VIOMUNDO

Diário da Resistência


Wired: Sem acesso à internet, funcionários do Facebook não conseguem resetar o Facebook
Você escreve

Wired: Sem acesso à internet, funcionários do Facebook não conseguem resetar o Facebook


04/10/2021 - 18h35

Por que Facebook, Instagram e WhatsApp caíram hoje?

O problema está relacionado a algo chamado roteamento BGP e pode demorar um pouco mais para ser resolvido

Por Brian Berrett, na Wired, reprodução parcial

Uma falha no FACEBOOK, INSTAGRAM, WhatsApp e Oculus deixou todos os cantos do império de Mark Zuckerberg offline na segunda-feira.

É um blecaute de mídia social que pode ser descrito de forma mais caridosa como “completo” e parece ser particularmente difícil de consertar.

O próprio Facebook não confirmou a causa raiz de seus problemas, mas há muitas pistas na internet.

A família de aplicativos da empresa efetivamente caiu da internet às 11h40m, horário do Leste dos EUA, de acordo com registros do Sistema de Nomes de Domínio [Domain Name System].

O DNS é frequentemente citado como a lista telefônica da Internet; é quem traduz os nomes de host que você digita em uma guia de URL — como facebook.com — em endereços IP, que é onde esses sites vivem.

Percalços de DNS são comuns e, em caso de dúvida, são o motivo pelo qual um determinado site caiu.

Eles podem acontecer por todos os tipos de razões técnicas, geralmente relacionadas a problemas de configuração, e podem ser relativamente simples de resolver.

Nesse caso, porém, algo mais sério parece estar acontecendo.

“A interrupção do Facebook parece ser causada pelo DNS; no entanto, isso é apenas um sintoma do problema”, diz Troy Mursch, diretor de pesquisa da empresa de inteligência de ameaças cibernéticas Bad Packets.

A questão fundamental, diz Mursch — e outros especialistas concordam — é que o Facebook retirou do ar a chamada rota Border Gateway Protocol, que contém os endereços IP de seus servidores de nomes DNS.

Se DNS é a lista telefônica da Internet, BGP é o seu sistema de navegação; ele decide qual rota os dados seguem ao percorrer a superestrada da informação.

A questão óbvia e ainda não resolvida é por que essas rotas BGP desapareceram em primeiro lugar?

Não é um problema comum, especialmente nesta escala ou por este período de tempo.

O Facebook não disse nada além de um tweet que está “trabalhando para fazer as coisas voltarem ao normal o mais rápido possível”.

Mas todos os especialistas em infraestrutura de internet que falaram com a revista WIRED sugeriram que a resposta mais provável seria um erro de configuração por parte do Facebook.

“Parece que o Facebook fez algo com seus roteadores, aqueles que conectam a rede do Facebook ao resto da internet”, diz John Graham-Cumming, CTO da empresa de infraestrutura de internet Cloudflare, que ressaltou que não conhece os detalhes do que aconteceu.

Afinal, diz ele, a internet é essencialmente uma rede de redes, cada uma anunciando sua presença à outra. Pela primeira vez, o Facebook parou de se anunciar.

O que também significa que mais do que apenas os serviços externos do Facebook são afetados.

Você não pode usar o “Login com Facebook” em sites de terceiros, por exemplo.

E uma vez que as redes internas da própria empresa não podem alcançar a internet externa, os funcionários do Facebook também não conseguem fazer muito hoje. (O CEO do Instagram, Adam Mosseri, até tuitou que “parece um dia de neve”.)

Isso também pode ajudar a explicar o motivo da demora para voltar a funcionar.

Em 2019, uma interrupção do Google Cloud impediu que os engenheiros do Google ficassem on-line para consertar a interrupção do Google Cloud, mantendo-os off-line.

Parece pelo menos possível que o Facebook esteja preso em um Catch-22 semelhante, incapaz de acessar a internet para consertar o problema de roteamento do BGP que o deixaria chegar à internet.

A boa notícia é que, uma vez que o Facebook seja capaz de reverter qualquer configuração que tenha atualizado, não deve demorar muito para voltar aos negócios.

“Quando for corrigido, o tráfego realmente começará a fluir”, diz Medina.

Enquanto isso, o resto da internet sentiu a ausência do Facebook.

Ou, mais especificamente, resolvedores de DNS como Cloudflare — serviços que convertem esses nomes de domínio em endereços IP — viram até o dobro da quantidade normal de tráfego, já que as pessoas continuam tentando carregar o Facebook, Instagram e WhatsApp sem sucesso.

Essas solicitações não são suficientes para sobrecarregar o sistema, mas o aumento é um lembrete de quão interdependente e, às vezes, frágil, a internet realmente é.





1 comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Zé Maria

06 de outubro de 2021 às 18h13

Já pensou que Tragédia seria para os Usuários de Redes
Sociais, se os Veículos da Globo saíssem do ar por um dia?
Que falta de assuntos haveria, que imenso vazio na Internet.

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding