VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Fórum de Governadores dribla Bolsonaro e propõe pacto pela vida liderado pelo Congresso; leia
Reprodução twitter
Você escreve

Fórum de Governadores dribla Bolsonaro e propõe pacto pela vida liderado pelo Congresso; leia


11/03/2021 - 13h49





1 comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Zé Maria

11 de março de 2021 às 18h14

Prefeitura de Araraquara
Notícias
10/03/2021


Após Lockdown decretado pelo Prefeito de Araraquara, Edinho Silva (PT)
– por Recomendação do Comitê Científico de Contingência do Coronavírus
do Município – dados preliminares apontam Queda no Número de Casos
e da Média Móvel por Covid-19 no Município de Araraquara.

Entre o dia 21 de fevereiro, primeiro dos dez dias de lockdown, e esta quarta-feira, 10 de março, a média móvel diária de novos casos de Covid-19 caiu de 189,57
para 108, uma redução de 43,02%.

Outra diminuição acentuada foi verificada no número de pessoas contaminadas
com o coronavírus e que estavam em isolamento domiciliar (quarentena):
1.512 no início do lockdown e 635 no boletim desta quarta, queda de 58%.

Em relação às internações, os dias 25 e 26 de fevereiro registraram o pico:
247 pacientes com Covid-19 em UTIs e enfermarias do município.
Desde o início da pandemia, nunca houve tantos pacientes internados como nesses dois dias.
Nesta quarta-feira [10/3], são 177 pacientes em hospitais.
Número ainda alto, mas 28,34% menor que a máxima registrada.

Os casos de Covid-19 registrados por semana epidemiológica também evidenciam
a eficácia das medidas de isolamento social para a contenção da pandemia.
Foram 1.327 casos entre 15 de fevereiro e 21 de fevereiro (a semana com maior número de confirmações), 1.120 entre os dias 22 e 28 do mesmo mês
e 945 entre 1º e 7 de março (28,78% a menos que o começo do lockdown).

Outro termômetro sobre a gravidade da pandemia é a porcentagem de amostras
positivadas em relação a todos os testes enviados para análise diariamente.
O dia com maior porcentagem de confirmações foi 16 de fevereiro, com 53% de
testes positivos.
Nesta quarta[10/3], após vários dias de queda, o índice chegou a 20%.

O Professor da Faculdade de Ciências Farmacêuticas da Universidade Estadual
de São Paulo (Unesp), Paulo Inácio da Costa, avaliou como importantes as
medidas de isolamento social adotadas pela Prefeitura.

“Foi uma medida tomada com muita coragem, com apoio do Comitê e das áreas
científica e clínica.
A gente vinha com aumento expressivo de casos positivos da Covid-19.
Isso se agravou no final de janeiro para o começo de fevereiro, o que culminou
com o decreto.
Vínhamos com 45% a 50% de amostras positivas no município e, a partir de
março, houve redução para 30%, 20%.
Uma atitude restritiva, que tem as suas consequências, mas a consequência
maior foi a preservação da vida, da saúde das pessoas, e a diminuição de
internações e de casos graves”, analisa o Professor Paulo Inácio que é também
Responsável pela Unidade de Araraquara do Laboratório da Rede Unesp de
Diagnóstico para Covid-19.

Araraquara foi apontada pelos epidemiologistas como a única cidade do Brasil
a ter realizado um lockdown de fato.

O lockdown durou dez dias, com funcionamento apenas de farmácias e
unidades de saúde e fiscalização nas ruas para evitar que os moradores
de Araraquara saíssem de casa sem justificativa.
Só era permitido sair para utilizar ou trabalhar em algum dos serviços
em funcionamento.
O transporte público não funcionou nesse período, que durou até 2 de março.
Supermercados ficaram fechados e atendendo por delivery durante seis dias,
retornando em 27 de fevereiro.

Íntegra em: (http://www.araraquara.sp.gov.br/noticias/2021/marco/10/lockdown-araraquara-tem-queda-no-numero-de-casos-e-media-movel-por-covid-19)

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding