VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Sobrinho de Nardes, do TCU, recebia propina em dinheiro vivo, diz contadora
Você escreve

Sobrinho de Nardes, do TCU, recebia propina em dinheiro vivo, diz contadora


16/10/2015 - 17h43

Captura de Tela 2015-10-16 às 17.40.01

CPI DO CARF

Contadora confirma ter repassado dinheiro para sobrinho de Augusto Nardes

A CPI realizou uma acareação entre envolvidos no escândalo do Carf

por Carlos Mota, no site do PT

“Tá faltando”. A frase teria sido dita por Carlos Juliano Ribeiro Nardes, sobrinho do ministro do Tribunal de Contas da União (TCU), Augusto Nardes, após contar o dinheiro que estava dentro de um envelope.

O repasse aconteceu dentro do escritório de advocacia de José Ricardo, que prestava serviços de consultoria a empresas suspeitas de pagar suborno a integrantes do Conselho Administrativo de Recursos Fiscais da Receita Federal (Carf). A revelação foi feita pela então contadora do escritório, Gegliane Bessa Pinto, nesta quinta-feira (15), durante uma audiência na CPI do Carf no Senado.

Gegliane trabalhou entre 2009 a 2012 no escritório de José Ricardo, ex-conselheiro do Carf. Ela disse aos senadores da CPI que não sabia os valores recebidos por Juliano, mas que havia feito “dois ou três” repasses de dinheiro para ele dentro de envelopes. “Sei que tinha dinheiro, porque uma vez o Juliano abriu um envelope e falou: ‘Tá faltando’”, revelou ela.

A contadora não soube explicar a razão dos pagamentos a Juliano, já que ele não prestaria nenhum serviço ao escritório, mas contou à CPI que ele ia com frequência ao local – cerca de duas vezes por semana. Outro participante da audiência no Senado, Hugo Borges, também ex-funcionário no mesmo escritório, confirmou todas essas informações.

A revelação pode comprometer o ministro Nardes, relator das contas de 2014 do governo federal no TCU. Isso porque os valores repassados a Juliano no escritório eram anotados em planilhas – em posse da Polícia Federal – junto com a palavra “tio”. Não bastasse isso, o ministro e o sobrinho são sócios na empresa Planalto Soluções e Negócios.

Na próxima semana, os senadores da CPI devem votar se quebram os sigilos bancário, fiscal e telefônico de Carlos Juliano Ribeiro Nardes.

O Carf atua como uma espécie de ‘tribunal’ onde os grandes contribuintes podem contestar multas aplicadas pela Receita Federal. De acordo com investigações da Operação Zelotes da Polícia Federal, que embasam o trabalho da CPI no Senado, um esquema envolvendo valores milionários manipulava os julgamentos no órgão da Receita. O escritório de José Ricardo seria uma espécie de base onde valores em dinheiro eram repassados aos envolvidos na falcatrua. Foi seguindo o dinheiro repassado pelo ex-conselheiro que os policiais chegaram até o sobrinho do ministro Nardes.

A Zelotes apura suspeitas de que, no Carf, o grupo de José Ricardo atuou para favorecer o Partido Progressista (PP) e o Grupo RBS, do Rio Grande do Sul. Antes de se tornar ministro do TCU, em 2005, Augusto Nardes era deputado federal pelo PP.

Ex-funcionários


A contadora Gegliane Bessa e o contínuo Hugo Borges disseram aos senadores da CPI do Carf, durante a acareação desta quinta, que tinham acesso a valores vultuosos dentro do escritório de José Ricardo. Segundo os depoimentos de ambos, Hugo fazia os saques – de até R$ 400 mil – e Gegliane, às vezes, efetuava os repasses de valores dentro de envelopes a pessoas que iam ao escritório.

Os dois ex-funcionários de José Ricardo já participaram de outras oitivas da CPI do Carf.

Em setembro, o contínuo afirmou aos senadores que que o escritório de advocacia recebeu R$ 13 milhões da empresa RBS – afiliada à Rede Globo – por serviços prestados. Ele disse ainda ter visto no escritório os ex-ministros Silas Rondeau (Minas e Energia) e Erenice Guerra (Casa Civil), mas não soube dizer o motivo dos encontros. Ainda segundo Borges, Erenice já não fazia mais parte do governo quando frequentou o local.

Em julho, Gegliane Maria Bessa Pinto participou de uma oitiva reservada, que contou apenas com a presença de senadores. De acordo com o jornal O Estado de S. Paulo, ela confessou ter recebido parte do dinheiro sacado em espécie por Hugo Borges.

