VIOMUNDO
O VIOMUNDO só é possível também através de anunciantes, e detectamos que você utiliza um AdBlock, bloqueador de anúncios.
Por favor considere ajudar o VIOMUNDO desativando o bloqueador para este site.

Sobre a hipocrisia eleitoral: Mônica Serra e a ‘assassina de criancinhas’

16 de outubro de 2010 às 15h25

Por Conceição Oliveira do Blog Maria Frô, twitter: @maria_fro

Leitores e leitoras do blog me cobraram posição sobre a notícia de que Mônica Serra havia feito um aborto durante a Ditadura Militar no Chile. Apesar de ter lido tudo sobre o que saiu, recusava-me a discutir uma questão que continuo achando que é de âmbito privado, de interesse apenas do casal que toma uma decisão difícil como esta e que o Estado laico tem de encarar o aborto como uma questão de saúde pública, já que o aborto sem acompanhamento médico provoca a morte de milhares de mulheres pobres no país.  Assim, minha recusa em comentar este caso vem da repulsa de como a fé foi manipulada na discussão do aborto em prol da hipocrisia eleitoral.

De todos os boatos infundados desta campanha o mais danoso deles foi sem dúvida a manipulação da fé cristã em relação ao aborto.

Já falamos aqui que o PNDH3 não é uma invenção petista pois, além de incorporar em sua redação todos os planos anteriores do governo FHC (PNDH1 e PNDH2), teve a colaboração de toda sociedade civil em sua redação, foi resultado de um amplo debate, fruto de inúmeras conferências regionais, estaduais e nacional.

Questões básicas dos direitos civis como a garantia de união civil aos homossexuais, direito de herança, adoção etc., e a saúde da mulher, seus direitos reprodutivos e a descriminalização do aborto foram manipuladas eleitoralmente por José Serra, sua esposa, seus partidários e sua campanha. Independente de quem ocupar a presidência da República em 01/01/2011 a sociedade brasileira viveu nessas últimas semanas um retrocesso sem precedentes neste debate.

Blogueiros e blogueiras como eu que não cederam em relação à defesa dos princípios dos direitos civis sofremos ataques imensos. Tenho cerca de 70 comentários bloqueados no Maria Frô, fora os que apaguei e centenas de e-mails (alguns encaminhei para o Ministério Público) que nos acusam de tudo, nos demonizam pela nossa defesa do Estado Laico e republicano.

Nós mulheres e homens, cidadãs e cidadãos comprometidos com a democracia e os direitos civis, com os Direitos Humanos temos muito a lamentar por ter um candidato que para se manter na disputa eleitoral foi capaz de abandonar a tradição democrática de seu próprio partido na defesa dos Direitos Humanos, expressa nos PNDH1 e PNDH2, de ignorar medidas que ele próprio tomou em relação ao aborto (visto como  caso de saúde pública) e manipular bandeiras tão caras como: a saúde da mulher, a luta contra homofobia, tratando-as como coisas sujas, demoníacas.

Nos e-mails, contas do twitter, nas mensagens que fazem referência ao aborto enviados por essa campanha imunda nos assustamos diante do conteúdo e da percepção do quão baixa, agressiva e rasteira pode se levada a discussão sobre esses temas tão importantes. Fotos de bebês mortos sangrando estão expostas em alguns perfis de contas fakes no twitter, comunidades grotescas de estilo semelhante no orkut e textos horríveis mal escritos em letras garrafais xingam a candidata Dilma Rousseff de abortista, ‘assassina de criancinhas’, expressão que, segundo o Estadão, foi usada por Mônica Serra, esposa do candidato José Serra, num evento para evangélicos no Rio de Janeiro.

Para este blog, o fato de Mônica Serra ter feito um aborto seguro e não ter posto em risco a sua vida deveria ser um direito de todas as mulheres pobres que, como Mônica Serra, um dia tiveram de tomar esta decisão doloridíssima. Sobre isso Denise Arcoverde tratou hoje em seu blog: No exílio, Mônica e José Serra decidiram fazer um aborto seguro. Só eles podem?

Só espero que a sociedade civil organizada, defensora dos Direitos Humanos, dos direitos civis continue tendo energia para se sobrepor aos discursos oportunistas dentro e fora da campanha eleitoral, como os que vimos na mídia tradicional que criminalizou o PNDH3 na defesa de seus  interesses comerciais. Neste  sentido chama a atenção o fato de a Folha de São Paulo hoje, na coluna da jornalista  Mônica Bergamo, ter trazido o aborto de Mônica Serra para as páginas de seu jornal impresso e, ao mesmo tempo, não ter dado nenhum destaque para a coluna  na página das notícias sobre as eleições da Folha.com ou Portal da Uol.

Abaixo, reproduzo a coluna de Mônica Bergamo na Folha de São Paulo de hoje:

Monica Serra contou ter feito aborto, diz ex-aluna

Reportagem tentou ouvir mulher de candidato tucano por dois dias, sem sucesso

MÔNICA BERGAMO
COLUNISTA DA FOLHA

O discurso do candidato à Presidência José Serra (PSDB) de que é contra o aborto por “valores cristãos”, que impedem a interrupção da gravidez em quaisquer circunstâncias, é questionado por ex-alunas de sua mulher, Monica Serra.
Num evento no Rio, há um mês, a psicóloga teria dito a um evangélico, segundo a Agência Estado, que a candidata Dilma Rousseff (PT), que já defendeu a descriminalização do aborto, é a favor de “matar criancinhas”.
Segundo relato feito à Folha por ex-alunas de Monica no curso de dança da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), a então professora lhes contou em uma aula, em 1992, que fez um aborto quando estava no exílio com o marido.
Depois do golpe militar no Brasil, Serra se mudou para o Chile, onde conheceu a mulher. Em 1973, com o golpe que levou Augusto Pinochet ao poder, o casal se mudou para os Estados Unidos.

