VIOMUNDO

Depois do grito de guerra de Lula contra Globo e certo MP, Dilma troca ministro; ex-presidente anuncia que não vai depor a promotor que vaza para a Veja

29 de fevereiro de 2016 às 18h16

Paulo Henrique Amorim, sobre a queda de José Eduardo Cardozo, ministro da Justiça, transferido para a AGU, Advocacia-Geral da União

Resumo do discurso do ex-presidente Lula no aniversário do PT:

O PT são milhões de brasileiros.



Dilma, eu estou na frente de milhares e milhares de homens e mulheres que são soldados. Guerreiros e guerreiras para defender o seu mandato até as ultimas consequências.

Não tem partido de oposição. Tem um partido chamado Globo, um chamado Veja, outro chamado outros jornais. Essa é a oposição. É bom eles saberem: se eles quiserem voltar ao Poder vão ter que aprender a ser democratas, disputar eleição e respeitar o resultado. Sacanagem não aceitamos. Golpe não vamos aceitar!

Eu ando de saco cheio com o comportamento de nossos inimigos na imprensa. Nós brigamos na Constituinte para ter um Ministério Público forte e independente e tem um Ministério Público fazendo jogo da Veja e do Globo. Não merecem o cargo de quem está no cargo para fazer Justiça.

Prometi a mim mesmo não tocar nesse assunto. Sou acusado de ter um apartamento. Um triplex Minha Casa Minha Vida; 200 metros quadrados. Quero ver como é que vai ficar essa história. Digo que não é meu, a empresa diz que não é meu, mas um cidadão que obedece à Globo e a Rede Globo diz que o triplex é meu. Quero saber quem é que vai me dar esse maldito apartamento. Como Deus escreve certo por linhas tortas, inventaram uma offshore no Panamá – offshore, não sei o que é isso, deve ser coisa para enganar pobre. 

Disseram que a empresa veio do Panamá para ser dona do meu apartamento e é dona do triplex da Globo em Parati é dona do helicóptero (da Globo). E a Globo notificou os blogueiros pra tirar o nome da Globo. Então vamos notificar a Globo para tirar o nome do PT como ela usa todo dia.



Todo mundo aqui conhece o Jacó Bittar, meu companheiro de 40 anos, fundador do PT, da CUT e prefeito de Campinas. O Jacó Bittar inventou de comprar uma chácara para eu usar quando deixasse a Presidência. A chácara não é minha. Ela foi comprada com cheque administrativo. O Jacó deu ao filho Fernando. Eles dizem que a chácara é minha.

 Quando acabar esse processo, vão ter que me dar um apartamento e uma chácara. Todo santo dia, levantam dúvidas e mais dúvidas. O PT não nasceu pra ficar calado!

Não podemos criminalizar qualquer pessoa pela manchete da imprensa. Juízes têm medo de votar com medo da manchete do jornal. Me contaram que ouviram um ministro dizer: passou uma passeata na porta da minha casa e eu fiquei com medo. Um ministro da Suprema Corte não pode agir com medo da opinião pública. Se quer disputar a opinião pública não pode ter emprego vitalício e ficar sob a pressão da imprensa. Dispute uma eleição e seja deputado.

Eu tenho 70 anos de idade. Quando eu tive um câncer na garganta, muita gente disse: acabou: esse peão vai embora. Quero dizer ao ministro da Suprema Corte, ao juiz mais simples, da televisão maior a menor: não vão me derrotar mentindo. Vão ter que me enfrentar na rua. Eles pensam que fazendo essa perseguição vão me tirar da luta.

Quero lançar um desafio. Pensei em sair do Brasil e deixar a Dilma governar. Se for necessário, quero dizer alto e bom som: terei 72 anos com tesão de trinta para ser candidato a Presidente!

Nem a morte apaga a vida do homem de verdade. Se você tem uma causa, a causa fica pairando na cabeça de milhões de pessoas. Se ele fossem honestos eles faziam uma investigação na conta de outros partidos políticos para ver quem financia eles.

Não vão nos destruir. Nós sairemos mais fortes dessa luta. Se eu cometer um erro não vai ser a Globo que vai anunciar a vocês: vou ser eu. Vocês sabem o que ele fazem contra a gente todo santo dia. A gente vai vencê-los com a nossa verdade.

Tem uma senhora aí na plateia que diz que ainda bem que a Globo está falando mal de mim. Porque no dia em que me elogiar, ela não acredita.

Vale pro PCdoB, pro PDT, pro PSB: temos que utilizar a tribuna da Câmara e do Senado.  Não podemos levar desaforo pra casa. Se falarem merda contra a gente vamos falar duas. Esse partido não tem medo de coxinha. Se tivesse, não comia tanto frango.

Lavei minha alma. Daqui pra frente, é pão, pão, queijo, queijo.

Lulinha não vai ser mais Lulinha paz e amor!

*****

Ministério da Justiça

Quem é Wellington César Lima e Silva

Indicação de Jaques Wagner, novo ministro da Justiça atuou como procurador de Justiça da Bahia

por Tory Oliveira — publicado 29/02/2016 16h46, CartaCapital

Escolhido nesta segunda-feira 29 para ocupar o cargo de ministro da Justiça, no lugar de José Eduardo Cardozo, que deixou a pasta para assumir a Advocacia Geral da União, o baiano Wellington César Lima e Silva atuou como procurador de Justiça no Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA).

A mudança no Ministério da Justiça foi anunciada, por meio de um comunicado oficial, pela presidenta Dilma Rousseff. A saída de Cardoso provocou uma dança das cadeiras: o ex-ministro da Justiça assumirá a Advocacia-Geral da União, substituindo Luiz Inácio Adams, que, de acordo com a nota oficial, saiu do cargo por razões pessoais. Assim, Luiz Navarro de Brito ocupará o cargo de ministro-chefe da Controladoria Geral da União.

Na função desde o primeiro mandato de Dilma Rousseff, Cardozo foi o mais longevo ministro da Justiça. Sua saída é creditada a pressões do PT, que criticava a atuação da Polícia Federal em casos como a Operação Lava Jato.

O novo ministro foi indicado por Jaques Wagner, em mais uma demonstração de influência do ministro-chefe da Casa Civil no Planalto. Wellington comandou o MP-BA por dois mandatos consecutivos, em 2010 e 2014. durante o governo de Wagner na Bahia.

Mestre em Ciências Criminais e doutorando em Direito Penal e Criminologia, Wellington César Lima e Silva ingressou no Ministério Público em 1991, atuando nas comarcas de Itagimirim, Tucano e Feira de Santana.

Em 1995, foi para a capital Salvador, com cargo na Promotoria de Justiça e Assistência. Também ocupou a vaga de assessor especial do procurador-geral da Justiça em 1996, 1999 e 2000.

Em 2011, durante um evento sobre medidas socioeducativas promovido na Bahia, Wellington se manifestou contra a redução da maioridade penal, uma mudança da legislação defendida por diversos setores e classificada como um retrocesso pelo novo ministro da Justiça.

“A redução da maioridade penal é, em si, algo tão equivocado, que deveria causar constrangimento às pessoas. Ela é uma solução simplificada e insuficiente, que não pode trazer à sociedade qualquer tipo de avanço”, afirmou.

*****

29/02/2016 – 09:21:11

NOTA À IMPRENSA

Os Delegados da Polícia Federal receberam com extrema preocupação a notícia da iminente saída do Ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, em razões de pressões políticas para que controle os trabalhos da Polícia Federal.

Os Delegados Federais reiteram que defenderão a independência funcional para a livre condução da investigação criminal e adotarão todas as medidas para preservar a pouca, mas importante, autonomia que a instituição Polícia Federal conquistou.

Nesse cenário de grandes incertezas, se torna urgente a inserção da autonomia funcional e financeira da PF no texto constitucional.

A Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal permanece compromissada em fortalecer a Polícia Federal como uma polícia de Estado, técnica e autônoma, livre de pressões externas ou de orientações político-partidárias.

Contamos com o apoio do povo brasileiro para defender a Polícia Federal.

*****

Captura de Tela 2016-02-29 às 18.35.43

Cássio Conserino, do MP de São Paulo, vaza para a Veja; Douglas Kirchner, do MP do Distrito Federal, vaza para a Época

NOTA À IMPRENSA

Lula protocola no MP documentos e explicação por escrito sobre triplex

São Paulo, 29 de fevereiro de 2016,

Os advogados do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e de sua esposa, Marisa Letícia, protocolaram junto ao Ministério Público de São Paulo, nesta segunda-feira (29), as explicações escritas a respeito da investigação sobre o apartamento triplex, no Guarujá.

Os esclarecimentos foram enviados em decorrência de novo depoimento marcado pelo promotor de justiça Cassio Conserino, para o próximo dia 3.

Segundo o documento protocolado, Lula e Marisa prestarão todos os esclarecimentos por escrito e não em audiência, uma vez que:

1) Houve infração da norma do promotor natural. O art. 103, XIII, §2º, da Lei Orgânica do Ministério Público do Estado de São Paulo prevê a necessidade de distribuição de representação criminal a um dos promotores de justiça da área.

No caso concreto não houve essa distribuição, como reconheceu o Conselho Nacional do Ministério Público em julgamento realizado no dia 23/02/2016. Os advogados do ex-presidente Lula e de D. Marisa farão o questionamento judicial sobre esse aspecto, o que é cabível segundo a própria manifestação do CNMP naquela oportunidade;

2) Houve prejulgamento ou antecipação de juízo de valor. Em entrevista à revista Veja de 22/01/2016 o promotor de Justiça Cássio Roberto Conserino afirmou, de forma incisiva e peremptória, que iria denunciar o ex-Presidente Lula e D. Marisa, embora o procedimento investigatório não estivesse concluído e não tivesse sido dada a eles a oportunidade de manifestação. A nova audiência consiste em um mero formalismo, verdadeiro contraditório burocrático;

3) Faculdade e não obrigação. O art. 7º, da Resolução CNMP nº 13/06 estabelece em seu art. 9º uma faculdade ao investigado de prestar informações e essas informações já foram prestadas pelo ex-presidente Lula e por D. Marisa de forma escrita e acompanhada de documentos ao promotor de Justiça Cassio Roberto Conserino.

O ex-presidente e sua esposa manifestaram, ainda, o desejo de prestar depoimento à “autoridade imparcial e dotada de atribuição, que respeite os princípios do promotor natural”, segundo consta no documento protocolado.

Leia também:

Delator Nilton Monteiro diz que entregou mais de R$ 3 milhões em dinheiro vivo para irmã de Aécio

 

51 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Messias Franca de Macedo

01/03/2016 - 18h33

E viva o egrégio e intrépido jornalista Fernando Brito!
A (verdadeira) nação brasileira e a civilidade agradecem, penhoradamente!

Globo pergunta a Lula sobre pedalinhos e ele se junta ao Tijolaço: estou esperando matéria sobre Paraty
POR FERNANDO BRITO · 01/03/2016

FONTE [LÍMPIDA!]: http://tijolaco.com.br/blog/globo-pergunta-a-lula-sobre-pedalinhos-e-ele-se-junta-ao-tijolaco-estou-esperando-materia-sobre-paraty/

LÁ VEM O MATUTO QUE SENTE CHEIRO DE GOLPE DESDE O DIA EM QUE NASCEU EM PINDORAMA

DEUS É BOM!
E PELOS JUSTOS!
ACABOU A ERA ‘LULINHA PAZ E AMOR’!

E, ao que parece, alguém ouviu o clamor deste matuto que escreve estas mal traçadas linhas!
Ou seja, o mantra deve ser ‘Denunciar o *PIMG no PIMG’!
*PIMG (Partido da Imprensa Mafiosa &$ Golpista)

Tremeis, nazifasciterroristas $ golpistas de meia tigela IMUNDA!
Tremeis, “que nem vara verde”!
E não é a vara IMUNDA do DEMoTucano “juiz” sérgio ‘mor(T)o’ de uma mequetrefe comarca qualquer de primeira instância da província da ‘Guantánamo do Paraná’!
Ao fim e ao cabo das tormentas, TREMEIS!

Responder

Messias Franca de Macedo

01/03/2016 - 15h32

DEUS É BOM!
E PELOS JUSTOS!
ACABOU A ERA ‘LULINHA PAZ E AMOR’!

E, ao que parece, alguém ouviu o clamor deste matuto que escreve estas mal traçadas linhas!
Ou seja, o mantra deve ser ‘Denunciar o *PIMG no PIMG’!
*PIMG (Partido da Imprensa Mafiosa &$ Golpista)

Entenda

***

Troca de mensagens com O Globo sobre pedalinhos

01/03/2016 12:57

A reportagem do jornal O Globo procurou a assessoria de imprensa do Instituto Lula a respeito de “reportagem” da Veja sobre pedalinhos no sítio que o ex-presidente frequenta em Atibaia. Conforme já foi informado à imprensa pelo instituto e pelo próprio ex-presidente, Lula e seus parentes frequentam de fato o sítio, que pertence a amigos da família.

Reproduzimos abaixo a troca de e-mails com a reportagem do jornal.

***

De: sp.oglobo.com.br

Data: 1 de março de 2016 11:46

Assunto: pedalinhos – sítio

Para: institutolula.org

Bom dia

Conforme nos falamos por telefone, gostaria de saber se o ex-presidente Lula se posicionará sobre a informação divulgada pelo site da Veja, de que há dois pedalinhos no sítio de Atibaia, com os nomes dos netos Pedro e Arthur pintados nos mesmos.
Vocês vão soltar alguma nota?