Leia também:

Batom na cueca de Eduardo Cunha é de U$ 24 milhões





9 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Urbano

17 de outubro de 2015 às 14h42

Será que passou pelo crivo do tribunal faz de conta?

Responder

FrancoAtirador

17 de outubro de 2015 às 07h45

.
.
5 “MORALISTAS SEM MORAL” CASSADOS PELA JUSTIÇA ELEITORAL
.
DEPOIS DE UM PEDIDO DE VISTA DE OUTRO ‘MORALISTA SEM MORAL’
.
Por unanimidade, os Ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE)
confirmaram nesta quinta-feira (15) a CASSAÇÃO
do Prefeito e do Vice-Prefeito de Dom Feliciano (RS),
Cláudio Lesnik [PSDB] e
Ademar Hugo [PMDB],
eleitos em 2012.
.
A mesma decisão atinge os Vereadores
Delamir da Silva [PSDB],
Raimundo Zalewski [PSDB] e
Nilton Neimar Schio [PMDB].
.
De acordo com a acusação do Ministério Público Eleitoral (MPE),
eles teriam praticado ABUSO DE PODER POLÍTICO
por promover audiências públicas no município
com o intuito de realizar atos de campanha
ATACANDO o então prefeito e candidato à reeleição, Clênio Boeira [PT],
ACUSANDO-O de ‘acabar com a cultura do fumo’,
meio de subsistência de significativa parcela da população daquela região.
.
Eles foram cassados [em 2013]* pelo Juiz Eleitoral e a Decisão foi mantida
pelo Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Sul (TRE-RS).
.
Por essa razão, recorreram ao TSE e o relator do caso, ministro Henrique Neves, já havia votado para manter a cassação.
.
O julgamento foi interrompido [em 21/05/2014]** por um PEDIDO DE VISTA
DO MINISTRO GILMAR MENDES que, na sessão de hoje, decidiu seguir o relator.
.
*[(http://www.tre-rs.jus.br/apps/pauta_sessoes/index.php?acao=processo&nomenu=true&protocolo=2359222012)
(http://gaucha.clicrbs.com.br/rs/noticia-aberta/justica-eleitoral-cassa-mandato-de-prefeito-e-vice-de-dom-feliciano-9543.html)]
.
[**] (http://inter03.tse.jus.br/sadpPush/ExibirDadosProcesso.do?nprot=267782013&comboTribunal=tse)
.
(http://www.tse.jus.br/imprensa/noticias-tse/2015/Outubro/ministros-confirmam-cassacao-do-prefeito-de-dom-feliciano-rs)
.
.

Responder

    FrancoAtirador

    17 de outubro de 2015 às 08h28

    .
    .
    Prefeito Cassado do PSDB é Nomeado Secretário Municipal
    no Interior do Estado de São Paulo, uma semana após Cassação
    .
    Cassado de forma definitiva na semana passada por Abuso do Poder Econômico
    durante a campanha e sob suspeita de Crime de Caixa 2, o Prefeito de Americana (SP),
    Diego De Nadai (PSDB), será Secretário de Governo da nova administração da cidade, a ser comandada pelo Presidente da Câmara de Vereadores, Paulo Chocolate (PSC).
    .
    Especialistas ouvidos pelo UOL afirmaram
    que a medida, embora não seja ilegal,
    é contrária ao Princípio da Moralidade.
    .
    Chocolate será prefeito da cidade por 90 dias,
    período no qual deve convocar novas eleições.
    .
    Já Seme Calil Confour (PSB), Vice-Prefeito cassado,
    deve assumir um Cargo ainda indefinido
    na Secretaria de Planejamento.
    .
    (http://linkis.com/aXOjA)
    (http://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2014/06/03/prefeito-cassado-de-americana-sera-secretario-no-novo-governo-da-cidade.htm)
    .
    NO TUCANISTÃO, OS “IMORAIS SEM MORAL” CHAMAM ISSO DE MERITOCRACIA
    .
    .

    FrancoAtirador

    17 de outubro de 2015 às 09h02

    .
    .
    RECURSO NO TSE, ENGAVETADO POR “MORALISTA SEM MORAL”,
    .
    MANTÉM NO CARGO PREFEITO DE TAUBATÉ CASSADO PELO TRE-SP.
    .
    13/01/2015
    Rede Metropolitana
    .
    O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) concedeu nesta segunda-feira (12/01)
    uma liminar que mantém no cargo o Prefeito de Taubaté,
    Ortiz Júnior (PSDB),
    e o Vice-Prefeito, Edson Aparecido (PTB),
    até o Julgamento do Recurso contra Cassação dos Dois.
    .
    Eles foram condenados pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) em novembro de 2014
    por abuso de poder econômico e político durante a campanha de 2012.
    .
    Na última terça-feira (6), a defesa dos políticos havia entrado com recurso no TSE contra a cassação.
    .
    O recurso com efeito suspensivo à cassação já havia sido negado anteriormente pelo TRE.
    .
    Com a decisão do TSE, o prefeito e o vice-prefeito devem permanecer no cargo por tempo indeterminado, uma vez que não há previsão para que o o julgamento aconteça.
    .
    A decisão foi tomada pelo ministro João Otávio de Noronha,
    definido pela Corte como relator do processo.
    .
    No despacho, Noronha alegou que a liminar tem como objetivo
    “evitar a sucessiva alternância de poder na chefia do Poder Executivo”. [!?!]
    .
    Não cabe recurso do Ministério Público, autor da denúncia, contra a decisão.
    .
    (http://redemetropolitana.com.br/noticias/tse-mantem-prefeito-de-taubate-no-cargo-ate-julgamento-sobre-cassacao)
    .
    .
    01/10/2015
    Gazeta de Taubaté
    .
    Cassação: Relator de Recurso de Prefeito Tucano vai mudar
    .
    Ministro João Otávio de Noronha deixa hoje (1º/10) o TSE;
    .
    Relator havia dado indícios de que poderia concordar
    com tese da defesa do PSDB para anular o processo
    .
    Para a defesa do tucano a troca pode ser negativa,
    já que os advogados Enxergavam em Noronha Chances Reais [R$IC]
    de Anular o Processo que levou à Cassação dos Mandatos
    do Prefeito Municipal Ortiz Júnior (PSDB)
    e do Vice-Prefeito, Edson Oliveira (PSD),
    por Abuso de Poder Econômico e Político
    na Campanha Eleitoral de 2012.
    .
    (http://gazetadetaubate.com.br/cassacao-relator-de-recurso-de-ortiz-no-tse-vai-mudar)
    .
    .

    FrancoAtirador

    17 de outubro de 2015 às 09h46

    .
    .
    PSDB NO TOPO DO RANKING DOS “MORALISTAS SEM MORAL” EM SÃO PAULO
    .
    17 de Setembro de 2015
    DestakJornal
    .
    Em 3 Anos, TRE-SP Cassou 51 Mandatos de Prefeitos Municipais.
    .
    23% dos Mandatários Cassados foram Eleitos pelo PSDB Paulista.
    .
    Dados levantados pelo Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP)
    revelam que dos 645 Prefeitos Municipais Eleitos em Outubro de 2012,
    51 tiveram seus Registros Cassados pelo TRE no Estado,
    o que representa cerca de 7,9% dos Prefeitos Paulistas
    para cumprir seus Mandatos entre 2013 e 2016.
    .
    Os motivos para a cassação do diploma pelo TRE-SP são os mais diversos,
    porém, entre os responsáveis pela maioria dos prefeitos se tornarem inelegíveis estão:
    abuso de poder econômico,
    no que resultou na perda do registro para 12 prefeitos;
    uso indevido dos meios de comunicação social (8),
    prefeitos inelegíveis por terem representação na Ficha Limpa (6),
    além de casos como uso de funcionários públicos durante o expediente,
    apresentação de artista em comício e
    fraude na substituição do candidato ou vice.
    .
    Em alguns casos, os prefeitos cassados chegaram a ser processados por mais de um motivo.
    .
    Entre os partidos políticos, destaque para o PSDB
    que elegeu ao todo 175 prefeitos no Estado,
    e dos 51 prefeitos cassados possui 12 (23%)
    filiados em sua legenda.
    .
    Na sequência estão PPS e PDT, com 5 (10%) Cada.
    .
    O PT (Partido dos Trabalhadores) teve 2 Prefeitos (4%)
    entre os que tiveram o Registro Cassado pelo TRE-SP.
    .
    (http://www.destakjornal.com.br/noticias/sao-paulo/tre-sp-cassa-51-mandatos-de-prefeitos-em-tres-anos-281772)
    .
    (http://abre.ai/tucanos-moralistas-sem-moral-sao-paulo)
    .
    .

Julio Silveira

16 de outubro de 2015 às 20h50

Mas não era o filho na Lava Jato? Agora tambem o sobrinho? Isso parece coisa de familia unida por uma cultura.

Responder

FrancoAtirador

16 de outubro de 2015 às 20h10

.
.
Bandido Antigo nas Missões
.
.

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding