VIOMUNDO

Diário da Resistência


Ministro da Justiça fala sobre a morte de crianças e outros crimes contra os Yanomami
Em Roraima, dois meninos Yanomami, de 5 e 7 anos, brincavam no rio que banha a comunidade Makuxi Yano, quando foram sugados pela draga de um garimpo ilegal que opera na região. Outras duas crianças morreram afogadas após caírem no rio enquanto fugiam de disparos de garimpeiros no mês de maio, na região do Palimiu, também em Roraima. Fotos: Twitter do ministro Anderson Torres e Edson Sato/ISA-Divulgação
Você escreve

Ministro da Justiça fala sobre a morte de crianças e outros crimes contra os Yanomami


24/11/2021 - 11h53

CDHM receberá Ministro da Justiça e da Segurança Pública

Anderson Torres atenderá a convite para prestar informações sobre a morte de duas crianças Yanomami no dia 12 de outubro

A Comissão de Direitos Humanos e Minorias realizará na próxima quarta- feira (24) audiência pública com a participação do Ministro da Justiça e da Segurança Pública, Anderson Torres, convidado para prestar esclarecimentos sobre a morte de crianças da etnia Yanomami ocorridas na comunidade Macuxi Yano, na Terra indígena Yanomami.

Segundo nota da Hutukara Associação Yanomami (HAY), no dia 12 de outubro, no município de Alto Alegre, em Roraima, dois meninos, de 5 e 7 anos, brincavam no rio, quando foram sugados pela draga de um garimpo ilegal que opera na região.

Além dessas duas mortes, outras duas crianças morreram afogadas após caírem no rio enquanto fugiam de disparos de garimpeiros no mês de maio, na região do Palimiu, também em Roraima.

Pelo menos quatro das 15 comunidades indígenas que compõem a região, na Terra Indígena Yanomami, denunciam ataques nos últimos meses: Yakepraopë, Maikohipi, Korekorema e Tipolei.

O requerimento para a audiência é de autorias dos parlamentares Helder Salomão (PT/ES), Maria do Rosário (PT/RS), Paulo Teixeira (PT/SP), Rogério Correia (PT/MG), Vivi Reis (PSOL/PA), Túlio Gadêlha (PDT/PE), Paulão (PT/AL), Patrus Ananias (PT/MG), Beto Faro (PT/PA), Rosa Neide (PT/MT), Afonso Florence (PT/BA), Leonardo Monteiro (PT/MG), Pedro Uczai (PT/SC), Bohn Gass (PT/RS), João Daniel (PT/SE), Marília Arraes (PT/PE), Henrique Fontana (PT/RS), Benedita da Silva (PT/RJ), Valmir Assunção (PT/BA), Leo de Brito (PT/AC), Waldenor Pereira (PT/BA), Alencar Santana Braga (PT/SP), Vicentinho (PT/SP), Marcon (PT/RS), Jorge Solla (PT/BA), Talíria Petrone (PSOL/RJ), Luiza Erundina (PSOL/SP), Luizianne Lins (PT/CE), David Miranda (PSOL/RJ), Glauber Braga (PSOL/RJ), Gleisi Hoffmann (PT/PR), Frei Anastacio Ribeiro (PT/PB), Camilo Capiberibe (PSB/AP), Célio Moura (PT/TO), Paulo Guedes (PT/MG), Erika Kokay (PT/DF), Nilto Tatto (PT/SP), Zé Carlos (PT/MA). Os parlamentares reforçaram a necessidade de respostas urgentes do Estado brasileiro para a situação vivenciada pelo povo Yanomami.

Os parlamentares apontaram como fundamental que o Ministro da Justiça e Segurança Pública, responsável pelo acompanhamento de toda a política para os povos indígenas, preste explicações sobre a insegurança a que está submetida aquela população, bem como o porquê da existência de tantos garimpos ilegais operando na região sem a coerção do Estado.

Serviço
Audiência Pública
Tema: Ministro da Justiça e da Segurança Pública/Crianças Yanomami
Quarta-feira, 24 de novembro, às 15h.
Transmissão em www.camara.leg.br/cdhm





Nenhum comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.


Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding