VIOMUNDO
O VIOMUNDO só é possível também através de anunciantes, e detectamos que você utiliza um AdBlock, bloqueador de anúncios.
Por favor considere ajudar o VIOMUNDO desativando o bloqueador para este site.

Fátima Oliveira: “Marta Suplicy escolheu ser proscrita dos círculos arejados e progressistas da política”

16 de maio de 2016 às 09h01

marta-suplicy-e-michel-temer

por Conceição Lemes 

Com o seu voto a favor do impeachment, a senadora Marta Suplicy (PMDB-SP) ajudou a derrubar a presidenta Dilma. Mas também jogou toda a sua história na lata do lixo.

Em 13 de maio de 2016, dia seguinte ao golpe, o tamanho do estrago ficou escrachado.

Michel Miguel Elias Temer Lulia anexou o Ministério da Cultura ao da Educação, entregando-o ao Democratas, na pessoa do deputado federal Mendonça Filho (DEM-PE).

O Mídia Ninja fez um diagnóstico, arrasador, preciso, que diz tudo:

Graças ao voto da senadora Marta hoje o Brasil acordou sem Ministério da Cultura. Onde havia Juca Ferreira, agora há Mendonça Filho, do Democratas.
O DEM foi contra o ProUni
O DEM foi contra o FIES
O DEM foi contra o ENEM
O DEM foi contra destinar 50% do fundo do pré-sal pra Educação
O DEM foi contra 75% dos royalties pra Educação
O DEM sempre foi contra os 10% do PIB pra Educação
O DEM entrou no STF contra as cotas
O DEM entrou no STF contra terras quilombolas
O DEM entrou no STF contra o conteúdo nacional na Lei da TV Paga
Parabéns, senadora Marta Suplicy, por seu crime contra a Democracia, a Educação e a Cultura do Brasil! Sua participação no atentado político que assassinou o MinC não vai ter perdão.
#‎MartaTraidoraDaCultura

Um ministério de homens brancos, sem mulheres nem negros.

Aliás, o primeiro governo sem mulheres desde o general Ernesto Geisel (1974-1979).

Questionado por jornalistas sobre a ausência de mulheres no primeiro escalão do governo interino Temer, o ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, afirmou que “não foi possível” preencher os cargos com presença feminina: “A composição de ministérios foi feita a partir de sugestão de partidos”.

Michel Miguel Elias Temer Lulia fez do ministério o que uma de suas cúmplices na mídia, a golpista Veja, defende ser uma mulher de verdade: “recatada, pura e do lar”.

Portanto, mulheres “de verdade” não cabem em qualquer ministério Temer.

Tanto que Marta foi literalmente para o escanteio. Sequer saiu na foto principal do bando de machistas do ministério Temer. Triste fim, para uma oportunista, que só tem olhos para o seu projeto pessoal. Ou seja, para o seu próprio umbigo.

Com a grita do pessoal  área cultural, Temer decidiu criar a Secretaria da Cultura e colocar uma mulher à frente.

Nesse sábado, quem sempre esteve acostumada a dar ordens, se prestou ao reles papel de mulher de recado do governo Temer para Marília Gabriela.

Deu no Glamurama:

Foi Marta Suplicy a incumbida de transmitir o convite para que Marília Gabriela aceitasse ocupar a secretaria de Cultura no governo Temer. Com isso seriam resolvidas duas questões: ter um órgão separado cuidando da Cultura e uma mulher no ministério. A tarde inteira desse sábado foi um vai e vem tentando convencer a apresentadora, que no início da noite avisou Marta que ela não poderia aceitar no momento. Agradeceu muito o convite, mas disse não. (por Joyce Pascowitch)

Tudo em nome de projeto pessoal de voltar a ser prefeita de São Paulo, agora pelo PMDB.

No artigo “Pelo Brasil!”, publicado na Folha de S. Paulo na sexta-feira 13, após desonrar  o voto de milhares de eleitores, a senadora golpista disse na caradura:

A hora é de aplacar os ânimos e de construirmos, juntos, o amanhã em torno dos interesses do Brasil. O enfrentamento e a luta política esgotaram-se.

(…) Vamos, todos, virar a página das disputas e divisões que não cabem mais.

Chegou o momento do alinhamento e do esforço por uma verdadeira agenda nacional. Não cabem sectarismos, rancores nem ressentimentos.

