VIOMUNDO

Diário da Resistência


Líderes de nove etnias indígenas do Araguaia e Xingu denunciam contaminação de rios
Foto: Pedro Calvi
Você escreve

Líderes de nove etnias indígenas do Araguaia e Xingu denunciam contaminação de rios


23/10/2019 - 23h30

Líderes de nove etnias da região do Araguaia e Xingu denunciam contaminação de rios e invasão de territórios

por Pedro Calvi, Comissão de Direitos Humanos e Minorias (CDHM)

Representantes das etnias Carajá, Tapirapé, Kanela do Araguaia, Krenak, Xerente, Maraiwatsédé e Yudjá estiveram nesta terça-feira (22), na Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados (CDHM). O grupo apresentou uma série de demandas.

Apïinama Yudjá conta que o grupo de trabalho da Funai finalizou o trabalho da demarcação de terras em 2007, os laudos antropológicos já foram concluídos e, desde 2013, os estudos fundiários estão parados e isso impede a demarcação fina do território.

“Enquanto isso, as fazendas aumentam as plantações de soja e poluem afluentes do Xingu, porque não usam mais tratores, mas agrotóxicos, acabando com nosso plantio de batata e mandioca, que é nosso sustento”, denuncia o Yudjá.

“Cresci e nasci na beira do rio Tapirapé, que hoje tá seco, uma calamidade, sem as lagoas e tartarugas. O agronegócio tá destruindo as margens do rio”, diz Manoel, Xerente do Araguaia.

Os líderes também lembraram que outros grupos de trabalho foram suspensos pela Funai e nem começaram o trabalho, como em aldeias de terras Kanela do Araguaia e Tapirapé Carajá.

As lideranças denunciam a futura invasão de territórios indígenas para a construção da Transbananal.

A  rodovia ligará Formoso do Araguaia (TO), pela rodovia TO-0500, até São Félix do Araguaia (MT), pela BR-242, cortando a Ilha do Bananal num trecho de 90 quilômetros. O início das obras está previsto para fevereiro de 2020. A rodovia terá um acesso intermodal à Ferrovia Norte-Sul.

“Quando vem uma estrada, vem  muita coisa ruim junto. Em Confresa, depois do asfalto vieram as drogas, fugitivos das prisões, prostituição e incêndios criminosos, estão descumprindo a Constituição”, ressalta o cacique Lahiri, que é Tapirapé Carajá.

Rosa Neide (PT/MT) afirma que vídeos gravados por deputados conservadores estão incitando a violência:

“Os brancos no entorno das aldeias estão se sentindo liberados, principalmente para o garimpo ilegal. Também tem o grupo Indígenas Agricultores, que apoia o agronegócio, com quem estamos conversando. Por outro lado, estamos levantando recursos para agricultura familiar nas aldeias e mutirões de documentação na Secretaria Estadual de Ação Social”.

O asfaltamento do trecho da BR 158, que corta terras indígenas no Mato Grosso, é outra preocupação.

O traçado original havia sido modificado para contornar esses territórios. Mas o Ministério da Infraestrutura confirmou este ano o asfalto original, cortando a Reserva Nacional do Xingu.

A CDHM deve encaminhar ofício ao Tribunal de Contas da União (TCU) para uma reunião sobre a BR 158.

A Comissão já havia enviado pedido de informações ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), que passou para o TCU a resposta sobre a situação da rodovia.

Quanto à Transbananal, a CDHM vai pedir ao Ministério da Infraestrutura informações sobre a situação atual e que seja feita consulta livre, prévia e informada junto às comunidades indígenas atingidas.

Além dessas medidas, também será enviado ofício para a Funai sobre a suspensão dos grupos de trabalho para demarcação de territórios e para as secretarias estaduais de Educação, sugerindo assessoria pedagógica específica nas escolas que atendem estudantes indígenas.

Fotos: Pedro Calvi e Layla Andrade/CDHM

Últimas unidades

A mídia descontrolada: Episódios da luta contra o pensamento único
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação.

A publicação traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.

Por Laurindo Lalo Leal Filho



Nenhum comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.


Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação e traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.

Últimas matérias
Com Evo a caminho do México, Exército ocupa as ruas e faz toque de recolher “informal” na Bolívia

Da Redação Correndo o risco de ser capturado pela tropa de elite encarregada de combater o narcotráfico, financiada e treinada pela DEA, a polícia antidrogas dos Estados Unidos, o presidente Evo Morales deixou a Bolívia ontem à noite e seguiu para o México. As ruas foram ocupadas pelo Exército, a pedido da segunda vice-presidenta do […]

Ler matéria