VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Moro rebate “capanga da milícia”, mas toma invertida de Freixo: “Você mente para tirar o foco do seu patrão”
O ex-capitão do Bope Adriano Magalhães da Nóbrega, no topo à esquerda, empregou mãe e esposa no gabinete de Flávio. O sargento PM Élcio, expulso da corporação em 2015 por envolvimento com bicheiros, dirigiu o automóvel do qual foram disparados os tiros que mataram Marielle. Josinaldo Lucas Freitas, o Djaca (boné preto) é acusado de jogar no mar as armas usadas no assassinato de Marielle e Anderson. O ex-PM Fabrício Queiroz é suspeito de ajudar a enriquecer Flávio Bolsonaro no mercado imobiliário. As contas de campanha de Flávio ficaram com Valdenice de Oliveira Meliga, irmã de Alan e Alex Rodrigues de Oliveira. Os PMs gêmeos foram presos na operação Quarto Elemento, acusados de extorsão. Flávio publicou a foto da festa de aniversário dos gêmeos, à qual compareceu com o pai, com a legenda: "Parabéns Alan e Alex pelo aniversário. Essa família é nota mil!!!". As fotos foram publicadas nas redes sociais.
Você escreve

Moro rebate “capanga da milícia”, mas toma invertida de Freixo: “Você mente para tirar o foco do seu patrão”


13/02/2020 - 10h21


Que mentiroso antiético é Sergio Moro. Implicar que Freixo é responsável por capacitar milícias — quando ele teve que ter segurança armada por uma década por causa de sua investigação corajosa sobre milicianos e sua protégée Marielle foi assassinada — é nojento até para Moro. Glenn Greenwald, sobre a polêmica.

Da Redação

O ministro da Justiça Sergio Moro aparentemente ficou tocado pela acusação feita a ele pelo deputado Glauber Braga (Psol-RJ), de que seria “capanga da milícia”.

No twitter, escreveu que, apesar de não gostar de embates políticos, tinha a esclarecer que propôs várias medidas contra as milícias no pacote anticrime, mas sofreu oposição do Psol e dos deputados federais Marcelo Freixo e Glauber Braga.

Moro não foi específico sobre quais foram as medidas.

Freixo rebateu, também no twitter, lembrando que foi a partir da CPI das Milícias, na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, que a formação dos bandos armados foi tipificada como crime.

“Você mente para tentar tirar o foco da relação do seu patrão com milicianos”, escreveu o psolista.

A página de Freixo na internet reproduz o relatório final da CPI das Milícias (ver abaixo) e anota:

Em 2008 Marcelo Freixo presidiu a CPI das Milícias da Assembleia Legislativa. Foi um marco na luta contra o crime organizado e sua articulação com o poder público. O relatório final pediu o indiciamento de 225 políticos, policiais, agentes penitenciários, bombeiros e civis. Apresentamos 58 propostas concretas para enfrentarmos essa máfia, entre elas a necessidade de cortarmos as fontes de financiamento das quadrilhas.

Últimas unidades

A mídia descontrolada: Episódios da luta contra o pensamento único
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação.

A publicação traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.

Por Laurindo Lalo Leal Filho



7 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

DANIEL RODRIGUES SILVA

14 de fevereiro de 2020 às 07h59

Estou vendo vários anais de comunicação tentando dizer que o Moro tomou uma revirada, mas claramente isso é dor de cotovelo pela resposta que ele deu

Responder

Zé Maria

13 de fevereiro de 2020 às 14h58

O Moro mais um Dissimulado nesse desgoverno.
Aproveita-se de uma Popularidade Artificial,
produzida pela Globo e pela Mídia Fascista,
para disseminar afirmações e Notícias Falsas
que serão replicadas através de disparos em
massa de Fake News pelas Redes Sociais.
É dessa forma que a Milícia Digital, inclusive
os Patifes da FTLJ Curitiba, consegue pôr em
destaque o nome desse Crápula nos Trends.
Não fosse isso, essa Nulidade (des)humana
estaria rastejando por um Cargo qualquer.

Responder

    Alexandre froes

    14 de fevereiro de 2020 às 10h00

    Zé arruelas vocês comunistas se acham donos do universo. Seus líderes estão presos, outros mortos e muitos ainda vão morrer. Aceita que dói menos. Bolsonaro 2022 e Moro 2026. Marcelo fresco não ganha nem para gerente de boca de fumo.

Roberto Costa

13 de fevereiro de 2020 às 13h30

Esse povo da esquerda, demonstra desprezo pelo que acontece nesse país, para eles quanto pior melhor. Não tocam na saúde, na educação, na segurança (somente para demonizar a PM), ou seja: a esquerda pode roubar, se corromper, destruir a PETROBRÁS, os Correios, os fundos de pensões e está tudo bem…e projetos que possam ajudar no desenvolvimento do país…nada.

Responder

    Eliane

    13 de fevereiro de 2020 às 19h45

    O SEU PRESIDENTE VOTOU PELO CONGELAMENTO DA SAÚDE E EDUCAÇÃO PÚBLICA POR VINTE ANOS. NÃO SÓ ELE, COMO O MILICIANO DO FILHO , À BANCADA DA BIBLIA, DA BALA E TDS OS DIREITISTAS, VOTARAM À FAVOR DESSE ABSURDO.
    OS PLANOS PRIVADOS DE SAÚDE, AGRADECEM.

    Lezy Azeredo

    13 de fevereiro de 2020 às 20h29

    Sábias palavras. Ninguém aparece para ajudar em projetos nenhum agora para criticar não pensam duas vezes.

    Mário Sérgio

    14 de fevereiro de 2020 às 00h22

    É impressionante a sua total desinformação sobre a esquerda.


Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação e traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.