(…)

O padre  José Oscar Beozzo responde à Marta Suplicy no site do Centro de preparação e atualização de agentes de pastoral para o Brasil e para a América Latina (Ceseep), do qual é diretor.  Beozzo, segundo Leonardo Boff, é um dos intelectuais da Igreja mais bem preparados que ele conhece, pois é teólogo, sociólogo, historiador.

O artigo de Beozzo fere de morte o discurso hipócrita e desonesto de Marta:

Parabéns, senadora Marta Suplicy, pelo seu artigo na Folha de São Paulo, com seu apelo “Pelo Brasil” e pela união em torno ao governo interino de Michel Temer e ao seu programa de ordem e progresso.

A guerra sem tréguas movida ao governo da presidenta Dilma acabou.
Instauremos a ordem e a paz dos cemitérios.

Para salvaguardá-las, que as mulheres banidas do ministério formado só por homens, não protestem mais: abandonem a cena pública, voltem aos seus afazeres domésticos e calem a boca; que os negros e negras, maioria da sociedade brasileira deixem as ruas e praças e retornem, nesse 13 de maio, à invisibilidade das senzalas; que os sem terra se conformem com a dilatação e dominação do latifúndio e parem de lutar por reforma agrária e por terra para quem trabalha; que os sem teto, se acomodem debaixo das pontes e viadutos, até que a policia os enxote; que estudantes não ocupem mais as escolas por educação de qualidade e pela merenda roubada.

Que a luta contra as desigualdades de gênero, raça, cor e classes sociais cesse por completo, pois o governo da Casa Grande decretou que a Ordem é sua prioridade e que a luta por igualdade de direitos e oportunidades desapareceu de sua agenda e do programa da senadora por São Paulo e candidata à Prefeitura da cidade, Marta Suplicy.

Na entrevista que deu ao Fantástico no domingo, aliás, Temer mencionou um certo “mundo feminino”, como se homens e mulheres não compartilhassem o mesmo planeta e, apesar das óbvias distinções, não tivessem um mundo em comum a governar. É este o novo “líder” de Marta.

A médica e escritora Fátima Oliveira, do Conselho Diretor da Comissão de Cidadania e Reprodução e do Conselho Consultivo da Rede de Saúde das Mulheres Latino-americanas e do Caribe, foi fundo.

“Ao fazer opção pela volta aos ideais partidários de sua classe de origem — a burguesia paulistana –, no essencial, a senadora Marta Suplicy escolheu ser uma pessoa proscrita dos círculos arejados e progressistas da política, seja de movimentos sociais, como o feminismo, ou de partidos de esquerda”, diz Fátima ao Viomundo.

“O seu retorno ao ninho original foi acompanhado de uma fixação venenosa e vingativa contra qualquer ideia que, minimamente, acene cidadania”, prossegue.  “Ela reoptou ser contra as mais sentidas aspirações populares e democráticas e não perde oportunidade de se declarar  uma inimiga.”

“Assim sendo, Marta Suplicy merece nosso solene silêncio, inclusive nas redes sociais”, arremata Fátima Oliveira. “Não devemos dar plateia para ela, que é o que ela mais gosta.”

Decididamente, Marta Suplicy é hoje uma mulher à la Temer.

Leia também:

Mulheres em marcha em São Paulo denunciam governo interino de Temer por machismo

 

41 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

maria nadiê rodrigues

16/05/2016 - 22h55

Voltei pra comentar algo que não sai da minha cachola: a expressão de Temer e M. Suplicy. Ambos com a língua pra fora da boca.
Fiquei pensando assim: será que eles dois se beijaram na boca e depois sentiram nojo um do outro?

Responder

C.Pimenta

16/05/2016 - 21h43

Outra mulher, a antropóloga cearense Cláudia Leitão, recusa fazer parte do governo golpista de Temer:

http://www.vermelho.org.br/noticia/280969-1

Responder

anac

16/05/2016 - 21h27

BOICOTE, JÁ AS OLIMPÍADAS DO RIO DE JANEIRO.

http://www.brasil247.com/pt/24

INTELECTUAL PEDE BOICOTE À RIO 2016 PARA SALVAR DEMOCRACIA NO BRASIL

O americano Thomas Palley, que estuda a globalização, foi economista-chefe do comitê China-Estados Unidos e abriu o think-tank Economics for Democratic & Open Societies, publicou um manifesto nesta segunda-feira no jornal financeiro Market Watch; segundo ele, as nações democráticas devem boicotar os Jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro, para salvar a democracia brasileira; “A comunidade internacional deve agir com rapidez para parar o golpe brasileiro já na sua raiz”, diz ele; se isso não for feito, o risco é “reviver o ciclo de violência política que tanto mal fez à América Latina no passado recente”; ele também disse que um golpe de corruptos contra uma presidente honesta é uma perversão da guerra à corrupção no Brasil; nesta segunda-feira, o ex-chanceler Celso Amorim afirmou que os países vizinhos estão ameaçados pelo golpe no Brasil; Rússia e China cogitam não reconhecer o governo provisório de Michel Temer

Responder

FrancoAtirador

16/05/2016 - 20h49

.
.
Está na Hora de Mudar o Foco para a Economia:

Congresso se prepara para Tratorar a Constituição.
.
.

Responder

FrancoAtirador

16/05/2016 - 20h46

.
.
(https://twitter.com/Bob_Fernandes/status/732342536115748865)
.
.

Responder

FrancoAtirador

16/05/2016 - 20h34

.
.
Equipe do Jornal Norte-Americano New York Times

preparou Vídeo mostrando Manifestações no Brasil

Contra o Governo Golpista do Jaburu Conspirador:

https://amp.twimg.com/v/eac76236-76af-4601-9ac3-8ad47c58cb4f

https://twitter.com/DeputadoFederal/status/732338913063231488
.
.

Responder

FrancoAtirador

16/05/2016 - 20h26

.
.
“Lamentável não é o Fim do Ministério da Cultura.

Lamentável mesmo é o Começo do Governo Temer”

https://twitter.com/lulafalcao/status/732334694889590784
.
.

Responder

Bacellar

16/05/2016 - 20h12

Um verdadeiro case de erro de cálculo político. Inacreditável.

Responder

Bia

16/05/2016 - 19h17

Marta não só votou a favor do impeachment, como fez inúmeras manifestações raivosas contra os que defendiam a presidente na Comissão do Senado, principalmente quando se tratava das senadorAs!

Responder

José Fernandes

16/05/2016 - 18h57

é só marta.,a traíra, sem o Suplicy

Responder

FrancoAtirador

16/05/2016 - 18h44

.
.
“O Jornalismo Internacional
define o momento brasileiro
de um Modo Impossível
de se ver por aqui”

Na TV Al Jazeera:

https://twitter.com/FatosNacionais/status/732191269884207104
.
.

Responder

FrancoAtirador

16/05/2016 - 18h31

.
.
Confissão de um(a) Eleitor(a):

“Na Eleição de 2014, eu não digitei 15.
E só votei no 13 para Presidente,
porque não queria o PSDB e o DEM
governando o Brasil novamente”

.
.

Responder

FrancoAtirador

16/05/2016 - 18h16

.
.
Mais uma Mulher Altiva Retruca um Sonoro Não!

ao “Mundo Feminino da Submissão” do Jaburu

https://pbs.twimg.com/media/Ciml069XAAAdUs_.jpg

https://twitter.com/rvianna/status/732298749645590533
.
.

Responder

Walter Pastori

16/05/2016 - 18h15

Martacha pra voce meu silencioso silencio, quando voce ficar so relaxa e goza.

Responder

    FrancoAtirador

    16/05/2016 - 19h25

    .
    .
    O Sem-Vergonhismo e o Mau-Cartismo
    dos [email protected] da Mídia Paulistana

    A AGENDA DO PREFEITO HADDAD
    NA RÁDIO JABÁ PAULISTA (RJP)

    Propositalmente, na manhã desta segunda (16),
    o Prefeito de São Paulo, Fernando Haddad,
    pediu à Assessoria de Comunicação da Administração
    que substituísse sua Agenda do Dia do Chefe do Executivo
    pela de outro Político, também Governante no Estado.

    Na Agenda Divulgada constava apenas
    “A partir de 8h30 – Despachos internos” ,
    O restante da Pauta estava em branco.

    Ao ler a Agenda do Prefeito Paulistano,
    o Comentarista da Rádio Jovem Pan (RJP),
    Estoriador Marco Antonio Villa,
    comentou o seguinte aos ouvintes:

    “Hoje, por exemplo, dia 16 de maio,
    como faço todo santo dia,
    eu abri a Agenda do Prefeito.
    Pode ser que seja um erro da agenda dele
    disponibilizada na rede, mas é importante,
    qualquer um de vocês pode acessar.
    Está escrito o seguinte: a partir das 8h30, despachos internos.
    O resto está branco. Branco! Branco! Não há nada!”
    gritou o comentarista.

