VIOMUNDO

Diário da Resistência


Jeferson Miola: Senado deveria anular nomeação do tremendamente hipócrita para o STF
A imagem fala por si: Bolsonaro recebe André Mendonça após aprovação para vaga no STF. Foto: Divulgação
Você escreve

Jeferson Miola: Senado deveria anular nomeação do tremendamente hipócrita para o STF


03/12/2021 - 11h49

Senado deveria anular nomeação do tremendamente hipócrita para o STF

Por Jeferson Miola, em seu blog

A empulhação em 3 atos:

– ato 1: a sabatina-fake na CCJ do Senado: “no Supremo, a Constituição”;

– ato 2: anunciação da glória de deus: “um salto para os evangélicos”;

– ato 3: imagem mostra Bolsonaro e Mendonça fazendo troça do Senado e do STF [a imagem fala por si] e charlatães religiosos celebram terem conseguido engambelar o Senado (Veja PS do Viomundo).

Está-se diante de um caso explícito de perjúrio.

Imediatamente após a decisão do plenário do Senado, vários parlamentares e líderes evangélicos apressaram-se em acalmar seus rebanhos esclarecendo que tudo foi jogo de cena, que André Mendonça seguiu o roteiro treinado e ensaiado por profissionais do marketing para enganar senadoras e senadores.

Pululam nas redes sociais vídeos de charlatães religiosos se regozijando da maestria do André Mendonça em mentir, sofismar e enganar os/as senadores/as.

O Senado foi ludibriado.

E, por isso, tomou uma decisão que, se não for revertida, terá consequências perigosas para a sociedade e para a democracia por quase 3 décadas.

O Senado tem não só a obrigação, como a competência constitucional privativa para anular a nomeação do tremendamente hipócrita para o Supremo.

Este enganador da extrema-direita não pode tomar posse na Suprema Corte.

 

PS do Viomundo: Janio de Freitas, em sua coluna publicada neste sábado (04/12), na Folha de S. Paulo, acrescenta sobre a foto de Bolsonaro e Mendonça debochando do Senado e do STF:

O auge da autenticidade de André Mendonça viria, porém, na sua comemoração com Bolsonaro, já antiética por si só. Fotografada e distribuída à imprensa pela própria Presidência, mas muito pouco reproduzida para leitores e espectadores.

Bocas escancaradas em riso de cafajeste, caras debochadas, enlaçados em mais do que um abraço, parecem dois bêbados desequilibrados e se amparando mutuamente, para diversão dos circunstantes.

A foto de Bolsonaro e André Mendonça foi feita e distribuída à imprensa pela própria Presidência, mas foi muito reproduzida por jornais, revistas e emissoras de televisão Foto: Alan Santos/PR





7 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Kalel

04 de dezembro de 2021 às 11h42

Certamente, isso mostra a decadência moral muito evidente no Brasil. A forma como esse homem alcançou tal posição é correspondente a como o presidente assumiu tal posição: manipulando as massas, mentindo, distorcendo a realidade. É um perigo para o Brasil, que por muito tempo se diz laico, ter esse tipo de gente alcançando posições determinantes para a sociedade brasileira. Vemos a ruptura dos padrões e instituições com premissas absolutamente falsas. Que vergonha..

Responder

Riaj Otim

04 de dezembro de 2021 às 09h34

o brasileiro tem que seguir os preceitos democrático. Uma decisão pelo voto, pode ser imunda , canalha, FDP, etc, mas é democrática

Responder

abelardo

03 de dezembro de 2021 às 23h00

Penso que alguns desgastes morais, éticos e comportamentais abriram caminhos tortuosos que levaram a justiça, e em especial alguns tribunais superiores, de encontro a perdas na popularidade, na confiança, na transparência, na imparcialidade, na produtividade e principalmente na autoridade judicial independente, corajosa e justa. Avalio que a aproximação mais intima com a política, com a mídia golpista sangue suga, com o deslumbramento flagrante captado e registrado nas telinhas pelos holofotes públicos e privados, foi o bastante para provocar mutações perceptíveis em muitas das altas autoridades da justiça brasileira. Os morcegos de plantão, e das tentações, talvez ainda consiga manter algumas autoridades dormindo de cabeça para baixo. Então, diante dessa possível fragilidade de autenticidade, que pode estar interferindo nas atuações individuais dos grandes tribunais, este fato talvez seja suspeito de ter ofuscado o que seria uma imensa diferença de grandeza, na comparação entre o tremendamente hipócrita citado e as autoridades da justiça tremendamente contraditórias, com a alta responsabilidade de suas missões.

Responder

Sergio Vianna

03 de dezembro de 2021 às 20h25

Deveria, sim.
Se o país fosse outro, se houvesse um Senado da República.
E o que temos?
Temos senadores minúsculos.
E um Senado coberto por lona e debaixo dela vários palhaços.
E o povo?
O povo é um parvo qualquer.

Responder

Zé Maria

03 de dezembro de 2021 às 20h24

Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas!
Porque dais o dízimo da hortelã, do endro e do cominho,
e tendes omitido o que há de mais importante na Lei,
a saber, a Justiça, a Misericórdia e a Fé;
estas coisas, porém, devíeis fazer, sem omitir aquelas.

Guias cegos! que coais um mosquito, e engolis um camelo.

Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! porque limpais
o exterior do copo e do prato,
mas por dentro estão cheios de rapina e de intemperança.

Fariseu cego! limpa primeiro o interior do copo,
para que também o exterior se torne limpo.

Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas!
Porque sois semelhantes aos sepulcros caiados,
que por fora realmente parecem formosos,
mas por dentro estão cheios de ossos e de toda imundícia.

Assim também vós exteriormente pareceis justos
aos homens, mas por dentro estais cheios de hipocrisia
e de iniqüidade.

Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! porque edificais
os sepulcros dos profetas e adornais os monumentos
dos justos,
e dizeis:
‘Se tivéssemos vivido nos dias de nossos pais,
não teríamos sido cúmplices no derramar
o sangue dos profetas’.
Assim, vós testemunhais contra vós mesmos
que sois filhos daqueles que mataram os profetas.
Enchei vós, pois, a medida de vossos pais.

Serpentes, raça de víboras!
como escapareis da condenação do inferno?

Mateus 23:23-33
https://www.bibliaonline.com.br/aa/mt/23

Responder

Cláudio Carvalho Fernandes

03 de dezembro de 2021 às 18h27

Canalhas quem aprovou esse canalha.

Responder

robertoAP

03 de dezembro de 2021 às 18h00

Se o Senado tiver o mínimo de auto estima e vergonha na cara, deverá anular a nomeação. Questão de ter honra ou se prestar para uma farsa grotesca de um sujeito que se faz passar por jurista, mas é 100 um fanático religioso ,furioso e fundamentalista.
Vai transformar o STF num circo de ideias absurdas e medievais.

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding