VIOMUNDO
O VIOMUNDO só é possível também através de anunciantes, e detectamos que você utiliza um AdBlock, bloqueador de anúncios.
Por favor considere ajudar o VIOMUNDO desativando o bloqueador para este site.
Cartas de Minas
Cartas de Minas

Vigília Lula Livre sai das garras do Judiciário: Aluga um terreno em frente ao portão principal da PF; mudança já começou

16 de julho de 2018 às 11h59

Pedro Carrano/Vigília Lula Livre

Da Redação

Acontece nesta segunda-feira (16/07) uma audiência de conciliação para tratar do espaço ocupado pela Vigília Lula Livre, no bairro Santa Cândida, em Curitiba.

Será às 13h30, no prédio anexo ao Tribunal de Justiça.

Tudo indicava que o futuro da vigília seria selado aí.

Porém, a Vigília Lula Livre tomou hoje uma medida que a tira das garras do Judiciário:  alugou um terreno na frente da superintendência da Polícia Federal (PF), à rua Professor Sandália Monzon, 164.

A coordenação da vigília explica:

É uma forma de cumprir os acordos com as autoridades, respeitando o interdito proibitório, a comunidade local e, por tratar-se de área privada, a liberdade de ir e vir dos integrantes do movimento.

 Com a instalação das tendas para o novo terreno a militância terá maior proximidade com o presidente Lula, no apoio contra a prisão política.

Na noite de 7 de abril, tão logo o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva chegou à carceragem da PF,  a cidade de Curitiba entrou com uma ação para proibir  “movimentos e indivíduos” de transitarem na região da PF e de montarem estruturas e acampamentos nas ruas e praças e da cidade.

“O plantão judiciário concedeu liminar, que foi confirmada pelo juiz substituto  da 3ª Vara da Fazenda Pública de Curitiba, Jailton Juan Carlos Tontini”,atenta Tânia Mandarino, do Coletivo Advogadas e Advogados pela Democracia (CAAD).

Tânia relembra os passos seguintes:

*O juiz Tontini acrescentou pagamento de multa, no valor de R$ 500.000,00 por dia de descumprimento, e mandou comunicar as autoridades, para desocupação da Vigília Lula Livre.

*No curso do processo, o município de Curitiba juntou um “Relatório de Missão”, com fotografias da Vigília Lula Livre e o mapeamento das circunstâncias sob o ponto de vista parcial da municipalidade, denunciando, por diversas vezes, que o PT e a CUT descumpriam a liminar e requerendo a aplicação de multa desde o dia da citação.

*Não satisfeito, em 13 de abril, o município de Curitiba, juntando cópia desse relatório de missão, também requereu a transferência do ex-presidente da  sede da superintendência da PF, “para o cumprimento da pena em local seguro e adequado às circunstâncias do caso, restabelecendo-se a ordem, o direito de ir e vir e a segurança da população.”

*Como se atuassem em sintonia com o município, um grupo autodenominado “Moradores do Santa Cândida” peticionou, igualmente, nos autos do interdito proibitório e da execução provisória da pena de Lula, pedindo a desocupação da Vigília e a transferência do ex-presidente.

*O PT interpôs recurso, que foi distribuído para a 17ª Câmara Civel do TJPR, sob a relatoria do desembargador Fernando Paulino da Silva Wolff Filho, que deferiu parcialmente a liminar, colocando várias limitações ao direito de reunião na Vigília Lula Livre.

Entendendo que ainda há espaço para o diálogo e vislumbrando o que chamou de “pré-disposição das partes à conciliação – tanto que celebraram acordo extrajudicial”, o desembargador Wolf Filho marcou uma audiência de conciliação para esta tarde.

“Estranhamente, o desembargador Wolf Filho mandou intimar o grupo de ‘Moradores do Santa Cândida’ para que compareçam à audiência e que, nesse ínterim, constituíram uma associação com estatuto e CNPJ”, observa a advogada Tânia Mandarino.

“O fato causa estranheza, uma vez que tais moradores jamais requereram sua entrada no agravo, e tiveram sua intervenção negada pelo juiz do interdito proibitório, mesmo após se constituírem como pessoa jurídica, a exemplo de decisão pelo juiz Tontini na última sexta-feira (13/07).

