VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Juventude Socialista do PDT apoia Manuela dizendo que “neutralidade” é cumplicidade
Wikipedia
Você escreve

Juventude Socialista do PDT apoia Manuela dizendo que “neutralidade” é cumplicidade


17/11/2020 - 20h51

Carta Aberta da Juventude Socialista do PDT de Porto Alegre a respeito da Eleição Municipal de 2020

Do Facebook

A grande política deve ser baseada em grandes princípios e demanda grandes decisões.

O trabalhismo, nesse sentido, hasteia as bandeiras das batalhas democráticas do povo brasileiro rumo à construção do projeto nacional e popular necessário para que se superem as mazelas sociais e econômicas que ainda separam o Brasil de seu verdadeiro destino: tornar-se uma grande e vibrante nação, plenamente justa, desenvolvida e soberana.

Tal responsabilidade, ainda mais acentuada em tempos em que o país sufoca entre as disputas de neofascistas e neoliberais, não comporta dúvidas, não comporta atrasos, não comporta pequenezas.

A unidade popular, assim, se faz mais imperativa do que nunca. Apesar disso, ao analisarmos a retrospectiva política e eleitoral recente do nosso campo, não é isso que encontramos.

Pelo contrário, mesmo contra companheiros, se multiplicam os ataques baixos, as notícias falsas, as disputas jurídicas, manobras que dilaceram os laços que deveriam nos unir em nossas lutas.

Não é digno da tarefa que temos com o nosso país que a unidade se torne ardil narrativo que só resgatado quando é conveniente, mas, da mesma forma, não é digno que tais disputas turvem o horizonte que compartilhamos.

Se temos discordâncias pessoais, políticas, táticas, estéticas, sejam elas quais for, nada disso é maior do que a luta pelo desenvolvimento do país e a emancipação do nosso povo.

Assim, do norte ao sul, de Porto Alegre a Fortaleza, é necessário que os partidos do campo popular saibam sua tarefa e se posicionem firmemente contra os projetos anti-populares e/ou bolsonaristas que se colocam e, por isso, enquanto Juventude Socialista do PDT de Porto Alegre, viemos a público declarar o nosso apoio à candidatura de Manuela D’Ávila no segundo turno da disputa pela prefeitura de Porto Alegre.

Não porque não temos discordâncias, mas porque nossa convergência, bem como nosso compromisso com a nossa cidade e com o país que o trabalhismo visa construir, está acima de quaisquer uma delas.

Da mesma forma, acreditamos que qualquer trabalhista, se guiado pelos princípios do trabalhismo, chegará na mesma conclusão.

Não pode ser menos que óbvio que apoiar um candidato com base bolsonarista, com discurso privatista, contrário aos direitos dos educadores e aos princípios do campo popular não condiz com os princípios fundantes do Partido Democrático Trabalhista, com os quais todo filiado e filiada compromete-se formal e fielmente.

Não pode ser menos que óbvio que a neutralidade política mais do que insuficiente, é cúmplice.

Não pode ser menos que óbvio que a direitização do nosso projeto de longo prazo é uma estratégia míope e que não deve nunca ser adotada.

Assim pensa a Juventude Socialista do PDT de Porto Alegre.



Ajude o VIOMUNDO a sobreviver

Nós precisamos da ajuda financeira de vocês, leitores, por isso ajudem-nos a garantir nossa sobrevivência comprando um de nossos livros.

Rede Globo: 40 anos de poder e hegemonia

Edição Limitada

R$ 79 + frete

O lado sujo do futebol: Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!

R$ 40 + frete

Pacote de 2 livros - O lado sujo do futebol e Rede Globo

Promoção

R$ 99 + frete

A gente sobrevive. Você lê!


5 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

abelardo

18 de novembro de 2020 às 07h57

Chupa essa manga, Juliana Brizola, vc merece mais esta derrota

Responder

Fabiana Horn

18 de novembro de 2020 às 00h19

Que lindo manifesto!
O campo progressista vai ganhar este segundo turno

Responder

Zé Maria

17 de novembro de 2020 às 22h36

A Juventude do PDT-RS é Brizolista Autêntica.
Dpá até pena desses jovens que realmente são Militantes de Esquerda, diante dessa cúpula meia-boca.

Responder

Zé Maria

17 de novembro de 2020 às 21h35

17/11/2020 | 21:11

PDT ANUNCIA APOIO À MANUELA65

Alinhamento de Melo ao Governo Bolsonaro
Pesou na Decisão Trabalhista da Capital

Taline Oppitz, no Correio do Povo, em Porto Alegre-RS

O PDT bateu o martelo hoje à noite, após reunião virtual com a participação da cúpula nacional, e decidiu pelo apoio a Manuela D’Ávila (PCdoB) no segundo turno da eleição pela prefeitura de Porto Alegre. Até aqui, manifestações apontavam para uma aproximação maior com Sebastião Melo (MDB), pela história dos partidos, como a composição com Juliana Brizola como vice do emedebista em 2016 e a parceria na administração de José Fortunati. À época, Melo foi vice dele, que estava no PDT. Investidas jurídica de Manuela durante a campanha, contra Juliana e o presidente do partido e coordenador da campanha na Capital, Pompeo de Mattos também complicavam o cenário. As informações foram antecipadas pela coluna.

Após trabalhistas realizarem os cálculos políticos com mais calma, no entanto, o cenário sofreu revés.

Pouco antes do Início da reunião, que teve início às 19h, Juliana Brizola publicou nas redes sociais que defenderia o apoio a Manuela.

A intenção inicial, até o meio da tarde, era a liberação ou o apoio crítico a Manuela.

O caminho encontrado foi o apoio com a divulgação de carta compromisso, exigindo comprometimento com pautas como escola em tempo integral.

O entendimento que prevaleceu foi o de que o alinhamento de Melo
e de seu vice, Ricardo Gomes (DEM), à bandeiras do Governo Jair Bolsonaro inviabilizavam o apoio do PDT.

https://www.correiodopovo.com.br/colunistas/taline-oppitz

Responder

Zé Maria

17 de novembro de 2020 às 21h14

“Um Sopro de Esperança”

O primeiro partido a definir apoio à Manuela foi o PSOL, de Fernanda Melchionna, formalizado ainda na segunda-feira (16).

Terça-feira (17), foi a vez da Rede Sustentabilidade, partido que esteve
na coligação de Juliana no primeiro turno.

A confirmação veio por meio da ex-senadora Marina Silva em sua conta
no Twitter:
“A Rede decidiu apoiar Manuela d’Ávila à prefeita de Porto Alegre.
Nesse momento tão difícil do nosso País, ter uma mulher com o
compromisso e qualidade política de Manuela na defesa da democracia,
dos direitos humanos e no combate às desigualdades sociais
é um sopro de esperança”, escreveu Marina.

https://twitter.com/MarinaSilva/status/1328719637262069763

https://www.jornaldocomercio.com/_conteudo/politica/2020/11/766299-juliana-brizola-foi-cobrada-por-eleitores-a-fechar-com-a-manuela.html

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
O lado sujo do futebol

Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!