VIOMUNDO
O VIOMUNDO só é possível também através de anunciantes, e detectamos que você utiliza um AdBlock, bloqueador de anúncios.
Por favor considere ajudar o VIOMUNDO desativando o bloqueador para este site.

Gustavo Castañon: Pedido de recontagem é “jogo de cena”

31 de outubro de 2014 às 12h27

urna-eletronica-460

por Gustavo Castañon, especial para o Viomundo

Mais uma vez, pela quinta eleição presidencial seguida, minhas previsões se confirmaram. Como avisei aqui no Viomundo, pela décima vez seguida a margem de erro da boca de urna apareceu, apuradas as urnas eletrônicas, a mais para o candidato do PSDB, e a menos para a candidata do PT.

A boca de urna Vox Populi, de nível de confiança de 95% e margem de erro de 1,2%, com 6800 entrevistados, deu 54% dos votos válidos para Dilma e 46% para Aécio.

Resultado plenamente compatível com as pesquisas Vox e Ibope do dia anterior à votação. As urnas eletrônicas no entanto deram 51,6% para Dilma e 48,4% para Aécio. Diferença foi o dobro da margem de erro.

A suspeita sobre o resultado se reforça com a desistência do Ibope, pela primeira vez na história, de fazer uma pesquisa de boca de urna no segundo turno. A Globo não quis contratar. Sem esse balizamento para os números das urnas eletrônicas, tudo parecia caminhar para uma fraude maciça e vergonhosa, a exemplo da vergonha que assistimos no primeiro turno (que não podemos afirmar o tipo de vergonha).

Mas parece que conseguimos convencer o PT que a fraude seria sem precedentes. Pela primeira vez desde 89, o partido escalou um time de 4000 fiscais para acompanhar o fechamento das urnas (que é inútil, pois só fiscaliza uma pequena parte de um de três níveis onde a fraude pode ocorrer).

Mas a principal medida tomada foi a contratação da boca de urna Vox Populi.

Por que uma campanha gastaria uma fortuna numa pesquisa de boca de urna que não influirá no resultados das eleições? É simples. A boca de urna é um balizamento para controlar a fraude. Sabendo o que esperar das urnas, o nível de fraude tem que se restringir à famosa “margem de erro”. Os dois foram recados claros: “nós sabemos o que está acontecendo e vamos reagir”.

Porque tem que haver moderação numa suposta fraude? Para não perder a galinha dos ovos de ouro, ora. Lembrem-se de que o TSE transformou as eleições num negócio. Quem cuida da preparação, inseminação e totalização das urnas atualmente são empresas privadas. Um escândalo as farão perder o negócio.

Nas semanas que precederam as eleições, o Viomundo e o Jornal GGN , de Luís Nassif, publicaram uma série de denúncias e reportagens sobre a vulnerabilidade de nosso sistema eleitoral.

Nassif chegou a prever exatamente todo o desenrolar do que seria um processo de fraude eleitoral, a começar por uma denúncia bombástica dias antes da eleição que pudesse justificar a diferença nas urnas em relação às pesquisas.

Um dia antes da votação, foi a vez do Viomundo acrescentar mais detalhes a esse emaranhado tucano por trás das urnas eletrônicas.

Essas matérias mostraram claramente a vulnerabilidade insustentável das urnas brasileiras, que não foram testadas esse ano e cuja operação esteve nas mãos de duas empresas privadas.

Uma, contratada ilegalmente desde 1996, é a Módulo Security Solutions. Essa empresa é de propriedade do ex-presidente da FINEP no governo FHC. 

A outra é a Engetec, que,  em 2013, sucedeu no TSE a falida Probank. Ambas são de um membro da campanha e ex-secretário de desenvolvimento econômico de Aécio Neves por dois mandatos.

Outros vários artigos publicados na mídia independente, inclusive o meu, circularam na rede provocando um inédito estado de desconfiança generalizada, da direita à esquerda, em relação às urnas eletrônicas brasileiras.

Agora, num jogo de cena, o candidato Aécio Neves, o grande beneficiado por esses movimentos eletrônicos estranhíssimos de votos nos dois turnos, acaba de pedir recontagem dos votos no TSE.

Bobagem. Nós sabemos que as urnas brasileiras são invulneráveis a fiscalização. Elas são um atentado à democracia. O desejo dos eleitores de Aécio de recontar os votos é tão legitimo quanto o dos eleitores de Dilma de recontar os votos de São Paulo e Rio Grande do Sul. Mas não podemos recontar votos. Seriam recontados os mesmos boletins já contabilizados. E o TSE não concederá o pedido.

O PSDB sabe disso tudo. O que eles querem é minar a legitimidade da Presidente. É importante entender esse recado de guerra sem fim da oposição.

Dilma nesse momento precisava ouvir mais seu antigo mestre Brizola do que o atual, Lula. Ela deveria vir a público e reforçar o pedido de Aécio, inclusive para as eleições legislativas. Reforçar a crença na inconfiabilidade das urnas. Relatar quantas vezes, quatro, para ser mais preciso, ela foi vítima dessas mágicas que saem delas. Questionadas pelos dois candidatos, essas urnas malditas perderiam definitivamente a legitimidade e confiança de toda população. Seria a mais importante das reformas políticas.

Mas infelizmente, Brizola, só houve um.

Leia também:

Morvan Bliasby: TSE, adote o voto com papelzinho!

O livro da blogosfera em defesa da democracia - Golpe 16

Golpe 16 é a versão da blogosfera de uma história de ruptura democrática que ainda está em curso. É um livro feito a quente, mas imprescindível para entender o atual momento político brasileiro

Organizado por Renato Rovai, o livro oferece textos de Adriana Delorenzo, Altamiro Borges, Beatriz Barbosa, Conceição Oliveira, Cynara Menezes, Dennis de Oliveira, Eduardo Guimarães, Fernando Brito, Gilberto Maringoni, Glauco Faria, Ivana Bentes, Lola Aronovich, Luiz Carlos Azenha, Maíra Streit, Marco Aurélio Weissheimer, Miguel do Rosário, Paulo Henrique Amorim, Paulo Nogueira, Paulo Salvador, Renata Mielli, Rodrigo Vianna, Sérgio Amadeu da Silveira e Tarso Cabral Violin. Com prefácio de Luiz Inácio Lula de Silva e entrevista de Dilma Rousseff.

Compre agora online e receba na sua casa!

 

35 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

FrancoAtirador

02/11/2014 - 14h08

.
.
Descoberto Programa Vulnerável à Fraude
nas Urnas Eletrônicas do TSE

Jornal GGN – Há menos de três meses, um jovem hacker
recém formado pela Universidade de Brasília
acessou o sistema das urnas eletrônicas no TSE
e descobriu, entre 90 mil arquivos, um software
que possibilita a instalação de programas fraudados:

o “Inserator CPT”. (*)

A ação foi planejada pela CMind
(Comitê Multidisciplinar Independente),
formado por especialistas em tecnologia.

A equipe descobriu outra brecha no sistema:

além do Inserator, o programa comandado
pela empresa Módulo Security S/A –
a única proprietária do serviço
por 13 anos com contratos irregulares –

é transmitido de Brasília para os estados
por meio da insegura rede da Internet.

*(http://www.cic.unb.br/~rezende/trabs/entrevistaINFO2.html)
**(http://jornalggn.com.br/noticia/o-historico-de-favorecimento-e-irregularidades-nas-licitacoes-das-urnas-eletronicas)

http://jornalggn.com.br/noticia/o-tse-e-a-descoberta-do-programa-de-fraude-nas-urnas-eletronicas
.
.

Responder

Laura

02/11/2014 - 13h47

Onde votei em Pinheiros não tinha fiscal de NENHUM partido.Fiquei uma hora esperando, não veio ninguém. Das 9 as 10 da manha no dia 26 de outubro.

Responder

FrancoAtirador

02/11/2014 - 13h45

.
.
Descoberto Programa Vulnerável à Fraude nas Urnas Eletrônicas do TSE

Jornal GGN – Há menos de três meses, um jovem hacker
recém formado pela Universidade de Brasília
acessou o sistema das urnas eletrônicas no TSE
e descobriu, entre 90 mil arquivos, um software
que possibilita a instalação de programas fraudados:

o “Inserator CPT”. (*)

A ação foi planejada pela CMind
(Comitê Multidisciplinar Independente),
formado por especialistas em tecnologia.

A equipe descobriu outra brecha no sistema:

além do Inserator, o programa comandado
pela empresa Módulo Security S/A –
a única proprietária do serviço
por 13 anos com contratos irregulares –

é transmitido de Brasília para os estados
por meio da insegura rede da Internet.

*(http://www.cic.unb.br/~rezende/trabs/entrevistaINFO2.html)
**(http://jornalggn.com.br/noticia/o-historico-de-favorecimento-e-irregularidades-nas-licitacoes-das-urnas-eletronicas)

http://jornalggn.com.br/noticia/o-tse-e-a-descoberta-do-programa-de-fraude-nas-urnas-eletronicas
.
.

Responder

Justo

02/11/2014 - 06h06

completando:
segundo um cientista politico, era “IMPOSSIVEL” isso acontecer em apenas 02 dias (o impossivel), era aecio ultrapassar marina, agora tá explicado como essa “VIRADA” acomteceu, “FRAUDE”.

Responder

Justo

02/11/2014 - 06h02

Não existe nenhum sistema infalivel, se assim fosse, os “RACKERS” não invadiriam sistema sofisticado de segurança do pentagono (EUA), é muita presunção nossa, que as nossa urnas eletronica tenham “SISTEMA INVIOLAVEL”, o aecio não foi eleito por “INCOMPETENCIA” do proprios “FRAUDADORES”. A incompetencia começou quando quiseram tirar o PT/Dilma do pareo, como eles não iriam conseguir se eleger no primeiro turno, achou que “ENDEUSANDO” marina, essa tomaria o lugar de Dilma, e o aecio ultrapassava Dilma, e o segundo turno seria marina x aecio, porem, a marina quando começou a “FALAR”, mostrou-se o “DESASTRE” que era, começou a cair nas pesquisas, porem o aecio tambem não subia, e a solução dos tucanos fora “MATAR A CANDIDATURA DA MARINA”, e em apenas 02 dias, o aecio conseguiu o “IMPOSSIVEL”, ultrapassar marina na reta final, e levar a eleição para o 2º turno, e segundo um renomado cientista politico, e o “IMPOSSIVEL” isso acontecer em apenas 02 dias, agora tá explicado o “IMPOSSIVEL”, houve sim fraude nas urnas no 1º turno, tanto para eleição presidencial, como para governador em São Paulo, o golpe final, seria a do 2º turno, porem eles “ERRARAM NA DOSAGEM”, porque não tinham pesquisas muito confiaveis, “ABRA O OLHO TSE”, esse sistema das urnas eletronicas pode ser fraudado, não é infalivel, o eleitor digitar o numero, aparecer a foto do candidato, e pressionar a tecla “CONFIRMA”, não garante que o voto vá para aquele candidato, se quiser testar o sistema, contrate um RACKER, e veja o resultado, para que nas proximas eleições não aconteça tentativa de “FRAUDAR” o resultado da eleição, nessa, foi por pouco, e quem pede recontagem de votos, sabe o que aconteceu, basta ver a quem pertencem essas duas empresas, a suspeita de manipulação do resultado, não pode ser descartada, está evidente, principalmente quem levantou a suspeita que foi “PREJUDICADO”, eles “CANTARAM VITORIA”, certos que estava eleito, “PORQUE DEU ERRADO?, a foto que saiu na internet dizia tudo.

Responder

Cidadão Consciente

02/11/2014 - 05h25

E nós eleitores consciente por um Brasil melhor, por melhoria para a população e o trabalhadores onde ficamos?, “O MAIS BRIZOLA”, temos tambem que dar a nossa contribuição, “O GOVERNO” não é Dilma, SOMOS NÓS”, Dilma gerencia por nós, estamos ficando mal acostumados, “SÓ QUEREMOS RECEBER”, agora a coisa mudou um pouco, por “CULPA” nossa que não elegemos um legislativo forte pata ajudar a Dilma aprovar as reformas que tanto precisamos, agora temos que ir para as ruas “APOIAR O GOVERNO DA PRESIDENTA DILMA”, esse é o “MAIS BRIZOLA” nosso, “SE NÃO QUISERMOS PERDAR TUDO QUE FOI CONQUISTADOS COM SANGUE, SUOR E LAGRIMA”, a presidenta Dilma já deu a sua enorme contribuição há uns tempos atras, sem a luta dela, e de outros, o Brasil não seria a nação que é hoje.

Responder

FrancoAtirador

02/11/2014 - 03h33

.
.
Eleição Presidencial 2014
Votos Válidos

ESTADO DE SÃO PAULO

Aécio (PSDB)
1º Turno = 44,22%
2º Turno = 64,31% (+20,09)

Dilma (PT)
1º Turno = 25,82%
2º Turno = 35,69% (+9,87)

Acréscimo do 1º para o 2º:

Dilma + Aécio = 29,96%
.
.
1º Turno
Outros Candidatos

Marina (PSB) = 25,09%

Luciana (PSoL) = 2,41%

EdJay (PV) = 1,03%

Everaldo (PSC) = 0,62%

Levi (PRTB) = 0,59%

Zé Maria (PSTU) = 0,08%

Eymael (PSDC) = 0,06

MAURO (PCB) = 0,05%

RUI (PCO) = 0,02%

Soma = 29,95%
.
.

Responder

    FrancoAtirador

    02/11/2014 - 03h35

    .
    .
    NO ESTADO DE SÃO PAULO

    HOUVE CONTA DE CHEGADA

    (http://el2014.clicrbs.com.br/apuracao/#/zerohora/2014/2/SP/presidente/validos)
    .
    .

    FrancoAtirador

    02/11/2014 - 03h43

    .
    .
    Eleição Presidencial

    ESTADO DE SÃO PAULO

    1º Turno
    VOTOS VÁLIDOS = 22.958.510

    2º Turno
    VOTOS VÁLIDOS = 23.784.672
    .
    .

    FrancoAtirador

    02/11/2014 - 03h49

    Conceição/Azenha. Isso precisa ser investigado a fundo.

    Há indício de fraude nas e-Urnas no Estado de São Paulo.
    .
    .

    FrancoAtirador

    05/11/2014 - 07h53

    .
    .
    Eleições 2014
    SÃO PAULO
    Curiosidades Estatísticas
    .
    .
    TSE
    Eleições Estaduais

    ESTADO DE SÃO PAULO

    GOVERNADOR
    1º Turno (T1)

    SKAF (PMDB) = 4.594.708
    PADILHA (PT) = 3.888.584

    SKAF + PADILHA = 8.483.292
    .
    .
    TSE
    Eleições Presidenciais

    ESTADO DE SÃO PAULO

    PRESIDENTE
    2º Turno (T2)

    DILMA ROUSSEFF (PT) = 8.488.383
    .
    .
    TSE
    Eleições Estaduais

    MUNICÍPIO DE SÃO PAULO

    Governador
    1º Turno (T1)

    PADILHA (PT) = 1.277.310
    SKAF (PMDB) = 1.230.658

    SKAF + PADILHA = 2.507.968
    .
    .
    TSE
    Eleições Presidenciais

    MUNICÍPIO DE SÃO PAULO

    PRESIDENTE
    2º Turno (T2)

    DILMA ROUSSEFF (PT) = 2.345.495
    .
    .
    TSE
    Eleições Presidenciais

    ESTADO DE SÃO PAULO

    Eleitorado = 31.979.717 (100%)

    PRESIDENTE
    1º Turno (T1)

    ABSTENÇÕES = 6.242.936 (19,52%)
    VOTANTES = 25.736.781 (80,48)

    VOTOS BRANCOS (B) = 1.252.960 (4,87%)
    VOTOS NULOS (N) = 1.525.311 (5,93%)
    B/N (T1) = 2.778.271 (10,80%)

    VOTOS VÁLIDOS (VV1) = 22.958.510 (89,21%)

    AÉCIO NEVES (PSDB) = 10.152.688 (44,22%)

    DILMA ROUSSEFF (PT) = 5.927.503 (25,82%)

    MARINA SILVA (PSB) = 5.761.174 (25,09%)

    LUCIANA GENRO (PSoL) = 554.189 (2,41%)

    EDUARDO JORGE (PV) = 236.704 (1,03%)

    PASTOR EVERALDO (PSC) = 142.793 (0,62%)

    LEVY FIDELIX (PRTB) = 136.206 (0,59%)

    ZÉ MARIA (PSTU) = 19.115 (0,08%)

    EYMAEL (PSDC) = 13.508 (0,06%)

    MAURO IASI (PCB) = 10.662 (0,05%)

    RUI PIMENTA (PCO) = 3.968 (0,02%)

    AÉCIO + MARINA = 15.913.862
    .
    .
    TSE
    Eleições Presidenciais

    ESTADO DE SÃO PAULO

    Eleitorado = 31.979.717 (100%)

    PRESIDENTE
    2º Turno (T2)

    ABSTENÇÕES = 6.558.345 (20,51%)
    VOTANTES = 25.422.496 (79,49%)

    BRANCOS (B) = 500.950 (1,97%)
    NULOS (N) = 1.136.874 (4,47%)
    B/N (T2) = 1.637.824 (6,44%)

    VOTOS VÁLIDOS (VV2)= 23.784.672 (93,56%)

    AÉCIO NEVES (PSDB) = 15.296.289 (60,17%)

    DILMA ROUSSEFF (PT) = 8.488.383 (33,39%)
    .
    .
    TSE
    Eleições Presidenciais

    ESTADO DE SÃO PAULO

    Diferença (Dif.)
    TOTAL VOTOS VÁLIDOS

    (VV1) = 22.958.510
    (VV2) = 23.784.672

    Dif. => (VV T2) – (VV T1) = +826.162 VV
    .
    .
    Diferença (Dif.)
    TOTAL BRANCOS/NULOS

    B/N (T1) = 2.778.271
    B/N (T2) = 1.637.824

    Dif. => B/N (T1) – B/N (T2) = +1.140.447
    .
    .
    (http://el2014.clicrbs.com.br/apuracao/#/zerohora/2014/2/SP/presidente/validos)
    (http://eleicoes.folha.uol.com.br/2014/2turno/mapainterativo/index.shtml)
    (https://br.noticias.yahoo.com/elei%C3%A7%C3%B5es-2014-apura%C3%A7%C3%A3o-s%C3%A3o-paulo-133046317.html)
    .
    .

C.Paoliello

01/11/2014 - 22h21

Com a recusa sistemática do TSE em modernizar sua apuração eletrônica, a quem caberia questionar um sistema tão frágil? Estou plenamente convencido, pelo que já li, que as atuais urnas eletrônicas são passíveis de todo o tipo de fraude e acho estranho que tenhamos o sistema eletrônico eleitoral mais atrasado do mundo, e portanto vulnerável. A quem interessa afinal perpetuar essa vulnerabilidade?

Responder

abolicionista

01/11/2014 - 21h25

Ou a Dilma incorpora o Brizola, ou ela vai ser o último presidente do PT nesse país, até minha avó já percebeu. Chega de covardia. Mais do que nunca, é preciso ser atento e forte.

Responder

Eunice

01/11/2014 - 19h50

Se entendi os tucanos fraudaram mas erraram na dose e perderam….faz sentido.Erro de programacao.

Responder

Maria Dilma

01/11/2014 - 19h48

Alkmin e forte no interior.O povo ouve esse nome ha uns doze anos.E so agora ouviram Padilha.

Responder

Sonia Beligerante

01/11/2014 - 17h19

Pois aih eh que esta o perigo.Nao eh possivel recontar os votos, mas pode ser possivel verficar se houve algum tipo de fraude. Como tudo indica, se houve fraude, nao foi a favor de Dilma, muito pelo contrario. Parece que o PSDB sabe alguma coisa a mais sobre isto E quer imputar ao PT uma fraude feito sabe la por quem e com o objetivo de ajudar a candidatura Aehcio. Mesmo porque eles sabem que podem detectar a fraude eletronica, mas nao se pode saber quem lucrou com ela. De qualquer modo, estas urnas nunca mais serao confiaveis aos olhos da populaccao. Chegou o momento de se pensar em mudanccas, talvez introduzir o sitema de impressao do voto. Vejam tambem que a sujestao do autor para que Dilma tambem solicite a recontagem, pode ser um tiro no peito da democracia.

Responder

    Laura

    02/11/2014 - 13h51

    Se eles tem o controle das urnas eles sabem o que fazer para imputar erros a Dilma vá lá saber.

Ronaldo Curitiba

01/11/2014 - 15h15

Para quem tem neurônios esta frase resume tudo: Mais Brizola menos Lula.

Dilma, já processou a veja? Já parou de mandar dinheiro de publicidade para os golpistas que te ferraram?

Responder

Antonio

01/11/2014 - 10h46

Falei isso desde o inicio, Aécio teve muitos votos em Minas e ainda mais em BH, com certeza urna adulterada, ninguém com mais de dois neurônios vota nele aqui.

Responder

Alberto Menezes

01/11/2014 - 09h06

Também estranho o pleito aqui de São Paulo, entre 10 (DEZ) pessoas que comentamos sobre eleições, nenhuma votou no alkimin. É de se estranhar.

Responder

Lukas

31/10/2014 - 21h55

Tivesse Aecio vencido, Viomundo já tinha preparado umas cinco reportagens denunciando fraude.

Responder

    Gerson Carneiro

    01/11/2014 - 02h42

    Úia! Alckmin venceu e o VIOMUNDO preparou umas cinco reportagens denunciando fraude em São Paulo.

    SQN.

    Gerson Carneiro

    01/11/2014 - 02h42

    Chora tucaninho.

    Hell Back

    02/11/2014 - 16h58

    É isso mesmo. Vai chorar no Cantareira pra ver se acaba com a falta de água. hehehe

    Hell Back

    02/11/2014 - 17h05

    É isso aí mesmo. Vai chorar na Cantareira, prá ver se diminui essa seca.

Léo

31/10/2014 - 20h00

Esses caras perderam o senso do ridículo.

Responder

FrancoAtirador

31/10/2014 - 19h35

.
.
“Nós tranquilamente superaríamos
os 40% na cidade de São Paulo…
Nosso tracking diário apontava
algo em torno de 40 e 41%.”

Fernando Haddad
Prefeito de São Paulo
(Entrevista ao PHA no C Af)
.
.
TSE
Resultado

MUNICÍPIO DE SÃO PAULO

Dilma Rousseff (PT) = 2.345.495 (36,19%)

Aécio Neves (PSDB) = 4.135.795 (63,81%)

(http://eleicoes.folha.uol.com.br/2014/2turno/mapainterativo)
.
.

Responder

L@!r [email protected]+e5

31/10/2014 - 16h19

Outro artigo genial do Gustavo Castañol.

Incrível foi ver gente antes da eleição pedindo para não espalhar as evidências de que o processo eleitoral é inseguro. Tivesse perdido o PT, estariam agora implorando por esses artigos.

Votei no PT, mas não é porque o PT ganhou é que o processo eleitoral é seguro.

Mas, se o PSDB tinha dúvidas, deveria ter feito como o PT e contratado uma pesquisa paralela. Ou, mais radicalmente, ter abandonado o pleito ou chamado observadores internacionais.

O jogo foi ganhado com as regras que todos concordaram. Qualquer coisa diferente disso é Golpe.

E o PSDB já mostrou totalmente seu lado golpista.

A conferir a resposta do TSE… E, claro, a capa da Veja com o Toffoli e a urna eletrônica ao fundo.
Não me digam que vocês acharam que esses papagaios de pirata do PSDB tiveram essa ideia sozinhos…

Responder

Paulo Bispo Da Silva

31/10/2014 - 15h28

…,O PT ESTA DANDO MOLE PARA O AZAR…,NA PRÓXIMA O PT PERDE…,AÍ NÃO ADIANTA CHORAR…

Responder

    Hell Back

    04/11/2014 - 12h11

    Perde e nunca mais volta ao poder.Será a concretização do que disse o Bornhausen: extinção “dessa raça” pelos próximos 20 anos. Portanto a esquerda deve tomar, daqui prá frente, todas as precauções.

Mário SF Alves

31/10/2014 - 15h23

“O PSDB sabe disso tudo. O que eles querem é minar a legitimidade da Presidente. É importante entender esse recado de guerra sem fim da oposição.”
________________________________
É isso. E, sim, de fato, o discurso poderia ser usado para sacudir de uma vez por todas essa questão da possível vulnerabilidade das urnas.

Responder

Urbano

31/10/2014 - 14h58

Depois de teorias e mumunhas das mais escroques impingidas à Ciência do Direito, dá para se esperar o quê?

Responder

Gerson Carneiro

31/10/2014 - 14h50

E em São Paulo eu desconfio de fraude em favor do Alckmin. Só perdeu na cidade de Hortolândia.

Responder

Andre

31/10/2014 - 14h04

Acho que a frase final resume o que deveria ser um segundo governo Dilma, para ser minimante viável, na minha opinião: mais para Brizola do que para Lula. O momento é de enfrentamento e a melhor inspiração que Dilma poderia ter em um momento desse ainda é o velho Brizola.

Responder

    Renato

    31/10/2014 - 21h55

    É isso. Mais Brizola menos Lula.

Deixe uma resposta