    Mal sabia o Estoriador que a Agenda do dia 16/5,
    publicada como se fosse do Prefeito Municipal,

    era na verdade a do Governador do Estado de São Paulo,
    Geraldo Alckmin, do PSDB, com quem o Villão mantém
    um relacionamento, digamos, muito, muito cordial….
    .
    http://jornalggn.com.br/noticia/haddad-passa-trote-em-comentarista-da-jovem-pan#.Vzo0B1GJu-U.facebook
    .
    .

david

16/05/2016 - 16h36

Por que tratar o governo Temer ou quaisquer de seus integrantes como interinos?
O tratamento correto na mídia progressista deve ser de “governo golpista, presidente golpista, ministro golpista,etc”.
Por favor, vamos deixar de ser subservientes .

Responder

Serjão

16/05/2016 - 15h31

E essa ainda queria ser a presidenta. Lula, tiro o chapéu, não é bobo. Enxergou muito bem quem estava do seu lado. Quantos têm mágoa por isso, né Bicudo? Né, dona Marta?
Cuide de sua saúde, Lula, precisamos de você!

Responder

Serjão

16/05/2016 - 15h26

Se é por falta de adeus…Xau, madama, até nunca mais.
Política parece ser um vício pior do que a cachaça ou a cocaína. Quantos deviam em nome de seu passado, de sua juventude e seus sonhos, sair com dignidade da vida pública. Roberto Freire, Hélio Bicudo, Cristovam Buarque, e tantos…Os velhos que se tornaram deviam respeitar os jovens que foram, que seus medos de agora não petrifiquem de vez os seus corações.
Torço de verdade para que se despeçam da vida com o coração leve!

Responder

A Manço

16/05/2016 - 14h09

Não basta o ostracismo: QUERO MEU VOTO de VOLTA. Enganou a milhões de paulistas. Aliás a bancada paulista no senado é uma vergonha. Como o eleitor pode banir a tríade?

Responder

Julio Silveira

16/05/2016 - 13h35

Marta é Temer, tudo a ver. São traidores por formação.

Responder

R.Torres

16/05/2016 - 13h31

marta, um animal que morre para que sua pele se torne objeto de fantasia das Sras. Dondocas, e que gostam de preservar os nomes dos Maridos a fim de continuarem nas salas Sociais da Classe Golpista Elitiza da. Seja ela útil ao menos assim, pois não é capaz de ser mais. Valeu mamaRta.

Responder

Belmiro Machado Filho

16/05/2016 - 13h21

A ORDEM: Voltem JÁ para a Senzala. O PROGRESSO: Menos Direitos, Mais Arrocho. Alguma duvida? Reclamações? Comitê do Golpe: STF, PGR e acumpliciados.

Responder

Fabio Nogueira

16/05/2016 - 13h19

Não se esqueçam: o nome é Golpe PSDB/Temer. Já já o psdb vai querer dar um pé na bunda do Temer e tomar o poder, como FHC fez com Itamar. E eu não vou dar uma forcinha pros tucanos fazerem isso. Não se trata de não criticar Temer, mas de lembrar SEMPRE que o golpe é PSDB/Temer.

Responder

María Edith

16/05/2016 - 13h12

Vídeo recente:
Marta Suplicy bate em eleitora e jornalista no aeroporto de Congonhas em São Paulo
https://www.youtube.com/watch?v=nHbmnjzAfuA

Publicado el 13 may. 2016
Marta Suplicy (PMDB-SP) agora bate em eleitora
13/05/2016 – A senadora Marta Suplicy (PMDB-SP) é abordada no aeroporto de Congonhas em São Paulo.
Visivelmente incomodada com o teor das perguntas, responde monossilabicamente no começo. Até um momento em que pega o braço da eleitora, de forma intimidadora, aperta e responde:
“Olha, querida. Para ter uma mulher como a Dilma, nós não queremos. Para ter uma mulher, nós teríamos que ter outras possibilidades.”

Responder

Urbano

16/05/2016 - 13h03

Saí do balão de oxigênio ainda pouco (rsrsrs)… Bem pessoal, fizemos o máximo possível para que não acontecesse. Só que – salvaguardando-se as raríssimas exceções, até mesmo como ficou comprovada nas votações do banditismo – a pútrida, nefasta e imperfectível condição moral dos que compõem os cinco podres poderes da oposição ao Brasil (imaginem quem são – devido às correntes – o quinto) já apontava claramente para a tragédia.
De uma situação assim a gente sai meio tonto em face de tanta vileza que se enfrentou, porém com a convicção plena de que, mesmo perdendo N batalhas, a vitória final e definitiva nos pertencerá.
O interessante é que na pirâmide representativa da vileza que os recheiam, os mais escroques se abancam no topo. Um exemplo excelente foi dado pelo que deveria ser mais inteligente, probo e elegante, quando mal pisou no tapete vermelho e logo pediu papel higiênico por três vezes.
Talvez demore, mas voltarei. Um abraço a todos que trabalham por uma Brasil pujante e justo.

Responder

    Urbano

    16/05/2016 - 13h07

    Pensando em Pátria escrevi uma em vez de um Brasil…

Jean M

16/05/2016 - 12h46

Li nos comentários do Ninja e é perfeito para o caso: Morta Suplicy

Responder

Tito Vilanova

16/05/2016 - 12h33

Um fino exemplar da aristocracia paulistana. Será engolida pelo tempo, assim como todos seus companheiros pelo crime de lesa-pátria.

Responder

maria valéria pereira novaes de paula santos

16/05/2016 - 12h19

Terei vida e saúde para ver essa golpista traidora cair no ostracismo. Ela traiu por interesse próprio todo e qualquer eleitor que lhe deu o voto. É uma pessoa mesquinha, invejosa, não serve como paradigma pra ninguém. Talvez a idade provecta a tenha deixado raivosa, o botox chega num ponto que não funciona mais. Pois é, poderia envelhecer com dignidade e postura, como Luiza Erundina, mas tornou-se um espectro físico e moral.

Responder

Jose Mario

16/05/2016 - 12h13

E vergonhoso ver Marta, perto dos golpistas

Responder

Dan

16/05/2016 - 11h59

Marta sempre foi na onda do PT, do Suplicy. Nunca teve nome próprio, mesmo quando se divorciou. Nunca foi feminista de verdade. Sempre se escondeu atrás de um homem. Agora é escada de Temer. Por trás da fachada de progressista, era bela, recatada e do lar. Um dia a máscara cai. Merece todo o repúdio do mundo, das feministas, por ser uma farsante e pela hipocrisia. Traidores não terão perdão.

Responder

nilson torres

16/05/2016 - 11h55

deixem de criticar a Marta, ela está desorientada, vamos fazer uma campanha para
arranjar um argentino para ela, quem sabe ela volta ao eixo.

Responder

Ricardo

16/05/2016 - 11h21

A “Grima” do Pt. Uma traidora que depois que o “rei Theoden” foi deposto, vem buscar a sua recompensa.

Responder

Bel

16/05/2016 - 10h08

Como o Líbano trata as mulheres. Mulheres libanesas perdem inúmeros direitos após o casamento
Depois do casamento, a mulher libanesa perde inúmeros direitos. É quando alguns homens se sentem poderosos demais. Não é o que está acontecendo por aqui? ¨O Líbano, por exemplo, uma sociedade moderna convive com costumes medievais. Lá, as mulheres, depois do casamento, passam a ser propriedade dos maridos e podem ser agredidas, presas e até estupradas sem ter a quem recorrer. Deu no próprio PIG: g1.globo.com/fantastico/noticia/2014/06/mulheres-sao-vistas-como-propriedades-dos-homens-no-libano. De acordo com as leis islâmicas que imperam no Líbano, em um casamento, o pai é quem tem poder sobre a esposa e os filhos. Mesmo em caso de desaparecimento do pai, quem fica responsável pelo filho não é a mãe, é a família do pai. Fonte: Wikipedia.

Responder

Luiz Claudio

16/05/2016 - 10h05

Essa perua traiu todos que votaram nela. Não foi o pmdebalha que elegeu ela e nem a tucanalha. Foram os eleitores do PT. Penso que antes do ostracismo temos que denunciar e muito essa traíra sem vergonha na cara.

Responder

Nelson

16/05/2016 - 09h44

Um ser desprezível, para dizer o menos.

Responder

Deixe uma resposta