OUTRO LADO
A Folha tentou falar com Monica Serra durante dois dias para comentar o relato das ex-alunas, sem sucesso.
Um dia depois do debate da TV Bandeirantes, no domingo, 10, a bailarina Sheila Canevacci Ribeiro, 37, postou uma mensagem em seu Facebook para “deixar a minha indignação pelo posicionamento escorregadio de José Serra” em relação ao tema.
Ela escreveu que Serra não respeitava “tantas mulheres, começando pela sua própria mulher. Sim, Monica Serra já fez um aborto”. A mensagem foi replicada em outras páginas do site e em blogs.
“Com todo respeito que devo a essa minha professora, gostaria de revelar publicamente que muitas de nossas aulas foram regadas a discussões sobre o seu aborto traumático”, escreveu Sheila no Facebook. “Devemos prender Monica Serra caso seu marido fosse [sic] eleito presidente?”
À Folha a bailarina diz que “confirma cem por cento” tudo o que escreveu. Sheila afirma que não é filiada a partido político. Diz ter votado em Plínio de Arruda Sampaio (PSOL) no primeiro turno. No segundo, estará no Líbano, onde participará de performance de arte.
Se estivesse no Brasil, optaria por Dilma Rousseff (PT). Sheila é filha da socióloga Majô Ribeiro, que foi aluna de mestrado na USP de Eva Blay, suplente de Fernando Henrique Cardoso no Senado em 1993. Majô foi pesquisadora do Núcleo de Estudos da Mulher e Relações Sociais de Gênero da USP, fundado pela primeira-dama Ruth Cardoso (1930-2008).
Militante feminista, Majô foi candidata derrotada a vereadora e a vice-prefeita em Osasco pelo PSDB.
A socióloga disse à Folha estar “preocupada” com a filha, mas afirma que a criou para “ser uma mulher livre” e que ela “agiu como cidadã”.
Sheila é casada com o antropólogo italiano Massimo Canevacci, que foi professor de antropologia cultural na Universidade La Sapienza, em Roma, e hoje dirige pesquisas no Brasil.
A Folha localizou uma colega de classe de Sheila pelo Facebook. Professora de dança em Brasília, ela concordou em falar sob a condição de anonimato.
Contou que, nas aulas, as alunas se sentavam em círculos, criando uma situação de intimidade. Enquanto fazia gestos de dança, Monica explicava como marcas e traumas da vida alteram movimentos do corpo e se refletem na vida cotidiana.
Segundo a ex-estudante, as pessoas compartilhavam suas histórias, algo comum em uma aula de psicologia.
Nesse contexto, afirmou, Monica compartilhou sua história com o grupo de alunas. Disse ter feito o aborto por causa da ditadura.
Ainda de acordo com a ex-aluna, Monica disse que o futuro dela e do marido, José Serra, era muito incerto.
Quando engravidou, teria relatado Monica à então aluna, o casal se viu numa situação muito vulnerável.
“Ela não confessou. Ela contou”, diz Sheila Canevacci. “Não sou uma pessoa denunciando coisas. Mas [ela é] uma pessoa pública, que fala em público que é contra o aborto, é errado. Ela tem uma responsabilidade ética.”

09 - mai 5

Feministas reúnem-se com Líder do Governo na Câmara para discutir MP 557/2011

Em 10/05/2012, às 9H na Câmara dos Deputados – Gabinete de Arlindo Chinaglia (PT)

01 - mai 4

MPF ajuíza ação contra TV Globo para que produza e exiba campanha sobre Direitos da Mulher

Por Conceição Oliveira, no twitter:[email protected]_fro A quem pense que com o fim do BBB12 terminou também as acusações que esta edição do programa sofreu. Mas não é bem assim. Em 2010 a rede Globo exibiu um participante do BBB prestando um serviço de desinformação e inutilidade pública ao afirmar que ‘hetero não pegavava AIDS’. Naquele […]

 

76 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Nem a presença de duas candidatas competitivas nas eleições presidenciais impediu a mídia de julgá-las pelo aspecto físico | Viomundo - O que você não vê na mídia

24/08/2011 - 14h37

[…] não têm nada mais a fazer do que piadas sexistas? Dilma Rousseff: “Sim, a mulher pode” Sobre a hipocrisia eleitoral: Mônica Serra e a ‘assassina de criancinhas’ Cynara Menezes: “Não viemos ao mundo para sermos primeiras-damas resignadas em permanecer nos […]

Responder

Profissão Repórter: Maria, sete horas sem atendimento depois que a bolsa se rompeu | Viomundo - O que você não vê na mídia

20/08/2011 - 19h37

[…] Sobre a hipocrisia eleitoral: Mônica Serra e a ‘assassina de criancinhas’ […]

Responder

Manter a ilegalidade do aborto é punir ainda mais mulheres pobres e negras | Viomundo - O que você não vê na mídia

20/08/2011 - 16h15

[…] se reduz à maternidade? E quanto ao aborto seguro? Ruth Alexandre: Meu aborto e a criminalização Sobre a hipocrisia eleitoral: Mônica Serra e a ‘assassina de criancinhas’ 28 de setembro: Dia de luta pela descriminalização do aborto na América Latina […]

Responder

شات الشرقيه

23/04/2011 - 10h03

Tenho certeza que o psdb não desembolsou pouca grana para a rede

Responder

Dilma e a ‘Operação doçura’ na mídia velha | Viomundo - O que você não vê na mídia

05/03/2011 - 11h41

[…] repetir o ex-presidente FHC, ‘poste’, ‘imunda‘, ‘abortista‘, ‘assassina de criancinhas’, ‘lésbica’ (como se isso fosse um defeito grave) e ainda por cima ‘infiel’ […]

Responder

Dilma e a ‘Operação doçura’ na mídia velha (via @maria_fro) « Blog do murilopohl

03/03/2011 - 16h50

[…] como gostava de repetir o ex-presidente FHC, ‘poste’, ‘imunda‘, ‘abortista‘, ‘assassina de criancinhas’, ‘lésbica’ (como se isso fosse um defeito grave) e ainda por cima ‘infiel’ e outros […]

Responder

Post novo no blog da mulher: Dilma e a Operação ternurinha | Maria Frô

02/03/2011 - 21h49

[…] como gostava de repetir o ex-presidente FHC, ‘poste’, ‘imunda‘, ‘abortista‘, ‘assassina de criancinhas’, ‘lésbica’ (como se isso fosse um defeito grave) e ainda por cima ‘infiel’ e outros […]

Responder

Ronaldo

01/11/2010 - 13h53

Não costume me pronuinciar, apenas ler os comentários.
Mas a questão do aborto NÃO é uma questão religiosa, é uma questão civil! Como alguem pode admitir a possibilidade de matar um feto e isso ser encarado como uma decisão calcada em sua liberdade de decisão? Engravidou? Não era esse seu objetivo? Pasciência, deixa nascer e entrega para adoção. Simples assim. Matar nunca! Não tem nada com religiões, tem tudo de um crime barbaro. Matar um ser que não tem a minima culpa. Mas vou ter que ficar 9 meses graqvida? Sim vai ter que ficar. E se fosse um acidente com quebra de ossos, tambem indesejada? Ou um cancer terminal? Você se mataria? Ou ficaria aguardando uma chance?
Quanto mais as religiões empunharem esta bandeira, masi distante da repressão a este barbaro crime, estaremos. Fica parecendo que o crime é apenas um pecado que pode ser fácilmente perdoado num confessionário. Tipo: Usou, lavou, secou, está novo!

Responder

martinho nunes

28/10/2010 - 21h55

Serra regulamentou o aborto no Brasil (corretamente), Mônica Serra contou que fez um aborto, e no programa de governo de Marina consta como meta a legalização do aborto. Mas a pecha de tudo de ruim que possa envolver o aborto foi jogada sobre Dilma. E ela deixou de reagir à altura; por que? Não dá para entender. Uma eleição que poderia ter sido ganha no 1º turno continuou na chafurdice da guerra suja comandada por Zé Chirico. Até o papa Bento XVI, um dos sobreviventes da Alemanha nazista, resolveu intervir. O embaixador americano e a CIA (segundo denúncia em curso na internet) estão atuando em favor de Serra, em desrespeito à nossa soberania. Agora só falta Barack Obama se pronunciar, para completar o quadro.

Responder

Religião e Política

28/10/2010 - 13h26

Lendo as manchetes sobre a fala do Papa Bento XVI…

Engraçado, que essa atuação fundamentalista está se fazendo em todas as religiões, cada uma com seu Fake ou idéia distorcida com fins eleitorais, como em : http://reynena.multiply.com/journal/item/739/DEPO….
È, é a “ressurreição” da estratégia do Guru indiano, pois as outras não deram certo.
Engraçado, o PT teve oito anos no Governo. Que medo é esse? Que preocupação é essa? Que alarmismo é esse?
Sobre esse assunto vale ler o texto na Web: http://www.oconsolador.com.br/ano4/178/especial.h
Herdaremos desse pleito um Estado menos laico e isso é péssimo para a Democracia…

Responder

Rachel Klein

27/10/2010 - 12h16

TO BEGE…QUANTA SUJEIRA!

Responder

Edilson Ferreira

27/10/2010 - 07h19

AZENHA, DEIXO AQUI A MESMA FRASE QUE A SR. REGINA DUARTE, PROFERIU EM REDE PÚBLICA ANOS ATRÁS (ALGUNS DEVEM SE LEMBRAR). "EU ESTOU COM MEDO SE SR. JOSÉ SERRA GANHAR A ELEIÇÃO, MUITO MEDO", SE ELE ESTÁ FAZENDO TUDO ISSO ANTES DO FIM DO PLEITO IMAGINEM O QUE ELE PODE FAZER APÓS.

Responder

Sergio Manda

25/10/2010 - 13h56

$erra, pela sua campanha suja, sórdida, caluniosa e criminosa você manchou sua vida e da sua família, independente do resultado.

Responder

Lênin

24/10/2010 - 18h56

Não aguentei!!
Joguem papel na careca do Serra vcs também!! http://www.redeblogo.com.br/game/

Rsrsrsrrs

Responder

Marquinho Mota

19/10/2010 - 15h45

A hipocrisia causa hemorragia.
Pelo direito de decidir.

Responder

Petras

18/10/2010 - 19h19

Jesus já disse, quando enviou os seus discípulos para pregar: “Não temeis [os homens], pois; porque nada há de escondido que não venha à luz, nada de secreto que não se venha a saber”.
Taí, hipócrita, o carequinha veio dar uma de “homem de bem”, e dentro de sua própria família tem um caso para esconder…
Quem tem telhado de vidro não pode ficar se arvorando de “palmatória”!
Um pouco de humildade não faz mal nenhum…

Responder

bene

18/10/2010 - 19h03

É aquilo que a Dilma fala; o Serra fala uma coisa, e faz outra: gente! Que coisa feia! Panfletagem nas igrejas, acusações moralistas, calúnias, outdoor's usando o nome de Deus em vão, Agora a própria esposa fez aborto! Usando a fraqueza de bispos católicos para imprimir pamfletos de acusações falsas! Agora eu pergunto: É isso aí que vocês querem pra ser presidente do Brasil? Só se estiver dormindo, ou tomou gardenal por engano! ! !

Responder

Links – especial eleições, parte 3 « Cynthia Semíramis

18/10/2010 - 17h29

[…] posts sobre aborto e hipocrisia: Maria Frô fala sobre a hipocrisia eleitoral: Mônica Serra e a ‘assassina de criancinhas, Denise Arcoverde questiona Por que só eles podem? e Lola analisa as nossas práticas e as […]

Responder

Heloisa Oliveira

18/10/2010 - 12h29

E agora José? Vais ser EXCOMUNGADO! é automático….
Com a palavra os bispos Panfleteiros….NÃO DEIXEM DE LER COMO FUNCIONA
http://www.paroquiapiedade.com.br/santase/75.htm

Responder

Pedro Ayres

17/10/2010 - 21h13

Conceição
Como os tucanos ficaram impossibilitados de desqualificar pessoal e moralmente a coreógrafa Sheila Ribeiro, em virtude de suas estreitíssimas relações familiares com o PSDB através de sua mãe, do PSDB de Osasco, foram obrigados a reiterar a velha cantilena de que é tudo culpa do PT, como os dossiês que nunca vieram a público, além de outras invencionices do ramo. O "desmetido", por suas incoerências e debilidades lógicas, mais confirma do que nega. No mais, suas observações são pertinentes e adequadas ao atual momento.

Responder

A hipocrisia da família Serra não tem limites | Myblog's Blog

17/10/2010 - 20h52

[…] eleitor, não é novela do SBT. É a campanha suja de Serra e sua família contra Dilma Rousseff. Leia mais This entry was posted in Uncategorized. Bookmark the permalink. ← Gráfica imprimiu […]

Responder

Arlete

17/10/2010 - 18h37

PARABÉNS SCHEILA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Responder

Fatima Ilha

17/10/2010 - 18h07

E agora pastor Malafaia, se a mentira é coisa do diabo, O Senhor e Senhora Serra São do bem?

Responder

Denilson

17/10/2010 - 17h51

E o conteúdo do desmentido? LAMENTÁVEL!!!! Para mim, foi pior que o aborto! Tentar se defender acusando? Remexendo numa história de 20 anos atrás? Então, na verdade, estão aprovando a atitude do Collor naquela época, pois, estão refazendo, disfarçadamente, a acusação a Lula! A falta de dignidade desse pessoal está beirando o inimaginável!!! PELAMORDEDEUS!!!!

Responder

Urbano

17/10/2010 - 15h10

Alô, alô Bessinha! Que tal reproduzir aquela charge do tiro no pé, porém colocando a consorte (ou sem sorte, sei lá) do zé contra-rampa, o mitômano? Afinal, eles seguem pari passu as ordens do juiz ou do padre, para que estejam sempre juntos na alegria ou na tristeza.

Responder

Serra e o aborto: Pega na Mentira | Maria Frô

17/10/2010 - 13h35

[…] Serra aborta e diz que Dilma ‘mata criancinhas‘, a coordenadora da campanha de Serra aborta e Serra joga na lata do lixo toda a luta de Eva Blay, […]

Responder

Jean

17/10/2010 - 11h31

A divulgação desse aborto pela Folha é para encobrir os escândalos de corrupção envolvendo o PAULO PRETO!
É um "vírus" de campanha!
A Folha é Serra, e sempre será!
É que duas revistas nacionais mostram o envolvimento de SERRA com PAULO PRETO na capa!

Responder

laurenice martins

17/10/2010 - 11h30

A" Bíblia "é O LIVRO dos LIVROS … e tão sábia como nunca, diz: "Não há nada oculto que não seja revelado ". Graças a Deus, a verdade está aí. Desperta Gente! Tanta coisa que a nação precisa, não é agora que vamos dá importância a intrigas medíocres,,.

Responder

Edna Muniz

17/10/2010 - 10h09

Monica Serra nega aborto mas não responde às ex-alunas
16/10/2010 21:03,

A assessoria da campanha do candidato tucano José Serra divulgou, na noite deste sábado, nota na qual afirma que a mulher do presidenciável do PSDB, Monica Serra, nunca fez um aborto. A nota diz que a declaração feita pela ex-aluna de Monica, Sheila Canevacci Ribeiro, de que a mulher do presidenciável teria admitido já ter feito um aborto é “falsa” e circulava na internet anteriormente.
http://correiodobrasil.com.br/monica-serra-nega-a

Responder

Edna Muniz

17/10/2010 - 09h38

ABORTO NÃO É CRME
ABORTO NÂO É PROBLEMA
È SOLUÇÂO
MAS A HIPOCRISIA E
AS MIL MORALIDADES
SÂO UM PROBLEMA DE CARÁTER
Entendo o aborto que qualquer mulher tenha feito ou faça
E não as criminalizo,
Mas a hipocrisia é crime

Responder

Pedro Cruz

17/10/2010 - 09h06

Até ontem , era contra expor esse tipo de assunto. Entrar na intimidade das pessoas. Mas agora, vale tudo, foram êles que levaram ao vale tudo. Segundo as alunas, Mônica Serra é a verdadeira assassina de criancinhas , como sua filha foi a verdadeira quebradora de sigilos. Como classificar um ser que expõem a família a esse ponto. Como é desprezível a figura que chegue a esse nível!! Que o diga Ciro Gomes!!!

Responder

Lira

17/10/2010 - 01h08

Depois desta a Monica Serra vai inbernar ate o fim da eleicao. Entendi porque foi para oChile. Vai se esconder nas minas onde acabaram de sair os sobreviventes.

Responder

    Edison

    17/10/2010 - 09h43

    Sem ser irônico, mas sendo, QUEM COM FERRO FERE COM FERRO SERÁ FERIDO. Entendo e respeito a posição do Luiz Carlos em não querer mais comentar sobre o assunto. Entretanto a HIPOCRISIA tem de ser muito discutida de agora em diante.

Gilka

16/10/2010 - 22h25

Estou pasma. Olha a mulher o homem cheia dos salamaleques carolas, carolas já abortou. Por Deus. Onde essa gente vai enfiar a cara? Porque vão ficar com as mesmas. Com certeza hoje ainda sairá uma nota desmentindo, já que a Folha de São Paulo também publicou sobre o assunto. Pensei que isso fosse parar, mas ainda vai feder que nem matadouro.

Responder

marco antonio meyer

16/10/2010 - 22h19

Meu Deus do Céu!
Já vi este filme : A Monica é contra o aborto.Mas, quando a situação apertou no Chile (e eu lá estava também…).
Abortou.
Moral da história : ABORTOU,MAS, NÃO TRAGOU O ABORTO.
Até a N.Sra. Aparecida está envergonhada…..
("Aquele que não pecou atire a primeira pedra….."

Responder

    Tatiana Bianconcini

    18/10/2010 - 14h24

    Adorei, Marco Antonio! hahahaha…. Pra gente rir enquanto lembra que essa mania de ser ridiculamente hipócrita não é de hoje no PSDB!

Nilva

16/10/2010 - 21h36

Espero que esta seja a pá de cal neste assunto e que a partir de agora sejam discutidos projetos de país.
Mas eu juro, se eu fosse a Dilma eu levantaria este tema no debate, não citando a Mônica, mas perguntando se ele mandaria prender quem fez aborto ou trataria da pessoa? Eu perguntaria em todas as oportunidades. E sempre citaria a necessidade de dar assistência a estas pessoas. Em cada um dos blocos eu perguntaria e denunciaria a hipocrisia deles. Se fosse preciso, citaria que ela fez aborto, numa situação instável durante a ditadura e diria, como a Sheila, que seria solidária à sua dor e não a abandonaria ou prenderia. Depois, mudaria de assunto.Hipócritas !

Responder

jotaí de oliveira

16/10/2010 - 21h35

Congratulo-me com a coragem e espírito cidadão da Sheila, que possibilitou à nação brasileira o conhecimento da hipocrisia do casal Serra. É muito bom saber que existem pessoas que não "lavam as mãos", escondendo-se na neutralidade confortável. Parabéns Sheila, nós te devemos essa!

Responder

Mauro Toshiuki

16/10/2010 - 22h11

Bom sou agnóstico e desprezo toda religião por considerar a todas como organizações de caráter humano e político com apelações divinas. Mesmo assim sou contra a legalização do aborto, só lamento que pessoas hipócritas estejam usando um tema com essa complexidade para despolitizar a disputa eleitoral deste ano. Dizer que Mônica Serra fez o aborto é dar a notícia pela metade pois se realmente ela fez o aborto, o que José Serra disse na época a ela sobre a prática? Teria ele concordado ou discordado dela na época? A responsabilidade pela prática do aborto é somente da mulher ou do companheiro e das pessoas que porventura dêem suporte ou assistência à prática? É um tema muito complexo que não pode ser avaliado em uma eleição e nem votado por uma centena de representantes, deve ser fruto de discussões e debates e votado na forma mais democrática que existe que é em plebiscito como foi feito sobre o porte de armas.

Responder

Pilar

16/10/2010 - 21h09

Além da Mônica Serra, a Soninha e a Hebe também declararam já terem feito aborto. Deveriam ser presas, então, né? Imagina a primeira-dama presa…

Sou contra o aborto e, por isso mesmo, pela legalização. Porque entendo que legalização = legislação. Só regulamentando por lei e descriminalizando a mulher que faz aborto, a gente pode levantar dados, saber a situação real dos casos no país, que faixa etária e classe social atinge mais e, consequentemente, criar políticas públicas direcionadas para essas mulheres e evitar que o aborto seja uma "escolha".

Mas cristãos e evangélicos preferem enfiar a cara no buraco e fingir que o problema não existe… Será que agem assim qdo um filho se mete com as drogas? Será que "fingir que não existe" resolve o problema?

Responder

Dayse Alencar

16/10/2010 - 20h04

Lamentavelmente, impera a necessidade de se repercutir, intensamente, a notícia sobre o aborto praticado pelo casal
Serra.
A contradição da conduta do casal e a sua diabólica postura de instrumentalização do tema – aborto -, se bem trabalhado,
serrá o suficiente para cravar o timbre de mentiroso no adversário.
Considerando a onda de boataria patrocinada pelo adversário , somete um dado da realidade tem potencialidade de desconstrução do infame imaginário quer criaram contra a candidata Dilma.

Responder

Helio Jacinto

16/10/2010 - 20h03

Hoje saiu uma materia no Jornal Correio do Brasil ,onde uma ex aluna de Monica Serra,afirma que a mulher de Serra,disse a Todas Alunas presentes em uma aula,que já fez Aborto,quando estava no quarto mes de gestação.__O Jornal ouviu outras Alunas que foram citadas pela ex Aluna e todas confirmaram o depoimento de Monica Serra sobre este Aborto.__Serra,em vez de ficar gastando Dinheiro com mensagens falsas de Telemarketing,deveria se preocupar com o Aborto feito por sua esposa.__Eu fico pensando,sera que a "Puritana Igreja Catolica",com seus Bispos reacionários,vai ficar calada sobre este fato?__Sera que os evangélicos radicais que falsamente acusam Dilma,não irão se pronunciar?__Os Grandes Jornais e Revistas,vão omitir este fato de seus Leitores?__Sera que a Rede Globo,vai se calar sobre este fato?

Responder

Luis

16/10/2010 - 19h36

Há uma questão que gostaria de propor às pessoas que se posicionam radicalmente contra o aborto:
No caso (absolutamente hipotético, claro) de que já você tivesse consciência enquanto feto, se a vida de sua mãe corresse risco durante sua gestação, você escolheria salvar a sua vida ou a dela?
Fico curioso pra saber se alguém seria capaz de admitir que colocaria sua própria vida acima da de sua mãe (pois ao meu ver, de certo modo, isso fica implícito se você se posiciona contra o aborto mesmo em casos de riscos na gravidez).

Responder

Érica Teixeira

16/10/2010 - 19h20

É patente a prova da hipocrisia. E agora José? mete a tua suposta santidade no saco!

Responder

Luis

16/10/2010 - 19h20

Padre dá "sermão" em Serra durante missa no Ceará: http://www1.folha.uol.com.br/poder/815682-visita-
Taí uma missa que eu gostaria de ter assistido!

Responder

Aline

16/10/2010 - 19h10

MOVIMENTO DA FAMÍLIA COM DEUS E CONTRA A HIPOCRISIA
CARO ELEITOR
Primeiro vc lê,ainda de manhãzinha:
http://noticias.terra.com.br/eleicoes/2010/notici
Muito sem entender nada, vc ainda tem que segurar essa: http://g1.globo.com/especiais/eleicoes-2010/notic
Nunca dantes neste país a hipocrisia alcançou níveis tão elevados!

Responder

Darcy Brasil

16/10/2010 - 19h09

SENHOR QUEM HABITARÁ NA SUA TENDA?. …O QUE NÃO CALUNIA COM A SUA LÍNGUA ( SI 15,11.3). E como foi feito o seu aborto,dona Mônica,usando agulha de tricô?na "dona Raimunda",aquela que sabe como "fazê" o "negoço" sai?Certamente que não,não é mesmo dona Mônica?Foi naquela clínica,a senhora se lembra bem,indicada por quem mesmo? Pelas suas amigas da Daslu?Pelas companheiras demotucanas?E o Serra, a senhora contou para ele?Lógico que ele,sendo um bom marido,deve ter lhe acompanhado!Sentiram-se culpados?Contou ao padre no confessionário?A senhora é católica ,não é mesmo,e não deixaria jamais de revelar isto no confessionário,deixaria?Mas,neste caso, saberia escolher com cuidado o padre a quem se confessar.Não seria jamais um dos que apóiam atualmente a candidatura de seu marido,ligado ou a Opus Dei ou à TFP.Seria um padre que respeitasse o seu segredo,como é de seu ofício,e não lhe condenasse o ato,escomungando-a.Seria um dos muitos(a maioria,tenho certeza)que atualmente apóiam a candidatura de Dilma Rouseff.Volte a procurá-lo e confesse-lhe o pecado de falso testemunho.

Responder

    Darcy Brasil

    17/10/2010 - 08h53

    Só queria corrigir um erro de ortografia:onde escrevi "escomungando-a",os padres escreveriam "excomungando-a"!.

    Arlete

    17/10/2010 - 18h33

    Eles (Mõnica e serra) devem ter se confessado com o padre Augusto da canção nova.

francisco.latorre

16/10/2010 - 19h06

é a campanha da mentira.

contra ela.. a verdade.

verdade contra mentira.

..

Responder

Rios

16/10/2010 - 19h01

Ainda existe a resistência:

Aécio Santiago
Direto de Canindé

Durante a missa celebrada na Basílica de Canindé, o padre disse que eram mentirosos os panfletos que circulavam na igreja afirmando que a candidata petista, Dilma Rousseff, era a favor do aborto e tinha envolvimento com grupos terroristas como as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), e ainda criticou a postura dos tucanos. Foi o suficiente para se instaurar a confusão.

O senador Tasso se exaltou e afirmou que era um “padre petista” como aquele que estava “causando problemas à igreja”. Alguns partidários do tucano também se exaltaram e o padre saiu escoltado por seguranças. Nenhum membro da administração da paróquia confirmou o nome de padre. Disseram apenas que ele não era da cidade.
http://noticias.terra.com.br/eleicoes/2010/notici

Responder

Fagner

16/10/2010 - 19h59

O problema das pessoas que ficam pagando de moralistas é que elas são tão passíveis de erro quanto qualquer outro ser humano comum. Sentem-se superiores acusando os defeitos dos outros enquanto, por dentro, sabem que são ainda mais sujas. Essa atitude é só uma forma de aplacar a severa vigilância do superego, que não as deixa dormir à noite e as assombra no escuro. E quando seus fantasmas de outrora aparecem, desmentindo toda a imagem que os pretensos puros de alma tentam construir de si, aí a coisa desaba.

Essa caso de Mônica Serra me lembra um outro bastante conhecido que aconteceu recentemente nos Estados Unidos, envolvendo Troy King, procurador geral do Estado do Alabama. Seu cavalo de batalha era a defesa dos altos valores morais americanos. Tinha uma postura extremamente radical contra os gays e acusava os homossexuais de serem os responsáveis pela "decadência da sociedade". Até quem um dia… Bem, até que um dia o óbvio aconteceu. King foi flagrado transando com o assistente da própria mulher.

E ainda há outro, também nos EUA, terra dos puritanos. Em 2008 o governador de Nova York, o democrata Eliot Spitzer, também conhecido nos círculos políticos como "Mr. Clean", devido à retidão moral que sustentava, renunciou ao cargo após ter seu nome envolvido com uma rede de prostituição que fornecia serviços de luxo ao político. Spitzer era casado há 21 anos e pai de três filhas.

No Brasil também temos os nossos novos cristãos que se julgam acima de qualquer suspeita. Ruim pra eles que hoje existe um negocinho chamado internet, pronto para revelar um monte de segredinhos. Quando a candidata à primeira dama Mônica Serra afirma que Dilma Rousseff é "a favor de matar criancinhas", e o seu marido aparece na TV agarrado com pastores e padres, não é que, não mais que de repente, surge a informação de que ela mesma já teria feito um aborto! Essa vida é mesmo cheia de surpresas. Confira a notícia logo abaixo, publicada na Folha de S. Paulo.

Responder

Lênin

16/10/2010 - 18h58

Será que estou sonhando??
Um dos PIGs questionando o "tio" Serra?
Por favor, alguém me belisque!!!

Responder

Janio

16/10/2010 - 18h56

Eu teria vergonha de continuar com qualquer tipo de disputa nesse vale tudo que o Serra esta propondo para ganhar a eleição, ainda bem que o povo e as igrejas catolicas e evangelicas estão acordando a tempo e vendo quem é o bandido na história, quase que o mesmo enganou pessoas de bem se fazendo de homem correto quando na verdade é bem diferente da imagem que tenta passar a sociedade. Acorda Brasil o seu povo é sim do bem e não deve se deixar enganar por pessoas inescrupulosas.

Responder

Vlado

16/10/2010 - 18h52

Uma perguntinha: é a isso que chamam de bala de prata?

Responder

ruypenalva

16/10/2010 - 18h15

Faça o que digo, não o que faço ou como Serra prefe Do as I say not as I do.

Responder

    Rene

    16/10/2010 - 19h29

    Ou como ele disse no debate da bandeirantes "predica, mas não pratica".

NELSON NISENBAUM

16/10/2010 - 18h05

Eleição triste, deprimente, nojenta, emética, traumática. Não vejo a hora disso tudo passar e Dilma governar. Eu não tinha idéia da vitalidade e do tamanho dessa direita raivosa, feroz, selvagem, sórdida. Vá em frente, Dilma, que D'us te proteja e te de as forças necessárias para saber que governará um país onde ainda tem tanta gente que precisa aprender o que é ser gente.

Responder

João R.

16/10/2010 - 17h49

Moral da história: Quem tem rabo de palha não deve ficar pulando fogueira…
Espero que essa história seja amplamente divulgada e sepulte de vez esse festival de hipocrisia e esse clima de intolerancia religiosa, criado irresponsavelmente pela campanha do Serra.

Responder

    Conceição Oliveira

    16/10/2010 - 22h27

    Nunca tinha ouvido a expressão. vou guardar :)

    Arlete

    17/10/2010 - 18h35

    A minha avó já dizia, "quem tem telhado de vidro, não deve jogar pedra no telhado do outro". Viu d;. Mônica Serra?

El Cid

16/10/2010 - 17h29

Essa situação mostra de forma didática a relação da sociedade brasileira sobre a questão do aborto. estima-se que são realizados 2 milhões desses procedimentos por ano no país. Se a lei em vigor fosse aplicada, deveriam ser processadas todas as pessoas envolvidas: as mulheres que sofrem o procedimento, seus acompanhantese ainda as pessoas praticando o procedimento. Ou seja, todo o ano o sistema jurídico receberia uma carga adicional de milhões de processos. Até o papa em Roma sabe que isso é totalmente inviável. O jeitinho brasileiro é: não se muda a lei (deus me livre!!!) mas também não se aplica. Dessa forma as pessoas de bem podem abortar em clínicas mais ou menos decentes e as pobres coitadas se viram com as garrafadas e as agulhas de crochê. Se muitas morrem, paciência, tem muito mais de onde vieram.