Diante os moradores do Santa Cândida, que aprovam a Vigília Lula Livre no local, peticionaram na madrugada desta segunda-feira ao desembargador, pedido urgente para que possam participar desta audiência.

Pedro Carrano/Vigília Lula Livre

Assinam a petição, representando os moradores, as advogadas Tânia Mara Mandarino e Ivete Caribé da Rocha, do CAAD.

PS do Viomundo –– O advogado Pierre Lourenço da Silva é o advogado do MBL na ação que tenta proibir a Vigília Lula Livre. Ele substabeleceu a ação para Patrícia de Castro Busato, que é advogada dos moradores do Santa Cândida  que são contra a vigília.

“Uma prova de que os vizinhos que são contra são ligados ao MBL”, observa Tânia Mandarino

 

Apoie o VIOMUNDO

Crowdfunding

Veja como nos apoiar »

O lado sujo do futebol

A Trama de Propinas, Negociatas e Traições que Abalou o Esporte Mais Popular do Mundo.

Entre os mais vendidos da VEJA, O Globo, Época e PublishNews. O Lado Sujo do Futebol é o retrato definitivo do que acontece além das quatro linhas. Um dos livros mais corajosos da história da literatura esportiva, revela informações contundentes sobre as negociatas que empestearam o futebol nos últimos anos. Mostra como João Havelange e Ricardo Teixeira desenvolveram um esquema mafioso de fraudes e conchavos, beneficiando a si e seus amigos. Fifa e CBF se tornaram um grande balcão de negócios, no qual são firmados acordos bilionários, que envolvem direitos de transmissão e materiais esportivos. Um grande jogo de bolas marcadas, cujo palco principal são as Copas do Mundo.

por Luiz Carlos Azenha, Amaury Ribeiro Jr., Leandro Cipoloni e Tony Chastinet.

Compre agora online e receba em sua casa!

 

12 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Cida Santos

19/07/2018 - 17h01

Força companheiros! Parabéns pela militância! Não vamos entregar o nosso país para esses golpistas fuleiros! A justiça será feita e o nosso país voltará a ser decente! Os cães ladram e a caravana passa! Cada dia tenho mais certeza que o Lula será o novo presidente do Brasil de novo e com a ajuda de Deus e do povo!
👏👏👏👏👏🙏🙏🙏✊✊✊✊

Responder

Paulo

17/07/2018 - 09h46

Curitiba é a essência do atraso político do país. Povo que se acha, que pensa que é europeu, diferente de milhões de brasileiros. Cidadezinha que não tenho o menor interesse em conhecer.

Responder

Mario Campana

17/07/2018 - 08h36

Todo petista tem a imaginação atrofiada.

Responder

    MARCO ANTONIO POLETTO

    17/07/2018 - 17h48

    Generalizar é um ato menor do espírito, merecedor de nenhuma sabedoria de quem o faz. A lógica Aristotélica nos ensina a domar o pensamento justamente para não sairmos por ai generalizado. Cada fato, cada ato tem que ser analisado na sua mais profunda especificidade. Falar que todo Petista tem a imaginação atrofiada e ser uma pessoa mal informada ou muito mal formada.

Julio Silveira

17/07/2018 - 06h15

Parabéns a todos os envolvidos, o corporativismo da justiça politica do carteiraço não deve prevalecer.

Responder

a.ali

16/07/2018 - 23h35

à luta, companheiros, contem conosco para colaborarmos na empreitada!
e ao sr.mauro: o $ ñ virá do céu mas sim da militância atividade que, certamente, desconheces seu paneleiro fuleiro!

Responder

Mauro

16/07/2018 - 16h49

Pode ter certeza: O dinheiro utilizado para quitar o aluguel deve ter vindo do céu. Rsssss

Responder

    Kleber

    16/07/2018 - 22h31

    O dinheiro vem da pqp o mesmo lugar que o mbl arruma dinheiro para se sustentar

    Julio Silveira

    17/07/2018 - 06h10

    Comentariozinho boçal esse hem? Vc tolamente deve achar que todos os aliados da justiça verdadeira, da democracia e do Lula são indigentes.

    a.ali

    17/07/2018 - 11h12

    degusta as respostas, com gosto, seu zé ruela…

David

16/07/2018 - 12h11

É isso aí companheiros.
Vamos nos unir e resistir neste momento difícil.
Por favor divulguem a forma de colaborar com o movimento.

Responder

Deixe uma resposta