Flash ad ID:10

PATROCINE O VIOMUNDO

SOMOS 31.817 FAÇA PARTE !

Dilma expressa “indignação e repúdio” por episódio com Evo

publicado em 3 de julho de 2013 às 17:59

O governo brasileiro expressa sua indignação e repúdio ao constrangimento imposto ao presidente Evo Morales por alguns países europeus, que impediram o sobrevoo do avião presidencial boliviano por seu espaço aéreo, depois de haver autorizado seu trânsito.

O noticiado pretexto dessa atitude inaceitável — a suposta presença de Edward Snowden no avião do Presidente –, além de fantasiosa, é grave desrespeito ao Direito e às práticas internacionais e às normas civilizadas de convivência entre as nações. Acarretou, o que é mais grave, risco de vida para o dirigente boliviano e seus colaboradores.

Causa surpresa e espanto que a postura de certos governos europeus tenha sido adotada ao mesmo momento em que alguns desses mesmos governos denunciavam a espionagem de seus funcionários por parte dos Estados Unidos, chegando a afirmar que essas ações comprometiam um futuro acordo comercial entre este país e a União Europeia.

O constrangimento ao presidente Morales atinge não só à Bolívia, mas a toda América Latina. Compromete o diálogo entre os dois continentes e possíveis negociações entre eles. Exige pronta explicação e correspondentes escusas por parte dos países envolvidos nesta provocação.

O governo brasileiro expressa sua mais ampla solidariedade ao presidente Evo Morales e encaminhará iniciativas em todas instâncias multilaterais, especialmente em nosso continente, para que situações como essa nunca mais se repitam.

Dilma Rousseff

Presidenta da República Federativa do Brasil

Leia também:

Tijolaço: Globo admite que sonegou, mas pagou

Jamil Chade: TV brasileira envolvida no suborno a Teixeira e Havelange

Globo reafirma que pagou dívida à Receita; MP aguarda informações

Barão pedirá que MP investigue sonegação da Globo

Miguel do Rosário: Globo cobrada em R$ 615 milhões por sonegação 

Altercom: Relatório da Secom comprova concentração de verbas

Pimenta cobra; Secom diz que faz mídia “técnica”; Globo recebeu R$ 5,86 bi

Renato Rovai: A chamada mídia técnica versus a qualidade democrática

Venício Lima: Por que o governo deve apoiar a mídia alternativa

 

34 Comentários para “Dilma expressa “indignação e repúdio” por episódio com Evo”

  1. qua, 24/07/2013 - 16:42
    Luiz Moreira

    Pessoal: Olhem na edição de Quarta, 24 de julho, na coluna do “jornalista” do ESTADO DE MINAS, pag 19, nome da ANTA é EDUARDO ALMEIDA REIS, quando se refere ao presidente EVO MORALES.COCALEIRO é o minimo que este JORNALISTA coloca como profissão do Evo MORALES. Avisem em público esta M do jornalismo, que os BRITÂNICOS do príncipe fizeram DUAS GUERRAS DO ÓPIO contra a CHINA, para implantar lá seu consumo e equilibrar sua balança comercial. Agora é uma M de pais que se o 1 bilhão de chineses mijassem na cabeça deles, afogavam toda a população. Se esta porcaria de país tivesse alguma vergonha na cara,já teria pedido muitas absolvições por este crime contra a HUMANIDADE. Bom, resumindo, peço que enviem a cópia do “ARTIGO” da ANTA mineira para o ITAMARATI, EMBAIXADA DA BOLÍVIA, e MOVIMENTO INDÍGENA, para mover um processo e exigir retratação. O BRASIL nãop pode conviver com este tipo de discriminação. Como a BAND e o CASSOY foram absolvidos, sugiro aos lixeiros fazerem uma MERDALHADA contra as instalações da BAND e das casas do CASSOY. Seria jogar merda na latrina, pois não passam disto. Obrigado por aguentar minha raiva, mas leiam estas notícias e vejam com os próprios olhos.

  2. [...] Dilma expressa “indignação e repúdio” [...]

  3. qui, 04/07/2013 - 10:50
    Eduardo

    Assange e Snowden, sua coragem e sacrifícios não serão em vão! Seus atos são dignos para o bem da humanidade!Suas historias perpetuarão! Felizes vocês e seus herdeiros!

  4. qui, 04/07/2013 - 10:19
    Eduardo

    O Estados Unidos decide quem serão os Presidente dos país frágeis que lhe interessam, dos não frágeis monitora com oferecendo falsas parcerias e acordos de auto proteção. Aos que não se submetem oferece o terror politico,a guerra fria em todos os sentidos, a imposição econômica e a retaliação incondicional! Não sabe o USA conviver com o contraditório,com a evolução de outros povos! Para isso e em função disso, mente,aterroriza, trai, espiona,mata covardemente , finge proteger,influencía mentes, corrompe homens públicos ,cidadãos ,governos e empresas e gasta tesouros fabricando uma imagem falsa! Este é o atual dominador do Mundo! Quem se insurgir será massacrado moralmente, politicamente e economicamente. Resta o consolo! Só o Reino de Deus não tem fim! Porque não é material!

  5. qui, 04/07/2013 - 7:44
    lulipe

    Por que a presidente não acolhe o Edward Snowden, se até o assassino Battisti recebeu asilo pelo Governo do PT???

  6. qui, 04/07/2013 - 6:08
    Jose Mario HRP

    O que aconteceu com Evo mostra que jamais a velha politica européia dará respeito aos povos latino americanos.

    E no Egito…..

    A deposição do presidente do Egito causou alivio nos EUA, o golpe praticamente sem sangue e a promessa de eleições rápidas, dão cores menos intensas ao episódio, mas é bom lembrar o que houve década e meia atrás na Argélia para se tirar os radicais islâmicos do poder:
    O exercito teve que reprimir uma revolta imensa e isso custou 200 mil vidas!

  7. qui, 04/07/2013 - 1:25
    Brito Júnior

    Tristeza.
    Nada mais que isso.
    Nações que tem história, que (imaginamos)respiram “democracia”, colocam-se de joelhos ao dono do mundo (ou ex), colocando em risco a vida de um presidente legitimamente eleito em um pais (muito mais) democrático que aqueles.
    Itália, Portugal, Espanha, França.
    Respeitem a Bolivia e o povo Boliviano, respeitem o povo latino-americano, respeitem o Brasil.
    Atitude desprovida de razão, de legalidade, e amparada na subserviência aos EUA.
    Tristeza por Obama, um factóide.
    Tristeza pelo que ele (e os que o antecedaram) fazem com os honrados cidadãos norte-americanos.
    E alguns dos honrados cidadãos norte-americanos não concordam com a invasão de privacidade em todos os cantos do planeta, este é o caso de Snowden, que denunciou as ilegalidades cometidas pelo governo norte americano, e, por isto, hoje é considerado inimigo público número um (do mundo). Mas, na verdade, pelo governo Obama.
    Respeitem-nos….

  8. qui, 04/07/2013 - 1:18
    ricardo silveira

    Parabéns a Dilma por expressar solidariedade ao presidente de um país amigo da América do Sul diante da covardia e da subserviência dos franceses, portugueses, espanhóis e italianos aos Estados Unidos. Mostrou que o Brasil tem lado, o lado justo, decente, civilizado.

  9. qui, 04/07/2013 - 0:29
    sergio

    É isto aí!
    De quatro para os americanos já chegam os europeus.

  10. qua, 03/07/2013 - 23:13
    Scan

    Errata:

    “Tivéssemos no governo um FHC, um Serra, ou qualquer de seus semelhantes…”

    Há uma contradição em termos: aí não teríamos governo.

  11. qua, 03/07/2013 - 23:03
    João

    Pois é! Dilma levou tanto tempo para se pronunciar que se tivesse aocntecido algo com Morales, ela poderia ter feiot um pornunciamento de pêsames ao povo boliviano!

  12. qua, 03/07/2013 - 22:59
    Ozzy Gasosa

    O governo americano não se cansa de querer retomar a América Latina em suas mãos Via Golpe de Estado.
    Essa é a verdadeira democracia pregada aos quatro cantos do mundo pelos “Senhores da Liberdade”.
    Nunca engoliu os governos de esquerda em seu quintal.

  13. .
    .
    TRANSPORTADORAS ESTÃO POR TRÁS DOS PROTESTOS DOS CAMINHONEIROS
    CONTRA OS PRÓPRIOS INTERESSES DOS MOTORISTAS
    .
    .
    Polícia Federal investiga participação de patrões
    em protestos de caminhoneiros

    PorThais Leitão, repórter da Agência Brasil

    Brasília – A Polícia Federal vai investigar a ocorrência de locaute – paralisação de serviços coordenada pelo setor patronal – nos protestos de caminhoneiros que provocam, desde segunda-feira (1º), bloqueios em várias estradas do país. Eles reivindicam principalmente redução nos preços do óleo diesel e dos pedágios.

    A prática, conforme ressaltou o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, é considerada crime pela legislação brasileira.

    De acordo com Cardozo, as suspeitas foram apresentadas pelo ministro dos Transportes, César Borges, que lhe enviou um ofício solicitando “a adoção das providências cabíveis para apuração de eventual ilícito penal praticado”. Ele garantiu que o governo vai agir com “o máximo rigor” e que os indícios dessa prática são “fortes”.

    “Não vamos transigir com quem pratica crimes, com quem transgride a lei. O locaute é proibido no Brasil, portanto se alguém espera algum tipo de negociação, se equivoca. Prática de crime não se tolera, ilícitos não se se toleram e vamos ser muito rigorosos nisso”, disse, durante entrevista coletiva hoje (3), no Ministério da Justiça.

    “As narrativas feitas pelo ministro César Borges e pelo advogado-geral da União, ministro Luís Inácio Adams, trazem indícios fortes de que interesses de grupos econômicos ou empresas podem estar por trás disso [dos atos] e há suspeitas de que crimes decorram dessa prática de locaute. Todos eles serão apurados”, acrescentou.

    O ministro dos Transportes destacou que apenas o representante do Movimento União Brasil Caminhoneiro (MUBC), apontada como responsável pela convocação da paralisação geral da categoria, Nélio Botelho, tem insistido na mobilização com o objetivo de provocar desabastecimento no país. De acordo com o ministro Adams, Botelho é dirigente de uma cooperativa de autônomos e mantém contratos com entidades estatais, particularmente com a Petrobras.
    Ressaltou que já foi orientado a iniciar um procedimento de averiguação desses contratos e de possível rescisão contratual.

    O ministro César Borges enfatizou que se reuniu, ontem (2), em Brasília, com representantes de vários setores do ramo dos transportes, entre eles os ligados aos transportadores autônomos e aos motoristas: verificou que nenhum deles tinha intenção de levar adiante o movimento, até se posicionando contrários ao enfrentamento.

    “Apenas o Movimento União Brasil Caminhoneiro insistiu nessa posição. Vimos, sem sombra de dúvidas, a procura de benefícios próprios às suas organizações. Por isso, solicitamos que o Ministério da Justiça levasse avante investigações para verificar o que está por trás dessa movimentação, que é de um setor minoritário na representação e, também, entre todos que fazem o transporte de cargas no Brasil”, disse.

    Edição: José Romildo

    (http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-07-03/policia-federal-investiga-participacao-de-patroes-em-protestos-de-caminhoneiros)
    .
    .
    Dilma promete agir contra bloqueios de caminhoneiros

    Presidente disse que interrupções de rodovias federais ferem a ordem

    A presidente Dilma Rousseff disse nesta quarta que as interrupções de rodovias federais por caminhoneiros nos últimos dias ferem a ordem do País, provocando turbulência na atividade produtiva e na vida da população.

    “Ordem significa democracia, respeito às condições da produção e de circulação da população. Não tenham dúvidas que o governo não negocia isso, não concordamos com processos que levem a qualquer turbulência nas atividades produtivas e na vida das pessoas”, disse.

    Ela discursou na cerimônia de assinatura do primeiro anúncio público de terminais de uso privado (TUPs), no Palácio do Planalto.

    A presidente mencionou a expressão “Ordem e Progresso” da bandeira do Brasil para dizer que ordem significa democracia.
    Dilma disse haver diferença entre bloqueios de caminhoneiros e das manifestações feitas pela população nas ruas das cidades nos últimos dias.
    “Uma coisa são manifestações pacíficas que muito engrandecem o país, outra muito diferente é acreditar que o país possa viver sem normalidade e estabilidade”.

    Nos últimos dias caminhoneiros em protestos interditaram, total ou parcialmente, rodovias federais no país. Nessa terça, segundo balanço nacional divulgado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) sete estados, incluindo o Rio Grande do Sul, tiveram estradas bloqueadas.

    PF vai investigar

    Hoje, o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, determinou a abertura de inquérito para que a Polícia Federal (PF) investigue a atuação do Movimento União Brasil Caminhoneiro (MUBC) na convocação da paralisação geral da categoria.
    A decisão de Cardozo se dá em resposta a um pedido encaminhado pelo ministro dos Transportes, César Borges. Segundo o documento, enviado por Borges, o representante do MUBC, Nélio Botelho, declarou à imprensa que, a partir de 48 horas de paralisação, havia risco de desabastecimento em todo o País, principalmente em relação a produtos essenciais, como alimentos e combustíveis.

    Decisões judiciais impõem multa

    A Justiça Federal no Rio de Janeiro multou nessa terça-feira o MUBC (Movimento União Brasil Caminhoneiro) em R$ 6,3 milhões pelo bloqueio de rodovias federais em diversos estados brasileiros.
    A juíza Fabíola Utzig Haselof também determinou a penhora dos bens da entidade e do presidente Nélio Botelho.
    Os réus ainda podem recorrer da sentença.

    Uma decisão semelhante, da Justiça Federal de Minas Gerais, que também vale para todo o País, impôs multa de R$ 100 mil por hora em caso de descumprimento.
    Mesmo assim, os bloqueios de estradas por caminhoneiros seguem ocorrendo.
    Os protestos estão previstos para se encerrar às 6h desta quinta-feira.

    Áudio do discurso de Dilma em:

    (http://www.radioguaiba.com.br/Player.aspx?Data=7/3/2013%203:24:15%20PM&Arquivo=313801&Ext=MP3&Legenda=Presidente%20Dilma%20Rousseff)

    (http://www.radioguaiba.com.br/Noticias/?Noticia=501856)

  14. qua, 03/07/2013 - 22:14
    carlos quintela

    Fosse no governo FHC e além de uma nota apoiando o desvio do avião lamentariam que o Evo não tivesse retirados os seus sapatos para ver se o Snowden não estaria escondido ali.

  15. qua, 03/07/2013 - 21:51
    Lucas Parente

    Nesse exato instante um homem valente coloca a sua vida em risco e sacrifica a sua liberdade para revelar ao mundo o nefasto esquema de espionagem dos EUA.

    Todo o meu apoio a esse herói solitário.

    Vida longa a Edward Snowden!

  16. qua, 03/07/2013 - 21:51
    Rose PE

    É o mínimo que a Presidenta poderia fazer, prestar sua solidariedade ao país hermano e repudiar o acontecido.

  17. qua, 03/07/2013 - 21:41
    Fabio Passos

    A europa, no anseio de demonstrar sua completa submissão a ditadura ianque, colocou em risco um presidente de nação latinoamericana.

    A nota de repúdio da presidenta Dilma é muito importante.

    Não somos todos capachos dos ianques!
    Só a “elite” branca e a militância do PiG é que são… rsrs

    • .
      .
      E não adianta a Mídia Bandida dizer que é ‘Chavismo’:

      PRESIDENTES DE CHILE E PERU, DA ALIANÇA DO PACÍFICO,

      MANIFESTAM SOLIDARIEDADE AO PRESIDENTE EVO MORALES

      E REPUDIAM AÇÕES DOS PAÍSES EUROPEUS CONTRA A BOLÍVIA

      “O Governo do Chile lamenta e repudia a situação a que foi exposto o Presidente do Estado Plurinacional da Bolivia, senhor Evo Morales Ayma, quando retornava, por via aérea, da Rússia a seu país”

      “O Chile confirma a necessidade de que, diante de situações como esta, se respeitem as Normas do Direito Internacional e o tratamento que é devido à aeronave de um Chefe de Estado”

      “Independente do fato de que o Chile respalda e participa de uma Declaração da UNASUL, nosso País faz um apelo ao esclarecimento do ocorrido.”

      (Governo Chileno,em Nota Pública)
      .
      .
      “Reiteramos nossa solidariedade fraterna com o presidente Morales e com o povo boliviano pela inadmissível situação que foi enfrentada em seu regresso de Moscou, depois de participar da Segunda Cúpula do Foro dos Países Exportadores de Gás”

      (Ollanta Humala, Presidente do Peru)
      .
      .
      Gobierno [chileno] rechazó lo ocurrido con Presidente Morales y pidió aclarar lo sucedido

      Mediante un comunicado de prensa, el Gobierno de Chile salió a rechazar el impasse sufrido por el Presidente de Bolivia, Evo Morales, luego de que se le negara sobrevolar territorio de diversos países europeos ante las sospechas de que llevara en el avión a Edward Snowden.

      “El Gobierno de Chile lamenta y rechaza la situación a la que fue expuesto el presidente del Estado Plurinacional de Bolivia, señor Evo Morales Ayma, cuando retornaba vía aérea desde Rusia a su país” indica el comunicado.

      Además, en el documento se asegura que “Chile confirma la necesidad de que ante situaciones como ésta se respeten las normas del derecho internacional y el trato que se le debe a la aeronave de un Jefe de Estado”.

      Asimismo, agrega que “sin perjuicio de que Chile respalda y participa en la emisión de una declaración de Unasur al respecto, nuestro país hace un llamado a aclarar lo ocurrido”.

      (http://www.radioagricultura.cl/client/19520-Gobierno-rechaz%C3%B3-lo-ocurrido-con-Presidente-Morales-y-pidi%C3%B3-aclarar-lo-sucedido.html)
      .
      .
      Presidente Humala expresa “solidaridad fraterna” con Evo Morales

      Lima, jul. 03 (ANDINA). El presidente Ollanta Humala Tasso expresó hoy su “solidaridad fraterna” con su homólogo de Bolivia, Evo Morales, por la “inadmisible situación” que enfrentó debido a restricciones al sobrevuelo de su avión en el espacio aéreo de algunos países europeos.

      “Reiteramos nuestra solidaridad fraterna con el presidente Morales y con el pueblo boliviano por la inadmisible situación que ha enfrentado a su regreso de Moscú, después de participar en la Segunda Cumbre del Foro de Países Exportadores de Gas”, declaró a la Agencia Andina.

      Señaló que los países de la Unión de Naciones Suramericanas (Unasur), cuya presidencia pro témpore ejerce Perú, se pronunciaron hoy en un comunicado expresando “la indignación que han suscitado tan desafortunados sucesos”.

      Manifestó, en ese sentido, que el bloque suramericano ha demandado el esclarecimiento de tales hechos y las explicaciones del caso.

      Las restricciones al sobrevuelo del avión en el que viajaba el presidente Morales obligó a la aeronave a desviar su curso hasta Viena, donde aterrizó y permaneció por varias horas, hasta que se dieron las condiciones para la reanudación del vuelo de retorno a Bolivia.

      (http://www.andina.com.pe/Espanol/noticia-presidente-humala-expresa-solidaridad-fraterna-evo-morales-464825.aspx#.UdTfLB37KAY)

  18. qua, 03/07/2013 - 20:45
    lidia virni

    Se acusarem-na de cocaleira, chavista, etc…, ela tira de letra, já passou por coisas muuuito piores nma época dã ditadura e das cam´panha presidencial, quando foi até acusada de assassina de criancinhas. Pior é o fogo”amigo”, quando vemos nos blogs “sujos” gente que diz ter votado nela e que a ofende quando não tem uma reação imediatista a fatos como o verdadeiro sequestro do Evo Morales. Ela não nos decepcionou nunca, muito menos agora, apesar de estar enfrentando graves propblemas como a greve golpista dos empresários de transporte de cargas, os verdadeiros artífices da paralisação. Candidatem-se, queridos, e vejam como é fácil governar um país continental como este, em meio a uma grave crise mundial e a tentativas permanentes de golpe através de pessoas despolitizadas e de bandidos mascarados