***

De: institutolula.org

Data: 1 de março de 2016 12:18

Assunto: Re: pedalinhos – sítio

Para: @sp.oglobo.com.br

Não, não vamos soltar nota sobre pedalinhos com os nomes dos netos do ex-presidente. Já explicamos várias vezes que o ex-presidente e dona Marisa frequentam o sítio, que é de propriedade de amigos da família. Os proprietários do sítio constam na escritura e não são empresas offshore no Panamá.
Aguardamos que a brava reportagem de O Globo que persegue pedalinhos de crianças investigue quem seria o real proprietário da mansão construída em área de proteção ambiental na praia Santa Rita, em Paraty. Haverá alguma nota ou reportagem do Globo sobre essa polêmica propriedade?
Relembrando que consideramos a nossa troca de mensagens com repórteres material de interesse público e histórico, que podemos divulgar de acordo com nossos critérios.

Atenciosamente,

FONTE [LÍMPIDA!]: http://institutolula.org/troca-de-mensagens-com-o-globo-sobre-pedalinhos

e aqui

http://www.conversaafiada.com.br/brasil/paraty-lula-manda-globo-a-m

Responder

Lenin

01/03/2016 - 15h29

O ex presidente Lula, pode até ser preso, depois desse ataque maciço dos meios de comunicaçã em cima da sua imagem, desconstruindo das mentes da população, o grande lider que o país ja teve nesses ultimos 30 anos.
Isso ocorre porque em todos os outros setores, partidos, classes não foram capazes ou não tiveram inspiração, motivação para se levantarem por uma causa, não tem vontade politica, nem garra para levantar uma bandeira e oferecer uma mudanças, não conseguirão nesses 15 anos levantar um nome que podesse honestamente desbancar o metalurgico, barbudo de origen nordestina.
Então a solução foi, usar de sofismas, as mentes pensantes de homens que se viram, derrotados e com a idgnação de ter um esquerdista, que mudou a historia de milhões de pobres e miseraveis, dando as condições para que os aplebes atingi-se o nivel social.
Ver essa mudança com um presidente ‘iletrado’ sobre a ameaça de continuar em 2018, podendo estender até 2026 e até mais com um sucessor, isso para eles é um verdadeiro pesadelo, para essa elite das sociedades, dos bem sucedidos com a pseuda filantropia, que usa de piedade com os pobres miseraveis, sim é o que eles sempre quiseram os marginais, para ser exemplo para seus babys, boys branquinhos, bitolados.
A unica solução foi unir as forças, com seus comparças que estão ramificados, na PF, MP’S, STF, e outros setores, como a midía de massa que praticamente é dominada pela elite dos iluminados, detentores do monopolito das informações, e se algum, reporter, jornal, ou outros meios de comunicações se aventurar em ser parcial, estará condenado a neutralidade, sensura e fracasso.
Essa é a guerra, essa é a filosofia deles se não temos projetos, não é nosso interesse, em ajudar os trabalhadores, em melhorar a educação, e estabelecer uma economia solida e um pais para todos, o povo nunca vai nos eleger porque eles conseguiram a confiança do povo, então vamos agir na politica da arte da manipulação e destruir a imagem dos nossos adverssarios, até a regeição deles nunca mais ser recuperadas.
Nem FHC, Aecio, Geraldo, Serra, Marina, Moro, J. Barbosa, Janot, João Doria, Cunha, Temer, Renan, Ciro Gomes, Silvio Santos, ou qualquer outro no atual cenario politico do Brasil tem o potencial de liderança com Luiz Inacio Lula da Silva.

Responder

mineiro

01/03/2016 - 14h41

nada pode ser totalmente independente e tambem nada pode ser a ferro e fogo. tem que ter limites , regras e subordinaçao e tambem dentro dessas normas ter independencia para agir. no caso desse mp, pf , nao existe nada que eles obedecem , eles sao subordinados a quem pagar mais, tipo mercenario.

Responder

mineiro

01/03/2016 - 14h38

nao existe este tipo de independencia , essa independencia da pf facista , golpista, nazista e tucana é perseguiçao politica a determinados politicos e a partidos. isso sim tem que botar um freio e barrar um por um desses golpistas de dentro da pf. pf que vaza para o pig so contra o pt e o lula é o que afinal? pf federal que segue a constituiçao , as leis ,a democracia , nao essa pf tem que dar um fim nela , seja por bem ou por mal. mas que tem que acabar com esses golpista , nao a menor duvida. eles doidos , perdeu o seu principal aliado o ze desgraça tucano. agora se esse proximo min . nao der um basta nisso , vai ser a mesma coisa. o problema nao é trocar de min. o problema é um min. de coragem e vergonha na cara e que peite esse golpistas facistas do pig. esse é que o problema.

Responder

Urbano

01/03/2016 - 13h54

O terrorismo fascista dos escroques da oposição ao Brasil, nunca dantes havido contra a nossa Nação tanto em volume quanto em estragos, tem que ser estancado urgentemente, pois o povo mais necessitado será quem mais caro vai pagar o pato. O pior de tudo é que os altamente prováveis manejadores das marionetes fascistas do Brasil, na intenção mais insana de perpetrar toda essa sanha contra a Nação brasileira, principalmente nesses últimos dois anos, sejam aqueles que tanto alardeiam mundo afora sobre a imperial necessidade de se combater o terrorismo. Farsa Igual, levando-se em conta a devida proporcionalidade, só mesmo o tapa na carteira do incauto e sair correndo e gritando ‘pega o ladrão!’.

Responder

Seu Zé

01/03/2016 - 12h14

A PF está coberta de criminosos. Como uma instituição coloca uma tarja preta na página oficial em ‘protesto’? O mínimo a ser feito era demitir (expulsar) todos os envolvidos e o chefe geral. Tá pior que PCC, onde, ao menos, se respeita a hierarquia.

Responder

Messias Franca de Macedo

01/03/2016 - 09h31

ALVÍSSARAS

… E o novo ministro da Justiça, entre outras coisas relevantíssimas, poderá, verdadeiramente, começar a ajudar a ‘refundar a República’!

1- descobrindo quem é o dono da mansão triplex em nome de ‘laranjas podres’ dos Marin(ho) das organizações criminosas Globo do FIFALÃO &$ da soNEGAção bilionária;
2- descobrindo tudo – tim por tim tim – revelado no histórico e memorável documentário do DCM acerca de mais um [mega]escândalo do DEMoTucanato, a Lista de Furnas;
3- descobrindo quem é o dono do ‘helicoPÓtero’ do amigo do ‘Aécio 1/3 El Chato Furnas Forever’ – ‘helicoPÓtero’ esse infestado com mais de, pasme, 450 kg de pasta base de cocaína – o que, convenhamos, são capazes de causar estragos transoceânicos;
4 – descobrindo quem é, afinal, “o pai” da Brasif do [mega]escânndalo ‘Miriamgate’;
errata desprezível – padrão PTF (Polícia Tucana Federal)
errata desprezível – padrão PTF (Polícia Tucana Federal)
5 – descobrindo quem são os criminosos ‘vazadores seletivos’ da Operação midiática &$ fascigolpista ‘Lava [DEMoTucano a] Jato';

E é só pra começar a faxina em prol do verdadeiro Brasil!

Ah senhor novo ministro da Justiça, descobrir e aplicar as devidas sanções penais, óbvio!
Tudo em nome da Lei!

E, enfim, a nação em frangalhos saberá para o que o senhor veio!
Ou seja, notabilizar-se por ser um ministro da JUSTIÇA ou [mais] um ‘miniSTRO’ da ‘Justiça da [IMUNDA] Casa Grande’!
A conferir!

Muito boa sorte e sabedoria,
senhor novo ministro da Justiça!
E muita coragem, homem, muita coragem!

Responder

José Henrique

01/03/2016 - 09h30

Este cidadão acha que está acima da lei para se recusar a depor. Acha que pode passar por cima da lei para se proteger e ao resto da quadrilha que se apossou do governo, das estatais e dos fundos de pensão com o único intuito de se enriquecer e se perpetuar no poder. Vai fazer companhia ao Zé Dirceu logo logo.

Responder

    mineiro

    01/03/2016 - 19h33

    ta certissimo o lula , em tribunal de exceção , golpista , facista e que quer so julgar determinado partido e politico. nao tem que ir mesmo, se o fhc nao vai , o playboi que mg odeia nao vai e eles so querem gente do pt e o lula, nao tem que ir mesmo. eles nao tem moral nenhuma para julgar ninguem. se ele for essa corja ai citada tem que ir tambem. é uma no cravo e outra na ferradura.

Messias Franca de Macedo

01/03/2016 - 08h14

Uma das primeiras missões para o novo ministro da Justiça!
E depois o novo ministro não poderá se queixar da Assessoria ‘Tijolaça’ de Informações!
Risos

De resto, boa sorte, novo ministro, não sabemos ainda se da Justiça ou da ‘Justiça da Casa Grande’!
A conferir!
E muita coragem, homem, muita coragem!
Ademais, assim como na música, “a Bahia e o restante do mundo [risos] querem saber o seu valor”!

$$$$$$$$$$$

João Roberto, o Tijolaço não falha: a agropecuária marinha de Parati usa “fachada ambiental”!

Por conspícuo e impávido jornalista Fernando Brito
Lá da conspícua Casa Cibernética ‘Tijolaço’

01/03/2016

Agora que estou convencido de que João Roberto Marinho, que pediu a publicação de esclarecimentos na condição de jornalista – e, portanto, (…)
Pois encontrei documentos oficiais – requerimentos junto ao Instituto Nacional de Propriedade Industrial, a partir de uma dica dada por um leitor – (…)
Está sentado? Sente-se, se não está.
(…)
Aliás, não sei porque o senhor mandou uma advogada me “notificar” com um pedido de esclarecimentos por e-mail, um troço sem valor jurídico nenhum.
Vou continuar procurando, João Roberto, e partilhando tudo aqui, porque imagino que, esta altura, equipes inteiras da Globo procurem os donos de fato desta “agropecuária marinha”.
Se o senhor ajudar , disposto a revelar quem é o farsante que está usando a Agropecuária Veine, tenho certeza que iremos desmascarar esta turma de aproveitadores.
PS. Espero ter lembrado o colega de pagar aquela merreca devida à União, por ocupar um terreno público de mais de 130 mil metros quadrados.

FONTE [LÍMPIDA!]: http://tijolaco.com.br/blog/joao-roberto-o-tijolaco-nao-falha-temos-mais-material-sobre-a-agropecuaria-marinha-de-paraty/

Responder

Antônio

01/03/2016 - 08h06

NASSIF, UMA GRANDE CAPACIDADE DE SÍNTESE

Você não precisa de mais de 2 minutos para ler esta importante matéria. Imperdível!

Dilma no reino dos homens probos do Congresso

Dilma no reino dos homens probos do Congresso

ter, 01/03/2016 – 00:01

Atualizado em 01/03/2016 – 03:57

http://jornalggn.com.br/noticia/dilma-no-reino-dos-homens-probos-do-congresso

Luis Nassif

Cena 1: o presidencialismo de coalizão

A votação no Senado da PL do pré-sal revelou, em toda crueza, o nível atual do poder presidencial. A presidente está literalmente refém de chantagem política.

Com o enfraquecimento do poder presidencial, três dos mais notórios operadores do Senado – Renan Calheiros, Romero Jucá e José Serra – se uniram para recriar o “centrão” – o grande balcão de negócios que, em alguns momentos de vácuo político no país, é constituído para barganhar favores com presidentes fracos.

O pote de ouro mais disputado é o da flexibilização do sistema de partilha no pré-sal. O recuo de Dilma Rousseff na última hora deveu-se a ameaças explícitas de Renan e Jucá de engrossarem o coro do impeachment.

Com isso conseguiram aprovar no Senado o Projeto de Lei de Serra que não mais obriga a Petrobras a ser operadora de todos os poços, com participação de 30%.

A reação do presidente da Câmara Eduardo Cunha foi imediata, despudorada como todos seus atos públicos, escancarando o leilão: garantiu que irá sepultar a PL do Senado e oferecer aos patrocinadores da mudança o cálice de ouro: a revogação total do sistema de partilha.

Já se chegou a um nível tal que se abre mão até do pudor.

Cena 2: as ações contra Eduardo Cunha

Amanha, dificilmente o STF (Supremo Tribunal Federal) decidirá pelo afastamento de Eduardo Cunha da presidência da Câmara. Apesar da enorme capivara de Cunha, trata-se de medida extrema contra o presidente de outro poder. Segundo avaliações internas do STF, até agora o Procurador Geral da República não logrou apresentar evidências sólidas sobre as interferências de Cunha nas investigações, valendo-se de suas prerrogativas de presidente da Câmara.

É um quadro complicado no qual os negócios políticos adquiriram uma desfaçatez própria da decadência moral que caracteriza os fins de ciclo.

Cena 3: entre a irresponsabilidade de Aécio e a abulia de Dilma

Tem-se uma presidente politicamente manietada, refém do pior fisiologismo do Congresso e incapaz de uma reação. Em posição confortável, os líderes do “centrão” garantirão o mandato de Dilma.

A alternativa a ela é um dos políticos mais medíocres das últimas legislaturas, Aécio Neves, de uma ignorância absurda sobre qualquer tema contemporâneo.

Fica-se, então, nesse dilema político: ou um candidato cuja única palavra de ordem é o discurso do confronto, ou uma presidente cedendo as coroas da corte para não perder o cargo e incapaz de reagir à crise.

Cena 4: a rebelião das corporações

Para completar o mapa, corporações relevantes, como a Polícia Federal, tornaram-se poder dentro Estado, graças ao desempenho de José Eduardo Cardozo, provavelmente o mais fraco Ministro da Justiça da história, não apenas pela falta de autoridade, mas por não ter cumprido nenhuma de suas atribuições em relação aos grandes temas da pasta.

Diz-se que das grandes crises saem as grandes soluções. Até agora nenhuma apareceu no horizonte político. No protagonismo, apenas velhas raposas instruídas na arte da chantagem.

Responder

Antônio

01/03/2016 - 07h53

NASSIF, UM GRANDE PODER DE SÍNTESE

http://jornalggn.com.br/noticia/dilma-no-reino-dos-homens-probos-do-congresso

Dilma no reino dos homens probos do Congresso

Dilma no reino dos homens probos do Congresso

ter, 01/03/2016 – 00:01

Atualizado em 01/03/2016 – 03:57

Luis Nassif

Cena 1: o presidencialismo de coalizão

A votação no Senado da PL do pré-sal revelou, em toda crueza, o nível atual do poder presidencial. A presidente está literalmente refém de chantagem política.

Com o enfraquecimento do poder presidencial, três dos mais notórios operadores do Senado – Renan Calheiros, Romero Jucá e José Serra – se uniram para recriar o “centrão” – o grande balcão de negócios que, em alguns momentos de vácuo político no país, é constituído para barganhar favores com presidentes fracos.

O pote de ouro mais disputado é o da flexibilização do sistema de partilha no pré-sal. O recuo de Dilma Rousseff na última hora deveu-se a ameaças explícitas de Renan e Jucá de engrossarem o coro do impeachment.

Com isso conseguiram aprovar no Senado o Projeto de Lei de Serra que não mais obriga a Petrobras a ser operadora de todos os poços, com participação de 30%.

A reação do presidente da Câmara Eduardo Cunha foi imediata, despudorada como todos seus atos públicos, escancarando o leilão: garantiu que irá sepultar a PL do Senado e oferecer aos patrocinadores da mudança o cálice de ouro: a revogação total do sistema de partilha.

Já se chegou a um nível tal que se abre mão até do pudor.

Cena 2: as ações contra Eduardo Cunha

Amanha, dificilmente o STF (Supremo Tribunal Federal) decidirá pelo afastamento de Eduardo Cunha da presidência da Câmara. Apesar da enorme capivara de Cunha, trata-se de medida extrema contra o presidente de outro poder. Segundo avaliações internas do STF, até agora o Procurador Geral da República não logrou apresentar evidências sólidas sobre as interferências de Cunha nas investigações, valendo-se de suas prerrogativas de presidente da Câmara.

É um quadro complicado no qual os negócios políticos adquiriram uma desfaçatez própria da decadência moral que caracteriza os fins de ciclo.

Cena 3: entre a irresponsabilidade de Aécio e a abulia de Dilma

Tem-se uma presidente politicamente manietada, refém do pior fisiologismo do Congresso e incapaz de uma reação. Em posição confortável, os líderes do “centrão” garantirão o mandato de Dilma.

A alternativa a ela é um dos políticos mais medíocres das últimas legislaturas, Aécio Neves, de uma ignorância absurda sobre qualquer tema contemporâneo.

Fica-se, então, nesse dilema político: ou um candidato cuja única palavra de ordem é o discurso do confronto, ou uma presidente cedendo as coroas da corte para não perder o cargo e incapaz de reagir à crise.

Cena 4: a rebelião das corporações

Para completar o mapa, corporações relevantes, como a Polícia Federal, tornaram-se poder dentro Estado, graças ao desempenho de José Eduardo Cardozo, provavelmente o mais fraco Ministro da Justiça da história, não apenas pela falta de autoridade, mas por não ter cumprido nenhuma de suas atribuições em relação aos grandes temas da pasta.

Diz-se que das grandes crises saem as grandes soluções. Até agora nenhuma apareceu no horizonte político. No protagonismo, apenas velhas raposas instruídas na arte da chantagem.

Responder

Messias Franca de Macedo

01/03/2016 - 07h14

Da Série ‘Agora escuta [mais] esta’! II

***
(…)
Bomba H Ninguém tem hoje poder de segurar a Operação Lava Jato. “Passados uns dias, eles perceberão que nada mudou”, diz um graúdo policial federal.
(…)

FONTE: http://painel.blogfolha.uol.com.br/2016/03/01/mesmo-com-saida-de-cardozo-da-jutica-ruptura-entre-dilma-rousseff-e-pt-nao-esta-descartada/

***

LÁ VEM O MATUTO TIRADO A GAIATO!

Resta saber o que esse ‘graúdo’ da *PTF pensa acerca das investigações do ‘FHC Príncipe da Privataria &$ do [mega]escândalo Miriamgate’!

Responder

    Messias Franca de Macedo

    01/03/2016 - 08h14

    *PTF (Polícia Tucana Federal)

julio

01/03/2016 - 06h48

FHC trocou o titular da pasta oito vezes, foi um ministro para cada ano de governo. O Cardozo deveria ter a ombridade de pelo menos vir a público esclarecer por que está saindo, o silêncio dele está dando munição para os inimigos do Lula e do PT.

Responder

Riquelme

01/03/2016 - 00h56

Inacreditável , que pessoas de conhecimento político, vendo a situação do país como se encontra ainda defende está corrupção , os corruptos e corruptores. A troco de que, este pessoal fica ao lado dos corruptos,se esquecendo que sendo brasileiro, o importante é o país como um todo,não um país administrado por inconsequentes e malignos políticos que se apoderam da coisa pública. O Brasil é nosso,é do povo brasileiro não destes políticos sagazes.

Responder

Francisco de Assis

01/03/2016 - 00h30

HAJA PACIÊNCIA
.
Uma oportunidade única (e última?), perdida, de colocar um gigante com autoridade no Ministério da Justiça, como Dalmo Dallari, Konder Comparato ou Bandeira de Melo (existem outros), para domar a besta da PF (o novo Partido Fascista), calar a boca do golpista Gilmar Mendes e mostrá-lo como anão moral que é, enfrentar a tropa dos golpistas do congresso – Cunha, Renan, Serra et caterva – e cobrar do pusilânime Janot e seus procuradores que investiguem e punam também os bandidos da oposição e da mídia, e também aqueles incrustados no próprio MP, na PF e na Justiça.
.
E a Dilma (e até o Jaques Wagner!) arranja um inexpressivo e desconhecido procurador da Bahia, sem força para enfrentar os golpistas, para por no Ministério da Justiça. E ainda insiste com o covarde do Zé Lotes Cardozo, dando-lhe mais um cargo, agora para avacalhar a AGU, depois de ter avacalhado o Ministério da Justiça.
.
Haja paciência.