Esse episósio de Mônica Serra TEM DE SER DIVULGADO pelo que revela de cinismo, hipocrisia e pura maldade. Sepulcros caiados de coração endurecido que fazem tudo, mas tudo mesmo, pelo poder.

Sem querer dar uma de Regina Duarte, agora fiquei com medo de um governo de José Serra. Quem tem esse grau de insensibilidade, é capaz de qualquer coisa.

Responder

    Lênin

    16/10/2010 - 19h07

    Cinismo + Hipocrisia + Pura Maldade = Política.

    Com relação ao grau de insensibilidade do "tio" Serra, quem manda a PM dar porrada em PROFESSOR e porrada em POLICIAIS CIVIS, que também são POLICIAIS igual a PM, justifica essa frase: "Os fins justificam os meios". Essa é fama dele no próprio PSDB.
    Bem a cara do Serra e a sua propaganda política.
    Que medo do Serra e do PSDB!!

Alice Matos

16/10/2010 - 17h08

PT encontra gráfica que imprimia panfletos contra Dilma

Folhetos encontrados no local eram assinados em nome da CNBB sem autorização da instituição
Rodrigo Rodrigues, iG São Paulo | 16/10/2010 16:22

Representantes do Partido dos Trabalhadores de São Paulo descobriram neste sábado uma gráfica no bairro do Ipiranga, zona sul da cidade, que imprimia panfletos atacando o partido da presidenciável Dilma Rousseff. Os folhetos eram assinados com o nome da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) sem autorização da instituição e foram (…) http://ultimosegundo.ig.com.br/eleicoes/pt+encont

Responder

João de Azevedo

16/10/2010 - 17h05

Dona Mônica Serra e sua hipocrisia poderia ter ficado sem esta. Deixo aqui um vídeo do YouTube, que esclarece e dá uma sacolejada na memória dos brasileiros, já que novamente tenho recebido e-mails de amigos que considerava ultra esclarecidos, mas…tive uma dura decepção. Estão eles com aquela memorável Síndrome de Regina Duarte, Por favor, se curem disso pelo bem da Nação.

http://www.youtube.com/watch?v=RrNqGqoXtMQ&fe

Responder

Alder L. e Silva

16/10/2010 - 16h34

Eles começaram com essa baixaria, agora vão ter de se explicar. Embora, eu considere a discussão desse tema do jeito que está sendo, de forma eleitoreira, desprezível.
Mas se a a D. Mônica Serra, de fato, fez essa revelação, ela está inserida no rol dos hipócritas. Afinal, essa senhora andou dizendo que a Dilma é a favor da"morte de criancinhas".

Responder

Roberto

16/10/2010 - 16h33

Esperemos para ver qual vai ser a reação de Serra.
Se ele negar o fato, estará chamando a pessoa que o denunciou de mentirosa e ela haverá de reagir. Se ficar calado, estará confirmando a denúncia, pois, quem cala, consente.
Quem joga limpo contra quem joga sujo, perde o jogo. E o que está em jogo é o futuro do nosso país e do nosso povo.

Responder

Julio

16/10/2010 - 16h22

Quem planta colhe. Toma aí Serra a sua bala de prata.

Responder

    Marcio H Silva

    16/10/2010 - 22h00

    Esta bala é de OURO!

Mariana Rodrigues

16/10/2010 - 16h14

Na mosca Conceição. A hipocrisia é um recurso que estar sendo usado à exaustão pelo casalzinho para fraudar as eleições. Agora que as máscaras caíram o que será de José? Depende de nós, depende de nós….

Responder

Maria

16/10/2010 - 16h12

Fico indignada com esse absurdo de Mônica Serra. Não tanto pelo fato de ter feito o aborto, mas por ter feito e agora condenar a Dilma como se fosse realmente religiosa. Me indigno mais ainda é com a igreja de Aparecida colocar a imagem de Nossa Senhora Aparecida nas mãos de uma abortista falsa e mentirosa. Que vergonha, meu Deus!

Responder

    Arlete

    17/10/2010 - 18h37

    Tenho certeza que o psdb não desembolsou pouca grana para a rede mercenária aparecida.

prvitu

16/10/2010 - 16h04

Azenha engracado vc!
O fato de nao querer comentar o direito ou nao da Monica em abortar, nao o exigue de comentar e delatar o nevel de hipocrisia deste casal que usa deste artificio para mainpular a massa de manobra e tirar proveito eleitoreiro de assunto tao serio. Ate por isto creio que e teu dever comentar esta falacia moral dos dois. Se abortou e cre que e legitimo, que esta hipocrita sra. nao venha impultar acusacao falsa a outra candidata naquilo que ela mesmo aprova. Quanto a uniao civil dos homosexuais e discutivel, o que esta emperrando este assunto e a pl122 que e uma morca gay sim senhor. Nao se pode cercear odireito de opniao da maioria isto e o basico da democracia, nao se deve privilegiar ninguem, mesmo que seja mininoria. Deve-se sim assegurar-les do direito de expressao mas nao a imposicao de suas vontades a maioria.

Responder

Jean

16/10/2010 - 16h04

Espero que a Monica Bergamo consiga manter seu emprego, porque voces conhecem o Serra e sabem que ele costuma pedir a cabeca de jornalistas que publicam materias desfavoraveis a ele. A nao ser que faca parte de alguma estrategia (ate de defesa) dos tucanos!

Responder

Luana

16/10/2010 - 16h02

Quanta hipocrisia, heim dona Monica! quem mata criancinhas e' a senhora.

Responder

Deixe uma resposta