânsito e pagar pedágio para trabalhar.
Cadê o nosso Fidel, Stalin,Mao…?

Responder

Deixe uma resposta