Responder

    Octavio

    01/03/2016 - 09h57

    Francisco, agora tudo vai melhorar para a presidenta. É a velha teoria do bode na sala. O bode era o Zé Cardoso. Agora era fará o mesmo com a AGU. Zé Cardoso vai tornar a AGU um inferno. Depois é só retirá-lo de lá que tudo melhora. Só não pode deixar o bode arrebenta a casa toda. A minha esperança é a Dilma não tentar emplacar o Zé Cardoso para a sua sucessão. Acho que ele teria muitos votos até na oposição. Até o Aécio já empunhou a bandeira: “FICA ZÉ”.

Eduardo Guimarães

01/03/2016 - 00h05

A PF e é a Associação dos Delegados PF, antes de fazer manifestações através da imprensa em dua defesa, deveria antes de tudo se fazer crível perante a Sociedade! Uma PF que vaza escandalosamente, grampeia celas e mictórios e prende para forçar delação,não tem direito a reivindicar nada! Tampouco merece crédito do cidadão! A PF e o juízo do Moro não têm sido merecedores de respeito e fé pública! Parafraseando seu gurú do PSDB,” assim não pode, assim não dá”É preciso merecer antes de querer!

Responder

Bacellar

01/03/2016 - 00h00

Olha, momento complicado. Faz algum tempo que penso que talvez a ideia dos big players seja ver PSDB e PT morrendo abraçados -Que ironia seria ver isso… Que a dicotomia radicalizada é o cenário ideal para o interesse externo.
Mas que jeito? O PT já passou do ponto de revidar. Não existe opção além do enfrentamento. Ano após ano, eleição após eleição…Cada vez mais dura, cada vez mais varzeana, cada vez mais violenta essa batalha…
Eu pessoalmente, pensando no quadro geral, gostaria de ter visto uma saída negociada, ainda que dura, dessa situação que se colocou pós 2013.
Já não é possível. Esse ano vai pro pau. Alea jacta est. Nenhum cenário é promissor.
Mas pra gente que gosta de uma peleja…Demorou.

Responder

a.ali

29/02/2016 - 23h07

Caro Ricardo,
não, este sujeito não fica, frente ao espelho, vermelho de vergonha por trabalhar com tanta maldade, pois ele é a maldade, não tem nem pudor, nem caráter e nem vergonha, pois esta é caracterizada pela cor “vermelha”…

Responder

Euler

29/02/2016 - 22h57

Está mais do que na cara que o juiz Moro, a Globo, os procuradores e policiais federais do Paraná, entre outros, são parte de um mesmo esquema golpista, montado para detonar o PT, o governo Dilma, Lula e a Petrobras, não necessariamente nesta ordem. A questão é: o que fazer para impedir a ação mafiosa desse grupo? Como as instituições democráticas podem lidar contra um grupo que detém tamanho poder à margem da legalidade, ainda que com verniz legal, já que setores das instituições – ministério público, polícia federal e justiça -, através de alguns dos seus agentes, e protegidos pelo criminoso monopólio de uma mídia golpista, fazem o que bem entendem?

O STF foi cancelado por este grupo. O CNJ idem. O governo federal, idem, inclusive em relação à PF, que deveria estar subordinada ao governo. O parlamento, um dos mais coservadores e direitistas da nossa história, se aproveita da crise geral e aprova medidas contra os interesses do nosso povo, como a entrega do pré-sal. Os movimentos sociais estão fragilizados e suas bases, em parte, foram contaminadas ou estão paralisadas em função do bombardeio midiático de uma nota só.

Todos os dias, todas as horas, todos os minutos, em qualquer rádio ou TV ou jornal ou revista a manchete é a mesma: um total bombardeio contra Lula, Dilma, PT e Petrobras. Há quase dois anos a Lava-jato vem abastecendo este bombardeio com vazamentos e prisões seletivas – alguns empresários da construção civil e políticos do PT, apenas – Vacari, Dirceu, o marqueteiro do PT, além da perseguição à Lula e sua família. TODAS as denúncias envolvendo o PSDB e seus caciques foram arquivadas antes de serem apuradas. Qualquer menção ao grupo da família Marinho é imediatamente apagada dos autos e das investigações, como aconteceu com o Triplex de Paraty.

Enfim, o Brasil está sendo atacado internamente, com a participação de grupos externos, como a Chevron e a CIA, e infelizemnte há uma massa de lobotomizados que comprou este discurso oco do combate seletivo e golpista à corrupção. O custo deste combate está sendo a total destruição da economia brasileira, dos setores estratégicos, da política brasileira como meio de formação de consensos para superar crises e desenvolver políticas sociais em favor dos de baixo.

Se continuar dessa forma, a crise vai se agravar e o Brasil poderá entrar em guerra civil, pois a direita que está prestes a assaltar sem votos o governo federal vai trazer mais arrocho e política de choque e mais desemprego e rompimento das condições mínimas de sobrevivência para amplos setores. Claro que isso vai gerar conflitos pesados. O discurso antipetista pode durar um tempo, mas não vai demorar muito para que setores hoje lobotomizados por esta mídia bandida percebam que foram enganados. E aí sim, vai sobrar pra muita gente que hoje está blindada. Quem está apostando no golpe, no inferno astral do Brasil pode se preparar para o pior.

Responder

cicero Barbosa

29/02/2016 - 22h46

avançou tá aí a conta para os brasileiros pagarem como que se paga mesmo há com ipoclesia de alguns ingênuos mas o que adianta ter nesse mundo se não vai poder usufruir fazer o que não temos vida eterna então deixaremos para os importunios arregassarem c tudo mas lembrem_se tudo será cobrado na hora certa mas tudo mesmo e pelo juiz dos juízes não vai ter abihascorpus que mude ou te livre de tudo que foi feito em vida .

Responder

Ricardo

29/02/2016 - 22h44

Penso que o presidente Lula, sendo honesto, como acho que é, deveria ter prestado depoimento. Quem não deve não teme…

Responder

    Sidnei Brito

    01/03/2016 - 09h52

    Pois é, Ricardo, quem não deve não teme…
    O problema, meu caro, é que sempre há uma “literatura jurídica” permitindo condenar sem provas.

