VIOMUNDO

Diário da Resistência


Kakay assume defesa de presidente da OAB: Ministro Moro agiu com a cabeça do juiz Moro quando via crime, mesmo que não existisse
Reprodução de vídeo e Lula Marques
Você escreve

Kakay assume defesa de presidente da OAB: Ministro Moro agiu com a cabeça do juiz Moro quando via crime, mesmo que não existisse


09/08/2019 - 10h51

Da Redação

O ministro da Justiça, Sergio Moro, pediu à Procuradoria-Geral da República (PGR) que investigue o presidente do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz, por suposto crime de calúnia.

A representação baseia-se em  entrevista de Santa Cruz à jornalista Mônica Bergamo,  publicada em 26 de julho na Folha de S. Paulo.

Santa Cruz disse que Moro “usa o cargo, aniquila a independência da Polícia Federal e ainda banca o chefe de quadrilha ao dizer que sabe das conversas de autoridades que não são investigadas”.

No dia anterior, a Folha havia revelado que Moro telefonou para autoridades que teriam sido alvo de hackers presos e avisou que as mensagens das pessoas seriam destruídas em nome da privacidade. Depois, o ministro afirmou que jamais teria falado em destruição de provas.

Em mensagem postada num grupo de whatsapp de advogados e do Tribunal Popular da Lava Jato, o criminalista Antônio Carlos Almeida de Castro, o Kakay,  informou que havia assumido a defesa de Santa Cruz:

Assumo, com muita honra, a defesa do Presidente do Conselho Federal da OAB, Felipe Santa Cruz.

O Ministro Moro, ao representar contra o Presidente do Conselho Federal, agiu com a cabeça do Juiz Moro quando via crime onde era conveniente mesmo quando esse não existia.

O Ministro agora assumiu oficialmente seu lado político e deveria reconhecer que a crítica foi jurídica e institucional.

Uma leitura isenta da declaração do Presidente do Conselho evidencia que não houve intenção de ofender a honra de quem quer que seja.

Por outro lado, uma rápida análise da representação enviada à PGR expõe uma inexplicável – e manifestamente incabível – argumentação do Ministro, que desconsidera o próprio significado das palavras e já deveria ter entendido o valor da crítica e a importância do debate e do questionamento de ideias em um estado democrático de direito.

A Defesa reafirma sua crença na importância da liberdade de expressão em um ambiente que se pretenda democrático. KAKAY

A mídia descontrolada: Episódios da luta contra o pensamento único
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação.

A publicação traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.

Por Laurindo Lalo Leal Filho



6 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

a.ali

09 de agosto de 2019 às 22h32

concordando em grau e numero!

Responder

Kiko

09 de agosto de 2019 às 21h37

O Felipe Santa Cruz acertou o kakay é um renomado jurista de tamanha capacidade e profundo conhecimento e respeito à nossa constituição Federal.
Tomara que o Moro vá parar no banco dos réus.

Responder

Val moura

09 de agosto de 2019 às 21h29

Siga avante Felipe Santa Cruz seu advogado é simplismente exelente o kakay levará o Moro ao banco dos réus.

Responder

Zé do rolo

09 de agosto de 2019 às 21h20

O Moro é um escárnio no âmbito judiciário e um fora da lei.
O Felipe Santa Cruz está com exelente advogado que é o Antônio Carlos de Almeida Castro ou simplesmente kakay.
Vai fundo kakay e coloca o Moro no banco dos réus.

Responder

Zé Maria

09 de agosto de 2019 às 14h15

Moro é o Ladrão que grita ‘-Pega Ladrão!’.
Com esse processo contra o Santa Cruz
quer escapar da acusação de violação
do sigilo do Inquérito da Polícia Federal.
Só que ele vai ter de explicar a mentira
pro Noronha, Presidente do STJ, que
afirmou que o Moro ligou pra ele
pra dizer que iria eliminar os grampos
dos tais Ráquers da Virgínia [U.S.A.].

25/07/2019 – 19:51
O GLOBO.com

Reportagem: Aguirre Talento

Moro avisou por telefone
que presidente do STJ foi alvo
de supostos ataques hackers

“Ministro da Justiça avisou que material
dos celulares invadidos será descartado”

BRASÍLIA — O presidente do Superior Tribunal de Justiça, João Otávio de Noronha , confirmou nesta quinta-feira que recebeu um telefonema do ministro da Justiça, Sergio Moro, para lhe informar que seu nome estava na lista das autoridades hackeadas pelo grupo preso na Operação Spoofing, da Polícia Federal.

De acordo com a nota divulgada pela assessoria de Noronha, Moro lhe avisou que o conteúdo das conversas das autoridades obtido pelos hackers “vai ser descartado para não devassar a intimidade de ninguém”.

“O ministro do STJ disse que está tranquilo porque não tem nada a esconder e que pouco utilizava o Telegram”, diz a nota divulgada pelo STJ.
[…]
Sergio Moro está ligando para as autoridades para informar-lhes sobre o fato e sobre as providências que estão sendo tomadas pela PF …
[…]
Já o presidente do Senado, Davi Alcolumbre , estava com o celular fora de área quando o ministro Moro ligou para informá-lo, mas foi avisado de que assessores do Ministério da Justiça ligaram para sua equipe e também na Presidência do Senado…

https://oglobo.globo.com/brasil/moro-avisou-por-telefone-que-presidente-do-stj-foi-alvo-de-supostos-ataques-hackers-23832903

Leia também:

Consultado pela BBC News Brasil, o ministro Moro admitiu, em nota, por meio de sua assessoria de imprensa, que “por questões de segurança nacional e pessoal, se encarregou de comunicar algumas autoridades de elevada posição, como o presidente da República, que estariam entre as vítimas”.

íntegra: https://www.bbc.com/portuguese/brasil-49173473

Responder

Alufa

09 de agosto de 2019 às 12h12

TROCA-TROCA

Há coisas nessa vida que me deixa indignado:
Políticos sem escrúpulos, juiz metido a besta
Procuradores corruptos, crente correndo cesta
E eleitores do Bozo, mugindo qual fosse gado.
São pessoas deste quilate, zé ruela ou togado,
Que se acham da elite, sendo apenas curiboca,
São nutridos à mentira, amantes d’uma fofoca
E infestam a vida de invencionice e podridão.
E para melhor ilustrar o subterrâneo da nação:
Um ex-juiz lavajatista é prático do troca-troca

OXORONGA, Alufa-Licuta.

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação e traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.