VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Miola: Sentindo-se ameaçada, direita apela para o terrorismo eleitoral
Reprodução
Você escreve

Miola: Sentindo-se ameaçada, direita apela para o terrorismo eleitoral


26/11/2020 - 13h12

Sentindo eleição ameaçada, direita apela para ódio e terrorismo eleitoral

Por Jeferson Miola, em seu blog

Com a divulgação de pesquisas sobre o 2º turno, o pânico tomou conta dos comitês de Brunos Covas/PSDB em São Paulo e de Sebastião Melo/MDB em Porto Alegre.

Tanto na capital paulista como na gaúcha, levantamentos indicam queda das intenções de votos nos candidatos da oligarquia dominante, e crescimento das candidaturas de esquerda de Guilherme Boulos/PSOL e Manuela D’Ávila/PCdoB/PT.

A disputa avança dramaticamente nestas 2 cidades na reta final de campanha, e o resultado do próximo domingo [29/11] tende a ser parelho em ambas.

Em São Paulo e em Porto Alegre observa-se o amontoo automático do chamado centro político, mais direita e mais extrema-direita bolsonarista para enfrentar as candidaturas de esquerda apoiadas pela centro-esquerda.

É interessante notar como os xingamentos e as brigas selvagens entre os candidatos e partidos do bloco conservador magicamente desapareceram.

Agora, todos atuam em ordem unida para enfrentar o que consideram ser o inimigo comum – a esquerda e o campo progressista.

Para a oligarquia racista, o relevante não é apresentar propostas concretas para enfrentar problemas como finanças municipais, desemprego, moradia, saúde, educação, creches, saneamento básico, Plano Diretor e o desenvolvimento da cidade. A única obsessão deles é impedir que a esquerda vença para promover mudanças profundas no governo.

Está claro que a oligarquia não se junta a favor de um plano para a cidade.

Eles apenas se amontoam em aglomerados reacionários para combater a esquerda. Não sem histeria, bradam contra a “ameaça comunista”, como se estivessem na Guerra Fria.

Até há alguns dias, as campanhas de Covas/PSDB em São Paulo e de Melo/MDB em Porto Alegre simulavam civilidade em público, ao mesmo tempo em que promoviam toda sorte de vilania e patifaria no subterrâneo das redes sociais e do WhatsApp.

Com os números das pesquisas recentes, contudo, as campanhas deles passaram a apelar para o ódio e o terrorismo abertos, inclusive promovendo sectarismo religioso na propaganda eleitoral.

Nos últimos dias começaram circular vídeos com sionistas defendendo o voto em Covas e acusando Boulos de antissemita. Na mesma linha, cristãos conservadores [católicos e evangélicos] transformaram igrejas, cultos e templos religiosos em comitês eleitorais do Covas, a partir dos quais proferem toda sorte de infâmias e demonizam Boulos.

O próprio Covas, talvez desesperado com o risco da derrota, parece esquecer que a disputa é para o governo da cidade de São Paulo, mas mesmo assim provoca Boulos a responder acerca de problemas de Cuba e da Venezuela…

Em Porto Alegre a chapa do Melo/MDB, integrada pelo fundador e coordenador do MBL no Rio Grande do Sul [Ricardo Gomes/DEM], é especializada em industrializar mentiras, ataques e baixarias.

Agora circula um áudio com relato da reunião do Ricardo Gomes com o poderoso sindicato patronal da construção civil, o SINDUSCON, no qual empresários são conclamados a votar no Melo, “porque se entrar essa vadia aí vai ser um problema muito sério para a cidade”.

Os programas de TV do Melo também ficaram mais violentos e apelativos. Melo finalmente saiu do esconderijo das redes e passou a atacar Manuela na TV e nas entrevistas. O candidato da direita racista tenta assustar a população com uma retórica anticomunista e antipetista, para infundir medo e pavor nos eleitores da Manuela.

É arriscado predizer alguma tendência de resultado no próximo 29 de novembro, dadas as incertezas das pesquisas, que acertam cada vez menos os prognósticos.

Mas, por outro lado, o comportamento desesperado dos candidatos da direita bolsonarista e bolsonarizada – em São Paulo e em Porto Alegre – autoriza supor-se que são bem realistas os “riscos” de vitória da esquerda e do campo progressista em São Paulo com Boulos, e em Porto Alegre com Manuela.





7 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Sandra Rezende

29 de novembro de 2020 às 09h20

Como votar p prefeito amanhã em Fortaleza:
1. Aperte 1, depois 2;
2. Vai aparecer a foto do Sarto
3. Chore e esculhambe (sem pressa,vão entender)
4. Engula o choro, prenda a respiração,feche os olhos e confirme
5. Depois vá p casa chorar +um pouco, mas lembre-se:o outro é pior

https://twitter.com/lelecoutz/status/1332659536356925446?s=21

*Grupo FINES

Responder

Zé Maria

26 de novembro de 2020 às 20h30

https://twitter.com/i/status/1331944326050549763
Quem apoia o Melo (MDB)
e quem o Melo (MDB) apoia

“São milhares de mentiras que inventam a nosso respeito,
tudo pra não falar sobre eles e que turma eles representam.
Pra mudar, é 65 e confirma.”
#Vira65
https://twitter.com/ManuelaDavila/status/1331944326050549763

Responder

Zé Maria

26 de novembro de 2020 às 20h21

https://pbs.twimg.com/media/EnyDNYYXMAEnoMl?format=jpg

Prefeitura RECIFE
Votos Totais (Válidos)

Marília13 Arraes 43% (52%)
Bebê Campinhos 40% (48%)

“Vai ser na emoção, mas vai ser!
As mentiras deles não vão derrubar a gente.
Domingo, é 13!”

MARÍLIA13 ARRAES
Prefeita do Recife

https://twitter.com/MariliaArraes/status/1332088148575318018
https://pbs.twimg.com/media/EnyEj7bWMAU8EUa?format=jpg
https://twitter.com/i/status/1329459551532429312

Responder

Henrique Martins

26 de novembro de 2020 às 17h25

https://saude.estadao.com.br/noticias/geral,pazzuelo-se-queixa-de-pancadaria-e-diz-que-se-sair-do-ministerio-da-saude-saira-feliz,70003529663

Resta saber até onde as Forças Armadas da Ativa terão que ser desonradas para ele pedir para sair.

Responder

Zé Maria

26 de novembro de 2020 às 16h06

A Bandidagem Fascista do Melo (MDB) vandalizou os Outdoors
que a Frente dos Servidores Públicos do RS (FSP) havia afixado
em diversos pontos da cidade de Porto Alegre, alertando o Povo
para os efeitos prejudiciais de mais uma Defórma do desgoverno Bolsonaro/Guedes/Mourão apoiada por Marchezan, Leite e Melo,
que prevê, entre outras coisas, a terceirização dos serviços públicos,
o fim da estabilidade e dos concursos públicos e a redução de salários
dos atuais servidores e servidoras municipais, estaduais e federais.

A Campanha “Não é uma Reforma. É o Fim dos Serviços Públicos”
estampada nos Outdoors, alvos do Vandalismo, foi organizada por
dezenas de Entidades integradas por Servidores de toda a Esfera Pública do Rio Grande do Sul que buscam conscientizar a população sobre os pontos não abordados pelo governo na Defórma Administrativa
(PEC 32/2020) e na PEC Emergencial, que são lesivos ao povo brasileiro
e podem comprometer, já em 2021, a prestação de serviços básicos nos Municípios em todo o País.

Conforme o Boletim de Ocorrência Policial, há “indícios de que
a ação não se trata da atuação de uma só pessoa, mas sim de
um grupo organizado ideologicamente contrário à manifestação”.

Essa Quadrilha Organizada em Porto Alegre possivelmente é a mesma
dos Cabos Eleitorais do Melo (MDB) e seu Vice do DEM que disseminam
Mentiras e Ofensas contra Manuela65, na Internet.

O Melo (MDB) e seu Vice do DEM, junto com essa Corja de Criminosos,
são Favoráveis à Privatização dos Serviços Públicos.

No próximo domingo, 29/11, Vote:

Manuela 65, em Porto Alegre;
Boulos 50, em São Paulo;
Marília 13, no Recife;
Edmilson 50, em Belém;
João Coser 13, em Vitória.

É Hora da Virada no Brasil contra Bolsonaro e o Fascismo.
Aliás, também vote Contra o Capitão em Fortaleza.

Responder

Zé Maria

26 de novembro de 2020 às 14h40

“Ao fugir do debate, vice de Covas reconhece
que não tem condições morais e intelectuais
de enfrentar Erundina.
Não se esqueça de Serra e Doria.
Tucano não gosta da nossa São Paulo.
Aperta 50 e vem. Boulos prefeito!”

Fernando Haddad
https://twitter.com/Haddad_Fernando/status/1331538548638560256

Responder

Mauro Lopes Assunção filho

26 de novembro de 2020 às 13h21

Gostaria de ajudar o Viomundo, porque gosto de sua linha editorial, porém financeiramente não tenho condições.
Sinto muito ??

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding