VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Reviravolta no caso da “Casa 58”: Porteiro do áudio de Carlos Bolsonaro não é o mesmo que diz ter falado com “Seu Jair”
Você escreve

Reviravolta no caso da “Casa 58”: Porteiro do áudio de Carlos Bolsonaro não é o mesmo que diz ter falado com “Seu Jair”


04/11/2019 - 20h04

Porteiro errado no álibi dos Bolsonaro

por Fernando Brito, no Tijolaço

Nova reviravolta no caso da “Casa 58”.

Lauro Jardim publicou, agora há pouco, que o porteiro que se ouve na gravação apresentada como álibi por Carlos e Jair Bolsonaro, por ter ligado para a casa do ex-PM acusado de matar Marielle Franco e Anderson Campos e não para o imóvel do então deputado e hoje presidente, não é o mesmo que anotou a placa e o destino do cúmplice de Ronnie Lessa e depôs dizendo que o “Seu Jair” autorizara a sua entrada.

Embora seja, possível, claro, que num intervalo de três minutos mudasse o porteiro, é mais que improvável que isso acontecesse.

Na sua coluna em O Globo, Lauro assegura que o porteiro que fez o depoimento continua de férias.

Claro que é história, porque certamente o porteiro não foi para Orlando ou Mônaco e pode perfeitamente ser localizado em casa.

A menos que, como é provável e prudente, tenha “picado a mula” diante do que podem fazer com ele.

 

Últimas unidades

A mídia descontrolada: Episódios da luta contra o pensamento único
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação.

A publicação traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.

Por Laurindo Lalo Leal Filho



11 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Zé Maria

05 de novembro de 2019 às 15h59

“CPMI das Fake News” ouve “Allan dos Santos” do Canal de Falcatruas “Terça Livre”
[email protected] Olavétes tentam tumultuar o interrogatório ao Meliante internauta.

https://youtu.be/SD7KzxCePhk

Responder

Giovanni

05 de novembro de 2019 às 14h23

Calma aí ; ficar fazendo conjecturas sobre qual porteiro interfonou, se é que foi prá casa do Bolsonaro, faz alguma REAL diferença ? O homem não estava em Brasília, registro de digital e vídeos comprovam isso, no dia e hora desse interfonema ? E não é curioso que, justamente, repórter da Globo é que faz essas conjecturas ? Sei não más prefiro aceitar uma nota de 30……

Responder

robertoAP

05 de novembro de 2019 às 14h08

Desse modo o presidente demente permanece no topo dos suspeitos por mandar assassinar a vereadora Marielle do PSOL, partido que por sina,l a família Bozo inteira, detesta.
Coincidência?

Responder

Nayara

05 de novembro de 2019 às 04h15

Seu Jair tá meio enrolado que macarrão em garfo e o Carluxo parece que selecionou o porteiro errado para fazer o vídeo. Acho que se o porteiro fosse o porteiro Ribamar do humorístico saí de baixo seria melhor pro seu Jair.

Responder

Zé Maria

05 de novembro de 2019 às 00h19

“Há algo de estranho no ar”

A relação de Bolsonaro com os suspeitos pelo crime
somada à lambança deliberada dos órgãos de investigação
e às certezas infundadas do PGR e do Ministério da Justiça de que o porteiro mentiu
mostram que há algo de muito estranho no ar.
https:/twitter.com/TheInterceptBr/status/1191490808781955074

Responder

Zé Maria

04 de novembro de 2019 às 21h08

Só por curiosidade:

Afinal, qual dos 2 Porteiros do Condomínio
do Bolsonaro e do Assassino, vai depor ?

Responder

    Ana marques

    05 de novembro de 2019 às 03h51

    Aquele que ainda não tirou umas longas férias .

    Zé Maria

    05 de novembro de 2019 às 14h56

    Parece que as férias do outro porteiro
    estão marcadas para os próximos dias.


Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação e traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.