    • qua, 03/07/2013 - 21:37
      wendel

      “… e a tentativas permanentes de golpe através de pessoas despolitizadas e de bandidos mascarados”.
      Não é só isto lidia, tem também os quinta colunas, que infelizmente tecem loas aos seus senhores, e são os vassalos que esperam um dia terem acesso às migalhas que caem ao chão!
      Enquanto isto, preparam o terreno para o saque, que já está às portas, muito embora o que vemos, é somente a defesa do interesse próprio, ou de seus financistas, pela maioria dos ocupantes do Congresso!

  19. qua, 03/07/2013 - 20:13
    Marat

    Saiu ao menos algo que presta do nosso governo… Logo haverá uma passeata contra este pronunciamento, financiada pelos órgãos fascistas de sempre!!!

  20. qua, 03/07/2013 - 19:55
    Taques

    Com essa nota a Europa treme!!! Rá, rá, rá… só rindo mesmo.

    Um pouco de senso de ridículo não faria mal algum à nossa presidente.

    PS: Falcon 900 EX??? Tá podendo o Zacarias…

    • qua, 03/07/2013 - 21:33
      Francisco

      A Europa processa comoddites nossas, mané.

      A soja do gado deles é nossa.

      Todo mundo precisa de alguém e, semdo lembrado disso, se situa.

      PS. A França já enviou escusas a Morales…

  21. qua, 03/07/2013 - 19:54
    Elias

    Dá pra imaginar alguns ministros tementes ao deus capital coçando a cabeça, engolindo seco e resmungando consigo mesmo: Pra que isso, agora? Ai, ai, o Tio Sam não vai gostar dessa declaração…

  22. qua, 03/07/2013 - 19:47
    José X.

    Bem, agora eles que se preparem, abriram o precedente, o próximo pode ser um deles…

  23. .
    .
    O(A) Próximo(a) pode ser você…
    .
    .

  24. qua, 03/07/2013 - 18:46
    Edgar Rocha

    Quanto querem apostar que isto vai ser mais um pretexto pra criticar a Dilma. Já, já vai ter cartazinho na rua chamando a Dilma de “cocaleira”, “defensora das ditaduras de esquerda”, “pretensiosa”, etc. Vão dizer que está tentando desviar o foco dos “problemas nacionais”… tudo isto com plaquinhas de “Fora imperialismo americano”, “Em defesa da soberania nacional” e decorrentes queimas de bandeiras dos EUA. Ou seja, a burguesia boboca vai ter mote de sobra pra mostrar seu alto grau de politização, entendimento, opinião e coragem. Sobretudo, coragem.

  25. qua, 03/07/2013 - 18:41
    Scan

    UFA!
    Demorou, mas veio…

  26. qua, 03/07/2013 - 18:31
    Jair de Souza

    Felizmente, temos a Dilma na presidência do Brasil. Tivéssemos no governo um FHC, um Serra, ou qualquer de seus semelhantes, por esta hora estaríamos certamente vendo um manifesto de apoio aos países neocolonialistas da Europa e à potência imperial do norte. Talvez esta seja mais uma das razões pelas quais as oligarquias e seus cachorrinhos amestrados já não aguentam mais viver sob governos do tipo Lula-Dilma.

    • qua, 03/07/2013 - 20:25
      Adma

      Eu queria muito ver essa proatividade da Dilma ao enfrentar a máfia política e midiática, além de demitir o Cardoso, o Paulo Bernardo e a Helena Chagas.

    • qua, 03/07/2013 - 20:52
      Florival

      Com FHC/Serra/Anéscio já teríamos cortado relações com a Bolívia há muito, e quem sabe já teríamos uma atrito militar. PSDB/DEM e assemehados, em especial o Serra, gostam mesmo é do Chile, e por suposto, também da Colômbia, de Honduras, e agora, do Paraguai.

Comentar