Denner

29/02/2016 - 22h39

Sinceramente nem vejo mais o jornal nacional. Lá todo mundo ganha muito bem. Será que eles não tem pena do povo que perdeu o emprego por culpa deles também. Ah, já sei ! O criança esperança ajuda a consciência deles ficar em paz.
Pelo que tão fazendo em 2015/2016 não tenho mais dúvidas que todos eles (globo, folha, estadao e outros) de fato apoiaram o golpe militar e a ditadura.
Ou investigam todos os envolvidos ou assinam o próprio atestado de óbito, como a revista Veja fez. Vão todos perder a pouca credibilidade que ainda tem.
Vejam como a Veja é risível. De revista séria, campeã de vendas, a falência.
Por isso que irão perder de novo. O povo não é trouxa. Tão vendo essa forçassao de barra.
Eu não voto em golpista.

Responder

saneto

29/02/2016 - 21h56

Quem é esse repórter?

Responder

Andre

29/02/2016 - 21h44

Na meritocracia tupiniquim qual parcela da população recebe os maiores investimentos , possui as melhores oportunidades educacionais , apoio e tempo livre para se dedicar tranquilamentw e galgar os melhores postos empregoabe passar nos melhores concursos e de maiores salários exorbitantes do país??? Claro: A Elite, estes funcionários públicos sao de familiabpaneleira que perseguem e obviamente quebra continuidade do sistemabfe meritocracia do rico, onde. Alguns , na nota de 0 a 10 , saem no 8 ebós pobres no 1, ou menos. Claro que os procuradores, juizes e policiais ligadosba classe media alta e elite iriam perseguir e bater panelas contra quem procura equalizar oportunidades no conflito de classes, e quem afronta interesses seculares doa abastados.

Responder

    Andre

    29/02/2016 - 21h49

    …e nós pobres… interesses seculares dos abastados… Entre tantos Erros do teclado e do corretor do celular, foi a pressa, desculpas…

Gerson

29/02/2016 - 21h43

Moro, PF, MP e a Rede Globo vão tentar prender o Lula antes que o novo ministro da justiça assuma o cargo.

Responder

Mauricio Gomes

29/02/2016 - 21h11

“Nesse cenário de grandes incertezas, se torna urgente a inserção da autonomia funcional e financeira da PF no texto constitucional.”

É muita petulância, arrogância, cinismo e hipocrisia juntos nessa carta patética dos meganhas da PF. Que tipo de autonomia estão falando? De poder usar a imagem da presidente para praticar tiro ao alvo? Instalar grampos ilegais em mictórios de presos? Xingar a presidente e o ministro da justiça, seus superiores hierárquicos, em redes sociais? Ter sedes de luxo para confraternizações, como no PR? Perseguir adversários políticos sem nenhum constrangimento? Realmente estamos em um cenário de “grandes incertezas”, onde pessoas são julgadas, condenadas e presas baseado em delações de bandidos ou nem isso, sem nenhum embasamento em provas. Enquanto bandidos como o Cunha só está em apuros por causa das autoridades Suíças. Vão tomar caju, seu bando de pilantras fascistas, sectários e saudosos da ditadura!

Quanto ao Lula, tá certíssimo. Todo esse processo é uma farsa, e mesmo que houvesse indício de fraude tem que haver uma investigação séria e equilibrada, não de promotores que vão à Veja e à Época para dizer que acusarão antes de investigar. Espero que o próximo ministro da justiça tenha balls para enfrentar essa matilha de hienas que fareja sangue e o quer a todo custo. Canalhas!

Responder

    Mauricio Gomes

    29/02/2016 - 21h13

    corrigindo….só estão em apuros…

FrancoAtirador

29/02/2016 - 20h33

.
.
Entrementes…
.
Ives Gandra Martins Filho assume Presidência do TST
defendendo “Flexibilização” de Direitos Trabalhistas
.
Recém empossado como novo presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST),
o ministro Ives Gandra Filho já mostrou que se colocará a serviço não do trabalho,
mas do capital.
.
Em entrevista ao jornal O Globo, publicada no domingo, 28, o jurista defendeu
a “flexibilização” e retirada de direitos trabalhistas, mostrando simpatia por medidas
que atacam os direitos dos trabalhadores.
.
Na entrevista, o presidente do TST defendeu a prevalência do negociado sobre o legislado,
posição que poderia jogar por terra a história de lutas dos trabalhadores
ao relativizar todos os direitos já conquistados.
.
Ele defendeu, no mesmo sentido, o Programa de Proteção ao Emprego
do Ministério do Trabalho (PPE), implementado pelo governo federal
e que prevê redução salarial e de carga horária de até 30% durante alguns meses,
desde que acordado entre empresa e trabalhadores.
.
O mais perigoso da entrevista de Gandra, porém, é sua indicação de que o TST
deve ‘colaborar com a superação da crise econômica’,
o que pode implicar o direcionamento da Justiça no sentido de que as empresas
sejam protegidas – em detrimento dos trabalhadores.
.
Para ele, a Justiça deve ‘levar em consideração o efeito
que pode ter uma decisão no modelo econômico’. [!!!]
.
O ministro defendeu, nesse sentido, “a flexibilização de direitos em crise econômica”,
criticando indenizações recebidas por trabalhadores.
.
Até mesmo a terceirização das atividades-fim foi defendida pelo novo presidente do TST,
demonstrando o desapego do ministro com relação aos direitos trabalhistas
e à proteção dos trabalhadores.
.
Quinto Constitucional
Ives Gandra Martins da Silva Filho é ministro do TST desde 1999,
em vaga destinada aos membros do Ministério Público do Trabalho.
.
Anamatra Divulga Nota Questionando Afirmações de Ives Gandra Fº
.
Após a entrevista, a Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra)
divulgou uma nota oficial, na qual afirma concordar com partes das falas
de Ives Gandra Filho, mas divergir “cabalmente” de outras, em especial
as que envolvem a possibilidade de flexibilização de direitos
e as afirmações do ministro no sentido de que muitos trabalhadores
recebem indenizações indevidas.
.
Conforme a Anamatra, “fragilizar as regras jurídicas gerais de proteção ao trabalho
é negar a tutela legal deferida aos seus destinatários, há mais de setenta anos,
e há mais de vinte e cinco reforçada pela Constituição de 1988″.
.
(http://www.anamatra.org.br/index.php/noticias/anamatra-divulga-nota-sobre-a-entrevista-do-presidente-do-tst-ao-o-globo)
.
.
(http://sintrajufe.org.br/site/noticias.php?id=13213#.VtTSM9JVikp)
(http://causaoperaria.org.br/2016/02/29/o-carrasco-dos-trabalhadores-e-presidente-do-tribunal-superior-do-trabalho-ives-gandra-filho-propoe-liquidar-ainda-mais-os-direitos-dos-trabalhadores)
.
.

