VIOMUNDO

Lula rebate perseguição a pedalinhos dos netos: O Globo vai fazer reportagem sobre quem é o real dono da mansão de Paraty?

01 de março de 2016 às 16h46

pedalinho e paraty

Troca de mensagens com O Globo sobre pedalinhos

do Instituto Lula

01/03/2016 12:57

A reportagem do jornal O Globo procurou a assessoria de imprensa do Instituto Lula a respeito de “reportagem” da Veja sobre pedalinhos no sítio que o ex-presidente frequenta em Atibaia. Conforme já foi informado à imprensa pelo instituto e pelo próprio ex-presidente, Lula e seus parentes frequentam de fato o sítio, que pertence a amigos da família.

Reproduzimos abaixo a troca de e-mails com a reportagem do jornal.

***

De: sp.oglobo.com.br
Data: 1 de março de 2016 11:46
Assunto: pedalinhos – sítio
Para: institutolula.org

Bom dia

Conforme nos falamos por telefone, gostaria de saber se o ex-presidente Lula se posicionará sobre a informação divulgada pelo site da Veja, de que há dois pedalinhos no sítio de Atibaia, com os nomes dos netos Pedro e Arthur pintados nos mesmos.

Vocês vão soltar alguma nota?

***

De: institutolula.org
Data: 1 de março de 2016 12:18
Assunto: Re: pedalinhos – sítio
Para: @sp.oglobo.com.br

Não, não vamos soltar nota sobre pedalinhos com os nomes dos netos do ex-presidente. Já explicamos várias vezes que o ex-presidente e dona Marisa frequentam o sítio, que é de propriedade de amigos da família. Os proprietários do sítio constam na escritura e não são empresas offshore no Panamá.

Aguardamos que a brava reportagem de O Globo que persegue pedalinhos de crianças investigue quem seria o real proprietário da mansão construída em área de proteção ambiental na praia Santa Rita, em Paraty. Haverá alguma nota ou reportagem do Globo sobre essa polêmica propriedade?

Relembrando que consideramos a nossa troca de mensagens com repórteres material de interesse público e histórico, que podemos divulgar de acordo com nossos critérios.

Atenciosamente,

Leia também:

Globo é censura. Em defesa da liberdade de expressão

Investigação VIOMUNDO

Estamos investigando a hipocrisia de deputados e senadores que dizem uma coisa ao condenar Dilma Rousseff ao impeachment mas fazem outra fora do Parlamento. Hipocrisia, sim, mas também maracutaias que deveriam fazer corar as esposas e filhos aos quais dedicaram seus votos. Muitos destes parlamentares obscuros controlam a mídia local ou regional contra qualquer tipo de investigação e estão fora do radar de jornalistas investigativos que trabalham nos grandes meios. Precisamos de sua ajuda para financiar esta investigação permanente e para manter um banco de dados digital que os eleitores poderão consultar já em 2016. Estamos recebendo dezenas de sugestões, links e documentos pelo [email protected]

R$0,00

% arrecadado

arrecadados da meta de
R$ 20.000,00

90 dias restantes

QUERO CONTRIBUIR
12 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

FrancoAtirador

02/03/2016 - 13h35

.
.
AND THE OSCAR GOES TO…
.
‘OS PEDALINHOS DA GLOBO EM PARATY’
.
A reportagem de O Globo segue acompanhando atentamente
cada movimento dos pedalinhos no sítio de Atibaia.
.
Para conhecimento público, copiamos, abaixo, nova troca de e-mails
entre a reportagem e a assessoria de imprensa do Instituto Lula sobre o assunto:
.
***
Em 1 de março de 2016 16:12, @sp.oglobo.com.br escreveu:
.
Boa tarde
.
Estamos fazendo matéria sobre como se deu a compra dos pedalinhos e que estão no sítio de Atibaia.
Notas fiscais apontam que os produtos foram comprados pelo subtenente
Edson Antonio Moura Pinto, que é funcionário da presidência.
Seria atribuição dele esse tipo de tarefa?
.
Aguardamos uma resposta
.
***
De: @institutolula.org
Data: 1 de março de 2016 17:15
Assunto: Re: Compra de pedalinhos por assessor da presidência
Para: @sp.oglobo.com.br
.
Boa tarde Luiza,
.
Os ex-presidentes brasileiros têm direito a alguns cargos de livre provimento, conforme estabelecido pela lei 7474 de 1986 (http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L7474.htm).
Logo, ele é um funcionário cedido ao ex-presidente.
.
Como pode ver no link indicado acima, a última alteração dessa lei
aconteceu no governo FHC [1995-2002], em 20 de dezembro de 2002,
ou seja, 11 dias antes de Fernando Henrique Cardoso [PSDB] deixar seu cargo,
quando aproveitou a oportunidade e criou dois cargos extras de servidores de livre provimento para ex-presidentes.
.
O referido subtenente ocupa esse cargo, que é o de um assessor pessoal
do ex-presidente para a função que ele indicar.
.
Resumindo: sim, ele pode fazer esse tipo de tarefa, porque a lei estabelece
que o papel dos funcionários é de segurança e apoio pessoal,
e mais ainda porque FHC [PSDB] criou dois cargos de absoluto livre provimento
para ex-presidentes 11 dias antes de deixar o cargo.
.
Para, no que espero encerrar esse capítulo da história do jornalismo investigativo brasileiro,
digno de um filme que mereceria o Oscar (‘Os Pedalinhos’),
os pedalinhos foram adquiridas por Dona Marisa, que também adquiriu uma canoa de alumínio.
.
Lula e Dona Marisa não são donos do sítio, propriedades de amigos que ofereceram ao ex-presidente e dona Marisa um local e descanso que pudessem frequentar.
.
Não faz sentido guardar pedalinhos ou canoas de alumínio em um apartamento em São Bernardo do Campo.
.
Aproveito para registrar que o Globo não registrou a minha pergunta
sobre a propriedade de Paraty no outro lado da minha resposta anterior.
.
Atenciosamente,
.
(http://www.institutolula.org/o-globo-e-os-pedalinhos-2-jornal-questiona-lula-por-cargo-criado-por-fhc)
.
.

Responder

Antônio

02/03/2016 - 06h03

O nome disso é Banditismo Midiático

Responder

Caracol

02/03/2016 - 05h34

Esta “reporcagem” da Globo, sua manchete e foto dos pedalinhos em primeira página demonstram uma de duas coisas:

A primeira: acreditam que a imbecilidade de seus leitores chegou ao ápice, o que pode ser verdade.
A segunda: a perseguição canina e suína de sua perseguição ao Lula atingiu o fundo do poço. Mais idiota impossível.

Ou as duas juntas, o que é o mais provável.

Fazendo uma projeção da “reporcagem” que virá em seguida, penso que vão associar os pedalinhos às pedaladas do governo.
E os leitores de O Globo vão balançar a cabeça, como muares.

Responder

    Caracol

    02/03/2016 - 05h49

    Desculpem as duas “perseguições”, vai ver que foi um ato falho, por se tratar de perseguição em dose dupla.
    Vão perseguir assim na PQP.

Sérgio

02/03/2016 - 03h55

Paraty House vai cair no esquecimento, mofar no fundo de alguma gaveta como o Helicoca 500. Enquanto isso no congresso, sai Chico e entra Francisco. Este é o Picciani:
https://www.youtube.com/watch?v=cZf6KABMbKg

Responder

Lukas

01/03/2016 - 22h11

No Sítio-que-não-é-do-Lula tem alguma coisa que não seja do Lula ou da família dele?

Os supostos donos têm alguma coisa de seu lá dentro? Um copo, um prato, uma panela de pressão que seja?

Se sim, que apresente.

Responder

    Mauricio Gomes

    01/03/2016 - 23h43

    Vai ser cínico e hipócrita lá na veja ou na época. Ao contrário do caso da Globo e seu triplex em área grilada (que você ignora e tergiversa para falar do “sítio do Lula”), em que há documentos de cartórios, uma decisão de um juiz e uma multa por uma funcionária do ICMBio, não há nada no nome do Lula e nem um pingo de prova concreta contra ele. Há sim uma perseguição fascista, partidária e movida a ódio em que o ônus da prova cabe ao acusado, não ao MPF-PSDB ou ao MP-SP-PSDB. As denúncias são tão vazias de conteúdo como a veja, época e cabeça de coxinhas como você.

    Lukas

    02/03/2016 - 08h07

    Maurício, estou pedindo apenas um copo que seja…

FrancoAtirador

01/03/2016 - 20h38

.
.
“Helicóptero da Famiglia Marinho é Registrado por Agropecuária ‘Laranja’,
também ‘Dona’ da Mansão Ilegal em Paraty. E Globo Falando em Pedalinhos”…
(https://twitter.com/cartamaior)
.
.

Responder

Messias Franca de Macedo

01/03/2016 - 20h30

DUAS CENAS GROTESCAS SOMENTE VISTAS NO ‘braZ$&l’ DA CASA GRANDE MAIS IMUNDA, MAIS SÓRDIDA E MAIS PREDADORA DO MUNDO – e onde a Justiça consegue ser mais nefasta do que o *PIMG!…

cena grotesca I:
o [mega]corrupto ‘DEMoTucano ‘Aécio 1/3 El Chato Furnas Forever’, pasme, censurando publicamente a nomeação, pasme novamente, de um ministro da Justiça;

cena grotesca II:
um acusado de corrupção no TCÚÚÚÚÚÚÚúúú do Tiaguinho Cedraz do mensalão da quadrilha da UTC, o augusto ‘nARDES’ nos Infernos, condenando e contestando, de novo publicamente, as tais ‘pedaladas’ fiscais da presidente Dilma Rousseff como se estivesse numa rinha de galo de briga!

… DUAS CENAS GROTESCAS SOMENTE VISTAS NO ‘braZ$&l’ DA CASA GRANDE MAIS IMUNDA, MAIS SÓRDIDA E MAIS PREDADORA DO MUNDO – e onde a Justiça consegue ser mais nefasta do que o *PIMG!

*PIMG (Partido da Imprensa Mafiosa &$ Golpista)

Responder

frederic

01/03/2016 - 20h02

Parece que essa história de construir mansão em área de preservação ambiental é um vício da família: http://www.osarrafo.com.br/v1/2012/03/20/casa-de-roberto-marinho-motiva-denuncia/

Responder

Deixe uma resposta