Responder

Julio Silveira

29/02/2016 - 20h20

Agora é juntar os cacos que o Zé com sua falta de autoridade ajudou a criar, levantar a cabeça e ir a luta, pedindo a lei para aqueles que usam das prerrogativas legais do estado para deturpar a lei. Tem que enquadrar esses que fazem do país um país de arrogantes donos de carteira, que se acham a lei se pondo acima da lei, acreditando que possam tudo por terem cobertura midiática, que os encobre para proteger o rabo de todos que trabalham para seus interesses. Nunca o espírito de um Eliot Ness foi tão necessário na república brasileira, para acabar com as máfias corporativas, tidas como sérias, e seus fantoches, beneficiários travestidos de servidores públicos.

Responder

LULA SILVA D'SAINTS

29/02/2016 - 20h17

ESSES PROMOTORES E JUIZES E DELEGADOS GOLPISTAS AGUARDEM O LULA ASSUMIR A PRESIDÊNCIA DE NOVO
QUE VÃO VER O QUE É BOM PRA TOSSE……A COBRA VAI FUMAR..KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

Responder

    Julio Silveira

    01/03/2016 - 09h11

    Oxalá você esteja certo, eu? nem tanto.

FrancoAtirador

29/02/2016 - 20h02

.
.
Cardozo foi para a A.G.U.
.
Pobrezinha da Dilma Vana …
.
.

Responder

Lukas

29/02/2016 - 19h45

Fiquei feliz.

Quando um governante petista atende aos anseios dos progressistas da blogosfera ele dá um passo rumo ao precipício.

Responder

FrancoAtirador

29/02/2016 - 19h44

.
.
UM PROCURADOR COM “PERFIL INTRIGANTE”
.
“A Revista Época [GLOBO] já dedicou Três Capas
aos Vazamentos do Promotor Douglas Kirchner,
do Ministério Público Federal, uma Autoridade
de Perfil Intrigante”…
.
Tipo Charles Manson e Jim Jones…
.
(http://abre.ai/cnmp_p65-2015_2)
(http://abre.ai/cnmp_p65-2015_3)
.
.
(http://www.viomundo.com.br/denuncias/o-globo-fornece-prova-ao-mpf-de-fato-lula-palestrou.html)
.
(http://jornalggn.com.br/noticia/a-historia-do-procurador-douglas-kirchner)
.
.

Responder

marcio ramos

29/02/2016 - 19h32

A oposição é medíocre. Se acovardar é golpe. Tem que ir pra cima, a oposição não aguenta o tranco.

Responder

Luiz

29/02/2016 - 18h55

A PF tem de trabalhar e parar de fazer política.
Tem de parar de fazer justiça com dois pesos e duas medidas.
A credibilidade da PF tá minada, tá abalada.
Porque até hoje a PF não prendeu os donos da coca e do helicóptero? Porque até hoje não prenderam o chefe do esquema de Furnas e seus comparsas?
E vocês querem autonomia! Autonomia pra continuar a mercê da mídia e dos tucanos?
Ou isto não vem ao caso, também?

Responder

Leo F.

29/02/2016 - 18h50

Isso é muito grave. A PF sem mais rodeios, promete uma guerra à tão somente uma troca de Ministro, que em nada falou ou mesmo sinalizou para qualquer “intervenção funcional” nas rotinas operacionais da Polícia.

Agora não é mais caso de diálogo aberto com a Associação dos Delegados, mas de enquadramento dos mesmos através da Lei.

Já foi longe demais essa história de se tornarem um poder autônomo, tal qual é o Ministério Público. A Polícia é o braço armada do Estado, portanto, TEM que ser subordinada ou vinculada institucionalmente ao Poder Executivo.

É a mesma coisa que começar a aparecer General-de-Brigada do Exército, afirmando que não aceita Ministro da Defesa e querer “autonomia financeira e funcional”.

Apesar de estarem atrelados a um estatuto civil, diferentemente dos militares, os doutores delegados da Federal estão submetidos à mesma prestação de contas, ao poder eleito pelo voto popular.

Corre-se o risco de paralisarem o país, como forma de chantagem política.

Responder

Ricardo Cebalho

29/02/2016 - 18h20

Existe um repórter que é o emissário apocalíptico alias ele é o Própio
Eu não entendo, Como um jornalista bem conceituado, que passa a impressão de dignidade e sinceridade a população, pode se utilizar de sua audiência para manipular a população, de forma sórdida e desonesta, utilizando de meias verdades para prejudicar pessoas como o ex-presidente LULA? Não é possível que este jornalista não viveu os momentos do Brasil antes de 2003? Será que Que sua memória e dignidade se acabou completamente? como pode um homem que se diz probo fingir que não viu como o Brasil avançou até 2013 melhorando as condições do povo mais humilde e consequentemente toda a população?
Com a técnica da destruição e pessimismo do quanto pior melhor, Foi implantada por seus patrões desde o inicio do governo, e executada pelo mesmo, em coluio com toda mídia, iniciou os resultados. Começou a destruir o que foi construído com muita luta? Concordo que ele tenha uma visão política diferente.Mas negar a verdade e usar de maneiras espúrias, Um homem que já prejudicou LULA por diversas vezes em debates, e sabe que Lula e um uma pessoa honesta com hábitos simples não necessita de luxo ao contrario do que dizem, e ele sabe disto. Será que quando olha no espelho não fica vermelho de vergonha por trabalhar com tanto maldade e cinismo e ser instrumento de destruição para agradar a oligarquia? será o exemplo para seus filhos esse procedimento? Como uma pessoa pode se sujeitar a isso ?
Colaborador
Ricardo

Responder

    Ruy Teixeira

    29/02/2016 - 20h06

    Parabéns pelo comentário.

    antonio jr

    01/03/2016 - 00h34

    Acho que o companheiro nao acompanha bem as informações, bem concorfo que lula é um trabalhador e usa outro trabalhador para chegat ao poder e ficar nele a qualquer custo, lembro o mensalao dos correios que comprou parlamentares e foram preso Dirceu, Genoino,Delubio, etc e hoje no petrolao mas gente teoureiro do pt, marqueteiro do pt, andte esteves, marcelo ordebtrch.Eu acho lula um cara de pau que usou o sindicalismo do brasil para não trabalhat cortou o dedo pars se aposentar por invalidez e outra mente de mais conversa para alienado. …. outra sempre defendia concurso público quando oposição quando chegou ao poder colocou 4600 em cargos comissionados (sem concurso) no executivo.outra nomeio Dilma para Ministra de Minas e Energia e Presidente da Petrobras ai começou o sucateamento da petrobras para se reeleger Lula e Dilma não passam de dois façantes….FUNCIONARIO CONCURSADO DO PJU COM VERGONHA DO BRASIL E DO JUDICIARIO e também ex-pt fora dilma lula pt e aliados. …

    Ilson R. Napoleão

    01/03/2016 - 01h28

    Desde que o mundo é mundo há os que vendem suas almas ao diabo, os judas traidores. O dinheiro compra a “dignidade” de muitos.

Deixe uma resposta